0 Serra Verde - Off Road - Blog da Ana - 1000 dias

Serra Verde - Off Road - Blog da Ana - 1000 dias

A viagem
  • Traduzir em português
  • Translate into English (automatic)
  • Traducir al español (automático)
  • Tradurre in italiano (automatico)
  • Traduire en français (automatique)
  • Übersetzen ins Deutsche (automatisch)
  • Hon'yaku ni nihongo (jidö)

lugares

tags

arqueologia cachoeira Caribe cidade histórica Estrada mar Mergulho Montanha parque nacional Praia Rio roteiro Trekking trilha

paises

Alaska Anguila Antígua E Barbuda Argentina Aruba Bahamas Barbados Belize Bermuda Bolívia Bonaire Brasil Canadá Chile Colômbia Costa Rica Cuba Curaçao Dominica El Salvador Equador Estados Unidos Galápagos Granada Groelândia Guadalupe Guatemala Guiana Guiana Francesa Haiti Hawaii Honduras Ilha De Pascoa Ilhas Caiman Ilhas Virgens Americanas Ilhas Virgens Britânicas Jamaica Martinica México Montserrat Nicarágua Panamá Paraguai Peru Porto Rico República Dominicana Saba Saint Barth Saint Kitts E Neves Saint Martin San Eustatius Santa Lúcia São Vicente E Granadinas Sint Maarten Suriname Trinidad e Tobago Turks e Caicos Venezuela

arquivo

SHUFFLE Há 1 ano: Há 2 anos:

Serra Verde - Off Road

Brasil, Rio De Janeiro, Visconde de Mauá

Já na estrada, preocupados com o Simba e o Sombra, ainda impressionados e emocionados pela briga e pela canção que a Araceli cantou, nós seguimos para Visconde de Mauá pela Serra Verde. São 85km de estrada de terra passando por povoados minúsculos e vales belíssimos, repletos de araucárias, o que nos faz sentir em casa já que é a árvore símbolo do Paraná.

Cruzando a Serra da Mantiqueira entre o Matutu (MG) e Mauá (RJ)

Cruzando a Serra da Mantiqueira entre o Matutu (MG) e Mauá (RJ)


Nos dias que temos deslocamento entre uma cidade e outra escolhemos os caminhos mais bonitos, pois aproveitamos também a paisagem. São estradas de terra que passam entre montanhas, fazendas, pequenos povoados e cidades como Mirantão e Santo Antônio. Estes caminhos geralmente são mais curtos em distância e, no entanto, mais demorados, mesmo com um carro 4 x 4. A Fiona é muito confortável, mas é inevitável lembrar uma dica que a Tia Wilma e a Grazi me deram: “use um top ou sutiã mais reforçado e passe uma faixa para segurar bem, por que dói!”. E dói mesmo! Sem contar a ajuda que isso dá para a força da gravidade... hahaha! Além disso, se você acabou de comer... aiaiai, enjoa mesmo! Uma coisa que funciona bem para mim é ir dirigindo nestas estradas, por que além de mais focada eu tenho o apoio do volante. Por isso neste trecho o Ro foi curtindo a paisagem e eu a boléia.

Cruzando a Serra da Mantiqueira entre o Matutu (MG) e Mauá (RJ)

Cruzando a Serra da Mantiqueira entre o Matutu (MG) e Mauá (RJ)


Chegamos em Maringá, uma vila ao lado de Visconde de Mauá, e logo encontramos o Haroldo, primo do Rodrigo, que já tinha chegado no dia anterior. Além do Haroldo já havíamos combinado de encontrar também o irmão do Ro e família, Pedro, Íris e Bebel. Enquanto esperávamos o Pedro chegar demos uma volta em Maringá e, atravessando uma pinguelinha, tomamos uma cervejinha em Maringá de Minas.

Primeira cerveja em Mauá - RJ

Primeira cerveja em Mauá - RJ


Voltando para Maringá do Rio, encontramos Pedro, Íris, Bebel e Mel, fizemos um lanche rápido em Minas e fomos para a Cachoeira do Escorrega em Maromba – RJ. É, parece meio confuso, mas é tudo ali, pertinho. Minas e Rio se mesclam de forma inusitada. A alegria e o jeito espalhafatoso do carioca, com o temperinho e a graça do mineiro.

Com o Pedro, Íris, Bebel e a Mel em Mauá - RJ

Com o Pedro, Íris, Bebel e a Mel em Mauá - RJ


Na Cachoeira do Escorrega nos divertimos! O Haroldo e a Íris foram os primeiros corajosos, eu fui logo depois sem nem pensar. Aí o Ro, que não ia entrar, acabou sendo obrigado. “Imagina a Ana entrar numa água gelada dessas e eu não?”.

Íris na Cachoeira do Escorrega em Mauá - RJ

Íris na Cachoeira do Escorrega em Mauá - RJ


Com a Íris e o Haroldo após todos terem escorregado na cachoeira gelada em Mauá - RJ

Com a Íris e o Haroldo após todos terem escorregado na cachoeira gelada em Mauá - RJ


Dali, seguimos direto para a sauna, piscina e hidromassagem na nossa pousada, a Casa Alpina. Fizemos essa sessão relax, quente e frio, à luz das estrelas e com ótimas companhias. Na água quentinha o Pedro e a Bebel até tiveram coragem de entrar!

Se esquentando na Jacuzzi na noite fria de Mauá - RJ

Se esquentando na Jacuzzi na noite fria de Mauá - RJ


A noite um jantar delicioso no Paladar da Montanha, foundue de queijo e chocolate, truta, sopas... hummmmmmmmmmmm! Para fechar a noite eu e o Haroldo ainda fomos até a pastelaria, o point da cidade! Tomamos uma cervejinha ao som de Cazuza, Legião Urbana e até rolou um forrózinho! O Ro? Ficou dormindo na pousada...

Brasil, Rio De Janeiro, Visconde de Mauá, cachoeira

Veja todas as fotos do dia!

Faz um bem danado receber seus comentários!

Post anterior Despedida da pousada Mandalá no Matutu - MG. Rickson, Anacelli, Simbad e Cassie

A despedida

Post seguinte Final de trilha: Cachoeira do Alcantilado em Mauá - RJ

Visconde de Mauá

Blog do Rodrigo Despedida da pousada Mandalá no Matutu - MG. Rickson, Anacelli, Simbad e Cassie

Despedida Movimentada

Comentários (0)

Participe da nossa viagem, comente!
Blog da Ana Blog da Rodrigo Vídeos Esportes Soy Loco A Viagem Parceiros Contato

2012. Todos os direitos reservados. Layout por Binworks. Desenvolvimento e manutenção do site por Race Internet