0 Laranjeiras e Piranhas - Blog da Ana - 1000 dias

Laranjeiras e Piranhas - Blog da Ana - 1000 dias

A viagem
  • Traduzir em português
  • Translate into English (automatic)
  • Traducir al español (automático)
  • Tradurre in italiano (automatico)
  • Traduire en français (automatique)
  • Übersetzen ins Deutsche (automatisch)
  • Hon'yaku ni nihongo (jidö)

lugares

tags

arqueologia cachoeira Caribe cidade histórica Estrada mar Mergulho Montanha parque nacional Praia Rio roteiro Trekking trilha

paises

Alaska Anguila Antígua E Barbuda Argentina Aruba Bahamas Barbados Belize Bermuda Bolívia Bonaire Brasil Canadá Chile Colômbia Costa Rica Cuba Curaçao Dominica El Salvador Equador Estados Unidos Galápagos Granada Groelândia Guadalupe Guatemala Guiana Guiana Francesa Haiti Hawaii Honduras Ilha De Pascoa Ilhas Caiman Ilhas Virgens Americanas Ilhas Virgens Britânicas Jamaica Martinica México Montserrat Nicarágua Panamá Paraguai Peru Porto Rico República Dominicana Saba Saint Barth Saint Kitts E Neves Saint Martin San Eustatius Santa Lúcia São Vicente E Granadinas Sint Maarten Suriname Trinidad e Tobago Turks e Caicos Venezuela

arquivo

SHUFFLE Há 1 ano: Há 2 anos:

Laranjeiras e Piranhas

Brasil, Sergipe, Laranjeiras, Alagoas, Piranhas

Igreja em Laranjeiras - SE

Igreja em Laranjeiras - SE


O que Laranjeiras e Piranhas têm em comum? Aparentemente nada, uma vive na terra e outra na água. Uma é da flora e a outra é da fauna, uma serve como alimento e a outra predadora. Enfim, que semelhança elas poderiam ter? Só cruzando o Sergipe é que você vai descobrir.

Descansando na praça em Laranjeiras - SE

Descansando na praça em Laranjeiras - SE


Laranjeiras é uma cidadezinha histórica com mais de 400 anos há apenas 25km de Aracajú. Construída entre 3 montanhas, Laranjeiras possui aquele ar gostoso de cidade do interior muito bem cuidada. Em cada uma das colinas encontra-se uma igreja, na baixada entre elas a cidade de casas coloniais, praça com coreto e um passeio para pedestres onde fica o principal comércio. Uma de suas ruas está sendo toda reformada, calçamento, iluminação sem fios e toda a revitalização de prédios históricos, como o da Faculdade Federal de Sergipe.

Igreja em Laranjeiras - SE

Igreja em Laranjeiras - SE


Andamos entre as casas e praças, aproveitando o calor para uma pequena sauna a céu aberto. Entre uma sauna e outra, um refresco na brisa das colinas, para atenuar os efeitos do calor. Após as caminhadas, muita água e muita estrada. Cruzamos o estado de Sergipe na diagonal, rumo a Piranhas, cidade alagoana que fica logo na fronteira com a sergipana Canindé do São Francisco.

Barragem de Xingó, no rio São Francisco, divisa de Sergipe e Alagoas

Barragem de Xingó, no rio São Francisco, divisa de Sergipe e Alagoas


A divisa é marcada justamente por este rio, que temos acompanhado durante a viagem. Já conhecemos o rio São Francisco da nascente à foz, mas ainda faltava conhecer uma das mais belas paisagens por ele formada, o Cânion do Xingó. Nossa primeira intenção era ficarmos hospedados em Canindé mesmo, mas em contato com um centro de informações turísticas soubemos que Piranhas era mais indicada, pela infra-estrutura turística, etc.

Barragem de Xingó, no rio São Francisco, divisa de Sergipe e Alagoas

Barragem de Xingó, no rio São Francisco, divisa de Sergipe e Alagoas


Algumas horas de viagem depois, cruzando a fronteira entre os dois estados, tivemos a primeira grande visão da viagem: a mega hidrelétrica de Xingó. Uma barragem gigantesca, quatro turbinas em funcionamento, com opção de expansão. Vemos toda a obra e magnífico cenário do mirante da Chesf, mesmo local onde estiveram Collor, Itamar e FHC, em seus mandatos durante a construção e inauguração dos diferentes etapas da obra. A maior hidrelétrica da região nordeste teve como seu primeiro idealizador D. Pedro II, que iniciou os estudos de viabilidade para uma obra mais coerente com as necessidades da época.

Usina de Xingó, no rio São Francisco, entre Sergipe e Alagoas

Usina de Xingó, no rio São Francisco, entre Sergipe e Alagoas


Piranhas é uma cidadezinha incrustada nas encostas do Rio São Francisco, única às margens do rio a ser tombada pelo Patrimônio Histórico Nacional. Ladeiras íngremes e escadarias ainda maiores fazem parte de sua paisagem peculiar. Cidade interiorana, histórica e muito aconchegante. A antiga estação ferroviária hoje abriga o Museu do Cangaço, Banco do Brasil e a Biblioteca Pública.

Antiga estação de trens, atual museu do cangaço em Piranhas - AL

Antiga estação de trens, atual museu do cangaço em Piranhas - AL


No alto de uma das escadarias brancas encontramos uma igreja e na outra o restaurante Flor de Cactus. Foi para lá que seguimos, logo depois de nos instalar na Pousada Lampião. A região é muito conhecida não apenas por suas belezas naturais ou grandes obras de engenharia, mas também por fazer parte da história do Cangaço. Foi lá, na Grota de Angico que Maria Bonita e Lampião foram assassinados e decapitados, tendo suas cabeças expostas em praça pública na então Vila de Tapera.

Rio São Francisco em Piranhas - AL

Rio São Francisco em Piranhas - AL


O almoço tardio no Flor de Cactus, culinária regional, lingüiça de bode, carré de carneiro, regados à cerveja e muuuuito Cangaço! Conhecemos na pousada, Ricardo, sua família e um casal, todos cearenses apaixonados pela trajetória de Virgulino. Eles também estavam no restaurante e finalmente pudemos matar a nossa curiosidade sobre este personagem tão controverso da história brasileira.

Observando o rio São Francisco em Piranhas - AL

Observando o rio São Francisco em Piranhas - AL


Severo, um grande apaixonado pelo tema, mantém um blog sobre o Cangaço, além de um encontro anual que reúne mais de 100 historiadores, estudiosos e apaixonados pelo assunto, para a discussão do tema. Vilão, santo e Robin Wood do sertão, Lampião viveu durante 20 anos na caatinga, roubando e matando. Segundo Severo ele pode ser considerado o idealizador do crime organizado como conhecemos hoje. Toda esta história vocês podem conferir no www.cariricangaco.com.

Fim de tarde em Piranhas - AL

Fim de tarde em Piranhas - AL


Enfim, além de Piranhas e Laranjeiras serem cidades históricas belíssimas, têm em comum também um mesmo dia nos nossos 1000!

Brasil, Sergipe, Laranjeiras, Alagoas, Piranhas, Rio São Francisco, Xingó, hidrelétrica

Veja todas as fotos do dia!

Não nos deixe falando sozinhos, comente!

Post anterior Bela porta de igreja em São Cristóvão, cidade histórica e antiga capital de Sergipe

Sergipe Histórico

Post seguinte passeio de catamarã no rio São Francisco em Canindé do São Francisco, divisa de Sergipe e Alagoas

Cânion do Talhado

Blog do Rodrigo Rio São Francisco em Piranhas - AL

Chegando em Piranhas

Comentários (1)

Participe da nossa viagem, comente!
  • 01/08/2012 | 19:15 por Ricardo Leão

    Bom cara, estou entrando em contato porque achei o máximo teu site, muito interessante mesmo!
    Sou de Alagoas e vi os teus posts sobre o Estado. Tem muito mais heim!
    Abraço

    Resposta:
    Nem me fala Ricardo, quanto mais viajamos mais descobrimos o quanto não conhecemos! Manda as dicas do Alagoas aí para o nós e o pessoal. Quem sabe voltamos para sua terra linda depois de fecharmos os 1000dias? Obrigada e bem vindo à essa viagem. Beijos!

Blog da Ana Blog da Rodrigo Vídeos Esportes Soy Loco A Viagem Parceiros Contato

2012. Todos os direitos reservados. Layout por Binworks. Desenvolvimento e manutenção do site por Race Internet