0 Cholula e Chapulines - Blog da Ana - 1000 dias

Cholula e Chapulines - Blog da Ana - 1000 dias

A viagem
  • Traduzir em português
  • Translate into English (automatic)
  • Traducir al español (automático)
  • Tradurre in italiano (automatico)
  • Traduire en français (automatique)
  • Übersetzen ins Deutsche (automatisch)
  • Hon'yaku ni nihongo (jidö)

lugares

tags

arqueologia cachoeira Caribe cidade histórica Estrada mar Mergulho Montanha parque nacional Praia Rio roteiro Trekking trilha

paises

Alaska Anguila Antígua E Barbuda Argentina Aruba Bahamas Barbados Belize Bermuda Bolívia Bonaire Brasil Canadá Chile Colômbia Costa Rica Cuba Curaçao Dominica El Salvador Equador Estados Unidos Galápagos Granada Groelândia Guadalupe Guatemala Guiana Guiana Francesa Haiti Hawaii Honduras Ilha De Pascoa Ilhas Caiman Ilhas Virgens Americanas Ilhas Virgens Britânicas Jamaica Martinica México Montserrat Nicarágua Panamá Paraguai Peru Porto Rico República Dominicana Saba Saint Barth Saint Kitts E Neves Saint Martin San Eustatius Santa Lúcia São Vicente E Granadinas Sint Maarten Suriname Trinidad e Tobago Turks e Caicos Venezuela

arquivo

SHUFFLE Há 1 ano: Há 2 anos:

Cholula e Chapulines

México, Puebla, Cholula

A pirâmide que virou uma pequena montanha, em Cholula, no México

A pirâmide que virou uma pequena montanha, em Cholula, no México


Andando pelas ruas de Puebla, uma imagem se repetia: uma igreja no alto de um morro com o vulcão Popocatepétl fumegando ao fundo. Mal sabíamos nós que esta montanha era, na realidade, a maior pirâmide já construídas em todo o mundo.

As ruínas da antiga pirâmide de Cholula, no México

As ruínas da antiga pirâmide de Cholula, no México


Tepanapa é o nome da pirâmide que começou a ser construída no começo da Era Cristã e ganhou mais 5 camadas em diferentes períodos construtivos até 600 d.C. Cholula era então um grande centro religioso e administrativo, que floresceu na mesma época da poderosa Teotihuacán, até ser invadida pelos Olmecas-Xicallancas, vindos da vizinha Cacaxtla. Entre 900 e 1300 d.C. Toltecas e Chichimecas dominaram a cidade, mais tarde caindo no domínio dos Astecas.

As ruínas da antiga pirâmide de Cholula, no México

As ruínas da antiga pirâmide de Cholula, no México


Quando os espanhóis chegaram no início do século XVI a população de Cholula era de mais de 100 mil habitantes e, aliado aos Tlaxcalans, Hernán Cortés dizimou mais de 6 mil cholulans em apenas um dia! A esta altura a pirâmide já havia sido abandonada e estava totalmente coberta por vegetação, fazendo com que os novos conquistadores nem sequer a notassem, optando por construir uma igreja no alto desta montanha, o Santuário de Nuestra Señora de los Remédios.

Com a Val, visitando a igreja construída sobre uma antiga pirâmide, em Cholula, no México

Com a Val, visitando a igreja construída sobre uma antiga pirâmide, em Cholula, no México


O tour pelo Sítio Arqueológico começa pelos túneis escavados por arqueólogos, primeiramente para comprovar que aquela era uma pirâmide e não uma montanha e depois para estudar as suas fases construtivas. São mais de 8 km de túneis que revelaram parte de sua história, mas nenhuma câmara funerária ou sala secreta. Também provaram que esta é a maior pirâmide do mundo (em volume) e que por aqui passaram diversas culturas pré-hispânicas, cada um deixando a sua marca na estrutura, arquitetura, esculturas e na história.

Interior da pirâmide de Cholula, no México

Interior da pirâmide de Cholula, no México


Percorrendo os túneis da gigantesca pirâmide de Cholula, no México

Percorrendo os túneis da gigantesca pirâmide de Cholula, no México


Normalmente não contratamos guias, mas aqui achamos que valeria a pena e o Don Francisco nos levou pela história e a vida de Cholula, mostrando os segredos dos seus ancestrais, como a incrível acústica do Patio de los Altares, onde batemos palmas e ouvimos um eco proposital, um som estalado que representava e/ou se comunicava com um de seus deuses.

O Francisco nos dá uma aula sobre a pirâmide de Cholula, no México

O Francisco nos dá uma aula sobre a pirâmide de Cholula, no México


As ruínas da antiga pirâmide de Cholula, no México

As ruínas da antiga pirâmide de Cholula, no México


Do alto da pirâmide, ou melhor, do santuário católico, pudemos ver toda a cidade e várias torres das suas 39 igrejas, que reza a lenda, seriam uma para cada dia do ano. Caminhamos pelas ruas do pueblo mágico encantados com o seu charme e a alegria da cidade que possui uma festa para cada dia do ano.

Cholula e suas dezenas de igrejas, mais um Pueblo Mágico no México

Cholula e suas dezenas de igrejas, mais um Pueblo Mágico no México


A Roberta, vendedora de chapolines e outras iguarias em Cholula, no México

A Roberta, vendedora de chapolines e outras iguarias em Cholula, no México


Na descida do templo católico, conversamos com Roberta, essa tia vendedora de chapulines que me convenceu a provar as crocantes iguarias que vem em três versões: original, ao alho e apimentado. Adorei! Não tem gosto algum e se não pensarmos que é um inseto, poderia ser qualquer outro alimento bem crocante com o tempero escolhido.

Chapolines, os famosos gafanhotos comestíveis mexicanos! )em Cholula, no México)

Chapolines, os famosos gafanhotos comestíveis mexicanos! )em Cholula, no México)


Em Cholula, no México, experimentando chapolines (gafanhotos crocantes!)

Em Cholula, no México, experimentando chapolines (gafanhotos crocantes!)


Caminhamos até o Zócalo, pelas igrejas e conventos ao redor e fomos seduzidos por um restaurante na esquina da feirinha de artesanato, cheio de jovens assistindo a um jogo de futebol. Aquele clima bem brasileiro, mas com cara e tempero mexicanos. Provamos o mole de Cholula, segundo eles melhor que o pueblano, um assado de carne de carneiro delicioso e de aperitivo uma linguiça artesanal acompanhada de uma boa chelada, cerveja com limão e borda de sal.

Delicioso e movimentado boteco em Cholula, no México

Delicioso e movimentado boteco em Cholula, no México


Almoçando comida típica pueblana em Cholula, no México

Almoçando comida típica pueblana em Cholula, no México


A nossa passagem pelo cartão postal que tanto vimos, acabou se tornando um dia de descobertas e grandes surpresas. A foto que queríamos tirar, da igreja com o Popo ao fundo, acabou se tornando um álbum completo com muita cultura e boas memórias.

Percorrendo as ruínas da antiga pirâmide de Cholula, no México

Percorrendo as ruínas da antiga pirâmide de Cholula, no México

México, Puebla, Cholula, Arquitetura, cidade histórica, Pueblo Mágico, pirâmide

Veja todas as fotos do dia!

Não se acanhe, comente!

Post anterior Centro da cúpula  da Capilla del Rosário. Puebla, México

A Heróica Puebla de Zaragoza

Post seguinte Peças mayas expostas no Museu da Cultura Maya, em Mérida, a capital do Yucatán, no México

Mérida

Blog do Rodrigo Com a Val, em uma das escadarias da pirâmide de Cholula, no México

A Pirâmide Que Virou Montanha

Comentários (2)

Participe da nossa viagem, comente!
  • 18/03/2013 | 07:23 por Boia Paulista

    Oi, Ana. Tudo bem? :)

    Seu post foi selecionado para a #Viajosfera, do Viaje na Viagem.

    Dá uma olhada em http://www.viajenaviagem.com

    Até mais,
    Natalie - Boia Paulista

    Resposta:
    Obrigada Natalie! Estava com saudades da #viajosfera!
    ps: tirando o atraso nos comentários =/
    Bjs!

  • 17/03/2013 | 13:27 por mabel

    Comer gafanhotos?????????? eca!!!!!!!! acho que é o mesmo que pensam de nós, vendo-nos comer camarões fritinhos, não? Uma delícia!!!!!!!!!

    Abraços

    Resposta:
    Hahaha! Quase igual, será que os gafanhotos são os camarões da terra? hahaha! Eles são muito crocantes e nem te carne para ficar "molinha", uma delícia, só provando para acreditar! Beijos Mabel!

Blog da Ana Blog da Rodrigo Vídeos Esportes Soy Loco A Viagem Parceiros Contato

2012. Todos os direitos reservados. Layout por Binworks. Desenvolvimento e manutenção do site por Race Internet