0 Bem vindos à Petrolina! - Blog da Ana - 1000 dias

Bem vindos à Petrolina! - Blog da Ana - 1000 dias

A viagem
  • Traduzir em português
  • Translate into English (automatic)
  • Traducir al español (automático)
  • Tradurre in italiano (automatico)
  • Traduire en français (automatique)
  • Übersetzen ins Deutsche (automatisch)
  • Hon'yaku ni nihongo (jidö)

lugares

tags

arqueologia cachoeira Caribe cidade histórica Estrada mar Mergulho Montanha parque nacional Praia Rio roteiro Trekking trilha

paises

Alaska Anguila Antígua E Barbuda Argentina Aruba Bahamas Barbados Belize Bermuda Bolívia Bonaire Brasil Canadá Chile Colômbia Costa Rica Cuba Curaçao Dominica El Salvador Equador Estados Unidos Galápagos Granada Groelândia Guadalupe Guatemala Guiana Guiana Francesa Haiti Hawaii Honduras Ilha De Pascoa Ilhas Caiman Ilhas Virgens Americanas Ilhas Virgens Britânicas Jamaica Martinica México Montserrat Nicarágua Panamá Paraguai Peru Porto Rico República Dominicana Saba Saint Barth Saint Kitts E Neves Saint Martin San Eustatius Santa Lúcia São Vicente E Granadinas Sint Maarten Suriname Trinidad e Tobago Turks e Caicos Venezuela

arquivo

SHUFFLE Há 1 ano: Há 2 anos:

Bem vindos à Petrolina!

Brasil, Pernambuco, Petrolina

Entrada da FruttiHall, em Petrolina - PE

Entrada da FruttiHall, em Petrolina - PE


Petrolina, cidade pernambucana que faz divisa com Juazeiro, na Bahia. Quem as divide? O nosso velho amigo rio São Francisco! Aqui ele chega caudaloso, verdinho, diferente de quando o vimos em Januária – MG e ainda mais diferente ainda do olho d´água chamado de “Nascente do Rio São Francisco”, que vimos na Serra da Canastra.

O rio São Francisco, com Juazeiro ao fundo, visto do apartamento da Iolanda, em Petrolina - PE

O rio São Francisco, com Juazeiro ao fundo, visto do apartamento da Iolanda, em Petrolina - PE


O Rio São Francisco aqui neste trecho é navegável e é o responsável pela prosperidade da região. A Família Coelho domina a política na região e foi um deles, Nilo Coelho, que começou a transformar esta região. Há 28 anos, ele começou o Projeto de irrigação das terras do vale com o objetivo de disseminar a fruticultura no Vale do Rio São Francisco. A partir daí tudo começou a girar, a cidade de Petrolina que possuía 60 mil habitantes, hoje possui quase 400mil e é um dos maiores pólos exportadores de frutas do Brasil.

Planta com abacaxis decorativos, na Fazenda Fruem Petrolina - PE

Planta com abacaxis decorativos, na Fazenda Fruem Petrolina - PE


Não tinha melhor forma de vermos tudo isso do que na prática e foi aí que entram o Enio e a Dona Iolanda. Há 10 anos conheci o Enio através do meu amigo Dudu, hoje meu cunhado e pai de Luiza. O Enio sempre foi um cara empreendedor e na época estava fazendo o seu TCC do curso de Administração em Curitiba justamente sobre uma fazenda modelo para o cultivo de uvas no Vale do Rio São Francisco. Ele não só foi aprovado no curso, como colocou todo o seu projeto em prática!

Parreiral da FruttiHall, em Petrolina - PE

Parreiral da FruttiHall, em Petrolina - PE


Há 7 anos Iolanda se mudou para Petrolina com o objetivo de gerenciar a fazenda e aprender tudo sobre uva! A qualidade escolhida para o cultivo inicialmente foi a Thompson, uva sem semente com alto valor agregado para o mercado internacional, uva para exportação. Irrigaram o terreno, prepararam toda a estrutura e começaram o plantio. Hoje a Fruttihall recebeu prêmios nacionais e internacionais de qualidade. Em 2009 no prêmio promovido pelo Sebrae, Ione recebeu o prêmio e teve o prazer de entregar as suas uvas ao presidente Lula!

Últimos cachos de uva da temporada, na fazenda FruttiHall, em Petrolina - PE

Últimos cachos de uva da temporada, na fazenda FruttiHall, em Petrolina - PE


Há tempos eu prometia ao Enio que viríamos conhecer a fazenda dele e hoje eu cumpri a promessa, orgulhosa e emocionada de ver o Projeto de TCC pronto e tão bem sucedido! Iolanda nos apresentou toda a fazenda, explicou todo o processo de plantio e produção da uva, desde o enxerto feito no cavalo, planta forte e resistente. Até as podas, irrigação, fertilização da terra arenosa da caatinga que faz um parreiral produzir mais de 300 toneladas de uva por ano! Ah! E tudo isso não seria possível se não fossem os olhos atentos de Gandhi, boxer que cuida de todo o trabalho, verificando as mangueiras de irrigação nos seus banhos diários e fazendo parte da equipe de degustação para saber se o bricks (teor de açúcar) da uva está correto ou não.

O Ghandi se redresca na irrigação da FruttiHall, em Petrolina - PE

O Ghandi se redresca na irrigação da FruttiHall, em Petrolina - PE


Provamos o fruto do cactus Coroa de Frade, pequenininho e bem gostosinho e batizamos nossos pés no Rio São Francisco dentro da fazenda Fruttihall, tradição que garante que voltaremos um dia.

Molhando os pés no São Francisco, em Petrolina - PE. Promessa de volta!

Molhando os pés no São Francisco, em Petrolina - PE. Promessa de volta!


Seguimos pelo nosso tour em Petrolina, pensado nos mínimos detalhes pela nossa anfitriã. Iolanda nos levou conhecer parte do Projeto Nilo Coelho, fazendas irrigadas pelos canais do Rio São Francisco. São 25 grandes lotes de terra que foram irrigados pelo projetos, todos eles subdivididos em centenas de fazendas frutíferas. Uvas, cocos, mangas, goiabas, melão e toda a sorte de frutas que você imaginar! Como disse o Rodrigo, uma salada de frutas completa!

Últimos cachos de uva da temporada, na fazenda FruttiHall, em Petrolina - PE

Últimos cachos de uva da temporada, na fazenda FruttiHall, em Petrolina - PE


Voltamos à cidade passando pelo Serrote do Urubu, uma serrinha com uma vista lindíssima do Rio São Francisco. É realmente curioso como pode um rio deste tamanho ter no seu entorno uma caatinga tão seca. O calor fortíssimo nos convidava a um mergulho no rio, mas tínhamos muito a fazer ainda.

Subindo o Serrote do Urubu, próximo à Petrolina - PE

Subindo o Serrote do Urubu, próximo à Petrolina - PE


Almoçamos rapidamente uma comidinha caseira no Ala Carte e fomos conhecer o centro da cidade. O centro antigo está sendo restaurado e já começaram a aparecer uns restaurantinhos bem gracinhas. Passamos pela Catedral, belíssima e ainda vimos do carro a Orla 2, orla mais nova à margem do rio, o campus da Universidade do Vale do São Francisco e o Parque Josepha Coelho, matriarca que multiplicou os Coelhos na região.

Rua do centro histórico em Petrolina - PE

Rua do centro histórico em Petrolina - PE


Aproveitamos o final da tarde para trabalhar um pouco e ver o espetacular pôr-do-sol da varanda, sob o Rio São Francisco. Um bom papo e uma boa companhia como a da Iolanda não vamos querer ir embora! A noite ainda fomos até Juazeiro no Armazém Café, provar o famoso Surubim ao molho de maracujá, programa de meninas já que o Rodrigo preferiu ficar trabalhando em casa.

Na beira do rio São Francisco, em Petrolina - PE

Na beira do rio São Francisco, em Petrolina - PE


Um dia que pareceu uma semana, graças ao Enio e obviamente à Dona Iolanda, minha mais nova amiga na terrinha! Fico sem palavras para agradecê-los e garanto, desta forma Petrolina conseguiu guardar um lugar muito especial nesses nossos 1000dias!

Pôr-do-sol no Velho Chico, em Petrolina - PE

Pôr-do-sol no Velho Chico, em Petrolina - PE

Brasil, Pernambuco, Petrolina, Rio São Francisco, fazenda de uva, Frutihall

Veja todas as fotos do dia!

Comentar não custa nada, clica aí vai!

Post anterior Com o James, do hotel Kalilandia, em Feira de Santana - BA

De Feira de Santana à Petrolina!

Post seguinte Com o Naldo no canyon do Riacho do Boi, no Parque Nacional da Serra das Confusões, no sul do Piauí

Serra das Confusões

Blog do Rodrigo Catedral de Petrolina - PE

Petrolina - PE

Comentários (2)

Participe da nossa viagem, comente!
  • 24/01/2011 | 11:04 por Mônica Ishikawa Virgolino

    Adorei ter te conhecido.
    Ficou faltando a cocada de forno lá do Armazém Caffé rsrsrsrs
    Tem que voltar para provar a Manga Kent.

    Resposta:
    Oi Monica! Tb adorei ter te conhecido! Sua história de desbravadora de Petrolina há 25 anos é inspiradora! Quem sabe não me aventuro em uma terra dessas qdo voltar da viagem? Ah! Formiga como eu sou não sei como deixei passar a cocada e a manga kent! rsrsrs! Beijos! Ana

  • 06/12/2010 | 15:04 por Dani

    Que delícia, irmã! Esse Eninho mandou mesmo muito bem com essas uvas deliciosas, não é? Dá água na boca só de ver aquele cacho... e falando em água, que coisa mais linda esse rio São Francisco... paisagens que só nosso Brasilzão tem! LINDO!!!

    Saudades, amo vocês!

    Resposta:
    Uvas deliciosas e maravilhosas! Temos que combinar com o Enio uma festa de 10 anos de Frutihall lá na fazenda, vamos todos para lá! =) E olha que este cacho de uva foi dos que nem entraram no controle de qualidade international! rsrsrs. Demais! Beijão! Amo vcs =)

Blog da Ana Blog da Rodrigo Vídeos Esportes Soy Loco A Viagem Parceiros Contato

2012. Todos os direitos reservados. Layout por Binworks. Desenvolvimento e manutenção do site por Race Internet