0 Até mais, Lençóis! - Blog da Ana - 1000 dias

Até mais, Lençóis! - Blog da Ana - 1000 dias

A viagem
  • Traduzir em português
  • Translate into English (automatic)
  • Traducir al español (automático)
  • Tradurre in italiano (automatico)
  • Traduire en français (automatique)
  • Übersetzen ins Deutsche (automatisch)
  • Hon'yaku ni nihongo (jidö)

lugares

tags

arqueologia cachoeira Caribe cidade histórica Estrada mar Mergulho Montanha parque nacional Praia Rio roteiro Trekking trilha

paises

Alaska Anguila Antígua E Barbuda Argentina Aruba Bahamas Barbados Belize Bermuda Bolívia Bonaire Brasil Canadá Chile Colômbia Costa Rica Cuba Curaçao Dominica El Salvador Equador Estados Unidos Galápagos Granada Groelândia Guadalupe Guatemala Guiana Guiana Francesa Haiti Hawaii Honduras Ilha De Pascoa Ilhas Caiman Ilhas Virgens Americanas Ilhas Virgens Britânicas Jamaica Martinica México Montserrat Nicarágua Panamá Paraguai Peru Porto Rico República Dominicana Saba Saint Barth Saint Kitts E Neves Saint Martin San Eustatius Santa Lúcia São Vicente E Granadinas Sint Maarten Suriname Trinidad e Tobago Turks e Caicos Venezuela

arquivo

SHUFFLE Há 1 ano: Há 2 anos:

Até mais, Lençóis!

Brasil, Maranhão, Barreirinhas

Explorando campo de dunas em Vassouras, região de Atins, nos Lençóis Maranhenses - MA

Explorando campo de dunas em Vassouras, região de Atins, nos Lençóis Maranhenses - MA


Tem coisa melhor que acordar com o galo cacarejando e os sapos alvoroçados pela chuva matinal? Alguns não estão muito acostumados, mas convenhamos, é muito melhor que um despertador.

Rancho do Buna, em Atins, nos Lençóis Maranhenses - MA

Rancho do Buna, em Atins, nos Lençóis Maranhenses - MA


O Rancho do Buna não está no “esquema” dos locais para indicação de pousada, embora o seu dono, o Buna, esteja em Atins há 30 anos. Quando ele chegou não havia nada, apenas uma pequena comunidade de pescadores. Com apenas 20 anos resolveu empreender e iniciar com suas economias uma cooperativa de pesca de camarão. Levou camarão de Atins para São Luis e Brasília durante anos e há 11 anos abriu sua pousada, o Rancho do Buna. Uma pousada diferenciada para os padrões da vila, com o igarapé ao fundo, chalés em torno de uma área comum muito aconchegante com restaurante, piscina e um pequeno zoológico doméstico.

Um dos habitantes do Rancho do Buna, em Atins, nos Lençóis Maranhenses - MA

Um dos habitantes do Rancho do Buna, em Atins, nos Lençóis Maranhenses - MA


A nossa diversão todos os dias era tentar interagir ou apenas observar a interação entre os animais. Cachorros, gatos, galinhas, patos, gansos, pavões e até tartaruga. Cada um está lá por um motivo, o equilíbrio da vida. Os cachorros, Mel, Azeitona, Caramelo e Chocolate ajudam a tocar o gado alheio que entra na propriedade. As aves comem os animais rasteiros, cobras, minhocas e pequenos bichos rasteiros. Os gatos são 7, lembro bem da Olhuda e da Acerola, caçam ratos e vivem em plena harmonia com os dogs e aves, pois sabem que são todos de casa.

A Olhuda, uma das gatas do Rancho do Buna, em Atins, nos Lençóis Maranhenses - MA

A Olhuda, uma das gatas do Rancho do Buna, em Atins, nos Lençóis Maranhenses - MA


O Tim Maia, bem o Tim Maia, dá o ar da graça de vez em quando, eu o encontrei tomando banho na ducha da piscina, achei que ia se esconder no seu casco, mas nada! Aproveitou e curtiu o refresco. O Buna é uma figura, sempre tem boas histórias para contar, se orgulha da pousada e os móveis que ele mesmo construiu, mas o seu maior orgulho mesmo é Mônica, gerente de sua pousada que ele trouxe da Nestlé para cuidar de tudo. A pousada não funciona sem ela, ele próprio nos conta. Foi buscá-la há quase 6 anos atrás, apaixonado, casaram e 3 anos depois separaram. A complementariedade deles para os negócios foi tanta que ele a trouxe de volta após a separação e ela topou! Sempre super atenciosa, prestativa e organizada, Mônica se acostumou com a vida do Atins e decidiu ficar por lá. Já nós não tivemos a mesma sorte, então é chegada a hora da despedida. Mônica conseguiu agendar uma lancha rápida que bem divididinha com os outros 2 casais ficou uma beleza, até por que a outra alternativa que seria a toyota das 4h30 da matina resolveu não sair.

Despedida do Buna e do seu 'rancho', em Atins, nos Lençóis Maranhenses - MA

Despedida do Buna e do seu "rancho", em Atins, nos Lençóis Maranhenses - MA


Pegamos o barco e saímos para a nossa última volta pelo Rio Preguiças. Embora rápida, a lancha foi respeitando o no nosso ritmo, a nossa saudosa despedida. Paramos no restaurante da Graça, na comunidade de Vassouras. Na ida havíamos parado ali, mas não pudemos descer do barco de linha. Agora a Mel fez questão de nos mostrar as dunas, menores que as de Atins, mas com lagoas cheias e até mais freqüentes, nos dando um gostinho daquela paisagem conhecida dos Lençóis.

Pequenas lagoas entre as dunas de Vassouras, região de Atins, nos Lençóis Maranhenses - MA

Pequenas lagoas entre as dunas de Vassouras, região de Atins, nos Lençóis Maranhenses - MA


Os macacos-prego são a outra atração do local, uma gracinha todos eles tem nome e são super adestrados. Banho de lagoa, banho de rio, cervejinha saideira dos Lençóis e lá vamos nós. Tínhamos apenas mais uma parada programada, no meio do rio, em algum lugar fundo para nadar na água doce. Pouco antes de chegarmos a Barreirinhas nosso barqueiro parou em uma pequena entrada de casa para nos apresentar a sua “véia" a Dona Maria José, que teve 17 filhos mas criou 13, pois os outros não vingaram. Nadamos gostoso no rio, sem nem pensar nos jacarés, e provamos um doce caseiro que ela nos ofereceu.

O macaco-prego, presente em Vassouras, região de Atins, nos Lençóis Maranhenses - MA

O macaco-prego, presente em Vassouras, região de Atins, nos Lençóis Maranhenses - MA


Chegamos à Barreirinhas e parece que chegamos à realidade, quase como se a viagem tivesse acabado. A convivência com o pessoal foi tão intensa que a sensação era esta, Monica e Jackson continuam para Jericoacoara mas Mel e Edu continuam conosco para São Luis. Comemos uns petiscos, arrumamos as coisas, usamos a internet da pousada e pé na estrada. Foram umas 4 horas de viagem, sendo mais da metade dela embaixo de chuva. Só tivemos uma trégua rápida da aguaceira quando saímos para jantar em São Luis, em um restaurante japonês muito gostoso. A viagem foi cansativa e a despedida da Mel e do Edu dão realmente aquele clima de fim de viagem, fim de festa. Tudo bem, já estamos combinando que eles irão nos visitar em algum trecho da viagem, Canada? Alaska? Temos muitos destinos nesses 1000dias, não será difícil escolher.

Lagoa refrescante em Vassouras, região de Atins, nos Lençóis Maranhenses - MA

Lagoa refrescante em Vassouras, região de Atins, nos Lençóis Maranhenses - MA

Brasil, Maranhão, Barreirinhas, Lençóis Maranhenses, Vassouras, parque nacional, pavão, Rancho do Buna

Veja todas as fotos do dia!

Diz aí se você gostou, diz!

Post anterior Chegando à linda Lagoa Verde, em meio às dunas dos Lençóis Maranhenses - MA

Lagoa Verde

Post seguinte Praia com muita chuva em São Luís - MA

Início do Inverno

Blog do Rodrigo A lagoa em Vassouras com o rio Preguiças ao fundo, região de Atins, nos Lençóis Maranhenses - MA

De Atins à São Luís

Comentários (1)

Participe da nossa viagem, comente!
  • 18/02/2011 | 00:31 por clenilça alves da silva(cleo)

    Olha eu aqui de novo ,que fantastico !!essa àgua esta convidativa ao mergulho que delicia!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!abraços.

    Resposta:
    Convida demais, e vc já viu né? Dois peixes em forma de gente, não vivemos sem água! rsrsrss! beijoooos!

Blog da Ana Blog da Rodrigo Vídeos Esportes Soy Loco A Viagem Parceiros Contato

2012. Todos os direitos reservados. Layout por Binworks. Desenvolvimento e manutenção do site por Race Internet