0 USVI - Blog do Rodrigo - 1000 dias

USVI - Blog do Rodrigo - 1000 dias

A viagem
  • Traduzir em português
  • Translate into English (automatic)
  • Traducir al español (automático)
  • Tradurre in italiano (automatico)
  • Traduire en français (automatique)
  • Übersetzen ins Deutsche (automatisch)
  • Hon'yaku ni nihongo (jidö)

lugares

tags

Arquitetura Bichos cachoeira Caverna cidade Estrada história Lago Mergulho Montanha Parque Patagônia Praia trilha vulcão

paises

Alaska Anguila Antártida Antígua E Barbuda Argentina Aruba Bahamas Barbados Belize Bermuda Bolívia Bonaire Brasil Canadá Chile Colômbia Costa Rica Cuba Curaçao Dominica El Salvador Equador Estados Unidos Falkland Galápagos Geórgia Do Sul Granada Groelândia Guadalupe Guatemala Guiana Guiana Francesa Haiti Hawaii Honduras Ilha De Pascoa Ilhas Caiman Ilhas Virgens Americanas Ilhas Virgens Britânicas Islândia Jamaica Martinica México Montserrat Nicarágua Panamá Paraguai Peru Porto Rico República Dominicana Saba Saint Barth Saint Kitts E Neves Saint Martin San Eustatius Santa Lúcia São Vicente E Granadinas Sint Maarten Suriname Trinidad e Tobago Turks e Caicos Uruguai Venezuela

arquivo

SHUFFLE Há 1 ano: Rio De Janeiro Há 2 anos: Rio De Janeiro

USVI

Ilhas Virgens Americanas, St John - Cruz Bay

Mapa das Ilhas Virgens Americanas (USVI) e Britânicas (BVI)

Mapa das Ilhas Virgens Americanas (USVI) e Britânicas (BVI)


United States Virgin Islands ou, mais fácil, USVI. Os americanos gostam de chamar tudo pelos seus acrônimos e, em alguns casos, facilita bastante! USVI é um arquipélago de ilhas a leste de Porto Rico, a menos de 100 km de distância dessa ilha. Área somada das ilhas de 350 km2 (como um quadrado de 19 km de lado) com uma população de pouco mais de 100 mil pessoas, na maioria negros.

São três ilhas principais: St. Thomas, St. John e St. Croix. A últma fica bem mais afastada, ao sul. As outras duas estão bem próximas entre si e próximas também do quase-país vizinho, as Ilhas Virgens Britânicas, ou BVI. A maioria da população está em St. Thomas e St. Croix. St. John tem umas 5 mil pessoas e foi para cá que viemos, após pousarmos em St. Thomas, onde está o aeroporto internacional do arquipélago.

Interessante é a história dessas ilhas. Pelo menos, eu achei. Quando pensamos na colonização do continente, sempre lembramos dos portuguêses (afinal, somos brasileiros!), espanhóis e inglêses. Francêses (Quebeq e Guiana Francesa) e holandêses (Suriname e Nova York) já são algo mais... exótico. Pois bem, quem diria, houve também outros povos colonizando ilhas por aqui! Dinamarqueses e suecos. No caso das USVI, foram os primeiros. Apesar de nos parecerem povos mais "civilizados", eram iguaizinhos a seus irmãos europeus: grandes plantações tocadas com mão-de-obra escrava, negra. Só não consegui descobrir se os escravos daqui falavam dinamarquês. Isso sim, seria ainda mais exótico.

Bom, os dinamarqueses chegaram aqui no final do séc XVI, logo após a Espanha, descobridora das ilhas, ter tomado aquela sova da lnglaterra na Europa (a tal Invencivel Armada, destruída logo na sua primeira batalha, lembram?). Com isso, perderam várias de suas colônias, inclusive Santa Úrsula e suas 11 Mil Virgens (primeiro nome daqui, dado por Colombo). Então, dinamarqueses, franceses e ingleses fizeram a festa nessas 11 mil virgens (quem não faria?). Um século mais tarde, os franceses venderam suas virgens (St. Croix - daí o nome!) para os dinamarqueses, formando assim a atual USVI, antigamente, Ilhas Virgens Dinamarquesas.

Os dimamarqueses quiseram passar suas virgens no cobre, no final do séc. XIX, mas os americanos acharam muito caro e o negócio não foi feito. Mas, bons de negócio, tentaram novamente, por ocasião da 1a Guerra Mundial. Aproveitaram o medo dos americanos que a Alemanha invadisse a Dinamarca e, por tabela, essas ilhas paradisíacas aqui, e enfiaram a faca. Dessa vez, os americanos toparam. Nascia as USVI.

Hoje, têm uma situação semelhante à de Porto Rico. São um "estado associado", não votam para presidente mas têm cidadania americana. O dólar reina por aqui, assim como as marcas americanas mais famosas, da Texaco à Coca-Cola. Aparentemente, só um detalhe escapou dos olhos do Tio Sam: os carros são dirigidos na mão inglêsa! Por quê? Não sei... será que para marcar uma identidade? Vou pesquisar...

Ilhas Virgens Americanas, St John - Cruz Bay, história, St John

Veja todas as fotos do dia!

Não se acanhe, comente!

Post anterior

On the Move

Post seguinte Caneel Bay, USVI

Honey Moon

Blog da Ana Caminhada de Cruz Bay até Caneel Bay - USVI

USVI e as 11mil virgens

Comentários (4)

Participe da nossa viagem, comente!
  • 03/11/2018 | 08:33 por José Roberto

    No ano de 2016, mandei um comentário sobre meu antepassado Andrew Mitchel Rhein, que veio das USVI em 1843. Continuo aguardando informação sobre alguém com este sobrenome,ou que tenha algum parente em St Thomaz e/ou St Croix

    In the year 2016, I sent a commentary on my ancestor Andrew Mitchel Rhein, who came from the USVI in 1843. I am still waiting for information about someone with this surname, or have any relatives in St Thomaz and / or St Croix

  • 05/05/2016 | 15:21 por José Roberto de Souza Rhein

    Quero aqui testemunhar a passagem dos dinamarqueses nas atuais USVI.
    Meu tataravô Dr Andrew MITCHEL Rhein, veio de St Croix para o Brasil em 1843 Lembro bem que nossa família o considerava dinamarquês e ele se declarava dinamarquês, porém mais tarde descobrimos que ele era ilhéu de St Croix de várias gerações e formado em Medicina em Copenhagen. Temos até comprovantes de seu batismo em St Croix e da morte de seu pai Hans Henric Gerhard Rhein em St Thomas – USVI. Permaneceram parentes nossos com sobrenome Rhein nas USVI. Se alguém souber de pessoas com sobrenome Rhein nas USVI, por favor, mandem entrar em contato comigo.

  • 05/05/2016 | 15:21 por José Roberto de Souza Rhein

    Quero aqui testemunhar a passagem dos dinamarqueses nas atuais USVI.
    Meu tataravô Dr Andrew MITCHEL Rhein, veio de St Croix para o Brasil em 1843 Lembro bem que nossa família o considerava dinamarquês e ele se declarava dinamarquês, porém mais tarde descobrimos que ele era ilhéu de St Croix de várias gerações e formado em Medicina em Copenhagen. Temos até comprovantes de seu batismo em St Croix e da morte de seu pai Hans Henric Gerhard Rhein em St Thomas – USVI. Permaneceram parentes nossos com sobrenome Rhein nas USVI. Se alguém souber de pessoas com sobrenome Rhein nas USVI, por favor, mandem entrar em contato comigo.

  • 05/05/2016 | 15:20 por José Roberto de Souza Rhein

    Quero aqui testemunhar a passagem dos dinamarqueses nas atuais USVI.
    Meu tataravô Dr Andrew MITCHEL Rhein, veio de St Croix para o Brasil em 1843 Lembro bem que nossa família o considerava dinamarquês e ele se declarava dinamarquês, porém mais tarde descobrimos que ele era ilhéu de St Croix de várias gerações e formado em Medicina em Copenhagen. Temos até comprovantes de seu batismo em St Croix e da morte de seu pai Hans Henric Gerhard Rhein em St Thomas – USVI. Permaneceram parentes nossos com sobrenome Rhein nas USVI. Se alguém souber de pessoas com sobrenome Rhein nas USVI, por favor, mandem entrar em contato comigo.

Blog da Ana Blog da Rodrigo Vídeos Esportes Soy Loco A Viagem Parceiros Contato

2012. Todos os direitos reservados. Layout por Binworks. Desenvolvimento e manutenção do site por Race Internet