0 Estradas e Paradas - Blog do Rodrigo - 1000 dias

Estradas e Paradas - Blog do Rodrigo - 1000 dias

A viagem
  • Traduzir em português
  • Translate into English (automatic)
  • Traducir al español (automático)
  • Tradurre in italiano (automatico)
  • Traduire en français (automatique)
  • Übersetzen ins Deutsche (automatisch)
  • Hon'yaku ni nihongo (jidö)

lugares

tags

Arquitetura Bichos cachoeira Caverna cidade Estrada história Lago Mergulho Montanha Parque Patagônia Praia trilha vulcão

paises

Alaska Anguila Antártida Antígua E Barbuda Argentina Aruba Bahamas Barbados Belize Bermuda Bolívia Bonaire Brasil Canadá Chile Colômbia Costa Rica Cuba Curaçao Dominica El Salvador Equador Estados Unidos Falkland Galápagos Geórgia Do Sul Granada Groelândia Guadalupe Guatemala Guiana Guiana Francesa Haiti Hawaii Honduras Ilha De Pascoa Ilhas Caiman Ilhas Virgens Americanas Ilhas Virgens Britânicas Islândia Jamaica Martinica México Montserrat Nicarágua Panamá Paraguai Peru Porto Rico República Dominicana Saba Saint Barth Saint Kitts E Neves Saint Martin San Eustatius Santa Lúcia São Vicente E Granadinas Sint Maarten Suriname Trinidad e Tobago Turks e Caicos Uruguai Venezuela

arquivo

SHUFFLE Há 1 ano: Rio De Janeiro Há 2 anos: Rio De Janeiro

Estradas e Paradas

México, Real de Catorce

Parada para lanche na estrada na região de Monterrey, a caminho de Real de Catorce, no México

Parada para lanche na estrada na região de Monterrey, a caminho de Real de Catorce, no México


Uma das grandes experiências de se viajar em um país e justamente dirigir por suas estradas. Quando estamos com pressa ou temos pouco tempo, procuramos as estradas mais rápidas, ou autoestradas. Essas, na verdade, são quase iguais em todos os lugares, exceto pela qualidade do asfalto, o que logo sentimos ao acelerar o carro. Na verdade, estou me referindo às estradas pequenas, secundárias, que cortam o campo, nos levam para o interior e passam pelas pequenas vilas. É aí que chegamos mais perto do país e de sua rotina.

Parada para lanche na estrada na região de Monterrey, a caminho de Real de Catorce, no México

Parada para lanche na estrada na região de Monterrey, a caminho de Real de Catorce, no México


Nessa nossa volta ao México, pudemos passar por várias delas. Desde a autoestrada que nos levou da fronteira para Monterrey até os pequenos e esburacados caminhos que nos possibilitaram chegar em Potrero Chico, Real de Catorce, e agora, San Miguel de Allende.

Molhos e acompanhantes para nossas quesadilhas em lanche na estrada, entre Monterrey e Real de Catorce, no norte do México

Molhos e acompanhantes para nossas quesadilhas em lanche na estrada, entre Monterrey e Real de Catorce, no norte do México


Aí, sempre que temos a chance e a fome para isso, paramos em algum lugar para um lanche rápido. Foi assim, no meio de um lugar nenhum, que comemos uma deliciosa “orden de quesadillas de puro maiz”, com todos aqueles temperos que os mexicanos gostam, alguns picante, outros mais picantes ainda, hehehe.

Parada para comer morango com creme, em estrada na região de Guanajuato, no norte do México

Parada para comer morango com creme, em estrada na região de Guanajuato, no norte do México


Ou então, não poderia perder a chance, na pequena tenda que vendia “fresa com crema”, uma sobremesa que não resisto. Isso foi na área de Guanajuato, famosa pela sua produção de morangos. Não fomos até a cidade, que já havíamos conhecido no ano passado e adorado. Mas, em sua homenagem, tínhamos de comer seus morangos!

Ultrapassando um trem no deserto potosino, no norte do México

Ultrapassando um trem no deserto potosino, no norte do México


Outras vez, paramos não porque queremos, mas porque não há opção. Como quando cruzávamos o místico deserto potosino. Ultrapassamos um veloz trem que também cruzava o deserto. Mas, ao ter de cruzar os trilhos novamente, lá vinha ele e não podíamos arriscar. As cancelas se fecharam e aguardamos o interminável veículo passar por nós, cena de filme americano. No caso, aqui, mexicano!

Aguardando um trem passar pela estrada no deserto potosino, no norte de México

Aguardando um trem passar pela estrada no deserto potosino, no norte de México


Enfim, de estradas em estradas, de paradas em paradas, com toda a calma do mundo, vamos chegando em nossos destinos e, no meio tempo, vendo o país de verdade

México, Real de Catorce,

Veja todas as fotos do dia!

Faz um bem danado receber seus comentários!

Post anterior A sombra da grade de nossa varanda, no hotel em Real de Catorce, pueblo mágico no norte do México

Um Quarto, Duas Janelas e a Luz Mágica

Post seguinte A igreja parece se indendiar, mas são apenas fogos de artifício em noite de festa em San Miguel de Allende, no México

Festa em San Miguel de Allende

Blog da Ana Um belo cactus no deserto da região de Real de Catorze, Pueblo Mágico ao norte do México

Cruzando o Deserto Potosino

Comentários (0)

Participe da nossa viagem, comente!
Blog da Ana Blog da Rodrigo Vídeos Esportes Soy Loco A Viagem Parceiros Contato

2012. Todos os direitos reservados. Layout por Binworks. Desenvolvimento e manutenção do site por Race Internet