0 Willkommen! - Blog da Ana - 1000 dias

Willkommen! - Blog da Ana - 1000 dias

A viagem
  • Traduzir em português
  • Translate into English (automatic)
  • Traducir al español (automático)
  • Tradurre in italiano (automatico)
  • Traduire en français (automatique)
  • Übersetzen ins Deutsche (automatisch)
  • Hon'yaku ni nihongo (jidö)

lugares

tags

arqueologia cachoeira Caribe cidade histórica Estrada mar Mergulho Montanha parque nacional Praia Rio roteiro Trekking trilha

paises

Alaska Anguila Antígua E Barbuda Argentina Aruba Bahamas Barbados Belize Bermuda Bolívia Bonaire Brasil Canadá Chile Colômbia Costa Rica Cuba Curaçao Dominica El Salvador Equador Estados Unidos Galápagos Granada Groelândia Guadalupe Guatemala Guiana Guiana Francesa Haiti Hawaii Honduras Ilha De Pascoa Ilhas Caiman Ilhas Virgens Americanas Ilhas Virgens Britânicas Jamaica Martinica México Montserrat Nicarágua Panamá Paraguai Peru Porto Rico República Dominicana Saba Saint Barth Saint Kitts E Neves Saint Martin San Eustatius Santa Lúcia São Vicente E Granadinas Sint Maarten Suriname Trinidad e Tobago Turks e Caicos Venezuela

arquivo

SHUFFLE Há 1 ano: Há 2 anos:

Willkommen!

Paraguai, Filadelfia

Parque urbano em Filadelfia, com árvores típicas do Chaco - Paraguai

Parque urbano em Filadelfia, com árvores típicas do Chaco - Paraguai


Vocês devem estar pensando, essa Ana é meio perdida mesmo. Lá no meio do Paraguai e larga um willkommen? Tudo bem, podem falar, eu pensaria o mesmo, quando que nós podemos imaginar que em uma região onde vive apenas 3% da população paraguaia vamos encontrar uma colônia alemã?

O Itaú fala alemão em Filadelfia, no Chaco paraguaio

O Itaú fala alemão em Filadelfia, no Chaco paraguaio


Pois bem, hoje chegamos à Filadélfia, uma cidade no departamento de Boquerón no norte do país. Esta região foi colonizada entre 1927 e 1947 por grupos de menonitas canadenses, soviéticos e ucranianos-alemães que buscavam refúgio da guerra e um espaço em que tivessem liberdade religiosa e administrativa. O governo paraguaio os cedeu este espaço, pensado seco e improdutivo, para que se estabelecessem e hoje a região é a principal fornecedora de produtos lácteos do país. O alemão é falado por todos, o espanhol já é encontrado entre os mais jovens e o guarani, também é usado por alguns fazendeiros.

Placa bilíngue na cidade de Filadelfia - Paraguai

Placa bilíngue na cidade de Filadelfia - Paraguai


A economia da cidade gira em torno da cooperativa agrícola, pioneira na fundação e estruturação da cidade. A organização da cidade não está apenas nos jardins floridos, mas nas suas casas e ruas bem desenhadas. Estranho é pensar tudo isso em meio a um lugar seco e semi-árido como o Chaco. O parque da memória dos imigrantes é uma linda praça florida e possui uma casa de arquitetura colonial alemã. No mesmo terreno do Hotel Florida está um Unger Museu sobre a imigração e a história dos menonitas, que infelizmente pegamos fechado.

Museu na cidade de Filadelfia - Paraguai

Museu na cidade de Filadelfia - Paraguai


Ainda assim não podemos reclamar de nossa sorte, pois conseguimos o último quarto disponível no Hotel. Hoje chegou um grupo de médicos oftalmologistas americanos para um mutirão comunitário. São mais de 30 médicos entre 30 e 50 anos, além do pessoal da organização, um agito e tanto para pacata cidade de Filadélfia. Eu fiquei super feliz, em plena crise de rinite (um dos males que desenvolvi na etapa úmida desta viagem), socorro não vai faltar!

Flôres no hotel Florida, em Filadelfia - Paraguai

Flôres no hotel Florida, em Filadelfia - Paraguai

Paraguai, Filadelfia,

Veja mais posts sobre

Veja todas as fotos do dia!

Gostou? Comente! Não gostou? Critique!

Post anterior Máximas de bar, em pub irlandes no Paseo Carmelita, em Asunción - Paraguai

Paseo Carmelita

Post seguinte Dia de céu azul no Chaco paraguaio, região de Filadelfia

Transchaco

Blog do Rodrigo Fiona atravessando a região do Chaco, no Parguai

O Segundo Dia no Chaco

Comentários (1)

Participe da nossa viagem, comente!
  • 29/04/2014 | 11:02 por Francisco Claudino

    Eu assisti um documentario sobre essa colônia há muito anos, o chaco sempre me chamou a atenção !

    Resposta:
    Oi Francisco! O lugar é lindo e não está longe, você que curte viagens de carro poderia se aventurar por lá... A paisagem do Chaco é muito parecida com o nosso sertão, mas a estrada tá pior... rs. Bjs!

Blog da Ana Blog da Rodrigo Vídeos Esportes Soy Loco A Viagem Parceiros Contato

2012. Todos os direitos reservados. Layout por Binworks. Desenvolvimento e manutenção do site por Race Internet