0 Trilha do Atalaia - Blog da Ana - 1000 dias

Trilha do Atalaia - Blog da Ana - 1000 dias

A viagem
  • Traduzir em português
  • Translate into English (automatic)
  • Traducir al español (automático)
  • Tradurre in italiano (automatico)
  • Traduire en français (automatique)
  • Übersetzen ins Deutsche (automatisch)
  • Hon'yaku ni nihongo (jidö)

lugares

tags

arqueologia cachoeira Caribe cidade histórica Estrada mar Mergulho Montanha parque nacional Praia Rio roteiro Trekking trilha

paises

Alaska Anguila Antígua E Barbuda Argentina Aruba Bahamas Barbados Belize Bermuda Bolívia Bonaire Brasil Canadá Chile Colômbia Costa Rica Cuba Curaçao Dominica El Salvador Equador Estados Unidos Galápagos Granada Groelândia Guadalupe Guatemala Guiana Guiana Francesa Haiti Hawaii Honduras Ilha De Pascoa Ilhas Caiman Ilhas Virgens Americanas Ilhas Virgens Britânicas Jamaica Martinica México Montserrat Nicarágua Panamá Paraguai Peru Porto Rico República Dominicana Saba Saint Barth Saint Kitts E Neves Saint Martin San Eustatius Santa Lúcia São Vicente E Granadinas Sint Maarten Suriname Trinidad e Tobago Turks e Caicos Venezuela

arquivo

SHUFFLE Há 1 ano: Há 2 anos:

Trilha do Atalaia

Brasil, Pernambuco, Fernando de Noronha

Pontinha, durante a Caminhada do Atalaia, em Fernando de Noronha - PE

Pontinha, durante a Caminhada do Atalaia, em Fernando de Noronha - PE


Vamos quebrar a nossa dura rotina em Noronha, mergulho pela manhã e uma praia paradisíaca à tarde? Um dia mais nublado foi perfeito para mudarmos a programação e nos mandarmos para uma trilha super cênica, a Trilha Longa do Atalaia.

Chegando na Praia do Atalaia, em Fernando de Noronha - PE

Chegando na Praia do Atalaia, em Fernando de Noronha - PE


Saímos da Vila do Trinta com o nosso guia Thiago e seguimos para a portaria de entrada da trilha. Há dois anos eu há havia feito esta caminhada, porém no sentido oposto, saindo da Praia das Caieiras, passando pelo Atalaia e terminando no Trinta. Hoje o ICM Bio mudou um pouco o esquema para melhorar o controle de entrada nesta praia. A Praia do Atalaia possui uma piscina natural rasa que funciona como um berçário natural. Lá você encontra todas as espécies marinhas que vivem em torno das colônias de corais, porém em miniatura. Por isso a importância de preservá-la. A maioria das praias que visitamos na ilha estão dentro da APA - Área de Preservação Ambiental, o Atalaia já encontra-se na área do PARNAMAR, por isso as regras são muito mais restritas:

- É obrigatória a contratação de um guia local,
- É proibido o uso de loções e protetores solares, substância prejudicial para os corais e animais marinhos. Já que a água fica represada na piscina durante todo o ciclo da maré, sendo renovada uma vez ao dia.
- É proibido tocar nos animais e principalmente nos corais, sendo permitida apenas a flutuação.
- Entrada é permitida apenas pela portaria próxima ao Morro do Francês, onde é feito o registro de entrada e são liberados grupos de 28 pessoas de 30 em 30 minutos.

Praia e Piscina do Atalaia, em Fernando de Noronha - PE

Praia e Piscina do Atalaia, em Fernando de Noronha - PE


A trilha dura de 20 a 30 minutos, dependendo da passada de cada um, chegando no Atalaia, o fiscal do ICM Bio passa as instruções para a flutuação, avisando que se você tocar no coral ele irá apitar uma vez, na segunda vez ele irá retirá-lo da água. Depois de 20 ou 25 minutos de flutuação ele avisará que o tempo está esgotado, para entrada do novo grupo. É estranho demais tudo isso em uma Ilha como Noronha, mas infelizmente são providências necessárias para se preservar um ambiente sensível como este, já que o ser humano não tem a consciência ambiental necessária. A flutuação foi gostosa, vimos um filhotinho de tubarão-limão, linguados e várias outras espécies. A maioria das pessoas termina seu passeio aqui, retorna pelo mesmo caminho e pronto. É justamente aí que quem gosta de caminhar deve começar a aproveitar ainda mais.

Caminhando com o Tiago, guia na Caminhada do Atalaia, em Fernando de Noronha - PE

Caminhando com o Tiago, guia na Caminhada do Atalaia, em Fernando de Noronha - PE


Nós escolhemos fazer a trilha longa, que inclui 4 quilômetros de caminhada sobre os rochedos com vistas maravilhosas das highlanders noronhenses. Embora estejamos na mesma ilha, andar pela trilha longa do Atalaia é uma mudança de visual. Ao invés de praias e montanhas, vemos dos gerais da montanha vulcânica costões rochosos e piscinas naturais. A primeira parte da trilha é fácil, 2km sem subidas ou descidas e só vistas maravilhosas. A segunda parte da trilha são 2km saltitando entre pedras roladas à beira mar, deve-se ter cuidado para não torcer o pé, mas feito isso é uma diversão de equilíbrio, quase como pular amarelinha.

Visual da costa rochosa de Noronha durante a Caminhada do Atalaia, em Fernando de Noronha - PE

Visual da costa rochosa de Noronha durante a Caminhada do Atalaia, em Fernando de Noronha - PE


O final da tarde foi próximo ao portinho, com a vista do Buraco da Rachel e no Bar do Museu dos Tubarões, onde o Rodrigo foi nos encontrar. O Ro preferiu não fazer este passeio, pois já conhecia e queria trabalhar no site. Eu já conhecia também e a diferença é que não vou para esta trilha pelo Atalaia, que é bacana, mas sim pelo visual da trilha, que é deslumbrante! O Thiago foi ótimo guia, nos mostrou os aratus e seu ciclo de vida, uma moréia represada, contou sobre o dia a dia da ilha sob o ponto de vista de um jovem nativo e até nos apresentou uma toca no costão, mais conhecida como motel da ilha.

Aratus, vistos durante a Caminhada do Atalaia, em Fernando de Noronha - PE

Aratus, vistos durante a Caminhada do Atalaia, em Fernando de Noronha - PE


Depois dessa caminhada toda a base de frutas, provamos o bolinho de tubalhau, carne de tubarão salgada como a de bacalhau, mas não foi suficiente para matar a fome. Mais tarde fomos convidados pelo Haroldo para repetir um jantar em um dos melhores restaurantes de Noronha, o Bistrô da Cacimba. Fomos recebidos pela Cecília, que além de nos atender muito entrou na nossa roda, deixando a noite muito mais animada! Depois de 3 garrafas de vinho português, (muito bem escolhido pelo nosso anfitrião, diga-se de passagem) a noite de sono vai ser perfeita para os mergulhos de amanhã!

Arte ao ar livre, ao lado do Museu do Tubarão, ao final da Caminhada do Atalaia, em Fernando de Noronha - PE

Arte ao ar livre, ao lado do Museu do Tubarão, ao final da Caminhada do Atalaia, em Fernando de Noronha - PE

Brasil, Pernambuco, Fernando de Noronha, trilha, Atalaia

Veja todas as fotos do dia!

Faz um bem danado receber seus comentários!

Post anterior Fim de tarde na Praia do Leão em Fernando de Noronha - PE

Praia do Leão

Post seguinte Tartaruga durante mergulho em Iúias, em Fernando de Noronha - PE (foto de Mateus Harfush - Ciliares)

Iuias e Pedras Secas

Blog do Rodrigo Praia e Piscina do Atalaia, em Fernando de Noronha - PE

Separados

Comentários (1)

Participe da nossa viagem, comente!
  • 06/04/2014 | 17:13 por Dan - Muita Viagem

    lugar lindo!

Blog da Ana Blog da Rodrigo Vídeos Esportes Soy Loco A Viagem Parceiros Contato

2012. Todos os direitos reservados. Layout por Binworks. Desenvolvimento e manutenção do site por Race Internet