0 Teresina à Parnaíba - Blog da Ana - 1000 dias

Teresina à Parnaíba - Blog da Ana - 1000 dias

A viagem
  • Traduzir em português
  • Translate into English (automatic)
  • Traducir al español (automático)
  • Tradurre in italiano (automatico)
  • Traduire en français (automatique)
  • Übersetzen ins Deutsche (automatisch)
  • Hon'yaku ni nihongo (jidö)

lugares

tags

arqueologia cachoeira Caribe cidade histórica Estrada mar Mergulho Montanha parque nacional Praia Rio roteiro Trekking trilha

paises

Alaska Anguila Antígua E Barbuda Argentina Aruba Bahamas Barbados Belize Bermuda Bolívia Bonaire Brasil Canadá Chile Colômbia Costa Rica Cuba Curaçao Dominica El Salvador Equador Estados Unidos Galápagos Granada Groelândia Guadalupe Guatemala Guiana Guiana Francesa Haiti Hawaii Honduras Ilha De Pascoa Ilhas Caiman Ilhas Virgens Americanas Ilhas Virgens Britânicas Jamaica Martinica México Montserrat Nicarágua Panamá Paraguai Peru Porto Rico República Dominicana Saba Saint Barth Saint Kitts E Neves Saint Martin San Eustatius Santa Lúcia São Vicente E Granadinas Sint Maarten Suriname Trinidad e Tobago Turks e Caicos Venezuela

arquivo

SHUFFLE Há 1 ano: Há 2 anos:

Teresina à Parnaíba

Brasil, Piauí, Teresina, Campo Maior (Jenipapo), Esperantina (P.E. Cachoeira do Urubu)

Cemitério de combatentes no Memorial à Batalha do Jenipapo, em Campo Maior - PI

Cemitério de combatentes no Memorial à Batalha do Jenipapo, em Campo Maior - PI


Num início de tarde quente fomos embora de Teresina, nos despedindo das memórias que não tivemos, sentindo uma vontade imensa de ficar para encontrar o que já não existia mais. Infelizmente não há o que fazer, o “Nós” já se foi, será que voltaremos à Teresina? Quem sabe...

Transporte público comum no Piauí, em Campo Maior - PI

Transporte público comum no Piauí, em Campo Maior - PI


A viagem para Parnaíba nos parece um retrocesso, porém “retroceder nunca, desistir jamais!”, seguimos já em clima de batalha para conhecer um lugar que fez parte da história brasileira, porém é totalmente desconhecida. Repetimos apenas um pequeno trecho de estrada até Campo Maior, a cidade que abrigou parte do exército formado por comuns que nunca haviam estado em uma batalha antes, em prol de um mesmo bem, a Independência do Brasil!

Memorial à Batalha do Jenipapo, em Campo Maior - PI

Memorial à Batalha do Jenipapo, em Campo Maior - PI


D. Pedro já havia proclamado a independência em 7 de Setembro de 1822, porém Dom João VI, seu pai, planejava manter as terras do norte ainda sobre os auspícios portugueses. Ceará, Piauí e Maranhão recebia as tropas do Major João José da Cunha Fidié, encarregada de manter as províncias fiéis à Coroa. Em Oeiras, a 24 de janeiro de 1823, Manuel de Sousa Martins, futuro Visconde da Parnaíba, proclama a Independência e assume a presidência da Junta do Governo do Piauí e um mês depois Fidié resolve marchar à Oeiras para uma represalha ao independentista.

Memorial à Batalha do Jenipapo, em Campo Maior - PI

Memorial à Batalha do Jenipapo, em Campo Maior - PI


Enquanto isso, homens idealistas e revolucionários reuniram as forças nacionalistas na cidade de Campo Maior. Sabendo disso o Major desviou suas tropas e ali, às margens do Rio Jenipapo, deu-se a sangrenta batalha. Estes homens nunca haviam lutado, porém estavam conscientes de sua condição (desfavorável) de luta, com foices, facões e armas para o levante a favor da unidade nacional. Conta a história que as mulheres incentivavam seus maridos, vendiam seus pertences, jóias e o que tivessem para ajudá-los a comprar armas e irem à guerra.

Placa informativa no Memorial à Batalha do Jenipapo, em Campo Maior - PI

Placa informativa no Memorial à Batalha do Jenipapo, em Campo Maior - PI


Foram 1500 homens contra 1000 soldados às margens do rio Jenipapo. A batalha foi perdida, porém desviou a tropa portuguesa do seu objetivo, Oeiras, a então capital do Piauí que provavelmente sucumbiria ao ataque. Dias depois as tropas de Fidié foram rendidas e ele foi obrigado a se entregar no dia 31 de julho de 1823. Esta foi a única batalha com derramamento de sangue pela Independência do Brasil, estes homens lutaram por um ideal e consolidação do território brasileiro. Existem projetos que defendem a inclusão da Batalha do Jenipapo nos livros escolares de todo o Brasil, um momento histórico que merece ser lembrado.

A longa passarela sobre a Cachoeira do Urubu, entre os municípios de Batalha e Esperantina - PI

A longa passarela sobre a Cachoeira do Urubu, entre os municípios de Batalha e Esperantina - PI


Dali, seguimos por uma estrada alternativa que nos levava à cidade de Batalha, onde fica a Cachoeira do Urubu. Não estávamos muito certos do que iríamos encontrar, imaginamos que seria uma cachoeira não muito apetitosa a um mergulho, mas fomos surpreendidos ao chegarmos lá! Um volume imenso de água, atravessados por passarelas que unem os municípios de Batalha e Esperantina.

Cruzando a passarela sobre a Cachoeira do Urubu, entre os municípios de Batalha e Esperantina - PI

Cruzando a passarela sobre a Cachoeira do Urubu, entre os municípios de Batalha e Esperantina - PI


Um final da tarde belíssimo, observando os habilidosos Xexéus, construírem seus ninhos. Eles migram para as margens deste rio no inverno, tempos chuvosos, época de reprodução.

Xexéus em árvore ao lado da Cachoeira do Urubu, entre os municípios de Batalha e Esperantina - PI

Xexéus em árvore ao lado da Cachoeira do Urubu, entre os municípios de Batalha e Esperantina - PI


Xexéu visita seu ninho em árvore ao lado da Cachoeira do Urubu, entre os municípios de Batalha e Esperantina - PI

Xexéu visita seu ninho em árvore ao lado da Cachoeira do Urubu, entre os municípios de Batalha e Esperantina - PI


Continuamos viagem pelas estradas “alternativas” e percebemos por que o são, buracos e falta de acostamento, são comuns na pista, além de animais de todos os tipos, cavalos, burros, porcos, cabras, vacas e cachorros. Com a viagem mais lenta acabamos pegando parte da estrada no escuro e finalmente chegamos à Parnaíba. AZUUUL de fome! Reservamos hotel, mas fomos direto para o La Barca, restaurante às margens do Rio Parnaíba, comer um Peixe Delícia com banana e purê de batata. A culinária típica aqui é o caranguejo-açú, que está em período de reprodução e por isso tem a cata, venda e consumo proibidos neste período. Amanhã vamos conferir o famoso Delta do Parnaíba!

Cachoeira do Urubu, entre os municípios de Batalha e Esperantina - PI

Cachoeira do Urubu, entre os municípios de Batalha e Esperantina - PI

Brasil, Piauí, Teresina, Campo Maior (Jenipapo), Esperantina (P.E. Cachoeira do Urubu), Batalha, Batalha do Jenipapo

Veja todas as fotos do dia!

Não nos deixe falando sozinhos, comente!

Post anterior Dedicatória de Joca Oeiras no livro que organizou

Nós & Elis, a gente era feliz - e sabia.

Post seguinte Dunas do Feijão Bravo, no Delta do Parnaíba, na fronteira dos estados do Piauí e Maranhão.

Delta do Parnaíba

Blog do Rodrigo Observando a Cachoeira do Urubu bem de perto, entre os municípios de Batalha e Esperantina - PI

Jenipapo e Urubu

Comentários (2)

Participe da nossa viagem, comente!
  • 22/11/2012 | 15:16 por Everardo Torres

    Vi as fotos da Cachoeira do Urubu, em Batalha, mas esqueceram de visitar as cachoeiras do Canta Galo, Xixá e Mosquito, todas em Batalha. Veja as fotos clicando nos link logo abaixo:


    http://folhadebatalha.com.br/portal/index.php?pg=fotos

    Resposta:
    Puxa Everardo, infelizmente a nossa passagem por Batalha foi rápida mesmo... =/ Ainda temos que voltar por essas terras lindas do Piauí! As dicas estão anotadas! Abs!

  • 10/02/2011 | 11:14 por FraN carvalho

    E não deixem de conhecer Barra grande... amanhã...sexta... depois do trabalho...sigo direto praa lá... paraíso é la!

    Resposta:
    Oi Fran! Infelizmente não conseguirmos ir para lá, só depois que passamos foi que vimos sua dica, vai ficar para uma próxima oportunidade. Várias pessoas nos falaram bem, vimos fotos e tudo. Deve ser um paraíso, realmente. Aproveite por nós!
    Beijos
    Ana

Blog da Ana Blog da Rodrigo Vídeos Esportes Soy Loco A Viagem Parceiros Contato

2012. Todos os direitos reservados. Layout por Binworks. Desenvolvimento e manutenção do site por Race Internet