0 Santa Lúcia Urbana - Blog da Ana - 1000 dias

Santa Lúcia Urbana - Blog da Ana - 1000 dias

A viagem
  • Traduzir em português
  • Translate into English (automatic)
  • Traducir al español (automático)
  • Tradurre in italiano (automatico)
  • Traduire en français (automatique)
  • Übersetzen ins Deutsche (automatisch)
  • Hon'yaku ni nihongo (jidö)

lugares

tags

arqueologia cachoeira Caribe cidade histórica Estrada mar Mergulho Montanha parque nacional Praia Rio roteiro Trekking trilha

paises

Alaska Anguila Antígua E Barbuda Argentina Aruba Bahamas Barbados Belize Bermuda Bolívia Bonaire Brasil Canadá Chile Colômbia Costa Rica Cuba Curaçao Dominica El Salvador Equador Estados Unidos Galápagos Granada Groelândia Guadalupe Guatemala Guiana Guiana Francesa Haiti Hawaii Honduras Ilha De Pascoa Ilhas Caiman Ilhas Virgens Americanas Ilhas Virgens Britânicas Jamaica Martinica México Montserrat Nicarágua Panamá Paraguai Peru Porto Rico República Dominicana Saba Saint Barth Saint Kitts E Neves Saint Martin San Eustatius Santa Lúcia São Vicente E Granadinas Sint Maarten Suriname Trinidad e Tobago Turks e Caicos Venezuela

arquivo

SHUFFLE Há 1 ano: Há 2 anos:

Santa Lúcia Urbana

Santa Lúcia, Rodney Bay

Vista da baía de Rodney Bay, do alto de Pigeon Island no norte de Santa Lúcia

Vista da baía de Rodney Bay, do alto de Pigeon Island no norte de Santa Lúcia


Distante das pacatas vilas quase africanas e resorts mais luxuosos de Soufrière, porém a apenas 15km ao norte de Castries, está a turística e agitada Rodney Bay. Aqui encontramos a Santa Lúcia dos cruzeiros e grandes redes de hotéis como Sandals e afins, assim como restaurantes e a infraestrutura a que os estrangeiros estão acostumados. Não é por acaso que Rodney Bay é também o lugar escolhido pela maioria dos “expats” vivem em Santa Lúcia, seja a trabalho ou na sonhada aposentadoria.

A bela costa ao lado de Pigeon Island, parque próximo à Rodney Bay, norte de Santa Lúcia

A bela costa ao lado de Pigeon Island, parque próximo à Rodney Bay, norte de Santa Lúcia


No centro de todo esse agito está a Rodney Bay Marina, com toda a estrutura necessária para as centenas de velejadores e yatchers que passam por aqui em suas empreitadas caribenhas. Do outro lado da rua um novo shopping com supermercado, lojas de marcas famosas, restaurantes e um grande cassino dão os primeiros ares mais americanizados à ilha britânica.

Casas na marina de Rodney Bay, norte de Santa Lúcia

Casas na marina de Rodney Bay, norte de Santa Lúcia


O canal da marina parece dividir a cidade em dois mundos completamente diferentes: de um lado o caribe dos ricos e famosos em seus veleiros e do outro um mundo muito mais real, onde pescadores e suas famílias lidam com as dificuldades do dia a dia, neste cenário paradisíaco que muitas vezes nem é notado. Ainda assim, ali está uma das comunidades mais festivas de Santa Lúcia e, quiçá, de todo este canto do Caribe. A vila de pescadores de Gros Ilet e suas casinhas de madeira são palco para uma das festas de rua mais animadas da ilha, que acontece todas as sextas-feiras.

Pescadores deixam suas redes pescando, depois de um dia de trabalho em Rodney Bay, em Santa Lúcia

Pescadores deixam suas redes pescando, depois de um dia de trabalho em Rodney Bay, em Santa Lúcia


A Reduit Beach é a mais próxima da vila e da marina e tem a maioria das opções de hospedagem. Embora seja fácil encontrar restaurantes e bares perto da praia, o nosso preferido foi o bar da Mama Anne Mary, no canto esquerdo da praia. Bar frequentado por locais e antigos clientes que vem de Martinica com seus veleiros até aqui para tomar o delicioso rum punch ou uma piton gelada com a Mama. A simplicidade e simpatia dos locais é que faz o boteco pé na areia ter uma energia especial.

Vista da baía de Rodney Bay, do alto de Pigeon Island no norte de Santa Lúcia

Vista da baía de Rodney Bay, do alto de Pigeon Island no norte de Santa Lúcia


Apenas 4 km ao norte de Gros Ilet está o Pigeon Island National Park. A pequena ilha abriga o Forte Rodney construído pelo Almirante britânico George Rodney em meados do século XVIII.

Ruínas da antiga fortificação inglesa em Pigeon Island, parque próximo à Rodney Bay, norte de Santa Lúcia

Ruínas da antiga fortificação inglesa em Pigeon Island, parque próximo à Rodney Bay, norte de Santa Lúcia


Passamos uma tarde deliciosa na ilha, visitamos as ruínas e a história do forte, exploramos suas trilhas e subimos ao pico mais alto da ilha, o Morro do Sinal, ponto utilizado pelos americanos para comunicação durante a Segunda Guerra Mundial.

Caminhando em Pigeon Island, parque próximo à Rodney Bay, norte de Santa Lúcia

Caminhando em Pigeon Island, parque próximo à Rodney Bay, norte de Santa Lúcia


Parte alta de Pigeon Island, parque próximo à Rodney Bay, norte de Santa Lúcia

Parte alta de Pigeon Island, parque próximo à Rodney Bay, norte de Santa Lúcia


Na década de 70 a ilha foi ligada à Gros Ilet por uma causeway e se tornou parque nacional não apenas pela beleza cênica, mas pelo valor histórico do local. A visita à Pigeon Island é obrigatória e ajuda a fechar o roteiro em Santa Lúcia com uma visão histórica do país.

Uma das muitas placas informativas sobre a história de Pigeon Island, parque próximo à Rodney Bay, norte de Santa Lúcia

Uma das muitas placas informativas sobre a história de Pigeon Island, parque próximo à Rodney Bay, norte de Santa Lúcia


Pequena e bela praia em Pigeon Island, parque próximo à Rodney Bay, norte de Santa Lúcia

Pequena e bela praia em Pigeon Island, parque próximo à Rodney Bay, norte de Santa Lúcia


Visite Santa Lúcia, alugue um carro e percorra as vilazinhas de Soufrière Bay, descubra os temperos, cores e cheiros que este paraíso esconde fora dos grandes hotéis e resorts luxuosos. Esta Santa Lúcia sim é apaixonante e exclusiva.

No alto do antigo forte em Pigeon Island, parque próximo à Rodney Bay, norte de Santa Lúcia

No alto do antigo forte em Pigeon Island, parque próximo à Rodney Bay, norte de Santa Lúcia



Viajantes se atraem!

Com o David e a Marília, nossos queridos anfitiões em Rodney Bay, norte de Santa Lúcia

Com o David e a Marília, nossos queridos anfitiões em Rodney Bay, norte de Santa Lúcia


Tivemos três noites e dois dias completos para explorar a região e mal imaginávamos que ali ganharíamos um dos maiores presentes dessa viagem ao Caribe. Um encontro especial com o casal de brasileiros-britânicos (ou vice-versa), David e Marília. Ele é nascido na Inglaterra e ela no Brasil, mas depois de 36 anos viajando e morando nos lugares mais improváveis, se consideram cidadãos do mundo. Marília é jornalista e trabalhou para grandes editoras, escrevendo guias de viagem do Caribe e do nordeste brasileiro entre as décadas de 60 e 70 para um encarte que começava naquela época, “um tal de” 4 Rodas. Conviveu com grandes nomes do jornalismo e literatura brasileiros, lutou contra a ditadura e viu artistas como Nara Leão e Chico Buarque em suas primeiras apresentações no teatro estudantil da que se tornaria a UFRJ. Até que conheceu David, um engenheiro inglês apaixonado por viagens e que escolheu ter a vida cigana dos gerentes de projetos, sendo realocado mais de 14 vezes nos últimos 30 anos. Nos diferentes projetos os levaram à Paris dos anos 70, à Polônia da cortina de ferro, Houston, e mais recentemente ao Iraque e Paquistão.

Com a Marília na marina de Rodney Bay, norte de Santa Lúcia

Com a Marília na marina de Rodney Bay, norte de Santa Lúcia


A Marília o acompanhou nas suas andanças por todo o mundo e disse ter se apaixonado pelo Paquistão, país com muita história, super barato e onde tiveram uma ótima experiência. Marília e David nos deram aulas de história e de como viver a vida, pessoas interessantíssimas, sempre curiosos, dispostos e jovens do alto dos seus quase 70 anos! Ficamos hospedados em sua casa as três noites, sempre regadas por um bom vinho e ótimas conversas e companhias. Esse encontro não teria acontecido se o destino não tivesse feito os espíritos viajantes dos cariocas Rosa e Roberto nos encontrarem em Barbados. Eles nos apresentaram à Marília via internet e lá fomos nós visitá-los! Quero deixar aqui o nosso agradecimento especial ao Casal Colvin, nossos novos amigos de tantas coincidências (ou não!) e tantas afinidades. Muito Obrigada!

No alto de Pigeon Island, parque próximo à Rodney Bay, norte de Santa Lúcia

No alto de Pigeon Island, parque próximo à Rodney Bay, norte de Santa Lúcia

Santa Lúcia, Rodney Bay, Praia, Amigos, cidade histórica, Pigeon Island National Park

Veja todas as fotos do dia!

Diz aí se você gostou, diz!

Post anterior Uma bela tartaruga durante mergulho em Soufriere, sul de Santa Lúcia, no Caribe

Santa Lúcia Sub!

Post seguinte Pier avança sobre o lindo mar de Bequia, em São Vicente e Granadinas, no sul do Caribe

St Vincent and the Granadines

Blog do Rodrigo Época de flores em Pigeon Island, parque próximo à Rodney Bay, norte de Santa Lúcia

Férias das Férias

Comentários (1)

Participe da nossa viagem, comente!
  • 02/05/2013 | 21:11 por Tech Survey

    OLa Ana, tudo bem.

    Você pode nos indicar alguém em St Lucia que possa fazer um trabalho de fotos em um barco na Rodney Bay..

    Se puder nos ajudara agradecemos

    Resposta:
    Olá, infelizmente não conheço ninguém que trabalhe com barcos em Santa Lúcia para te indicar, talvez o ideal seja ligar para o Yatch Club de Rodney Bay, eles te darão algum nome mais garantido. Abraços!

Blog da Ana Blog da Rodrigo Vídeos Esportes Soy Loco A Viagem Parceiros Contato

2012. Todos os direitos reservados. Layout por Binworks. Desenvolvimento e manutenção do site por Race Internet