0 Roteiro na República Dominicana - Blog da Ana - 1000 dias

Roteiro na República Dominicana - Blog da Ana - 1000 dias

A viagem
  • Traduzir em português
  • Translate into English (automatic)
  • Traducir al español (automático)
  • Tradurre in italiano (automatico)
  • Traduire en français (automatique)
  • Übersetzen ins Deutsche (automatisch)
  • Hon'yaku ni nihongo (jidö)

lugares

tags

arqueologia cachoeira Caribe cidade histórica Estrada mar Mergulho Montanha parque nacional Praia Rio roteiro Trekking trilha

paises

Alaska Anguila Antígua E Barbuda Argentina Aruba Bahamas Barbados Belize Bermuda Bolívia Bonaire Brasil Canadá Chile Colômbia Costa Rica Cuba Curaçao Dominica El Salvador Equador Estados Unidos Galápagos Granada Groelândia Guadalupe Guatemala Guiana Guiana Francesa Haiti Hawaii Honduras Ilha De Pascoa Ilhas Caiman Ilhas Virgens Americanas Ilhas Virgens Britânicas Jamaica Martinica México Montserrat Nicarágua Panamá Paraguai Peru Porto Rico República Dominicana Saba Saint Barth Saint Kitts E Neves Saint Martin San Eustatius Santa Lúcia São Vicente E Granadinas Sint Maarten Suriname Trinidad e Tobago Turks e Caicos Venezuela

arquivo

SHUFFLE Há 1 ano: Há 2 anos:

Roteiro na República Dominicana

República Dominicana, Santo Domingo, Jarabacoa, Samana, Punta Cana

Playa Frontón, o melhor segredo da península de Samaná, litoral norte da República Dominicana

Playa Frontón, o melhor segredo da península de Samaná, litoral norte da República Dominicana


Para quem nunca ouviu falar da República Dominicana, este é um país localizado na ilha de Hispaniola no Caribe, mais conhecida como o lugar onde fica a praia e os Resorts All Inclusive de Punta Cana. Sim, Punta Cana não está em uma ilha perdida no meio do Caribe, ela faz parte de um dos maiores países caribenhos com uma história e cultura riquíssimas, montanhas, cavernas secas e inundadas e inclusive praias ainda mais bonitas do que aquela dos resorts.

Vista do alto do Pico Duarte, na República Dominicana

Vista do alto do Pico Duarte, na República Dominicana


A ilha de Hispaniola é uma das duas ilhas do Caribe dividida por dois diferentes países: a República Dominicana e o Haiti. Nós programamos 20 dias na ilha e dividimos nosso tempo entre ambos, mas 20 dias foram poucos para ver tudo! Confesso a vocês que na nossa correria habitual não tivemos tempo de preparar este roteiro, chegamos lá com uma ideia do que gostaríamos de conhecer, mas foi assuntando com os locais que fechamos os detalhes e o roteiro final.


Roteiro na Rep. Dominicana e Haiti, clique para ver o mapa ampliado

Nosso roteiro começou pela capital Santo Domingo, a primeira cidade das Américas ainda existente. Não sei se vocês lembram ou sabem disso, mas, depois de gritar “Terra à vista!”, foi nesta ilha que os espanhóis desembarcaram pela primeira vez no continente americano. A cidade tem edifícios coloniais belíssimos na charmosa Zona Colonial, dentre os vários “primeiros” do país estão a primeira casa onde viveu Cristóvão Colombo nas Américas e a primeira Catedral do continente.

As pombas não parecem se importar muito com o imponente Colombo, na Zona Colonial de Santo Domingo, capital da República Dominicana

As pombas não parecem se importar muito com o imponente Colombo, na Zona Colonial de Santo Domingo, capital da República Dominicana


A charmosa arquitetura da Zona Colonial, centro histórico de Santo Domingo, capital da República Dominicana

A charmosa arquitetura da Zona Colonial, centro histórico de Santo Domingo, capital da República Dominicana


Santo Domingo é o hub para todo o transporte rodoviário da ilha, daqui saem os ônibus para Punta Cana, Santiago, segunda maior cidade do país, e ao Haiti. Nossa curiosidade e ansiedade de chegar neste país não nos deixou esperar nem mais um dia! Após explorações e um mergulho nos arredores de Santo Domingo, nos mandamos para a controversa capital haitiana, a cidade de Port-au-Prince. “O que vocês vão fazer lá?”, escutávamos de todos os lados. “É perigoso, é feio, não tem nada para fazer e ver no Haiti!” e nós apenas respondíamos, ok, queremos ver isso com os nossos olhos. Programamos 7 noites e 8 dias no Haiti e, mesmo sem falar creole e nem francês, se pudesse mudaria tudo para ficar mais tempo no país. Não se preocupe, detalharei tudo nos próximos posts!

Detalhes de haitianos no mercado de Cabaret, antiga Duvalierville, ao norte de Port-au-Prince, no Haiti

Detalhes de haitianos no mercado de Cabaret, antiga Duvalierville, ao norte de Port-au-Prince, no Haiti


Voltando à República Dominicana, entramos pelo norte do país, utilizando a simpática cidade de montanha de Jarabacoa como base. Dela partimos para um trekking de 2 dias até o cume do Pico Duarte (3.086m), ponto mais alto do Caribe. Além da montanha a região possui lindas cachoeiras, raftings, parapente e uma infinidade de atividades em meio à natureza. Lá mesmo alugamos um carro e rumamos ao norte para conhecer as mais lindas praias do país.

Mulas descansam na área do refúgio do Pico Duarte, na República Dominicana

Mulas descansam na área do refúgio do Pico Duarte, na República Dominicana


Exploramos a costa de carro em um dia, apressadíssimos para chegar no que seria a cereja do bolo, a Península de Samaná. Foram dois dias e duas noites que desbancaram qualquer mordomia que um hotel all inclusive possa dar até ao mais preguiçoso dos turistas. Na boa, quem veio à Punta Cana e não dirigiu mais 3 horinhas para chegar até aqui não sabe o que perdeu.

As incríveis cores da Playa Rincón, perto de La Galera, na península de Samaná, na costa norte da República Dominicana

As incríveis cores da Playa Rincón, perto de La Galera, na península de Samaná, na costa norte da República Dominicana


Voltamos a Jarabacoa e Santo Domingo, de onde pegamos um ônibus para conhecer, afinal, a tão afamada Punta Cana. Tínhamos que ir até lá conferir, mesmo sabendo que não era muito a nossa praia. Não pagamos a tarifa mais barata que achamos e mesmo assim caímos em um dos dos hotéis mais pops, o Bávaro Dominican Beach. Pense em alguém que queria morrer... EU! Sinceramente, eu não nasci para isso não... se é para ficar preso em um hotel all inclusive, que seja um 5 estrelas, bem chique! Não pode bancar um 5 estrelas, como nós? Então invista direito estes dólares e encontre melhores restaurantes, praias e paisagens mais paradisíacas, entre em contato com a cultura local e seja feliz sem regras estúpidas, bebidas talibãs e buffets pasteurizados.

Chegando ao litoral na costa norte da República Dominicana

Chegando ao litoral na costa norte da República Dominicana


Depois deste breve “rolé” pela ilha de Hispaniola fechamos, nos 1000dias, todos os países do Caribe. Estas Ilhas-países são um pedacinho da África no continente americano, com o seu melhor e o seu pior. Pobreza, corrupção, distorções e contrastes sociais, que nos deixam tão embasbacados quanto a criatividade e a alegria do seu povo, a qualidade da sua música, seus vulcões, mergulhos e a beleza de suas praias. Caribe, agora que já te conheço só posso dizer que quero voltar e será logo!

A grandiosa paisagem que se vê do alto da Citadelle, no norte do Haiti

A grandiosa paisagem que se vê do alto da Citadelle, no norte do Haiti

República Dominicana, Santo Domingo, Jarabacoa, Samana, Punta Cana, Praia, Montanha, Caribe, roteiro, Punta Cana, Pico Duarte, Samaná, República Dominicana

Veja todas as fotos do dia!

Diz aí se você gostou, diz!

Post anterior Atravessando a Ponte das Américas, sobre o Canal do Panamá, na chegada à Cidade do Panamá, a capital do país

Burocracias Panamenhas

Post seguinte Iluminação noturna na Plaza Colón, em Santo Domingo, na República Dominicana

Santo Domingo

Blog do Rodrigo Parque Colón, na Zona Colonial de Santo Domingo, capital da República Dominicana

Hispaniola, Última Viagem ao Caribe

Comentários (5)

Participe da nossa viagem, comente!
  • 06/01/2015 | 16:39 por Victor Mangerona

    Ola, boa tarde!!!

    Estou programando de conhecer a República Dominicana e comprei passagem para visitar o país no mês de julho desse ano.
    Gostaria de saber quanto a preço de hotéis, como eles tratam os brasileiros nesse país, pois vi em alguns lugares que eles são muito agressivos.
    Gostaria de saber também onde consigo converter a moeda do real para os pesos dominicanos ou se posso trabalhar com dólar no país.
    E qual seria um valor bom para levar para o país que tivesse como manter minha hospedagem pois vou sozinho e manter a alimentação, e quanto a preço de aluguéis de carros, se pode dirigir no país apenas com carteira nacional brasileira.

    Desde já muito obrigado

  • 07/06/2014 | 01:35 por Roger

    Ana, super legal você ter respondido minha mensagem anterior bem rápido. Baseado nela, acabei de reservar as 4 passagens BH-Santo Domingo.
    Tenho 3 dias para confirmar, mas veja bem: se eu for, vou em 11/01/15 e volto 22/01 (foi o maior período que achei com milhas). 11 dias dá pra fazer uma viagem legal no roteiro que te falei (tá na mensagem anterior)? Um detalhe que você esqueceu: rola de conhecer as praias de Punta Cana sem ficar nos hotéis tipo all inclusive? Ou seja, há hotéis ou pousadas de pequeno porte com preços melhores perto da praia? Desculpe-me incomodá-la com esta minha preocupação, mas meu custo de tudo é "x 4" e tenho que fazer na ponta do lápis, senão tenho que apelar para minha linda 4ª praia de Morro de São Paulo. rsrsrsrs
    Gostei muito de seu blog.

    Obrigado,

    Rogério

    Resposta:
    Oi Rogério, que ótimo que a passagem já está comprada! 11 dias foi exatamente o tempo que nós ficamos lá e ainda fizemos 3 dias de trekking no Pico Duarte, então viajando tranquilo com as crianças, ficando estes 3 dias em Samaná e conhecendo o PN de los Haitises com certeza você terá um roteiro bem bacana. Agora, respondi mas não ficou claro então... eu não vi nenhuma pousada em Punta Cana na beira da praia, pode até ser que exista, mas eu não conheço. Mas os all inclusives não são caros lá, eu lembro que encontrei um menor que custaria em torno de 69 dólares para o casal com comida e tudo, um ótimo preço e alguns deles você tem a opção de não pagar o all inclusive, deixando na diária apenas o café da manhã. Tem que ver se vale a pena, pois fora dos hotéis só existem restaurantes no centro da cidade, longe da praia, o que tira a praticidade. Resumindo, em Punta Cana procure as promoções, entre no "esquemão" que me parece a melhor (única) opção. Por isso talvez você possa ficar menos tempo lá e deixar para aproveitar mais o litoral norte. Se quiser dá uma olhada nestes links do Ricardo Freire para ler uns hoteis reviews que ele fez de lá... http://www.viajenaviagem.com/americas/caribe-a-z/punta-cana-ricardo-freire/punta-cana-links-e-posts/
    Mas procure bem que você acha! Agora com a passagem comprada nada de Morro de SP! (que eu tb amo! rsrs)
    Boa viagem!
    Ana

  • 06/06/2014 | 12:48 por Roger

    Ana, estou ensaiando todo ano ir para a República Dominicana, mas fico com receio porque vou com esposa e mais 2 crianças (5 e 8 anos). Gostaria de fazer um esquema de alugar um carro em Santo Domingo, passando por baixo e conhecendo as praias até Punta Cana. Depois, ir para Samará. Dois receios: custo dos hotéis (não faço questão de all inclisive) e segurança em dirigir nas estradas - digo preocupação com violência. O que você acha? O custo é muito alto e a seguraça é fator preocupante?

    Ficaria muito grato se respondesse.

    Obrigado,
    Rogério

    Resposta:
    Oi Roger! Já vi que você é dos nossos! rs! Não se preocupe com violência, lá você tem que ter os mesmos cuidados que temos aqui, não dirija de noite e evite os arredores das cidades e áreas mais vazias. Nós alugamos o nosso carro por uns 40 dólares em Jarabacoa com locadores pequenos, regionais. Na capital você deve achar por um pouco mais, 50 ou 60 dólares ainda seriam bons valores. O litoral sul tem praias bonitas na região do parque nacional Del Este ou antes, perto de Barahona, mas não tivemos tempo de explorar. Em Punta Cana a praia é dominada pelos all inclusives, a mais bonita é a Praia do Bávaro e um dos mais econômicos são do Barceló, aí tem que pesquisar as promoções e ver o que você encontra... vale pena experiência com as crianças mais do que pela praia, pois você vai ver que as da Península de Samaná e Los Haitises são as mais bonitas. O país está preparado para o turismo, vá que você não irá se arrepender. Boa viagem e nos conte o que achou depois =) Bjs

  • 25/02/2014 | 00:01 por Augusto

    Gostamos bastante de Santo Domingo também, deu vontade de prolongar a viagem pra conhecer mais cidades além da capital e das praias mais badaladas em Punta Cana. Mas ficou pra um próxima vez, hehehehe.

    Estamos publicando tudo sobre nossa experiência na República Dominicana no nosso blog de viagem também, se puderem, façam uma visitinha por lá!

    http://www.embarqueportao5.com.br/america-central/caribe/republica-dominicana/

    Resposta:
    Bacaníssimo seu blog Augusto! Vou acompanhar e viajar com vocês também, muito obrigada! Abs!

  • 20/05/2013 | 09:39 por Paulo Pereira

    Fantástico. E que saudades. Já aí estive, em Punta Cana e Samaná, sobretudo pelas praias fabulosas. Foram férias interessantes, pois consegui fazer algo que sempre gosto: uma fotoreportagem, captando expressões desse povo afável e de alguns locais mágicos. Em Samaná, a minha zona predilecta, aconselho uma visita ao mercado da cidade e, claro, o Parc National Los Haitises. Imperdível.

    Resposta:
    Olá Paulo! Adoramos Samaná, é mesmo uma região maravilhosa! Mas infelizmente perdemos o Parque Nacional los Haitises, motivo para voltar! Beijos!

Blog da Ana Blog da Rodrigo Vídeos Esportes Soy Loco A Viagem Parceiros Contato

2012. Todos os direitos reservados. Layout por Binworks. Desenvolvimento e manutenção do site por Race Internet