0 Icefields Parkway - Blog da Ana - 1000 dias

Icefields Parkway - Blog da Ana - 1000 dias

A viagem
  • Traduzir em português
  • Translate into English (automatic)
  • Traducir al español (automático)
  • Tradurre in italiano (automatico)
  • Traduire en français (automatique)
  • Übersetzen ins Deutsche (automatisch)
  • Hon'yaku ni nihongo (jidö)

lugares

tags

arqueologia cachoeira Caribe cidade histórica Estrada mar Mergulho Montanha parque nacional Praia Rio roteiro Trekking trilha

paises

Alaska Anguila Antígua E Barbuda Argentina Aruba Bahamas Barbados Belize Bermuda Bolívia Bonaire Brasil Canadá Chile Colômbia Costa Rica Cuba Curaçao Dominica El Salvador Equador Estados Unidos Galápagos Granada Groelândia Guadalupe Guatemala Guiana Guiana Francesa Haiti Hawaii Honduras Ilha De Pascoa Ilhas Caiman Ilhas Virgens Americanas Ilhas Virgens Britânicas Jamaica Martinica México Montserrat Nicarágua Panamá Paraguai Peru Porto Rico República Dominicana Saba Saint Barth Saint Kitts E Neves Saint Martin San Eustatius Santa Lúcia São Vicente E Granadinas Sint Maarten Suriname Trinidad e Tobago Turks e Caicos Venezuela

arquivo

SHUFFLE Há 1 ano: Há 2 anos:

Icefields Parkway

Canadá, Banff National Park, Jasper National Park

Explorando a geleira de Columbia Ice Fields, no Jasper National Park, em Alberta, no Canadá

Explorando a geleira de Columbia Ice Fields, no Jasper National Park, em Alberta, no Canadá


Imaginem a situação: estamos no Canadá, cruzando as Montanhas Rochosas, um lugar em que as mínimas podem chegar a -52°C e a brazuca aqui escuta o nome “Icefields Parkway”. Hummm, interessante! Ela vê um imenso caminhão com rodas de 1,5m de diâmetro, que leva turistas por essas rotas, fotos do caminhão pequenininho em meio a um imenso campo branco e gelado. O que ela imagina? Cruzaremos sobre um imenso glaciar, tudo nevado, talvez a Fiona precise de correntes, 4 x 4 com certeza! Mas, será que vamos conseguir passar? É claro, estamos em um país de primeiro mundo, organizado, se um carro como o nosso não conseguir passar eles não nos deixam nem entrar na rodovia.

Ao lado do veículo que leva turistas nas geleiras do Banff National Park, em Alberta, no Canadá

Ao lado do veículo que leva turistas nas geleiras do Banff National Park, em Alberta, no Canadá


Lindo! Assim pegamos a estrada que cruza as Rochosas, ligando o Banff National Park em direção ao Jasper National Park. Nesta região está localizado um dos maiores campos de gelo do mundo, o Columbia Icefield, com 325km2, que pode chegar a 365m de profundidade! Nele se originam alguns dos principais rios da região, como o Athabasca River e o North Saskatchewan River, que por sua vez seguem ao Rio Columbia e à Hudson Bay, no Oceano Ártico. O Columbia Icefield alimenta 8 principais glaciares, alguns dos quais são visíveis da própria parkway.

A bela geleira de Crowfoot, na estrada entre Lake Louise e Jasper, em Alberta, no Canadá

A bela geleira de Crowfoot, na estrada entre Lake Louise e Jasper, em Alberta, no Canadá


Pegamos a estrada animadíssimos, muito gelo e muita neve nos esperavam! Certo? Errado! Já nos primeiros quilômetros vimos que não seria nada disso, afinal estamos no verão, não é mesmo? Verão, minha gente, é quente até no meio do Canadá. Não sei se é culpa do aquecimento global ou não, mas este é um fato. Assim como inverno é frio até no Brasil! Ok, não em todo Brasil, mas lá nas minhas terras subtropicais o aquecimento global só a esfriou ainda mais.

Estrada que corta as montanhas e a belíssima paisagem entre Lake Louise e Jasper, em Alberta, no Canadá

Estrada que corta as montanhas e a belíssima paisagem entre Lake Louise e Jasper, em Alberta, no Canadá


Os 232 km de estrada cruzam paisagens magníficas, entre montanhas nevadas, florestas de coníferas, lagos alpinos, glaciares e cachoeiras. Nesta época do ano a estrada está aberta, um asfalto ótimo sem um pingo de neve ou gelo. Mas leve um casaquinho, pois as montanhas criam o seu próprio microclima, movimentando o ar gelado dos glaciares para a beira dos lagos e o fundo dos vales.

Estrada que corta as montanhas e a belíssima paisagem entre Lake Louise e Jasper, em Alberta, no Canadá

Estrada que corta as montanhas e a belíssima paisagem entre Lake Louise e Jasper, em Alberta, no Canadá


No caminho paramos em inúmeros mirantes, Hebert Lake e suas águas cristalinas, onde conhecemos Len e Irmite, um simpático casal canadense que nos encheu de dicas sobre a British Columbia e os nossos caminhos pela costa do Pacífico. Quem sabe conseguiremos encontrá-los próximos à Vancouver na nossa descida pelo Canadá!

Foto antiga mostra a geleira de Crowfoot ainda com três dedos, na estrada entre Lake Louise e Jasper, em Alberta, no Canadá

Foto antiga mostra a geleira de Crowfoot ainda com três dedos, na estrada entre Lake Louise e Jasper, em Alberta, no Canadá


O Crowfoot Glacier é o primeiro dos glaciares que avistamos. O nome vem do seu formato parecido com um pé de um corvo, porém com a retração do glaciar ele perdeu um dos seus dedos. Há 94 anos uma foto deste mesmo lugar (acima) mostra como era a geleira, mais um dos sinais claros do aumento da temperatura no nosso planeta.

A geleira de Crowfoot, agora com apenas dois dedos, na estrada entre Lake Louise e Jasper, em Alberta, no Canadá

A geleira de Crowfoot, agora com apenas dois dedos, na estrada entre Lake Louise e Jasper, em Alberta, no Canadá


Adiante paramos para uma foto no Bow Lake, lago criado pelo Bow Glacier e que também alimenta o Bow River que criou do Bow Valley. Impressionante como um mesmo “Bow” pode ser responsável por tanta beleza!

O magnífico cenário da estrada entre Lake Louise e Jasper, em Alberta, no Canadá

O magnífico cenário da estrada entre Lake Louise e Jasper, em Alberta, no Canadá


Infelizmente não podemos parar em todos os mirantes do caminho e como o nosso dia é longo, fizemos a próxima parada no Peyto Lake. Este lago também é criado pelo glaciar de mesmo nome, que está localizado na Peyto Mountains. O glaciar está cada vez mais diminuto e pode ser visto a uma longa distância, mas o seu lago é um dos mais famosos dos Icefileds, com fotos maravilhosas em dias ensolarados. É, infelizmente não tivemos a mesma sorte. A chuva nos pegou no alto da trilha e descemos correndo para o conforto da Fiona.

Lagos e montanhas na estrada entre Lake Louise e Jasper, em Alberta, no Canadá

Lagos e montanhas na estrada entre Lake Louise e Jasper, em Alberta, no Canadá


Já bem impressionados com as belezas do caminho e esperando mais um glaciar no alto da montanha chegamos ao Athabasca Glacier. Embasbacados, finalmente entendemos qual era todo aquele marketing dos grandes caminhões e aventuras pelo gelo!

minúsculas pessoas caminham na geleira de Columbia Ice Fields, no Jasper National Park, em Alberta, no Canadá

minúsculas pessoas caminham na geleira de Columbia Ice Fields, no Jasper National Park, em Alberta, no Canadá


O gigantesco Athabasca Glacier é uma das seis principais línguas de gelo do Columbia Icefield. Ele atualmente retrocede de 2 a 3 metros por ano, já diminuiu 1,5km nos últimos 125 anos e perdeu metade do seu volume. Ainda assim, suas proporções são imensas, com 6km de comprimento e pouco mais de 6km2 de área, é um o glaciar mais visitado da América do Norte.

Riacho atravessa a geleira de Columbia Ice Fields, no Jasper National Park, em Alberta, no Canadá

Riacho atravessa a geleira de Columbia Ice Fields, no Jasper National Park, em Alberta, no Canadá


Descemos do carro e subimos uma de suas imensas moraines, pilhas de terra e pedras criadas pela geleira, cruzando as placas de marcação do seu retrocesso. As placas indicam onde a geleira estava naquele ano. Passamos por 1982 e ainda andamos um longo caminho até chegar ao gelo.

A caminho da geleira em Columbia Ice Fields, a placa marca até onde o gelo chegava em 1982 (no Jasper National Park, em Alberta, no Canadá)

A caminho da geleira em Columbia Ice Fields, a placa marca até onde o gelo chegava em 1982 (no Jasper National Park, em Alberta, no Canadá)


Excursões com guias e equipamentos especializados são vendidas do outro lado da estrada para trekkings pelo glaciar. Nós chegamos lá e vimos todos caminhando sobre um longo caminho já pisado, sujo e marcado na geleira e, é claro, não passamos vontade. Andamos pelo belíssimo glaciar, ao lado das corredeiras azuladas criadas sobre o gelo e até o sol deu o ar da graça.

Caminhando pela fantástica geleira de Columbia Ice Fields, no Jasper National Park, em Alberta, no Canadá

Caminhando pela fantástica geleira de Columbia Ice Fields, no Jasper National Park, em Alberta, no Canadá


Aqui vale uma ressalva! Caminhar no glaciar não é recomendado. O perigo mora nas fissuras criadas pela água sob o gelo. Com o peso de uma criança o gelo que está escondendo um oco super profundo pode ceder e tanto a queda quanto o frio, podem ser fatais.

O balé das águas na Athabasca Falls, no Jasper National Park, em Alberta, no Canadá

O balé das águas na Athabasca Falls, no Jasper National Park, em Alberta, no Canadá


Fechamos o roteiro passando rapidamente pela Sunwapta Falls e com uma deliciosa caminhada pela Athabasca Falls. Um cânion estreito foi esculpido pelas águas geladas desta cachoeira que já mudou de curso e escavou novos caminhos, deixando cenários espetaculares.

As poderosas Athabasca Falls, no Jasper National Park, em Alberta, no Canadá

As poderosas Athabasca Falls, no Jasper National Park, em Alberta, no Canadá


Rio corta canyon através de diversas camadas de rocha, em Athabasca Falls, no Jasper National Park, em Alberta, no Canadá

Rio corta canyon através de diversas camadas de rocha, em Athabasca Falls, no Jasper National Park, em Alberta, no Canadá


Nossa chegada à cidadezinha de Jasper foi brindada com um bom vinho e uma ótima música canadense no Olive Bistro. Dia perfeito, com ventos, chuvas e até sol, em uma das estradas mais cênicas da América do Norte! Enfim final feliz para os brasileiros aqui que aos poucos aprendem mais sobre a geografia e o clima destes cantos do norte da América.

Olha só a gente 'perdido' no meio do Canadá!

Olha só a gente "perdido" no meio do Canadá!

Canadá, Banff National Park, Jasper National Park, Lago, Estrada, Road Trip, Rochosas Canadenses, Canadian Rockies, Columbia Icefiled, Icefield

Veja todas as fotos do dia!

Faz um bem danado receber seus comentários!

Post anterior Vista privilegiada do Lake Louise e do hotel, vistos do alto da Beehive, , em Alberta, no Canadá

Trekking no Lake Louise

Post seguinte Uma simpática e fotogênica fêmea de alce (uma 'musa') se alimenta no Maligne Lake, no Jasper National Park, em Alberta, no Canadá

A Moosa e o Jasper

Blog do Rodrigo O belíssimo Lake Moraine, na região de Lake Louise, em Alberta, no Canadá

Lagos, Geleiras e Cachoeiras

Comentários (1)

Participe da nossa viagem, comente!
  • 24/09/2012 | 18:40 por mabel

    Que fotos!!! de tirar o fôlego!!!! aquela da estrada com a montanha ao fundo me deu saudade do interior da Áustria.

    Resposta:
    Eu já cruzei a Austria de trem, poucas horas, mas confesso que também já estou com saudades, Mabel! rsrs! Esas montanhas são apaixonantes mesmo! Um beijo!

Blog da Ana Blog da Rodrigo Vídeos Esportes Soy Loco A Viagem Parceiros Contato

2012. Todos os direitos reservados. Layout por Binworks. Desenvolvimento e manutenção do site por Race Internet