0 God save the Queen! - Blog da Ana - 1000 dias

God save the Queen! - Blog da Ana - 1000 dias

A viagem
  • Traduzir em português
  • Translate into English (automatic)
  • Traducir al español (automático)
  • Tradurre in italiano (automatico)
  • Traduire en français (automatique)
  • Übersetzen ins Deutsche (automatisch)
  • Hon'yaku ni nihongo (jidö)

lugares

tags

arqueologia cachoeira Caribe cidade histórica Estrada mar Mergulho Montanha parque nacional Praia Rio roteiro Trekking trilha

paises

Alaska Anguila Antígua E Barbuda Argentina Aruba Bahamas Barbados Belize Bermuda Bolívia Bonaire Brasil Canadá Chile Colômbia Costa Rica Cuba Curaçao Dominica El Salvador Equador Estados Unidos Galápagos Granada Groelândia Guadalupe Guatemala Guiana Guiana Francesa Haiti Hawaii Honduras Ilha De Pascoa Ilhas Caiman Ilhas Virgens Americanas Ilhas Virgens Britânicas Jamaica Martinica México Montserrat Nicarágua Panamá Paraguai Peru Porto Rico República Dominicana Saba Saint Barth Saint Kitts E Neves Saint Martin San Eustatius Santa Lúcia São Vicente E Granadinas Sint Maarten Suriname Trinidad e Tobago Turks e Caicos Venezuela

arquivo

SHUFFLE Há 1 ano: Há 2 anos:

God save the Queen!

Ilhas Virgens Britânicas, Tortola - Road Town

Vista de Tortola, em BVI, do alto das montanhas

Vista de Tortola, em BVI, do alto das montanhas


As Ilhas Virgens Britânicas ficam a apenas 25 minutos de barco das USVIs, mas já possuem um clima completamente diferente. Não estou falando de tempo e temperatura, mas sim da personalidade. Chegamos de barco de St John e passamos pela fronteira no pequeno porto de West End. O bom humor dos oficiais da alfândega já demonstrava que estávamos realmente em outro país. Seguimos de táxi dali para o nosso hotel em Road Town, descrita no guia e pelos seus vizinhos como uma cidade congestionada, super agitada, uma cidade grande para os padrões das virgens. Realmente é, mas dentre prédios de 200 anos de idade na estreita Main Street até a Vilagge Cay, uma das várias marinas de BVI, respiramos história, apreciamos a arquitetura e mergulhamos na cultura da ilha.

Nosso carro alugado em Tortola - Ilhas Virgens Britânicas

Nosso carro alugado em Tortola - Ilhas Virgens Britânicas


É curioso como a colonização faz ilhas tão próximas serem tão distintas. Os americanos não conseguem colocar personalidade no que fazem, tudo é muito prático e agilizado, mas não tem sabor. Aqui, nos sentimos em uma cidade de verdade e não em uma cidade planejada pelo marketing da empresa com objetivo de vender, vender e vender. As estradas não são bem cuidadas como as americanas, mas nos levam da mesma forma para conhecer as suas montanhas e praias quase intocadas. Fomos ao Parque Nacional de Sage Mountain, onde trilhas bem marcadas e completamente integradas a natureza nos lembram como é bom fazer parte dela, sem precisar asfaltar e colocar 250 placas de “warning” para que possamos alcançar o pico.

Caminhada no Pàrque da Sage Mountain, a mais alta das Ilhas Virgens Britânicas

Caminhada no Pàrque da Sage Mountain, a mais alta das Ilhas Virgens Britânicas


Descemos as montanhas e seguimos para Brewers Bay, uma das bucólicas praias no litoral norte, com vista para as montanhas, ao som do mar e do mugido da vaca injuriada porque não conseguia socializar com as galinhas. Seguimos pela estrada costeira conhecendo cada vila, cada povoado: Cane Garden Bay, Carrot Bay e Apple Bay. Paramos para jantar em uma das vilas de pescadores para terminar o dia longe dos turistas, imersos na cultura local.

Praia de Brewers Bay, em Tortola - BVI

Praia de Brewers Bay, em Tortola - BVI


As BVIs são autênticas, tem uma personalidade mais “roots”, nos energiza e conecta novamente com o ambiente em que estamos inseridos, torna a viagem mais real e nos faz lembrar como a vida deve ser vivida de forma intensa, mas serena, cheia de energia, mas simplesmente no tempo certo. God save the Queen!

Praia de Brewers Bay, em Tortola - BVI

Praia de Brewers Bay, em Tortola - BVI

Ilhas Virgens Britânicas, Tortola - Road Town, Praia, trilha, British Virgin Islands, BVIs, Parque, Montanha

Veja todas as fotos do dia!

Comentar não custa nada, clica aí vai!

Post anterior

Adaptando o estômago.

Post seguinte Jim, o inglês que cresceu no Quenia, trabalhou na Antátrtida e vive em BVI

Aventureiros se atraem

Blog do Rodrigo Início do passeio de caiaque em direção à baía bioluminescente, em Fajardo - Porto Rico

O Caiaque em Fajardo - P. Rico

Comentários (1)

Participe da nossa viagem, comente!
  • 07/05/2010 | 10:50 por Paulinha Ribas

    eita q animação boa!
    adorei esse texto!

    Obs:
    "...vaca injuriada porque não conseguia socializar com as galinhas" ahahahahahah



    Resposta:
    é, acho que to aprendendo a falar "vaquês" ahhahah! "muuuuuuuuuuuuuuuu" significa "estou injuriada", muuuu, muuuu, muuuu = "com as galinhas"! hahaha!

Blog da Ana Blog da Rodrigo Vídeos Esportes Soy Loco A Viagem Parceiros Contato

2012. Todos os direitos reservados. Layout por Binworks. Desenvolvimento e manutenção do site por Race Internet