0 Giro na Capital! - Blog da Ana - 1000 dias

Giro na Capital! - Blog da Ana - 1000 dias

A viagem
  • Traduzir em português
  • Translate into English (automatic)
  • Traducir al español (automático)
  • Tradurre in italiano (automatico)
  • Traduire en français (automatique)
  • Übersetzen ins Deutsche (automatisch)
  • Hon'yaku ni nihongo (jidö)

lugares

tags

arqueologia cachoeira Caribe cidade histórica Estrada mar Mergulho Montanha parque nacional Praia Rio roteiro Trekking trilha

paises

Alaska Anguila Antígua E Barbuda Argentina Aruba Bahamas Barbados Belize Bermuda Bolívia Bonaire Brasil Canadá Chile Colômbia Costa Rica Cuba Curaçao Dominica El Salvador Equador Estados Unidos Galápagos Granada Groelândia Guadalupe Guatemala Guiana Guiana Francesa Haiti Hawaii Honduras Ilha De Pascoa Ilhas Caiman Ilhas Virgens Americanas Ilhas Virgens Britânicas Jamaica Martinica México Montserrat Nicarágua Panamá Paraguai Peru Porto Rico República Dominicana Saba Saint Barth Saint Kitts E Neves Saint Martin San Eustatius Santa Lúcia São Vicente E Granadinas Sint Maarten Suriname Trinidad e Tobago Turks e Caicos Venezuela

arquivo

SHUFFLE Há 1 ano: Há 2 anos:

Giro na Capital!

Colômbia, Bogotá

Peça de ouro exposta no famoso e impressionante Musel del Oro, em Bogotá, na Colômbia

Peça de ouro exposta no famoso e impressionante Musel del Oro, em Bogotá, na Colômbia


Se você tivesse apenas um dia de turismo em São Paulo, o que faria? Essa é uma pergunta difícil de responder. Afinal falamos de uma cidade imensa de mais de 15 milhões de habitantes, muita história, cultura, gastronomia e diferentes guetos. Bogotá não é diferente. Esta megalópole de mais de 7 milhões de habitantes é a quarta cidade mais populosa da América do Sul, depois de São Paulo, Rio de Janeiro e Buenos Aires.

Bogotá vista do alto do Cerro Monserrate, na Colômbia

Bogotá vista do alto do Cerro Monserrate, na Colômbia


É a terceira capital mais alta do mundo (2.640m), atrás apenas de La Paz e Quito, e ainda assim é uma cidade bem plana, com um plano quadriculado fácil de se localizar. Com bairros, ruas e vizinhanças para todos os gostos organizadas por zonas, que por sua vez são delimitadas pelos números das ruas e avenidas que os cercam. A Zona T, por exemplo, é a Zona Turística, onde se encontram a maioria dos shoppings, restaurantes e hostals na área mais moderna da cidade.

A requintada Zona T, em Bogotá, na Colômbia

A requintada Zona T, em Bogotá, na Colômbia


O centro histórico está em processo de revitalização, vários casarios antigos estão sendo transformados em hostals, porém ainda não é a área mais segura para circular durante a noite. A capital colombiana também é conhecida por priorizar sistemas de transporte alternativos, com uma ampla rede de ciclovias, pedestres e um sistema de transporte Transmilênio, que se espelhou em Curitiba para o transporte público mais eficiente.

Restaurante no Cerro Monserrate, em Bogotá, na Colômbia

Restaurante no Cerro Monserrate, em Bogotá, na Colômbia


Bogotá é anfitriã de intermináveis espaços culturais e possui 58 museus, 62 galerias de arte, 33 bibliotecas tecnológicas, 45 salas de palco, 75 áreas esportivas personalizadas e 75 parques de atração, além de mais de 150 monumentos nacionais. Além disso, possui festivais como o Rock al Parque, um dos mais importantes festival de música rock ao ar livre, na América Latina. Reúne mais de 320.000 fãs de rock, com mais de 60 atuações de graça durante três dias por ano. A série tem sido tão bem sucedida durante seus 15 anos de funcionamento, o que a cidade foi replicando a iniciativa para outros gêneros musicais, como Salsa no Parque, Hip Hop no Parque, Ballet no Parque, Opera e Jazz no Parque. Caraca, assim fica quase impossível escolher!

Com o Angelo e a Joana no bondinho para subir o Cerro Monserrate, em Bogotá, na Colômbia

Com o Angelo e a Joana no bondinho para subir o Cerro Monserrate, em Bogotá, na Colômbia


Neste caso nada melhor do que ter anfitriões bogotanos que fizeram questão de nos apresentar a cidade. Angelo e Joana selecionaram o melhor museu, o melhor mirante e no caminho nos deram uma aula sobre a política e história do país e da cidade. Fomos primeiro ao Museu do Ouro, com 35 mil peças de ouro tumbaga, juntamente com 30 mil objetos em cerâmica, pedra e têxtil, que representa a maior coleção de ouro pré-colombiana do mundo!

Peças de ouro no famoso e impressionante Musel del Oro, em Bogotá, na Colômbia

Peças de ouro no famoso e impressionante Musel del Oro, em Bogotá, na Colômbia


O museu traz uma coleção riquíssima, apresentando histórias e culturas dos povos indígenas que viveram na região da atual Colômbia que nunca antes sonhamos existir! Aprendemos toda a história européia nos nossos livros escolares, porém os fatos e dados das populações que habitavam a América foram diminuídos e deixados de lado. Mais uma vez o processo de aculturamento no modelo ocidental-europeu não apresentou a história do nosso continente dando a riqueza e importância merecida.

Peça de ouro exposta no famoso e impressionante Musel del Oro, em Bogotá, na Colômbia

Peça de ouro exposta no famoso e impressionante Musel del Oro, em Bogotá, na Colômbia


Nossa segunda parada foi no Cerro de Monserrate. Pegamos um teleférico até o topo da montanha que tem uma vista magnífica de toda a cidade. Lá no alto, o Santuário do Señor Caído, destino de peregrinações religiosas para aqueles que buscam a realização de seus pedidos e pagamento de promessas. Lá no alto encontramos uma infra turística com restaurantes, barraquinhas de badulaques e produtos indígenas feitos com folha de coca e até maconha.

Produtos da folha de coca vendidos em Monserrate, em Bogotá, na Colômbia

Produtos da folha de coca vendidos em Monserrate, em Bogotá, na Colômbia


'Santo' produto vendido em Monserrate em Bogotá, na Colômbia

"Santo" produto vendido em Monserrate em Bogotá, na Colômbia


O retorno no teleférico ainda nos proporcionou um encontro especial com três mexicanos. Viajados, trocamos idéias sobre a nossa viagem e a segurança das estradas no seu país. Eles trabalham no Instituto de Administração Pública do México, portanto presumo que conheçam bem a situação! Dirigir de dia e pelas vias principais foi a única recomendação, além de entrar em contato assim que entrarmos em solo mexicano!

Subindo o Cerro Monserrate em Bogotá, na Colômbia

Subindo o Cerro Monserrate em Bogotá, na Colômbia


Um giro pelo centro antigo e bairro de Mariscal e um pit stop na loja “Dejavu”. Eles tem modelos exclusivos super modernets e botas de couro feitas sob encomenda, pintadas à mão, coloridas por dentro e por fora, lindíssimas! Justo ali em frente, adivinhem o que eu encontrei? Um bar brasileiro em plena Bogotá! O gaúcho Angelo Rosa vive em Bogotá há 3 anos, depois de 7 no México e outros 3 também aqui na capital. O restaurante e boteco Alo Brasil é o lugar para os bogotanos conhecerem mais da culinária, música e cultura brasileira e os brasileiros matarem as saudades de casa! Show!

Bar brasileiro no bairro Mariscal, em Bogotá, na Colômbia

Bar brasileiro no bairro Mariscal, em Bogotá, na Colômbia


No final do dia ainda tivemos um encontro rápido com Andres e Viviana no bar de rock que Andrés foi tocar na Zona T. alguns dias sem vê-los e já estávamos com saudades da nossa guia e baterista preferidos na Colômbia!

Reencontro com o Andres e a Viviana em bar em Bogotá, na Colômbia

Reencontro com o Andres e a Viviana em bar em Bogotá, na Colômbia


Dia intenso e ainda assim só vimos um pedacinho de tudo que a capital colombiana tem a oferecer. Poderíamos fazer uma edição 1000dias em Bogotá! Que tal?

Com o Angelo em seu bar brasileiro no bairro Mariscal, em Bogotá, na Colômbia

Com o Angelo em seu bar brasileiro no bairro Mariscal, em Bogotá, na Colômbia

Colômbia, Bogotá, Museu do Oro, Cerro de Monserrate

Veja todas as fotos do dia!

Não se acanhe, comente!

Post anterior O Douglas, Amelie e Clara durante almoço em Bogotá, na Colômbia

Bogotá em Família

Post seguinte Até bruxa tinha no Andrés Carne de Res, em Chia, próximo de Bogotá, na Colômbia

Andrés Carne de Res

Blog do Rodrigo Peça de ouro exposta no famoso e impressionante Musel del Oro, em Bogotá, na Colômbia

O Incrível Museu del Oro

Comentários (0)

Participe da nossa viagem, comente!
Blog da Ana Blog da Rodrigo Vídeos Esportes Soy Loco A Viagem Parceiros Contato

2012. Todos os direitos reservados. Layout por Binworks. Desenvolvimento e manutenção do site por Race Internet