0 Estrada Real - Cunha - Parati - Blog da Ana - 1000 dias

Estrada Real - Cunha - Parati - Blog da Ana - 1000 dias

A viagem
  • Traduzir em português
  • Translate into English (automatic)
  • Traducir al español (automático)
  • Tradurre in italiano (automatico)
  • Traduire en français (automatique)
  • Übersetzen ins Deutsche (automatisch)
  • Hon'yaku ni nihongo (jidö)

lugares

tags

arqueologia cachoeira Caribe cidade histórica Estrada mar Mergulho Montanha parque nacional Praia Rio roteiro Trekking trilha

paises

Alaska Anguila Antígua E Barbuda Argentina Aruba Bahamas Barbados Belize Bermuda Bolívia Bonaire Brasil Canadá Chile Colômbia Costa Rica Cuba Curaçao Dominica El Salvador Equador Estados Unidos Galápagos Granada Groelândia Guadalupe Guatemala Guiana Guiana Francesa Haiti Hawaii Honduras Ilha De Pascoa Ilhas Caiman Ilhas Virgens Americanas Ilhas Virgens Britânicas Jamaica Martinica México Montserrat Nicarágua Panamá Paraguai Peru Porto Rico República Dominicana Saba Saint Barth Saint Kitts E Neves Saint Martin San Eustatius Santa Lúcia São Vicente E Granadinas Sint Maarten Suriname Trinidad e Tobago Turks e Caicos Venezuela

arquivo

SHUFFLE Há 1 ano: Há 2 anos:

Estrada Real - Cunha - Parati

Brasil, Rio De Janeiro, Parati

Totem da Estrada Real entre Cunha e Parati - RJ

Totem da Estrada Real entre Cunha e Parati - RJ


Pegar a Estrada de Cunha ou não? Eis a questão! Hoje passamos o dia todo viajando entre Tiradentes e Parati. Descemos a Estrada Real passando muito perto de cidades que já havíamos explorado no início da nossa viagem por Minas. Carrancas, Cruzilha, o trevo para Aiuruoca e Baependi... lugares que queremos muito voltar. Precisamos ser fortes e objetivos, passamos reto e seguimos rumo ao nosso próximo destino.

Ponto de parada entre Cunha e Parati - RJ

Ponto de parada entre Cunha e Parati - RJ


O Rodrigo pesquisou na internet para obter informações mais atualizadas sobre a estrada que segue de Cunha até Parati, cruzando a Serra da Bocaina. Ele encontrou de tudo, mas principalmente pessoas desaconselhando, dizendo que a estrada estava em péssimo estado, que tiveram medo de morrer nos precipícios e que foi a maior aventura de suas vidas. Eu já estava agradecendo muito e deixando para a próxima, mas o Rodrigo usou um argumento “matador” para me convencer: “vamos passar por lugares muito piores, se não conseguirmos passar por esta estrada, imagine o que vem pela frente?!”. Bem, convencida seguimos até Cunha onde resolvemos nos informar sobre o estado da via. Quando olharam a Fiona até deram risada de estarmos preocupados. A rodovia passa pelo Parque Nacional da Serra da Bocaina, por isso ainda possui 9,6km que não foram asfaltados e destes são apenas 3 trechos que estão em péssimo estado.

Paisagem da estrada Cunha-Parati - RJ

Paisagem da estrada Cunha-Parati - RJ


Clima seco, outra grande queimada no caminho, mas seguimos despreocupados, pois o início da estrada estava realmente tranquilo. Começamos os trechos mais complicados sempre nos perguntando, será este o primeiro? E aí encontrávamos um pior. A verdade é que buracos atraem buracos e os três trechos em péssimo estado estão totalmente conectados, o que faz que quase 7km destes 9 estejam na mesma condição. O que me fez ficar totalmente tranqüila foram os fuscas que estavam à nossa frente. Afinal, se um fusca passa a Fiona também passa! No final foi muito melhor do que pensávamos, melhor que muita estrada que já enfrentamos nessas Minas.

Queimada na Serra da Bocaina - RJ

Queimada na Serra da Bocaina - RJ


Saímos de Tiradentes as 11h e chegamos à Parati as 19h, com apenas 40 minutos de paradas para banheiro, um pão de queijo e algumas fotos. Foi uma longa viagem... bom que logo encontramos uma pousada gostosa e a festa da padroeira da cidade, Santa Rita, abençoando a nossa chegada.

Ponto de parada entre Cunha e Parati - RJ

Ponto de parada entre Cunha e Parati - RJ

Brasil, Rio De Janeiro, Parati, Cunha, off road, Estrada, Road Trip

Veja todas as fotos do dia!

Faz um bem danado receber seus comentários!

Post anterior Feliz da vida em Tiradentes - MG

Tiradentes

Post seguinte Parati - RJ, vista do mar

As Praias de Parati

Blog do Rodrigo Paisagem da estrada Cunha-Parati - RJ

Finalmente, Descendo a Cunha-Parati

Comentários (21)

Participe da nossa viagem, comente!
  • 12/04/2016 | 10:47 por RONY VON DOS REIS DE CAMARGOS

    Que belíssima aventura, o tipo de coisa que sonhamos, mas poucos tem ímpeto para fazer.
    Parabéns. Fiz a Estrada Real de bike, os relatos podem ser acessados no blog. http://naturezaepedaladas.blogspot.com.br

  • 02/03/2015 | 13:39 por juliana

    quero ir a paraty pel estrada de cunha vou de aparecida ate paraty meu carro e um tempra sw vou com meu marido e dois filhos o que vc me aconselha

    Resposta:
    Oi Juliana, deu certo? Desculpe a demora... mas eu diria que um tempra é um carro baixo para a Estrada de Cunha. De qualquer forma a estrada foi toda reformada e já deve estar quase pronta e bem melhor. Boa viagem!

  • 23/12/2014 | 16:25 por Cristiano Cavalcanti carneiro

    Oi! Sou advogado estressado, levei um chifre depois de 7 anos de relacionamento,estou totalmente perdido este final de ano, resolvi percorrer a estrada real de Ouro Preto a Paraty, tenho um Fox 2014/2015, carro alto mais sem tração. Irei viajar sozinho, preciso dar um tempo pra mim!! Ando triste, solitário e acho que será legal me reencontrar, o tempo é chuvoso, vou sem pressa, o que vc me aconselha?

  • 17/12/2014 | 10:30 por Clovis

    Fazem alguns anos que fiz este trajeto com um Chevrolet Opala, foi uma aventura e tanto, mas que deu medo deu. Hoje em dia eu acredito que esteja um pouco melhor. Eu até estive pensando fazer este trajeto São Paulo-Cunha-Paraty-Mambucaba (Angra dos Reis), mas meu carro é baixo e depois das informações de vocês estou com muita dúvida em fazê-lo. Muito úteis estas informações. Abraços, Clovis

  • 12/12/2014 | 11:17 por Jeisa

    Olá,eu e meus amigos "caímos" nesta estrada sem querer,colocamos o trajeto de Sp a Paraty,isso em janeiro de 2011,a estrada estava péssima,pra ajudar estava tarde da noite,e chovendo muito,Meu Deus passamos muito medo,pois estávamos em um gol,com quatro pessoas dentro.Foi uma aventura e tanto,mas valeu muito a pena ter enfrentado esses medos,tanto que no próximo janeiro voltaremos pra lá.Mas agora com carros apropriados e 4x4 kk.
    E parabéns pelo Blog,super dicas....
    Beijoos

  • 01/12/2014 | 20:20 por milton

    boa noite...
    pretendo pegar essa estrada cunha-paraty com uma frontier 4*2 agora em dezembro...queria a opiniao de voces,ja que vou com a familia (3 crianças)!!é tranquilo? abraços e parabéns pelo blog!!

    Resposta:
    Tranquilíssimo! É um passeio lindo, sendo em um carro alto e indo tranquilo para passear, não tem erro. =) Aproveitem!
    ps: estão asfaltando esta estrada, mas espero que ainda encontre bastante aventura por lá.

  • 01/11/2014 | 11:14 por Jidelson

    Eu tenho um jeep Jimny da suzuki e já subi de Paraty até cunha. realmente é um passeio de tirar o fôlego. não pode deixar de conhecer a cachoeira do tobogã que fica pertinho da estrada. tem também um alambique com uma cachacinha maravilhosa... ja no alto da serra tem um restaurante (não estou me lembrando o nome agora) que serve a melhor galinha caipira do mundo!!! voou fazer esse passeio novamente no reveillon. sair de paraty com destino a Ouro Preto. passar uma semana viajando.

    Resposta:
    Show de bola Jidelson! Obrigada pelas dicas e boa viagem!

  • 15/01/2014 | 09:59 por SANDRA REGINA FERREIRA

    Gostaria de saber se de Aparecida do Norte ate paraty tem outro caminho que nao precise passar pela estrada real de Cunha.. obrigada

    Resposta:
    Oi Sandra, de Aparecida (SP), o caminho mais curto seria por Cunha, mas a estrada não é das melhores, ainda mais com carro baixo... o ideal é descer para Taubaté e pegar a Rio-Santos (veja o link - https://goo.gl/maps/ESRgU). Boa viagem!

  • 30/11/2013 | 11:58 por CÉLIO DOS SANTOS

    Parabéns pelo seu blog.

  • 30/10/2013 | 16:32 por roberto

    De Florianópolis SC onde moramos , a viagem que mais gostamos de fazer é A IGUAPE E APARECIDA, de APARECIDA, vamos à Cunha , mas não a Parati RJ.
    É um absurdo não pavimentar a estrada, melhoraria e muito o turismo na Região entre Cunha e Parati.
    rpt

  • 13/08/2013 | 17:12 por tião moreira

    estou indo para paraty em uma strada CD , e vou passar por cunha, será que estou fazendo uma boa escolha.estou partindo de são gotardo mg

    Resposta:
    Olá Tião, a estrada é linda e é possível passar, mas com muita calma e cuidado, pois tem alguns buracos (crateras) que podem dar trabalho para carros baixos. Ah! E é melhor garantir e ir se não estiver chovendo! Boa aventura! Bjs!

  • 22/04/2013 | 20:52 por Cleber

    Ola, obrigado pela ajuda, fui com minha tr4 a paraty e realmente passou facil pela estrada real cunha paraty. Gostaria de uma indicacao de viagem para fazer com minha tr4.

    Resposta:
    Olá Cleber! Que bom que deu certo! Há muitas estradas por Minas e RJ para se aventurar, como eu já disse a alguém por aqui, depende de quanto tempo tem e quanto quer se aventurar! A Serra da Bocaina em SP é linda e tem estradas bacanas, A região de Delfinópolis na Serra da Canastra, está tudo no site, dá um olhada nesse link aqui - http://www.1000dias.com/ana/seu-francisco-o-nosso-francisco/ só para dar um gostinho. Ainda vou fazer um post com essas dicas mais detalhadas... Beijos e boas viagens!

  • 07/03/2013 | 14:25 por Cássio Ribeiro

    kkkk se fusca passa kkkk. Procura se informar sobre a história do projeto do fusca e para que condições ele foi criado pelos engenheirs nazistas de Adolf Hitler e nunca mais irá usar o fusca como parâmetro de himildade e estrada fácil pra sua "fiona" passar... Se fusca passa, uno, golzinho, peujeot, corsa tudo fica, e inclusive até a "fiona" kkkkkk depois olha esse vídeo para se informar melhor sobre o "besouro", que por sinal vc, que até chama uma caminhote de Fiona, nunca ia querer ter um humilde e arredondado fusca como filho na vida né rsrs

    http://www.youtube.com/watch?v=vae9T_6nyT4

    Resposta:
    Hey Cassio, eu adoro fuscas, já andei em vários por muuuito tempo na vida, na época que eu não tinha Fiona e nem carro algum. É um carro super forte, qdo comentei q o fusca passa é apenas pela altura do carro, pois sim, fusca e uno podem ser mais fortes que muita caminhonete por aí. Sei que o Hittler foi um dos incentivadores da fabricação do fusca, mais algum detalhe? Enfim... se quiser dá uma olhada tb neste link de homenagem ao fusca que o Rodrigo (meu marido) fez: http://www.1000dias.com/rodrigo/para-quem-gostas-de-fuscas/. Abraços!

  • 03/03/2013 | 19:59 por Cleber

    Boa noite.
    Estou pensando em ir para paraty pela estrada real com minha tr4. Sera que consigo? Alguem sabe se a estrada esta boa?

    Resposta:
    Olá Cleber! Há um tempo não passamos por lá, mas acredito que você passe tranquilo com a TR4, ainda mais se o tempo estiver seco. O problema lá é mais para carros baixos, mas com força todo mundo passa, o fusca que encontramos no caminho comprovou isso! rs! Boa viagem! Abs!

  • 31/10/2012 | 19:14 por Tato Freire

    Realmente, lendo o seu Blog Ana me voltei a um passado não muito distante, que me fez fazer N aventuras pela estrada real de Cunha x Paraty,já que sou de nascido e criado em Guaratinguetá e sempre frequentei esta estrada nesta epóca de Fiat 147 motor Uno Rally todo equipado até com engate, passando por todo sofrimento e desafios que esta estrada nos impõe!! mas que éh uma aventura de tirar o folego...héhéhé.
    Além do "Flecha Ligeira" nome carinhoso do 147, eu tive uma Moto trail DT 180 ano 84 que fazia muito enduro com ela, além éh claro dos caminhos tortuosos que encontrei na vida...que as vzs o Flecha que tinha de rebocar a "Madame Min" apelido moto...héhéhé
    Ana, fique certa que tenho em meus projetos de aventura agora em fim de carreira profissional...pedir ajuda a vc, dicas dos lugares que vc já frequentou com adrenalina em alta.
    Suas fotos em Paraty e nas redondezas de onde esteve, me motivam mais ainda a fazer um roteiro destes que vc nos apresenta.
    Quem sabe no momento certo Eu encontre vcs em sua FIONA por estas estradas reais que nos desafiam e nos trazem lugares deslumbrantes para se guardar na memória e tbm em nossas maquinas.
    Seus Blog descobri, esta semana, fazendo pesquisa de como curtir o mes de Novembro e Dezembro..aqui por perto por enquanto...depois só DEUS sabe onde posso me dirigir...héhéhé...
    Continue com seu Blog..agora sou seu FÃ de carteirinha...além éh claro dos comentários dos outros participantes.
    VCS fazem referencia ao FUCA, eu tive um FAFÁ ano 80 bege, roda brasilia pneus radiais, volante competição...RPM...engate...motor 1.6 que só não falava comigo...mas que já passou por inumeras situações de risco...como atolamento....dançando na lama...e sujando meio mundo que estava por perto...héhéhé e mandando ver nas estradas que enfrentei com ele.
    Boas recordações eu tenho aqui em minha região e destas estradas que enfrentei com os carros e motos que tive...por isso mesmo que peço licença a vc para fazer parte desta Tiurma de aventureiros.
    ESQUECI: o apelido do FUCA era "Superboy" nome imponente e rapido p/ andar...héhéhé.
    BOM: já falei demais p/ meu tamanho que mereço..afinal são 1.92 altura...mas que nunca tive problemas só levei vantagens....héhéhé..

    Abraço a todos..e continue com seu Blog...

    Virei Fã,

    José Otávio G. Freire

    Resposta:
    Olá José Otávio!

    Que delícia receber esse comentário, adooooro viajar na história e imaginar você lá com o Superboy ou o Flecha Ligeira! kkk! Essa estrada tem muita história para contar. Ahhh se as estradas falassem!!! hahaha!
    Por aqui temos dicas de monte, vai depender de quanto você quer andar! As estradas que passamos e ficaram mais marcadas pela adrenalina e aventura foram bem no centrão do Brasil, cruzando os estados do Goiás (Chapada dos Veadeiros) Tocantins (Jalapão), Maranhão (por tudo, o Sarney abandonou! rs! mas no sul cruzando para o Jalapão é só trilha de jipe mesmo!), Bahía (Chapada Diamantina), Piauí e por aí vai! A que mais "perrengamos" foi a estrada que cruza do sul do Maranhão por dentro do Parque das Nascentes do Rio Parnaíba, dá uma olhada neste link onde conto a aventura:
    http://www.1000dias.com/ana/jipeiros--o-batismo/

    Espero que goste e siga lendo e procurando aqui no site essas aventuras. É só escolher a cidade e o estado, logo teremos tudo isso organizado no site por destinos e estradas para facilitar.

    Bem vindo à turma de aventureiros!
    Abraços!
    Ana

  • 11/09/2011 | 09:24 por William

    A única coisa que posso dizer é que desci esta estrada da cunha com um Corsa Sedan 1.0 e foi uma aventura e tanto. Dia chuvoso, barro, pedra, criança no banco de trás reclamando de mal estar e amigos que fizemos na descida devido pararmos para ajudar a desatolar seus carros.
    Ao final desta descida descobri que nem sou um motorista tão ruim assim.
    Ah sim! Eu já gosto de Fuscas, mas depois de ver a atuação destes nesta estrada virou um sonho ter um.

    Resposta:
    Guerreiro total! É isso aí William! Este é o verdadeiro espírito de aventura! Ainda mais com a família toda ao lado, sensacional! Qto aos fuscas, vc tem razão, é o único carro que encontramos nas piores estradas Brasil à fora! Uma vez cruzamos uns trechos que ficamos com dó da Fiona, em MG, chegando lá adivinha quem já estava voltando? Um fusca! hahaha! Demais! Bjos!

  • 16/01/2011 | 19:26 por Filipe Pimenta

    Olá Ana e Rodrigo

    Fiquei encantado com o projeto de vocês. Tenho um sonho um pouco mais modesto... Que é percorrer todo o litoral brasileiro de carro, mas isso ainda é um projeto para o futuro!

    Quanto a estrada Cunha x Paraty, passei por ela durante o carnaval de 2010, pouco tempo depois daquelas chuvas e deslizamentos do verão de 2010.

    Sou de Brasília e havia viajado para Cachoeira Paulista, que fica há uns 120 km de Paraty. Perguntei para algumas pessoas sobre as condições da estrada... Me informaram apenas que haviam alguns buracos mas que com o devido cuidado poderia percorre-la tranquilamente.

    Saímos de Cachoeira Paulista bem cedo, percorrendo um trecho de uns 30 km na Via Dutra até Guaratinguetá.

    De Guaratinguetá até Cunha, mais uns 50 km com pista em bom estado, apenas alguns pequenos buracos... nada grave!

    Quando o GPS indicava que faltavam uns 20 km para chegar em Paraty, avistei uma placa no mínimo assustadora: “Fim do Trecho Asfaltado”. Nessa hora eu pensei: "Danosse!" rs (Só não chorei porque sou hominho! kkkkkkk)

    Eu não fazia a menor idéia daquele trecho de estrada de chão, não sabia o que iria encontrar pela frente. Meu medo é que o trecho sem asfalto se estendesse até Paraty.

    Graças a Deus são "apenas" 9 km em estrada de chão, que percorri em pouco menos de uma hora e meia. Estava num Siena, que não é lá muito alto, portanto em alguns trechos o carro passava com certa dificuldade.

    Ao final do trecho sem asfalto me deparei com esta vista que fez valer a pena toda a aventura: http://images.orkut.com/orkut/photos/OgAAAFirtDTvgUWf7XF1WbYiymxYmaLjcjrxhcbUp6sR-i36SQnG37SsAV44v-8qh9M-YD9nXUfy9lgnVhxkKqx8PikAm1T1UJZcGWdKzu4h2qX29kq8bvxQlPY5.jpg


    Na volta eu resolvi vir por Ubatuba... pois o trecho de estrada de chão seria em subida, com uma forte ameaça de chuva e quase anoitecendo! Foi mais prudente rodar um pouco mais!

    Um forte abraço e boa viagem!

    Resposta:
    Oi Filipe!!! Vc sabe que o nosso projeto começou com o mesmo sonho "modesto" que vc tem. Viajar o litoral brasileiro de carro. Mas aí vc já viu, já que íamos parar de trabalhar para poder fazer isso, pq não aproveitar e dar uma esticadinha? Aí fomos fazendo as contas e vendo que poderíamos aumentar para o Brasil todo, depois a América do Sul... viajando econômicamente é possível!

    Adorei sua aventura da estrada Cunha-Parati, senti como se estivesse junto, pois passamos exatamente pela mesma coisa! Todos nos falaram que a estrada estava péssima, só relaxei mesmo qdo chegamos a um posto já na estrada e vimos uns carros baixos passando. Vc ainda levou amis sorte que nós, que pegamos boa parte do trecho fechado e sem vista =( Fora as queimadas que esfumaçavam o ambiente. Mas vale a aventura, é demais!

    Nos mande sempre suas aventuras, elas ajudam a encorajar outros aventureiros viajantes como nós!
    Beijos!
    Ana

  • 10/11/2010 | 00:30 por Glaucia

    Ola Ana
    Adorei suas fotos de Paraty morro em Cunha a quando precisar estaremos por aqui
    Bjs

    Resposta:
    Olá Glaucia, que ótimo! Acabo de dar umas dicas a um internauta que quer fazer o caminho Cunha-Paraty à pé! Qdo pudermos voltaremos com certeza!
    Obrigada, Bjs!

  • 08/11/2010 | 10:49 por Henrique

    Olá, Ana. Preciso de sua ajuda. Desejo fazer o caminho pela Estrada Real de Cunha até Parati. Mas pretendo fazer em dois dias, a pé e sozinho. Será que é viável?
    Existem muitos pontos de apoio? É ACONSELHÁVEL? Pretendo fazer esse fim de semana, então, se puder me responder, ficarei muito grato! Muito obrigado!

    Resposta:
    Olá Henrique!
    Acredito que seja possível sim, tem um bom trecho de asfalto (quase 20km) a partir de Cunha que você poderia tentar encurtar com uma carona. Um pouco para frente você vai encontrar algumas pousadas muito bacanas para dormir e seguir viagem no dia seguinte. O trecho de descida da serra é uma estrada de terra de uns 9km, lindíssima e muito esburacada, ainda assim ainda passam vários carros. Pesquise na internet por estas pousadas para se informar sobre as distâncias exatas e agendar pouso, já que nem todas estão preparadas para receber hóspedes.
    O caminho é maravilhoso, quando voltar nos conte sua experiência para colocarmos as informações para os aventureiros de plantão!
    Obrigada!
    Bjs
    Ana

  • 05/10/2010 | 18:31 por Daniela Borges de Souza

    Oi!!!!
    sou filha do Ricardo Moreira de Souza, e ele me falou muito bem de vcs, e do seu trabalho de se aventurar pelo mundo...
    Queria ter conhecido vcs mas quem sabe outro dia né...
    beijos de uma nova admiradora de vcs...

    Resposta:
    Olá Daniela!!! Adoramos conhecer o Ricardo, ele nos falou muito de você e dos seus irmãos, pena não termos nos conhecido também. Gostei da definição do nosso trabalho, nos aventurar pelo mundo! É isso mesmo, só falta ganharmos por isso =) rsrsrs!

    Beijos e esperamos te ver por aqui novamente!

  • 28/09/2010 | 16:09 por Antonio José Borges

    Ana e Rodrigo

    Parabéns aventureiros show, fico muito feliz qd vejo esse tipo de ação, tenho o mesmo perfilm hoje com 62 anos e morando em Belo Horizonte. Tenho 2 fuscas 74 e 82 e uma Variant 73 Placa Preta, eu e um amigo estamos planejando rodar toda a Estrada Real com os Fuscas.Estamos vendo alguma tipo de padrocinador para nos ajudar um pouco!!!

    Meu Blog : www.encontrocomborjao.blogspot.com

    Resposta:
    Olá Borges! Vai fundo na sua aventura! A Estrada Real é maravilhosa, fizemos um texto sobre ela para a Gazeta do Povo, se quiser dar uma olhada segue o link - http://www.gazetadopovo.com.br/blog/blogturismo/?id=1043003

    O pessoal do Instituto Estrada Real é ótimo, pode dar várias dicas e apoios para a sua incursão e aposto que se conversar com o pessoal da Volks eles poderão te patrocinar! Boa sorte e nos mande notícias!

    Bjs
    Ana

Blog da Ana Blog da Rodrigo Vídeos Esportes Soy Loco A Viagem Parceiros Contato

2012. Todos os direitos reservados. Layout por Binworks. Desenvolvimento e manutenção do site por Race Internet