0 Caribe Americano - Blog da Ana - 1000 dias

Caribe Americano - Blog da Ana - 1000 dias

A viagem
  • Traduzir em português
  • Translate into English (automatic)
  • Traducir al español (automático)
  • Tradurre in italiano (automatico)
  • Traduire en français (automatique)
  • Übersetzen ins Deutsche (automatisch)
  • Hon'yaku ni nihongo (jidö)

lugares

tags

arqueologia cachoeira Caribe cidade histórica Estrada mar Mergulho Montanha parque nacional Praia Rio roteiro Trekking trilha

paises

Alaska Anguila Antígua E Barbuda Argentina Aruba Bahamas Barbados Belize Bermuda Bolívia Bonaire Brasil Canadá Chile Colômbia Costa Rica Cuba Curaçao Dominica El Salvador Equador Estados Unidos Galápagos Granada Groelândia Guadalupe Guatemala Guiana Guiana Francesa Haiti Hawaii Honduras Ilha De Pascoa Ilhas Caiman Ilhas Virgens Americanas Ilhas Virgens Britânicas Jamaica Martinica México Montserrat Nicarágua Panamá Paraguai Peru Porto Rico República Dominicana Saba Saint Barth Saint Kitts E Neves Saint Martin San Eustatius Santa Lúcia São Vicente E Granadinas Sint Maarten Suriname Trinidad e Tobago Turks e Caicos Venezuela

arquivo

SHUFFLE Há 1 ano: Há 2 anos:

Caribe Americano

Estados Unidos, Flórida, Miami, Key Largo, Key West

Pôr-do-Sol em Key West

Pôr-do-Sol em Key West



Hoje o Rodrigo me derrubou da cama para irmos logo cedo para Key Largo. Precisávamos chegar lá até as 7.30am para conseguirmos sair no barco de mergulho que iria até um dos pontos que planejamos, o Naufrágio Duane.

Naufrágio Duane

Naufrágio Duane

Naufrágio Duane

Naufrágio Duane



Duane é um navio da marinha americana que foi afundado em 1987 para servir como recife artificial na costa da Flórida. Ele possui 100m de comprimento e está a 36m de profundidade. Como ele fica mais distante, em uma área desprotegida de recifes, é normal ter uma corrente muito forte, que se não cuidar pode te levar direto para Miami! Vários decks e portas foram deixados abertos propositalmente para os mergulhadores poderem explorar. Foi numa dessas portas que o Rodrigo encontrou um mero gigante! Ele mora ali no navio, segundo o Marcos, dive master ½ brasileiro, ½ americano que estava na operação hoje. Vimos diversas barracudas, amberjacks, frades e outros, além dos diversos tipos de esponjas que se formam no navio. Achei engraçado que o instrutor responsável pelo barco falou no briefing para termos cuidado porque, além da strong current, nós íamos encontrar a lot of “portugueses”. Aí fiquei eu pensando... Será que ele está falando de nós!?! Mas fiquei na minha, é claro... Só depois, andando na praia em Key West é que vimos uma placa “Attention! Be carefull! Portuguese in the water!” Hahaha! Tem um tipo de água viva conhecida aqui como portuguese! Now I see! E o mais engraçado foi que o Ro também tinha ficado com essa dúvida, mas também não falou nada!

Logo depois do Duane, fomos até Canyon Reefs, uns recifes a apenas 6m de profundidade para fazer o segundo mergulho. Foi gostoso, parecia um aquário... Vários peixinhos, corais e esponjas, muitos peixes papagaios e alguns nudibrânquios. A navegação foi rápida, não por que o mar estava tranqüilo ou por que os pontos eram próximos à costa, mas principalmente por que a lancha era suuuper rápida, uma maravilha. Mesmo assim eu mareei, fiquei malzona... Amanhã terei que tomar um dramin para aproveitar mais o mergulho. Chegamos novamente à Ocean Divers perto de meio-dia, almoçamos e fomos rumo à Key West, conhecer a mais badalada das Keys.

Key West é uma atração turística impressionante! Chegamos pelo lado mais tranqüilo da Ilha, paramos em uma praia bem sossegada, tomamos uma cervejinha e ficamos ouvindo um som delicioso de dois malucos-beleza, no restaurante à beira-mar. Depois, já no final da tarde, o Ro teve uma grande sacada... “vamos ver o pôr-do-sol no lado mais oeste de Key West!” E lá fomos nós, realmente ali o pôr-do-sol deve ser especial, pensei. Saímos pela cidade procurando o melhor lugar para assisti-lo. Passamos por um pequeno porto com um barco da guarda costeira e outro mais antigo em exposição e vimos que poderíamos ir ainda mais a oeste encontrar um lugarzinho especial para este momento. Quanto mais andávamos mais lotada a cidade ficava, e pior, quando chegamos ao que achávamos ser o melhor ponto para ver o pôr-do-sol, adivinha? Todos tiveram a mesma grande sacada! Não tinha lugar onde estacionar e o sol se pondo... Procuramos por tudo, até que resolvemos pagar os US$ 15,00 no estacionamento “Sunset Park” e seguir o sol. Chegando lá, parecia quase o festival do sol poente! Um pelo píer, com bar e mesas, um palco com um negão cantando jazz, clássicos como “I fell good” e todos aplaudiram quando o sol se pôs. Não foi nada do que eu esperava, mas foi uma bela surpresa. A cidade foi preparada para o turismo, gift shops e pubs por todos os lugares, praça com shows de artistas independentes e feirinha hippie. Enfim tiramos o atraso de ontem! Voltamos à Key Largo, pois amanhã vamos sair para outros dois mergulhos, Spigel Grove, aí vamos nós!

Bar na praia, em Key West

Bar na praia, em Key West

Porto em Key West

Porto em Key West

Porto em Key West

Porto em Key West

Pôr-do-Sol em Key West

Pôr-do-Sol em Key West

Pôr-do-Sol em Key West

Pôr-do-Sol em Key West

Estados Unidos, Flórida, Miami, Key Largo, Key West, Mergulho, Praia

Veja todas as fotos do dia!

Não se acanhe, comente!

Post anterior

Work, work, work...

Post seguinte Voltando do mergulho em Key Largo

Spiegel Grove

Blog do Rodrigo Praia em Key West

Flórida Keys

Comentários (2)

Participe da nossa viagem, comente!
  • 04/07/2010 | 19:22 por Viviane

    Lindo o por do sol na Mallory Square!
    Key west eh um paraido, morei um ano e meio la.
    Muito legal seu blog.

    Resposta:
    Parece um paraíso mesmo Viviane! ótimo para mergulho, clima bem festivo, quem sabe voltaremos! Obrigada! bjs

  • 12/04/2010 | 15:23 por Paulinha Ribas

    ah eu conheço key West. É tudo bonitinho por lá!

Blog da Ana Blog da Rodrigo Vídeos Esportes Soy Loco A Viagem Parceiros Contato

2012. Todos os direitos reservados. Layout por Binworks. Desenvolvimento e manutenção do site por Race Internet