0 Calgary by Night - Blog da Ana - 1000 dias

Calgary by Night - Blog da Ana - 1000 dias

A viagem
  • Traduzir em português
  • Translate into English (automatic)
  • Traducir al español (automático)
  • Tradurre in italiano (automatico)
  • Traduire en français (automatique)
  • Übersetzen ins Deutsche (automatisch)
  • Hon'yaku ni nihongo (jidö)

lugares

tags

arqueologia cachoeira Caribe cidade histórica Estrada mar Mergulho Montanha parque nacional Praia Rio roteiro Trekking trilha

paises

Alaska Anguila Antígua E Barbuda Argentina Aruba Bahamas Barbados Belize Bermuda Bolívia Bonaire Brasil Canadá Chile Colômbia Costa Rica Cuba Curaçao Dominica El Salvador Equador Estados Unidos Galápagos Granada Groelândia Guadalupe Guatemala Guiana Guiana Francesa Haiti Hawaii Honduras Ilha De Pascoa Ilhas Caiman Ilhas Virgens Americanas Ilhas Virgens Britânicas Jamaica Martinica México Montserrat Nicarágua Panamá Paraguai Peru Porto Rico República Dominicana Saba Saint Barth Saint Kitts E Neves Saint Martin San Eustatius Santa Lúcia São Vicente E Granadinas Sint Maarten Suriname Trinidad e Tobago Turks e Caicos Venezuela

arquivo

SHUFFLE Há 1 ano: Há 2 anos:

Calgary by Night

Canadá, Calgary

Calgary, no Canadá, em noite de lua quase cheia

Calgary, no Canadá, em noite de lua quase cheia


Calgary, a cidade das pradarias, dos rodeios e do petróleo é a quinta maior cidade canadense. Sua população é de pouco mais de um milhão de habitantes, bem equilibrada com a capital do estado de Alberta, a cidade de Edmonton que forma o eixo conhecido como “Calgary-Edmonton Corridor”. Um centro de comércio entre o meio oeste agrícola e as vastas pradarias que a separam do populoso leste canadense, tem tudo o que uma cidade grande oferece, bons restaurantes, alguns museus, universidades e um pequeno centro histórico. A cidade é um centro cultural que recebe muitos festivais, concertos, shows e teve os holofotes mundiais voltados para si quando sediou os Jogos Olímpicos de Inverno em 1988.

Propagandas do famoso e concorrido rodeio de Calgary, no Canadá

Propagandas do famoso e concorrido rodeio de Calgary, no Canadá


Embora o ser humano já tenha passado por estas terras há mais de 15 mil anos, na sua descida do Estreito de Bering para popular todo o continente, a origem da vila foi nos tempos coloniais com tropas enviadas pela coroa britânica para proteger suas fronteiras e o rico mercado de peles dos vizinhos americanos. Uma das grandes mercadorias do Canadá no período colonial era a pele de castor que conhecemos dos chapéus russos e dos exploradores dos países do norte, aquele com um rabinho caído do lado. Foi a caça desse pobre animal que movimentou o comercio desta região durante todo o período colonial.

Calgary, no Canadá, vista do alto da torre mais alta da cidade

Calgary, no Canadá, vista do alto da torre mais alta da cidade


Foi pelos idos de 1883, no caminho da recém inaugurada Canadian Pacific Railway, que a cidade se tornou um centro comercial e agrícola da região, além da principal porta de entrada para o primeiro parque nacional nas Montanhas Rochosas Canandeses: Banff criado em 1885. Apenas em meados de 1950 foi que Calgary experimentou o boom econômico e cresceu vertiginosamente devido à descoberta e exploração de petróleo na região.

A quase 200 metros de altura, sobre o piso de vidro da torre mais alta de Calgary, no Canadá

A quase 200 metros de altura, sobre o piso de vidro da torre mais alta de Calgary, no Canadá


Depois de duas semanas cruzando o meio-norte dos Estados Unidos foi bom chegar em uma cidade grande. A cidade tem o estilo de urbanização norte americano, bem espalhada com grandes avenidas e estradas, quase impossível se locomover a pé. Ficamos hospedados em um Boutique Motel a 10 minutos de carro do centro. O Centro Boutique Motel foi o primeiro que encontramos nesse estilo. Um motel aqui no Canadá e nos Estados Unidos é um hotel de beira de estrada, daqueles que você estaciona seu carro em frente, com serviço bem básico e preços mais acessíveis. O que eles fizeram foi remodelar um motel antigão, dando um toque moderno na decoração e incrementado com pequenos confortos só oferecidos em hotéis, conceito bem interessante. Aproveitamos o dia em Calgary e o nosso confortável motel para descansar dos longos dias de estrada, dar um banho na Fiona e trabalhar nos blogs.

Fiona de banho tomado em frente ao nosso

Fiona de banho tomado em frente ao nosso


Além dos museus, quilômetros de trilhas e ciclovias ao redor da área verde de Calgary e do Parque Olímpico, a cena gastronômica é uma das grandes atrações da cidade. Por isso, à noite fomos jantar no restaurante 360°, a 191m de altura, no alto da Calgary Tower. O restaurante giratório tem pratos maravilhosos e uma vista espetacular da cidade, ainda mais charmosa durante a noite.

Um delicioso jantar no restaurante giratório da torre mais alta de Calgary, no Canadá

Um delicioso jantar no restaurante giratório da torre mais alta de Calgary, no Canadá


Amanhã caímos na estrada novamente rumo ao Banff, Icefields e Jasper National Park para conhecer as Rochosas Canadenses em pleno feriado nacional.

A quase 200 metros de altura, sobre o piso de vidro da torre mais alta de Calgary, no Canadá

A quase 200 metros de altura, sobre o piso de vidro da torre mais alta de Calgary, no Canadá

Canadá, Calgary, cidade, Calgary Tower

Veja todas as fotos do dia!

Comentar não custa nada, clica aí vai!

Post anterior A cidade de Waterton, na beira do lago no parque de mesmo nome, em Alberta, no Canadá

Waterton Lakes, Canadá!

Post seguinte Montanhas do Banff National Park, em Alberta, no Canadá

Banff e as Rochosas Canadenses

Blog do Rodrigo Calgary, no Canadá, vista do alto da torre mais alta da cidade

Descanço em Calgary

Comentários (0)

Participe da nossa viagem, comente!
Blog da Ana Blog da Rodrigo Vídeos Esportes Soy Loco A Viagem Parceiros Contato

2012. Todos os direitos reservados. Layout por Binworks. Desenvolvimento e manutenção do site por Race Internet