0 AMO BOTO! - Blog da Ana - 1000 dias

AMO BOTO! - Blog da Ana - 1000 dias

A viagem
  • Traduzir em português
  • Translate into English (automatic)
  • Traducir al español (automático)
  • Tradurre in italiano (automatico)
  • Traduire en français (automatique)
  • Übersetzen ins Deutsche (automatisch)
  • Hon'yaku ni nihongo (jidö)

lugares

tags

arqueologia cachoeira Caribe cidade histórica Estrada mar Mergulho Montanha parque nacional Praia Rio roteiro Trekking trilha

paises

Alaska Anguila Antígua E Barbuda Argentina Aruba Bahamas Barbados Belize Bermuda Bolívia Bonaire Brasil Canadá Chile Colômbia Costa Rica Cuba Curaçao Dominica El Salvador Equador Estados Unidos Galápagos Granada Groelândia Guadalupe Guatemala Guiana Guiana Francesa Haiti Hawaii Honduras Ilha De Pascoa Ilhas Caiman Ilhas Virgens Americanas Ilhas Virgens Britânicas Jamaica Martinica México Montserrat Nicarágua Panamá Paraguai Peru Porto Rico República Dominicana Saba Saint Barth Saint Kitts E Neves Saint Martin San Eustatius Santa Lúcia São Vicente E Granadinas Sint Maarten Suriname Trinidad e Tobago Turks e Caicos Venezuela

arquivo

SHUFFLE Há 1 ano: Há 2 anos:

AMO BOTO!

Brasil, Amazonas, Manaus, Novo Airão

Interagindo com o Boto Cor de Rosa, em Novo Airão - AM

Interagindo com o Boto Cor de Rosa, em Novo Airão - AM


Novo Airão é a porta de entrada para a Estação Ecológica de Anavilhanas, maior arquipélago fluvial do mundo e para o Parque Nacional do Jaú, uma das maiores áreas preservadas dentro da Floresta Amazônica. Porém o que nos atraiu primeiramente a esta cidade foi outro motivo chamado AMA BOTO. A Associação das Meninas Amigas do Boto foi uma iniciativa local de algumas meninas que desenvolveram uma relação especial com estes animais.

Observando o Boto Cor de Rosa, em Novo Airão - AM

Observando o Boto Cor de Rosa, em Novo Airão - AM


Eu já havia visto uma reportagem na televisão sobre a “encantadora de botos”, mas não lembrava onde ficava esta associação. Foi no encontro com o pessoal da Expedição Bordas do Brasil que a Cynthia e o Eduardo nos deram a dica e nós incluímos no roteiro sem titubear! Sempre quisemos conhecer estes lindos animais de perto e aqui além de alimentá-los antigamente podíamos nadar com eles. Recentemente foi proibido pelo Ibama, infelizmente com toda a razão, pois não sabemos quais são os tipos de bactérias e doenças que podemos transmitir a eles e a atividade estava começando a alterar o comportamento dos bichinhos, deixando-os mais agitados do que o normal. Já a prática de alimentação dos botos não é um problema, pois é feita de forma controlada, cada boto deve comer em torno de 5kg de peixe por dia e ali na AMA ele não recebe mais de 1kg por dia.

Botos esperam sua 'recompensa', em Novo Airão - AM

Botos esperam sua "recompensa", em Novo Airão - AM


O maior benefício desta atividade, muitas vezes mal vistas pelos ambientalistas e biólogos, foi a mudança cultural que ocorreu na comunidade. Os botos eram caçados e mortos pelo simples fato de atrapalharem a atividade dos pescadores, rasgando suas redes e malhas de pesca. Através da AMA Boto a relação da comunidade com os botos hoje é outra, e esta simples atividade está salvando a vida de muitos animais. Hoje são em torno de 16 botos que participam do projeto, todos conhecidos pelo nome, e impressionantemente eles sabem diferenciar suas amigas dos visitantes comuns. Dava para ver no jeito deles olharem e se mexerem. Eles ficam muito mais felizes e à vontade com uma das meninas da associação, com quem tem contato quase diário.

Boto Cor de Rosa espera por um pedaço de peixe, em Novo Airão - AM

Boto Cor de Rosa espera por um pedaço de peixe, em Novo Airão - AM


Chegamos à AMA, recebemos as informações e fomos direto à plataforma para ver se os botos estavam por lá. Chacoalhamos a água e em alguns minutos eles apareceram. O sustento da associação vem da venda do peixe para a alimentação, um prato com 2 peixes cortados em algumas fatias custa 20 reais. Compramos um prato e lá fomos nós.

Interagindo com o Boto Cor de Rosa, em Novo Airão - AM

Interagindo com o Boto Cor de Rosa, em Novo Airão - AM


Sentei na plataforma, dentro da água. Eles sabem que vão ganhar um lanchinho, então chegam de todos os lados, cutucando a perna e até meu bumbum para pedir o peixe. Aos poucos vamos pegando o jeito para fazê-lo sair da água. Sua pele é macia e eles são muito habilidosos, se posicionando, retorcendo, nadando de costas, frente e ré para encontrar a melhor posição.

Boto Cor de Rosa submerso nas águas escuras do Rio Negro, em Novo Airão - AM

Boto Cor de Rosa submerso nas águas escuras do Rio Negro, em Novo Airão - AM


O Rio Negro possui dois tipos de boto, o boto cinza e o boto cor-de-rosa. O cinza é mais arredio e além da diferença na sua coloração ele também possui uma espinha dorsal diferenciada, não conseguindo girar o pescoço e o corpo como o rosa. Estes, só avistamos ao longe ou em passeios de barco. Os botos cor-de-rosa já são mais dóceis e possuem este movimento do corpo, conseguindo virar a cabeça e dobrar toda a espinha dorsal, inclusive lateralmente, em seus saltos. Ambos convivem nas águas do Rio Negro e do Rio Amazonas, porém são territorialistas e não é difícil vê-los em rápidos arranca-rabos quando se encontram no rio. Dizem que nas águas do Amazonas os botos são ainda maiores e mais numerosos, mas o que já pudemos perceber aqui é que boto realmente não falta.

Boto Cor de Rosa, no Rio Negro em Novo Airão - AM

Boto Cor de Rosa, no Rio Negro em Novo Airão - AM


Todos já ouviram falar da Lenda do Botos Cor-de-rosa são os famosos encantadores ou sedutores de moças, culpados pela gravidez de muitas meninas-moças ribeirinhas.

"De acordo com a lenda, um boto cor-de-rosa sai dos rios nas noites de festa junina. Com um poder especial, consegue se transformar num lindo jovem vestido com roupa social branca. Ele usa um chapéu branco para encobrir o rosto e disfarçar o nariz grande. Com seu jeito galanteador e falante, o boto aproxima-se das jovens desacompanhadas, seduzindo-as. Logo após, consegue convencer as mulheres para um passeio no fundo do rio, local onde costuma engravidá-las. Na manhã seguinte volta a se transformar no boto." (Fonte: suapesquisa.com)

Boto Cor de Rosa espera por um pedaço de peixe, em Novo Airão - AM

Boto Cor de Rosa espera por um pedaço de peixe, em Novo Airão - AM


Esta lenda surgiu, pois as moças eram proibidas pelos pais de namorar. É claro que elas namoravam escondidas, porém se o pai descobrisse matava o moço enrabichado com sua filha. Quando elas apareciam grávidas, sem mais ter como esconder, acabavam botando a culpa no boto, o sedutor das águas. Ainda hoje aqui na região amazônica costuma-se dizer que a criança é “filha do boto”, quando não se sabe quem é o pai.

Rio Negro, em Novo Airão - AM

Rio Negro, em Novo Airão - AM


Após a sessão “botos”, ficamos batendo papo com alguns guias locais que nos contaram muitas histórias sobre a vida aqui na Amazônia. Alguns vindos de comunidades dentro do PN do Jaú e que já tiveram contato com grandes cobras, jacarés e até onças. Delícia de tarde, aprendendo e conhecendo mais da vida e história com o povo daqui.

Uma das fundadoras da AMA-Botos, em Novo Airão - AM

Uma das fundadoras da AMA-Botos, em Novo Airão - AM


Novo Airão é uma cidade promissora turisticamente, tem um grande potencial para se tornar um destino mais “inn” dentro da Amazônia, com boas pousadas, bons restaurantes e bistrôs. É o que os empresários que aqui estão esperam e estão trabalhando para. A distância de Manaus, segundo eles, pode ser uma das principais vantagens, pois não é atraente para aqueles chegados em uma farofa de bate e volta. Estes acabam indo para lugares mais próximos, como Presidente Figueiredo e praias de Manaus.

Nova sede da AMA-Botos, em Novo Airão - AM

Nova sede da AMA-Botos, em Novo Airão - AM


Para chegar lá você pode pegar um barco de Manaus, existem algumas opções, inclusive uma embarcação expressa que faz o trajeto em menos de 3 horas. Como nós estamos de carro, atravessamos o Rio Negro de balsa e seguimos 180km por uma estrada até chegar à cidade. Independente de qual será a forma de acesso, barco, carro, ônibus ou táxi, Novo Airão sem dúvida é uma parada obrigatória para explorar as belezas amazônicas.

Fim de tarde no Rio Negro, em Novo Airão - AM

Fim de tarde no Rio Negro, em Novo Airão - AM

Brasil, Amazonas, Manaus, Novo Airão, Rio Negro, Boto Cor de Rosa

Veja todas as fotos do dia!

Comentar não custa nada, clica aí vai!

Post anterior Visitando o mercado de peixes em Manaus - AM

Beira Rio

Post seguinte Um dos milharess de igapós em Anavilhanas, região de Novo Airão - AM

Florestas Alagadas

Blog do Rodrigo Boto Cor de Rosa, no Rio Negro em Novo Airão - AM

Botos Cor de Rosa

Comentários (3)

Participe da nossa viagem, comente!
  • 26/03/2013 | 12:31 por sigiac

    ola sou da região qualquer apoio que precisarem falem comigo quia e agente de proteção..

    Resposta:
    Obrigada Sigiac! Adoramos a região e esperamos passar aí por perto no nosso retorno ao Brasil. Abraços!

  • 01/07/2011 | 00:26 por André Luis dos Santos

    Estava pensativo: preciso levantar dinheiro para ir à cidade de Novo Airão (AM) para ajudar em atividade médico-missionária.
    Após essa página resplandecer aos meus olhos, estou decidido a fazè-lo com o pessoal da Igreja Adventista do Sétimo Dia e a galera do Projeto "Vidas em Ação".
    Parabéns!! Que delícia essa página!
    Abraço de um Bombeiro estudante de medicina que sempre será DESBRAVADOR!!
    DEUS os abençoe!!

    Resposta:
    Olá André! Todo esforço será sempre bem vindo! Novo Airão é apenas a porta de entrada para uma região de comunidades ribeirinhas ainda mais necessitadas. Converse com o Valmir, guia turístico, que poderá lhe levar às comunidades dentro do Jaú. Bonito trabalho, boa sorte e q Deus o abençoe!

  • 23/06/2011 | 11:06 por janderson guimaraes

    Um dia ainda quero conhecer esta maravilha de lugar.Este paraiso tem de ser totalmente preservado. parabens para todos vocês que cuidam para esta maravilha fique cada vez melhor. \"PRESERVE SEMPRE NOSSOS BOTOS\".

    Resposta:
    Isso mesmo Janderson, um lugar lindo e que mudou a cultura de uma comunidade a partir deste trabalho, muito bacana! Bjs!

Blog da Ana Blog da Rodrigo Vídeos Esportes Soy Loco A Viagem Parceiros Contato

2012. Todos os direitos reservados. Layout por Binworks. Desenvolvimento e manutenção do site por Race Internet