0 Alô Brasil! - Blog da Ana - 1000 dias

Alô Brasil! - Blog da Ana - 1000 dias

A viagem
  • Traduzir em português
  • Translate into English (automatic)
  • Traducir al español (automático)
  • Tradurre in italiano (automatico)
  • Traduire en français (automatique)
  • Übersetzen ins Deutsche (automatisch)
  • Hon'yaku ni nihongo (jidö)

lugares

tags

arqueologia cachoeira Caribe cidade histórica Estrada mar Mergulho Montanha parque nacional Praia Rio roteiro Trekking trilha

paises

Alaska Anguila Antígua E Barbuda Argentina Aruba Bahamas Barbados Belize Bermuda Bolívia Bonaire Brasil Canadá Chile Colômbia Costa Rica Cuba Curaçao Dominica El Salvador Equador Estados Unidos Galápagos Granada Groelândia Guadalupe Guatemala Guiana Guiana Francesa Haiti Hawaii Honduras Ilha De Pascoa Ilhas Caiman Ilhas Virgens Americanas Ilhas Virgens Britânicas Jamaica Martinica México Montserrat Nicarágua Panamá Paraguai Peru Porto Rico República Dominicana Saba Saint Barth Saint Kitts E Neves Saint Martin San Eustatius Santa Lúcia São Vicente E Granadinas Sint Maarten Suriname Trinidad e Tobago Turks e Caicos Venezuela

arquivo

SHUFFLE Há 1 ano: Há 2 anos:

Alô Brasil!

Brasil, Roraima, Boa Vista

Na orla do rio Branco, em Boa Vista - RR

Na orla do rio Branco, em Boa Vista - RR


Ai que delícia voltar para casa! Hoje cedo pegamos nossas coisas e rumamos para o Brasil! A fronteira já tem uma peculiaridade, a estrada não segue normal, por algum motivo que não havíamos realizado as pistas se dividiam, uma passava por baixo de um túnel e a pista que vem passa por cima, quando cruzamos esse nó, tchanááán! A mão inglesa é automaticamente extinta e voltamos a dirigir do lago direito da estrada! Hahaha! Sensacional. A partir daqui as placas dizem “guianeses, respeitem a mão direita”. É, finalmente estamos em casa.

Chegando na fronteira Guiana-Brasil, em Lethem (Guiana)

Chegando na fronteira Guiana-Brasil, em Lethem (Guiana)


Paramos na imigração e já batemos o maior papo com os policiais. Precisávamos de informações sobre a Perimetral Norte para o Pará, eles ficaram curiosos sobre a expedição, aquela simpatia do povo brasileiro, uma maravilha! Eu também estava receosa do que aconteceria na entrada com o meu passaporte brasileiro vencido, eles não puderam carimbar, mas como a saída também não havia sido carimbada não havia problema. Registraram no sistema e orientaram a renovar o quanto antes, perfeito!

Dirigindo em Roraima, entre Bonfim, na fronteira com a Guiana, e Boa Vista

Dirigindo em Roraima, entre Bonfim, na fronteira com a Guiana, e Boa Vista


Seguimos para Boa Vista, nossa antiga conhecida. Estivemos aqui em abril de 2007, quando fizemos nossa excursão independente para o Monte Roraima. Daqui pegamos um ônibus para a fronteira com a Venezuela onde contratamos um guia local, obrigatório, para nos levar à montanha. Como sempre, é ótimo chegar a um lugar que já conhecemos, dá sempre aquela sensação de estarmos chegando em casa. Hospedamos-nos no mesmo hotel de 2007, Barrudada, central e com um dos melhores preços da cidade.

Igreja em Boa Vista - RR

Igreja em Boa Vista - RR


Feriado, cidade vazia. Almoçamos um peixe na brasa delicioso no Ver o Rio, restaurante na orla do Rio Branco e demos um passeio pelas principais praças de Boa Vista. A chuva acabou não sendo muito animadora, mas conseguimos pelo menos rever a cara da cidade. Aproveitamos o dia para descansar o corpo da viagem de ontem e planejar os próximos dias, principalmente pesquisando sobre o trecho da Transamazônica que vem por aí.

Belo 'arco retangular', em Boa Vista - RR

Belo "arco retangular", em Boa Vista - RR


À noite voltamos à Orla Tucumã, agora um pouco mais animada, restaurantes abertos e algumas mesas animadas. Jantamos o prato preferido do Rodrigo, pizza, tipo da “moda” brasileira que não me faz falta alguma, por sinal. Amanhã seguimos viagem para Presidente Figueiredo, sem medo de deixar Roraima e suas belezas para trás, pois ainda voltaremos quando estivermos cruzando da América central pela Venezuela. Vamos que vamos!

Orla do Rio Branco, em Boa Vista - RR

Orla do Rio Branco, em Boa Vista - RR

Brasil, Roraima, Boa Vista, Lethem, Guyana

Veja mais posts sobre Lethem

Veja todas as fotos do dia!

Faz um bem danado receber seus comentários!

Post anterior Montanhas ao longe, na reserva de Iwokrama, na Guiana

Fechando o Arco-Norte

Post seguinte Maravilhoso pôr-do-sol nos alagados entre Roraima e Amazonas

BR-174, A Estrada Reservada

Blog do Rodrigo Chegando na fronteira Guiana-Brasil, em Lethem (Guiana)

De Volta ao Brasil e à Boa Vista

Comentários (3)

Participe da nossa viagem, comente!
  • 28/01/2014 | 03:06 por Kasluim

    que legal, visitou minha cidade natal Boa Vista/RR, espero ter gostado!! :D

  • 28/04/2011 | 12:27 por Waldir Palmer

    Adorei seu blog.Queria entrar em contato(email)contigo,pois eu e minha esposa pretendemos conhecer a Guyana e suas informações serão de vital importância.Voce conhece a cidade Barracão(PR)que juntamente com Dionísio Cerqueira(SC)fazem divisa(separadas por ruas) com Bernardo de Irigóyen(Misiones/Argentina)?Pois é,temos casas lá e como voce,somos estradeiros,só que atualmente trabalhamos ardualmente no intúito de investimentos futuro.Não sou um white collar,mas apenas um trabalhador braçal.Porisso não vá pensando que está conhecendo um micro-empresário,mas só um "peão"(working class)que luta por dias melhores.No mais aguardo resposta.Que o SENHOR continue a te abençoar.bjos no coração.Wal

    Resposta:
    Oi Waldir! Vou te mandar um email para trocarmos informações. Não conheço ainda esta tripla fronteira PR/SC/AR, fiquei curiosa! Bjos! Ana

  • 25/04/2011 | 18:38 por Tatiana de Queiroz

    Oi, Ana. Estive longe do blog por uns dias por causa do feriado. Sejam bem vindos ao Brasil. Bjs

    Resposta:
    Oi Tati! Que bom que vc voltou! Bem no feriado tivemos alguns dias fora do ar, por problemas técnicos, mas já está tudo de volta ao normal, postando "de vento em popa"! Obrigada! Bjos

Blog da Ana Blog da Rodrigo Vídeos Esportes Soy Loco A Viagem Parceiros Contato

2012. Todos os direitos reservados. Layout por Binworks. Desenvolvimento e manutenção do site por Race Internet