0 Vila Velha - Blog do Rodrigo - 1000 dias

Vila Velha - Blog do Rodrigo - 1000 dias

A viagem
  • Traduzir em português
  • Translate into English (automatic)
  • Traducir al español (automático)
  • Tradurre in italiano (automatico)
  • Traduire en français (automatique)
  • Übersetzen ins Deutsche (automatisch)
  • Hon'yaku ni nihongo (jidö)

lugares

tags

Arquitetura Bichos cachoeira Caverna cidade Estrada história Lago Mergulho Montanha Parque Patagônia Praia trilha vulcão

paises

Alaska Anguila Antártida Antígua E Barbuda Argentina Aruba Bahamas Barbados Belize Bermuda Bolívia Bonaire Brasil Canadá Chile Colômbia Costa Rica Cuba Curaçao Dominica El Salvador Equador Estados Unidos Falkland Galápagos Geórgia Do Sul Granada Groelândia Guadalupe Guatemala Guiana Guiana Francesa Haiti Hawaii Honduras Ilha De Pascoa Ilhas Caiman Ilhas Virgens Americanas Ilhas Virgens Britânicas Islândia Jamaica Martinica México Montserrat Nicarágua Panamá Paraguai Peru Porto Rico República Dominicana Saba Saint Barth Saint Kitts E Neves Saint Martin San Eustatius Santa Lúcia São Vicente E Granadinas Sint Maarten Suriname Trinidad e Tobago Turks e Caicos Uruguai Venezuela

arquivo

SHUFFLE Há 1 ano: Rio De Janeiro Há 2 anos: Rio De Janeiro

Vila Velha

Brasil, Paraná, Ponta Grossa

Formações rochosas no arenito de Vila Velha - Paraná

Formações rochosas no arenito de Vila Velha - Paraná


O tempo mudou hoje! Ainda está frio, mas o céu azul muda a cara de tudo. Continuamos andando com nossos afazeres pré-viagem por aqui, mas conseguimos tirar algumas horas para ir conhecer o Parque de Vila Velha, uma das principais atrações turísticas do Paraná. Fica no município de Ponta Grossa, a cerca de uma hora de carro daqui, em direção ao interior.

Placa explicativa do Parque de Vila Velha,no Paraná

Placa explicativa do Parque de Vila Velha,no Paraná


Eu, tão viajador, já morando no Paraná há mais de sete anos, ainda não conhecia. Uma vergonha! A Ana já havia estado lá algumas vezes, mas já há bastante tempo. Quando eu cheguei no Paraná, em 2002, nos primeiros seis meses, viajava quase todos os finais de semana, para conhecer as praias, parques, cachoeiras e cidades históricas aqui perto. Mas este parque, naquela época, estava fechado. E assim ficou por dois anos. Quando reabriu, estava cheio de regras para visitação. Isso me deixou meio irritado e fui sempre adiando uma ida para lá.

Formações rochosas no arenito de Vila Velha - Paraná

Formações rochosas no arenito de Vila Velha - Paraná


Finalmente, hoje foi esse dia. O parque está muito bem estruturado. Aventura, absolutamente nenhuma. Mas não se pode reclamar dos visuais. Incríveis. É só dar 400 milhões de anos para a natureza e, com certeza, ela vai nos presentear com algo. Nesse caso, enormes torres de arenito, com formas variadas, fruto do trabalho de geleiras (pois é, geleiras por aqui!), água e muito vento. As torres formam labirintos, mas não se pode mais caminhar entre elas. Há uma trilha demarcada, de cimento, que devemos percorrer, sempre acompanhados de um monitor. É o preço que se paga pelo vandalismo anterior à reforma do parque quando, em poucos anos, as pessoas estavam destruindo o que a natureza havia feito com aquela paciência toda. As torres tinham sobrevivido aos dinossauros, mas não sobreviveriam a nós. Que beleza...

Garrafa de Coca-Cola, em Vila Velha - Paraná

Garrafa de Coca-Cola, em Vila Velha - Paraná


O caminho de cimento nos leva à várias das formações. Além da mais famosa de todas, a "Taça", fiquei muito impressionado com outra, a "Garrafa de Coca-Cola". Incrível, a semelhança. Difícil acreditar que é natural. Bom, tirando as pichações que sobraram dos tempos dos vândalos e o tal caminho de cimento, tudo é natural sim. Algumas coisas com 400 milhões de anos (as torres) e outras com 10 anos (o mato nativo que cresceu novamente onde antes se caminhava). A Ana, que conheceu o parque quando havia mais liberdade de deslocamento, ficou meio decepcionada. Mas entende a necessidade de se controlar o acesso dos vândalos.

A Taça, símbolo do Parque de Vila Velha, no Paraná

A Taça, símbolo do Parque de Vila Velha, no Paraná


Além das "torres", o parque também tem as "furnas". São fenômenos geológicos em que a água se infiltra pelo solo, cria grandes cavernas, o piso fica oco e acaba desabando sobre essa cavernas. Assim, são enormes buracos no solo, parcialmente preenchidos pela água. A mais bonita delas, Furnas I, tem mais de 100 metros de profundidade, 50 deles inundados, formando um lago de águas escuras lindo de se ver, lá de cima. O buraco, em formato circular, paredes quase verticais, deve ter uma diâmetro de uns 60 metros. Nadar, nem pensar, infelizmente. Primeiro, porque é proibido. Segundo, porque não há como chegar lá embaixo, exceto pulando. O elevador que lá existe está fechado há 10 anos. Por fim, a água é gelada. A monitora disse que estava a 8 graus. Fiquei meio desconfiado. Talvez não fosse assim, tão gelada, mas que é bem fria, isso dá para sentir lá de cima.

Visão da Furna I, em Vila Velha - Paraná

Visão da Furna I, em Vila Velha - Paraná


A vantagem que tivemos indo lá hoje, plena quinta-feira, dia de trabalho para pessoas normais, é que só havíamos nós. Nos dias mais cheios, chega a dar mil pessoas. Soma-se a isso o caminho de cimento e certamente eu estaria bem decepcionado. Mas, sendo a visita VIP, foi ótimo. Primeiro, poder esticar as pernas, sair da cidade e chegar perto da natureza novamente. E depois, estar num lugar tão distinto como Vila Velha. Valeu!

Lagoa Dourada, em Vila Velha - Paraná

Lagoa Dourada, em Vila Velha - Paraná

Brasil, Paraná, Ponta Grossa, trilha, Parque

Veja todas as fotos do dia!

Gostou? Comente! Não gostou? Critique!

Post anterior Visita ao Bosque do Alemão, em Curitiba

Devagarinho...

Post seguinte Bagunça no nosso quarto em Curitiba

3 em 1

Blog da Ana Visita ao Bosque do Alemão, em Curitiba

Refúgios urbanos

Comentários (3)

Participe da nossa viagem, comente!
  • 15/01/2016 | 08:49 por Palozi

    ola, estou programando 6 meses de tour pelas maravilhas deste Brasil, vejo que tem uma bagagem boa, se possível, gostaria que compartilhasse seu conhecimento, forte abraço!!!
    Excelente jornada!!!

  • 16/05/2010 | 21:51 por Rodrigo

    Olá, Luiz e Cle
    Vamos tentar entra em contato sim. Estamos na maior correria aqui em Curitiba, acertando os últimos detalhes do carro,equipamentos e site. Acho que partiremos na terça cedo. Em breve, finalmente, o site vai entra no ar e vocês poderão ver o nosso roteiro planejado. Chile e Argentina só virão no final da viagem. Vamos primeiro para o norte. Assim, melhor deixar esses guias para depois, senão a gente acaba perdendo e estragando eles antes mesmo de chegar nestes países, hehehe. Mas, idependente disso, vamos tantar ligar para vocês, para conversar.
    Abs

  • 16/05/2010 | 16:03 por cle

    Ana e Rodrigo.

    Se tempo entrem em contato(41-9116-1632),
    podemos emprestar, se precisarem dos Guias de viagem YPF AR(Argentina)e Turistel CL(Chile).
    Luiz e Cle

Blog da Ana Blog da Rodrigo Vídeos Esportes Soy Loco A Viagem Parceiros Contato

2012. Todos os direitos reservados. Layout por Binworks. Desenvolvimento e manutenção do site por Race Internet