0 Terra das Cachoeiras Gigantes - Blog do Rodrigo - 1000 dias

Terra das Cachoeiras Gigantes - Blog do Rodrigo - 1000 dias

A viagem
  • Traduzir em português
  • Translate into English (automatic)
  • Traducir al español (automático)
  • Tradurre in italiano (automatico)
  • Traduire en français (automatique)
  • Übersetzen ins Deutsche (automatisch)
  • Hon'yaku ni nihongo (jidö)

lugares

tags

Arquitetura Bichos cachoeira Caverna cidade Estrada história Lago Mergulho Montanha Parque Patagônia Praia trilha vulcão

paises

Alaska Anguila Antártida Antígua E Barbuda Argentina Aruba Bahamas Barbados Belize Bermuda Bolívia Bonaire Brasil Canadá Chile Colômbia Costa Rica Cuba Curaçao Dominica El Salvador Equador Estados Unidos Falkland Galápagos Geórgia Do Sul Granada Groelândia Guadalupe Guatemala Guiana Guiana Francesa Haiti Hawaii Honduras Ilha De Pascoa Ilhas Caiman Ilhas Virgens Americanas Ilhas Virgens Britânicas Islândia Jamaica Martinica México Montserrat Nicarágua Panamá Paraguai Peru Porto Rico República Dominicana Saba Saint Barth Saint Kitts E Neves Saint Martin San Eustatius Santa Lúcia São Vicente E Granadinas Sint Maarten Suriname Trinidad e Tobago Turks e Caicos Uruguai Venezuela

arquivo

SHUFFLE Há 1 ano: Rio De Janeiro Há 2 anos: Rio De Janeiro

Terra das Cachoeiras Gigantes

Brasil, Paraná, Curitiba, Prudentópolis

O enorme Salto Barão do Rio Branco, em Prudentópolis - PR

O enorme Salto Barão do Rio Branco, em Prudentópolis - PR


Bem cedinho hoje deixamos Curitiba rumo à Prudentópolis, primeira parada de uma longa jornada pelo continente que nos levará até o Alaska e a Groelândia, no norte, e à Terra do Fogo e à Antártida, no sul. Como já dizia o sábio, todo grande caminho começa com o primeiro passo, hehehe.

Nossos cães entristecidos, pois já tinham percebido que sairíamos de viagem (em Curitiba - PR)

Nossos cães entristecidos, pois já tinham percebido que sairíamos de viagem (em Curitiba - PR)


O difícil desse primeiro passo foi se despedir dos cachorros da casa. De alguma maneira eles perceberam muito bem que estávamos partindo por um bom tempo. Em tempo de cachorro, uns dez anos... Ficaram lá no cantinho deles, tristonhos, e não queriam se despedir não. Enfim...

Prontos para partir de Curitiba - PR

Prontos para partir de Curitiba - PR


E assim viemos, eu, a Ana e a Patrícia, mãe da Ana e nossa companheira de viagem pela próxima semana. São cerca de 200 km até Prudentópolis, seguindo sempre para o oeste, onde o sol se põe. Essa é a terra das cachoeiras gigantes, tanto em altura como em volume d'água. Terra também de colonização ucraniana, o que nos faz lembrar da diversidade cultural de nosso país. Já se percebe logo pelo sotaque que o português daqui é mais... eslavo. Principalmente nas propriedades rurais, onde estão os acessos às cachoeiras. As crianças que saem correndo de campos ou estábulos parecem vindas de algum filme passado por ali, na Polônia, Ucrânia ou Lituânia, loiras do cabelo branco e olhos bem claros. Mas são tão brasileiras como todos nós.

O impressionante Salto Barão do Rio Branco, em Prudentópolis - PR

O impressionante Salto Barão do Rio Branco, em Prudentópolis - PR


O enorme Salto Barão do Rio Branco, em Prudentópolis - PR. A Ana e a Patrícia aparecem, minúsculas, no alto da foto, à esquerda

O enorme Salto Barão do Rio Branco, em Prudentópolis - PR. A Ana e a Patrícia aparecem, minúsculas, no alto da foto, à esquerda


Ainda antes de chegarmos à zona urbana do município, já paramos em duas de suas atrações: o Salto do Barão do Rio Branco e o Salto da Rickli. Essas grandes cachoeiras, por aqui, são chamadas de "Salto". Os dois saltos, pelo volume de água que tem, foram aproveitados para a construção de PCHs, Pequenas Central Hidrelétrica, e fornecem energia para indústrias e para a própria cidade. São visões impressionantes, uma quantidade enorme de água desabando quase 100 metros de altura num canyon profundo. Cachoeiras para serem vistas e admiradas, mas não para se nadar. Muita água e muito frio, agora no inverno.

Observando o canyon abaixo do Salto Barão do Rio Branco, em Prudentópolis - PR

Observando o canyon abaixo do Salto Barão do Rio Branco, em Prudentópolis - PR


Enfrentando as centenas de degraus que levam à parte baixa do Salto Barão do Rio Branco, em Prudentópolis - PR

Enfrentando as centenas de degraus que levam à parte baixa do Salto Barão do Rio Branco, em Prudentópolis - PR


No Salto Barão do Rio Branco, o maior deles, é possível descer por uma escada de ferro com centenas de degraus até o fundo do canyon, de onde temos visão privilegiada da enorme queda d'água. Lá de baixo, fotografei a Ana e a Patrícia no alto da cachoeira. Quase não é possível vê-las, diminutas que ficam naquela paisagem gigantesca.

Igreja São Josafat, em Prudentópolis - PR

Igreja São Josafat, em Prudentópolis - PR


De lá viemos nos instalar na cidade, no Hotel Burak. Fomos conhecer a mais bela igreja da cidade que estava fechada, infelizmente. É a São Josafat e faremos nova tentativa amanhã. Por enquanto, apenas fotos do seu exterior.

Mirante do magnífico Salto São João, em Prudentópolis - PR

Mirante do magnífico Salto São João, em Prudentópolis - PR


Depois do almoço, hora de conhecer mais saltos. O primeiro foi o impressionante Salto São João. AInda mais alto que os que conhecemos pela manhã e com um grande volume de água, é uma visão cinematográfica para quem o enxerga de um mirante de uma estrada rural do município. Lindo mesmo!

Olha a força da água no Salto São João, em Prudentópolis - PR

Olha a força da água no Salto São João, em Prudentópolis - PR


Mas, mais incrível ainda é caminhar até ele. É possível chegar até uma pedra bem ao lado da queda, um precipício de 85 metros de altura! A grandeza daquele lugar preenche todos os nossos sentidos. Uma coisa monstruosa, no bom sentido!!! Ali, tão perto daqueles milhares de litros de água se atirando no vazio por entre paredes de mais de 100 metros de altura, a gente percebe que o mundo é muito maior e mais belo que um shopping center, uma engarrafamento ou um escritório. Fiquei pensando que Curitba é tão perto daqui mas, das duas milhões de pessoas que lá vivem, quantas já estiveram nesse lugar matavilhoso? Talvez, menos de 0,1% da população. Um número muito maior das pessoas já viram esse tipo de paisagem nas telas de cinema mas, ao vivo, tão perto de casa, quase ninguém. Uma pena...

O melhor ponto para se observar o rio desabando 85 metros com enorme força, no Salto São João, em Prudentópolis - PR

O melhor ponto para se observar o rio desabando 85 metros com enorme força, no Salto São João, em Prudentópolis - PR


A última parada do dia, depois de um grande tour por estradas rurais, foi o Salto São Sebastião. Bem alto também, mas com uma quantidade de água infinitamente menor, a maior beleza desse salto é que, ao descermos lá embaixo, no fundo do canyon, descobrimos que não é uma, mas são duas cachoeiras, uma em frente à outra, é que caem nos poços lá do fundo. Difícil é chegar lá, pois a trilha é muito íngrime e escorregadia. Mas, com jeito, vai. Eu desci enquanto a Ana e a Patrícia socializavam com a interessante família proprietária do local. De certo, no seu post, a Ana vai relatar melhor essa conversa.

A Ana com a família proprietária da área do Salto São Sebastião, em Prudentópolis - PR

A Ana com a família proprietária da área do Salto São Sebastião, em Prudentópolis - PR


O Salto São Sebastião, em Prudentópolis - PR

O Salto São Sebastião, em Prudentópolis - PR


Quanto à mim, lá embaixo, pude ter meus momentos de contemplação diante dessa beleza dupla, mas tive também meus momentos de frustração. Afinal, é quase impossível tirar uma foto que mostre as duas cachoeiras ao mesmo tempo. Aos trancos, barrancos e escorregões, consegui seguir rio abaixo para, de longe, tentar. O resultado está numa das fotos desse post.

Cachoeira em frente ao Salto São Sebastião, em Prudentópolis - PR

Cachoeira em frente ao Salto São Sebastião, em Prudentópolis - PR


Amanhã, visitaremos o mais alto dos saltos da região e do estado do Paraná: o Salto São Francisco. E, de lá, nossa idéia já é chegar em Foz do Iguaçu, bem no fim do dia. Parace que ali também tem uma quedinha d'água, coisa pequena, hehehe. Vamos conferir!

Frente à frente, duas enormes e lindas cachoeiras, no Salto São Sebastião, em Prudentópolis - PR

Frente à frente, duas enormes e lindas cachoeiras, no Salto São Sebastião, em Prudentópolis - PR

Brasil, Paraná, Curitiba, Prudentópolis, cachoeira, Salto São João

Veja todas as fotos do dia!

Comentar não custa nada, clica aí vai!

Post anterior Almoço com a Luiza, em Curitiba - PR

Início de uma Nova Etapa

Post seguinte O Salto São Francisco, em Prudentópolis - PR, com quase 200 metros de altura

A Maior de Todas

Blog da Ana Observando o canyon abaixo do Salto Barão do Rio Branco, em Prudentópolis - PR

Prudentópolis

Comentários (3)

Participe da nossa viagem, comente!
  • 01/10/2017 | 11:12 por Projeto Cachoeiras Gigantes

    Olá!

    O Projeto Cachoeiras Gigantes está medindo as maiores cachoeiras do Brasil.
    Muitas surpresas e gigantes cachoeiras completamente desconhecidas.
    Conheça o trabalho do projeto em www.facebook.com/cachoeiras.gigantes e surpreenda-se com as belezas espalhadas em nosso imenso país!

  • 04/10/2015 | 22:08 por Jorge Martins

    Caros,

    Essas duas cachoeiras uma de frente para a outra são lindas (Salto São Sebastião). Pena da Ana que perdeu. Como é próximo de Curitiba, voltem. É coisa para "Falls Top 10" também. Fotografar, nem com uma grande angular consegui - o jeito foi filmar.
    Abços.
    Jorge Martins

  • 17/07/2011 | 18:34 por Luciana Soares

    Rodrigo e Ana, parabéns pela iniciativa. Um dia quero fazer também 1.000 dias viajando pela América. Se possível, coloquem dicas de albergues ou hotel mais em conta, das dificuldades que estão enfrentando e das dicas de restaurantes, assim como a culinária de cada lugar visitado.
    Sou do Piauí e quando passarem por estas terras, não deixe de visitar a Serra da Capivara no município de São Raimundo Nonato.
    Vou ficar acompanhando pelo blog toda essa viagem fantástica.

    Resposta:
    Oi Luciana
    Essa é a nossa idéia: colocar o máximo de informações úteis para quem gosta de viajar, desde hotéis até culinária. e fotos, sempre muitas fotos!

    Nós já passamos no Piauí nesta viagem. Ficamos absolutamente encantados com o seu estado, desde o Delta até a Serra da Capivara, esse lugar incrível!

    Dá uma olhada neste link que todos os posts sobre o Piauí estão lá:
    http://www.1000dias.com/rodrigo/piaui/

    Abs

Blog da Ana Blog da Rodrigo Vídeos Esportes Soy Loco A Viagem Parceiros Contato

2012. Todos os direitos reservados. Layout por Binworks. Desenvolvimento e manutenção do site por Race Internet