0 Providencia: Tubarões, Lagartos e Caranguejos - Blog do Rodrigo - 1000 dias

Providencia: Tubarões, Lagartos e Caranguejos - Blog do Rodrigo - 1000 dias

A viagem
  • Traduzir em português
  • Translate into English (automatic)
  • Traducir al español (automático)
  • Tradurre in italiano (automatico)
  • Traduire en français (automatique)
  • Übersetzen ins Deutsche (automatisch)
  • Hon'yaku ni nihongo (jidö)

lugares

tags

Arquitetura Bichos cachoeira Caverna cidade Estrada história Lago Mergulho Montanha Parque Patagônia Praia trilha vulcão

paises

Alaska Anguila Antártida Antígua E Barbuda Argentina Aruba Bahamas Barbados Belize Bermuda Bolívia Bonaire Brasil Canadá Chile Colômbia Costa Rica Cuba Curaçao Dominica El Salvador Equador Estados Unidos Falkland Galápagos Geórgia Do Sul Granada Groelândia Guadalupe Guatemala Guiana Guiana Francesa Haiti Hawaii Honduras Ilha De Pascoa Ilhas Caiman Ilhas Virgens Americanas Ilhas Virgens Britânicas Islândia Jamaica Martinica México Montserrat Nicarágua Panamá Paraguai Peru Porto Rico República Dominicana Saba Saint Barth Saint Kitts E Neves Saint Martin San Eustatius Santa Lúcia São Vicente E Granadinas Sint Maarten Suriname Trinidad e Tobago Turks e Caicos Uruguai Venezuela

arquivo

SHUFFLE Há 1 ano: Rio De Janeiro Há 2 anos: Rio De Janeiro

Providencia: Tubarões, Lagartos e Caranguejos

Colômbia, Providencia

Mergulhando junto com tubarões em Providencia, ilha colombiana no Caribe

Mergulhando junto com tubarões em Providencia, ilha colombiana no Caribe


Depois das mais de três horas de viagem balançando no barco nos 90 km entre San Andrés e Providencia, passamos boa parte do dia tranquilos na nossa pousada com vista espetacular para o Cayo Cangrejo, no nordeste da ilha. O Betito nos ajudou a marcar um mergulho para a Ana para o dia seguinte, hoje, e de noite, caminhamos os cerca de dois quilômetros até a cidade, para o jantar. A ilha tem vários pequenos povoados, unidos por uma estrada que dá toda a volta em Providencia. O maior dos povoados, a “capital”, chama-se Santa Isabel e foi para lá que caminhamos pela noite. O povoado onde está a maioria das pousadas da ilha fica mais ao sul e se chama Agua Dulce. É de lá que sai o mergulho da Ana. Cayo Cangrejo está no nordeste de Providencia, um local isolado e em frente a um dos mais belos trechos de mar que circundam essa pequena ilha do Caribe.

Mapa da ilha de Providencia. Nós ficamos em frente ao cayo Cangrejo, no nordeste da ilha. A maior cidade é Santa Isabel, em frente a Isla demSanta Catalina. A trilha para o Morro do Pico (no mapa, Big Rock) fica em (10)

Mapa da ilha de Providencia. Nós ficamos em frente ao cayo Cangrejo, no nordeste da ilha. A maior cidade é Santa Isabel, em frente a Isla demSanta Catalina. A trilha para o Morro do Pico (no mapa, Big Rock) fica em (10)


Praia em Providencia, ilha colombiana no mar do Caribe

Praia em Providencia, ilha colombiana no mar do Caribe


Hoje pela manhã, acordamos com programações distintas pela frente. A Ana, como eu disse, foi fazer um mergulho, enquanto eu fui subir a montanha mais alta de Providencia, o Morro do Pico, com 360 metros de altura. Meu ouvido não anda muito católico e achei melhor não mergulhar. Assim, bem cedo nos despedimos. Ela seguiu num mototáxi para Agua Dulce, no sentido anti-horário da estrada. Eu segui no sentido horário, também de mototáxi, para um ponto bem no sul da ilha, de onde parte a trilha até o alto da montanha.

Praia de areias brancas em Providencia, ilha colombiana no Caribe

Praia de areias brancas em Providencia, ilha colombiana no Caribe


Preparando-se para mergulhar em Providencia, ilha colombiana no mar do Caribe

Preparando-se para mergulhar em Providencia, ilha colombiana no mar do Caribe


Lá em Agua Dulce a Ana se juntou a um grupo que está realizando uma Fam Trip de mergulho na Colômbia, organizada pelo Kiki. “Fam Trip”, para quem não sabe, é uma “viagem de familiarização”, em que agentes de viagem são levados a conhecer pontos turísticos de algum país ou região para, mais tarde, vender essas viagens a seus clientes. No caso, eram pontos turísticos de mergulho, o que foi uma sorte danada para a Ana pois, obviamente, esses agentes são levados aos melhores pontos de cada lugar, para ficarem mais impressionados. Juntando-se a eles, a chance de um bom mergulho aumentou bastante!

Muitos tubarões durante mergulho em Felipe's Point, em Providencia, ilha colombiana no Caribe

Muitos tubarões durante mergulho em Felipe's Point, em Providencia, ilha colombiana no Caribe


Nadando com tubarões em Providencia, ilha colombiana no Caribe

Nadando com tubarões em Providencia, ilha colombiana no Caribe


Pois é, pelo que ela me contou e pelas fotos, realmente, não deu para reclamar! Eles mergulharam com dezenas de tubarões e puderam fotografar e filmar a vontade. O guia de mergulho aqui de Providencia, o Filipe, caçava Lion Fish durante o mergulho e os servia aos tubarões, ali mesmo. Está tentando ensinar a eles que essa praga invasora, que hoje já se encontra em todo o Caribe (somos testemunhas desse desastre ecológico, infelizmente), também é uma boa refeição. Os Lion Fish ainda não têm predadores por aqui e, por isso, estão se multiplicando em velocidade assustadora, ameaçando toda a fauna local, pois devoram os peixes de coral com grande voracidade. Em várias ilhas caribenhas, mergulhadores tentam, desesperadamente, ensinar aos predadores locais que eles também podem comer os Lion Fish. Só precisam tomar cuidado com os espinhos venenosos.

Alimentando tubarões com lion fish durante mergulho em Providencia, ilha colombiana no Caribe

Alimentando tubarões com lion fish durante mergulho em Providencia, ilha colombiana no Caribe


Mergulhando junto com tubarões em Providencia, ilha colombiana no Caribe

Mergulhando junto com tubarões em Providencia, ilha colombiana no Caribe


Bom, a Ana vai contar em seu post mais detalhes desse mergulho maravilhoso e dessa luta inglória. Como vocês, eu só pude admirar as belas imagens e ficar com aquela inveja branca. Enfim, tudo pelos ouvidos...

Um tubarão se aproxima durante mergulho em Providencia, ilha colombiana no Caribe

Um tubarão se aproxima durante mergulho em Providencia, ilha colombiana no Caribe


Além disso, também não posso reclamar do meu programa. Bem ao meu estilo, recusei polidamente a oferta de guias e entrei na trilha sem água, para espanto e reprovação de um morador local. O mercado estava longe e subir apenas trezentos e poucos metros não me assustavam, principalmente ao nível do mar.

Chegando ao Morro do Pico, o ponto mais alto de Providencia, ilha colombiana no Caribe

Chegando ao Morro do Pico, o ponto mais alto de Providencia, ilha colombiana no Caribe


Auto-retrato no alto do Morro do Pico, ponto mais alto de Providencia, ilha colombiana no Caribe

Auto-retrato no alto do Morro do Pico, ponto mais alto de Providencia, ilha colombiana no Caribe


Não havia ninguém no caminho, mas uma série de cartazes e pinturas estilizadas com informações sobre fauna e flora locais ajudaram bastante a encontrar a trilha certa. O calor e a umidade logo cobraram seu preço e eu suava em bicas. Aquela água que fiquei com preguiça de comprar fez mesmo falta...

Arte e informações na trilha para o Morro do Pico, em Providencia, ilha colombiana no Caribe

Arte e informações na trilha para o Morro do Pico, em Providencia, ilha colombiana no Caribe


Finalmente, quando deixei a mata para trás e cheguei na parte alta, a brisa ajudou bastante. Cheguei ao ponto mais alto do caribe colombiano e fui recompensado com vistas espetaculares, principalmente do mar azul piscina que circunda a ilha.

Vita do alto do Morro do Pico, montanha mais alta de Providencia, ilha colombiana no Caribe

Vita do alto do Morro do Pico, montanha mais alta de Providencia, ilha colombiana no Caribe


Falando em azul, essa também é a cor de muitos lagartos que encontrei pelo caminho. Para quem acha que lagartos são sempre feios e sem graça, precisa conhecer esses aqui de Providencia! São lindos! Não chegam a ser um tubarão, mas tubarão tem em muitos lugares e lagartos azuis, só conheço esses! Além deles, procurei bastante um tal jabuti do pé vermelho. Mas esses, só vi nos cartazes informativos, infelizmente.

O belíssimo lagarto Azul, muito comum na trilha para o Morro do Pico, ponto mais alto de Providencia, ilha colombiana no Caribe

O belíssimo lagarto Azul, muito comum na trilha para o Morro do Pico, ponto mais alto de Providencia, ilha colombiana no Caribe


Desci a trilha muito mais rápido do que subi, ansioso para chegar até o mercado da água. Depois de uns goles sedentos, até me animei para seguir correndo até a praia de Agua Dulce, para esperar a chegada da Ana. Cheguei lá uma hora antes dela e passei o tempo matando a sede com outro tipo de líquido, esse feito à base de cevada, hehehe.

Celebrando o incrível mergulho com tubarões em Providencia, ilha colombiana no Caribe

Celebrando o incrível mergulho com tubarões em Providencia, ilha colombiana no Caribe


Banquete de frutos do mar em restaurante em Providencia, ilha colombiana no Caribe

Banquete de frutos do mar em restaurante em Providencia, ilha colombiana no Caribe


A Ana chegou animadíssima com o mergulho (claro!) e amicíssima de todo mundo (claro também!). Tanto que já foi convidada para continuar na programação da FAM Trip, um almoço num dos restaurantes mais famosos de Providencia, o Divino Niño. O convite se estendeu ao maridão, mas o maridão, animado pelas cervejas, já tinha decidido continuar sua volta correndo pela ilha, até o Cayo Cangrejo.

Passeio em três em uma moto nas estradas de Providencia, ilha colombiana no mar do Caribe

Passeio em três em uma moto nas estradas de Providencia, ilha colombiana no mar do Caribe


Trânsito nas estradas de Providencia, ilha colombiana no mar do Caribe

Trânsito nas estradas de Providencia, ilha colombiana no mar do Caribe


E assim nos separamos novamente, a Ana para o sul e eu para o norte. Com muita paciência e umas andadas aqui e ali, fui vencendo o calor e as distâncias e retornei à nossa pousada. No fim da tarde, chegava a Ana, com muitas histórias, estômago cheio e a descoberta de que tinha esquecido um biquíni no restaurante. Pela terceira vez no dia, nos separamos, pois ela seguiu de carona com o Betito e seu filho para um tour ao redor de toda a ilha, a bordo de uma vespa. Não só conseguiu recuperar o biquíni como ainda tirou várias belas fotos da Providencia do fim de tarde.

Restaurante praiano em meio a coqueiros em Providencia, ilha colombiana no mar do Caribe

Restaurante praiano em meio a coqueiros em Providencia, ilha colombiana no mar do Caribe


Igreja em Providencia, ilha colombiana no mar do Caribe

Igreja em Providencia, ilha colombiana no mar do Caribe


De noite, por fim, um programa conjunto. Fomos comer no restaurante de um hotel ali do lado. No caminho pela estrada, uma das marcas da ilha nessa época do ano: centenas de caranguejos. Eles costumam viver nas montanhas, mas nessa época de reprodução, vem deixar seus ovos perto do mar. A estrada que dá a volta na ilha é um grande desafio no caminho, sabem andar no mato, subir e descer morros, passar embaixo de troncos, mas se atrapalham um pouco com o meio fio.

Caranguejo Vermelho, muito comum nesta época do ano em Providencia, ilha colombiana no Caribe

Caranguejo Vermelho, muito comum nesta época do ano em Providencia, ilha colombiana no Caribe


Caranguejo Vermelho, muito comum nesta época do ano em Providencia, ilha colombiana no Caribe

Caranguejo Vermelho, muito comum nesta época do ano em Providencia, ilha colombiana no Caribe


São duas espécies: o Vermelho e o Negro. A primeira é mais numerosa, pelo menos na região do Cayo Cangrejo. É menorzinho e não tem medo de nós. É preciso chateá-lo bastante para que ele ameace nos morder. Já o Negro, é bem maior. Faz parte da dieta da ilha, um delicioso prato para quem gosta de crustáceos. Mas pelo menos durante esses meses, ele está protegido. Das pessoas, mas não dos carros e motos que circulam pelas estradas. São centenas e centenas das duas espécies de caranguejos e todas as noites dezenas são atropelados. Mas, depois de alguns dias por aqui, posso dizer que as espécies vão sobrevivendo bem às adversidades.

De noite, estrada repleta de caranguejos em Providencia, ilha colombiana no Caribe

De noite, estrada repleta de caranguejos em Providencia, ilha colombiana no Caribe


O Caranguejo Negro, maior e mais suculento, em Providencia, ilha colombiana no Caribe

O Caranguejo Negro, maior e mais suculento, em Providencia, ilha colombiana no Caribe


Bom, depois de mergulhos e montanhas, lagartos, tubarões e caranguejos, amanhã retornamos á San Andrés. Mas ainda teremos tempo para uma caminhada pela ilha de Santa Catailina. Dessa vez, juntos.

O Caranguejo Negro, maior e mais suculento, em Providencia, ilha colombiana no Caribe

O Caranguejo Negro, maior e mais suculento, em Providencia, ilha colombiana no Caribe

Colômbia, Providencia, Mergulho, trilha, Montanha, Bichos

Veja todas as fotos do dia!

Participe da nossa viagem, comente!

Post anterior De volta ao Caribe na ilha de San Andrés, na Colômbia

Caminhos Entre as Américas

Post seguinte Descobrindo uma pequena e maravilhosa baía em Isla Santa Catalina, no caribe colombiano

Providencia: Piratas e Tesouros

Blog da Ana Muitos tubarões durante mergulho em Felipe's Point, em Providencia, ilha colombiana no Caribe

Diving in Providencia!

Comentários (5)

Participe da nossa viagem, comente!
  • 23/03/2015 | 11:46 por Fernanda

    Olá, bom dia! Vou para San Andres e Providência em maio e gostaria de saber qual pousada vocês ficaram em Providência. Vocês recomendam ficar em Agua Dulce ou do outro lado da ilha (Cayo Cangrejo)? Obrigada.

    Resposta:
    Oi Fernanda

    Nós ficamos na Pousada do Betito, um figuraça que nos recebe no porto e que anda quase sempre com uma sunga bem antiga. Tem até fotos com ele nos nossos posts.

    Eu acho mais interessante ficar em cayo Cangrejo, que é mais perto da cidade do que Agua Dulce, onde vc vai ficar mais isolada. De qualquer maneira, a ilha é maravilhosa e qq lugar que vc ficar por lá já vai ser sensacional!

    Abs

  • 23/01/2015 | 11:11 por Letícia Pimenta

    Olá! Que magico !!
    Vou para San Andres em Julho, e quero dar uma passada em Providencia, justamente pela diversidade de animais e pelos fantásticos tubarões! Como funciona a pratica deste mergulho? É necessária a credencial? A profundidade é muito grande?

    Obrigada !

    Resposta:
    Oi Letícia

    Realmente, essas duas ilhas colombianas no meio do caribe são mágicas! A gente até gostou mais de Providencia do que San Andres. A primeira é mais sossegada e a última tem muito mais estrutura.

    Para se fazer mergulho autônomo, sempre é preciso uma credencial. recomendo muito que vc faça o curso, pois isso vai abrir um mundo novo para vc. Lembre-se que nosso planeta tem muito mais água do que terra!

    Há mergulho de todas as profundidades. Mas em lugares como Providencia, não é preciso ir fundo para se ver peixes e corais. está tudo ali, bem pertinho da superfície. Um paraíso!

    Abs

  • 23/10/2014 | 19:57 por ROXANE OLIVEIRA

    Sou fã de vocês! Amei os relatos e estou muito Ansiosa para conhecer o Departamento de San Andres E Providence.

    Resposta:
    Olá Roxane

    Quando vc vai para lá? Essas ilhas são mesmo o máximo! Um pedacinho do Caribe aqui na América do Sul!

    Um abs

  • 02/12/2013 | 15:39 por Moisés

    olá, muito legal o relato. Estou indo em Fevereiro. Qual operadora que você mergulhou?

    Resposta:
    Olá Moises

    Desculpe ter demorando tando para responder. Vc viajou para Providencia? Mergulhou? Espero que sim, pois é muito lindo!

    O nome da operadora é Felipe s Diving. Fica em frente a praia. Eles aparecem em uma foto do post.

    Um abraço

  • 31/05/2013 | 16:08 por Paulo Pereira

    Bem, mais uma maravilha descoberta. Desconhecia (e não sou um leigo em geografia) a existência desta ilha colombiana. E, mesmo que a conhecesse, dificilmente acharia que ela teria toda esta beleza natural. Águas espantosas, praias de sonho e a sensação de liberdade e segurança que aparentemente se vive lá. Dois pontos que achei curiosos: a migração dos caranguejos, que deu um toque engraçado ao artigo, e o belo manjar de frutos do mar, nesse restaurante. Muito bom aspecto.

    Resposta:
    Olá Paulo

    Confesso que também não conhecia Providencia, nem por nome, até poucos meses atrás. Vivendo e aprendendo ou, viajando e aprendendo!

    Agora, pode ter certeza, qualquer pedacinho de terra aqui no meio do Caribe, com certeza vai ser lindo e interessante! É uma terra abençoada!

    Já os caranguejos, já tinha visto em outras ilhas, mas não consigo me acostumar: para mim, eles pertencem ao mar e vê-los nas montanhas sempre me chama a atenção!

    Um abraço

Blog da Ana Blog da Rodrigo Vídeos Esportes Soy Loco A Viagem Parceiros Contato

2012. Todos os direitos reservados. Layout por Binworks. Desenvolvimento e manutenção do site por Race Internet