0 Portland 2 x 1 Boston - Blog do Rodrigo - 1000 dias

Portland 2 x 1 Boston - Blog do Rodrigo - 1000 dias

A viagem
  • Traduzir em português
  • Translate into English (automatic)
  • Traducir al español (automático)
  • Tradurre in italiano (automatico)
  • Traduire en français (automatique)
  • Übersetzen ins Deutsche (automatisch)
  • Hon'yaku ni nihongo (jidö)

lugares

tags

Arquitetura Bichos cachoeira Caverna cidade Estrada história Lago Mergulho Montanha Parque Patagônia Praia trilha vulcão

paises

Alaska Anguila Antártida Antígua E Barbuda Argentina Aruba Bahamas Barbados Belize Bermuda Bolívia Bonaire Brasil Canadá Chile Colômbia Costa Rica Cuba Curaçao Dominica El Salvador Equador Estados Unidos Falkland Galápagos Geórgia Do Sul Granada Groelândia Guadalupe Guatemala Guiana Guiana Francesa Haiti Hawaii Honduras Ilha De Pascoa Ilhas Caiman Ilhas Virgens Americanas Ilhas Virgens Britânicas Islândia Jamaica Martinica México Montserrat Nicarágua Panamá Paraguai Peru Porto Rico República Dominicana Saba Saint Barth Saint Kitts E Neves Saint Martin San Eustatius Santa Lúcia São Vicente E Granadinas Sint Maarten Suriname Trinidad e Tobago Turks e Caicos Uruguai Venezuela

arquivo

SHUFFLE Há 1 ano: Rio De Janeiro Há 2 anos: Rio De Janeiro

Portland 2 x 1 Boston

Estados Unidos, Oregon, Portland

Muitas áreas verdes em Portland, no Oregon, oeste dos Estados Unidos

Muitas áreas verdes em Portland, no Oregon, oeste dos Estados Unidos


Se tem uma coisa que aprendemos rápido, viajando de carro com GPS aqui nos Estados Unidos, é que o país tem centenas de cidades com o mesmo nome. Dentro de um mesmo estado, não pode haver repetições, mas fora das fronteiras estaduais, não há limites! Pegue, por exemplo, o nome “Washington”. Sempre achei que a confusão fosse apenas entre o nome da capital federal e do estado na costa oeste, pelo qual acabamos de passar. Que nada! São simplesmente 25 Washingtons espalhadas pelo país! Um em cada dois estados tem a “sua” Washington. Nem o nome das grandes cidades internacionais são respeitados. Por exemplo, são 15 “Paris” nos Estados Unidos. E eu que sempre achei que, além da original, às margens do Sena, só houvesse uma, no Texas, feita famosa por Wim Wenders...

Portland, a cidade das pontes, no Oregon, oeste dos Estados Unidos

Portland, a cidade das pontes, no Oregon, oeste dos Estados Unidos


Nós viemos conhecer a cidade de Portland, no Oregon. Não confundir com Portland, no Maine, onde já estivemos também! E nem com as outras onze que existem em diferentes estados americanos. Mas aprendemos que essa daqui deve o seu nome àquela do Maine! É uma história engraçada. Tudo começou com um empreendedor, Overton, que comprou o terreno onde a cidade começaria por ver aqui um grande potencial. Mas, como não tinha o dinheiro necessário para iniciar seu investimento, chamou um sócio, o amigo Lovejoy, de Boston, Massachussets (tem outras seis no país!). Pouco depois, impaciente em fazer logo dinheiro, vendeu sua parte para uma terceira pessoa, Pettygrove, de Portland, a do Maine. O ano era 1845 e tanto Lovejoy como Pattygrove queriam batizar a nova cidade com o nome de suas respectivas cidades natais. Boston ou Portland? A disputa foi decidida num amigável e pacífico “cara ou coroa”. Decisão importante dessa, não foi um cara ou coroa simples, mas uma melhor de três! E sagrou-se vencedor o nome de “Portland” por 2x1. A moeda que decidiu a peleja é, ainda hoje, guardada como relíquia, conhecida como “Portland Penny”.

Columbia River, em Portland, no Oregon, oeste dos Estados Unidos

Columbia River, em Portland, no Oregon, oeste dos Estados Unidos


Tradicional cooper ao lado do Columbia River, em Portland, no Oregon, oeste dos Estados Unidos

Tradicional cooper ao lado do Columbia River, em Portland, no Oregon, oeste dos Estados Unidos


Depois desse começo “atribulado”, a cidade de Portland logo se transformou no principal porto americano na costa oeste. E olha que Portland nem está no litoral, mas ao lado do importante Columbia River, que desagua naquele oceano. Mas no final do século XIX a cidade de Seattle foi ligada ao resto do país através de ferrovias e, estando na beira do mar, roubou esse posto de Portland. Talvez por isso a cidade não tenha crescido tanto e mantido um certo charme interiorano.

Os modernos pontos de ônibus de Portland, no Oregon, oeste dos Estados Unidos

Os modernos pontos de ônibus de Portland, no Oregon, oeste dos Estados Unidos


Muito bem marcada, pista exclusiva para ciclistas em rua central de Portland, no Oregon, oeste dos Estados Unidos

Muito bem marcada, pista exclusiva para ciclistas em rua central de Portland, no Oregon, oeste dos Estados Unidos


Bom, de interiorano, só o charme, pois a cidade é uma das mais vanguardistas do país, tanto em costumes como na tecnologia. Por aqui, os pontos de ônibus, bondes e trólebus tem até tela de LCD, enquanto uma faixa enorme das ruas centrais da cidade é reservada aos ciclistas. E não fica no canto não, fica quase no meio da rua, muito bem marcada pela cor verde. Bastante espaço para as duas rodas e os carros é que se apertem lá no canto! Bem legal!

Caminhando por uma das muitas praças de Portland, no Oregon, oeste dos Estados Unidos

Caminhando por uma das muitas praças de Portland, no Oregon, oeste dos Estados Unidos


Observando o Columbia River, em Portland, no Oregon, oeste dos Estados Unidos

Observando o Columbia River, em Portland, no Oregon, oeste dos Estados Unidos


Outra alternativa e caminhar! A cidade é plana e tem muitos parques e praças, todas muito bem cuidadas e floridas. Daí vem um dos apelidos de Portland, a “cidade das rosas”. O outro apelido vem do fato que se desenvolveu nos dois lados co Columbia River. É a “cidade das pontes”. A mais famosa delas, com mais de cem anos de idade, é a Iron Bridge, ou ponte de ferro. É aí que começa o parque que acompanha toda a orla do rio e por onde passam milhares de pessoas todos os dias, praticando o seu cooper ou a sua caminhada matinal.

Reencontro com nosso amigo franco-espanhol, lá de Tofino (Canadá!), em Portland, no Oregon, oeste dos Estados Unidos

Reencontro com nosso amigo franco-espanhol, lá de Tofino (Canadá!), em Portland, no Oregon, oeste dos Estados Unidos


E foi exatamente fazendo nossa saldável caminhada ao lado do rio, para conhecer o parque e as pontes, que reencontramos o Morgan, um franco-espanhol que havíamos conhecido no albergue lá de Tofino, no Canadá. Era seu último dia de trabalho no albergue e ele se preparava para uma longa viagem com a namorada. Ficou completamente encantado com o projeto 1000dias, perguntando milhões de coisas e nos parabenizando pela coragem. E não é que, sentados em um banco tomando nosso iogurte de café da manhã, eis que ele passa caminhando e nos vê! Êta continente pequenininho! Esses reencontros, estatisticamente tão improváveis, sempre acontecem nas viagens. Tão deliciosa e misteriosamente frequentes!

A famosa Portlandia, deusa do comércio com ares de Netuno, no centro de Portland, no Oregon, oeste dos Estados Unidos

A famosa Portlandia, deusa do comércio com ares de Netuno, no centro de Portland, no Oregon, oeste dos Estados Unidos


Museu de Artes de Portland, no Oregon, oeste dos Estados Unidos

Museu de Artes de Portland, no Oregon, oeste dos Estados Unidos


Além do parque, também fomos caminhar pelas praças e ruas do centro. Vimos uma das marcas arquitetônicas registradas da cidade, a enorme figura da deusa do comércio “Portlandia”, com uma pose de Netuno, com um tridente nas mãos. Estivemos também na praça central e no enorme Museu de Artes da cidade.

Aproveitando a chuva para testar as cervejas de uma cervejaria em Portland, no Oregon, costa oeste dos Estados Unidos

Aproveitando a chuva para testar as cervejas de uma cervejaria em Portland, no Oregon, costa oeste dos Estados Unidos


Escondemo-nos da chuva sob um dos pontos de ônibus com suas telas de LCD e sob as marquises das grandes lojas. Como a chuva insistia, procuramos abrigo numa das cervejarias da cidade, onde pudemos fazer nossa tradicional degustação.

A famosa Iron Bridge, sobre o Columbia River, em Portland, no Oregon, oeste dos Estados Unidos

A famosa Iron Bridge, sobre o Columbia River, em Portland, no Oregon, oeste dos Estados Unidos


No movimentado mercado de sábado, ao ar livre, em Portland, no Oregon, oeste dos Estados Unidos

No movimentado mercado de sábado, ao ar livre, em Portland, no Oregon, oeste dos Estados Unidos


Por fim, aproveitando o tempo que melhorou no dia de hoje, fizemos mais uma caminhada gostosa ao lado do rio e fomos ao tradicional mercado ao ar livre que acontece aos sábados. Ao ar livre também é outra das marcas da cidade, as dezenas e dezenas de carros de lanches e comida rápida, algo que não víamos desde que saímos da América Latina e entramos na Anglo-saxônica. Some-se a isso o maior número de homeless que vimos aqui nos EUA e vimos que Portland é mesmo uma cidade diferente. Mas, nesse caso, os homeless daqui não nos lembram aqueles da nossa américa aí do sul. Parecem muito bem alimentados, tem mochilas de botar inveja em qualquer viajante e se misturam muito bem com os outros habitantes da cidade, que não parecem se incomodar com eles. Um respeito mútuo que não se confunde com medo. Verdadeiro exemplo de convivência democrática. Mais uma coisa para se aprender e admirar nessa gostosa cidade. Uma cidade que, se eu aqui morasse, não teria carro, muito bem substituído por uma bicicleta. Certamente, daria conta do recado!

Carrinhos de comida, típicos de Portland, no Oregon, oeste dos Estados Unidos

Carrinhos de comida, típicos de Portland, no Oregon, oeste dos Estados Unidos

Estados Unidos, Oregon, Portland, história

Veja todas as fotos do dia!

Comentar não custa nada, clica aí vai!

Post anterior Pike Public Market, em Seattle, estado de Washington, nos Estados Unidos

Pike Market e a Despedida de Seattle

Post seguinte Admirando a beleza do Diamond Lake, na Umpqua National Forest, no sul do Oregon, estado da costa oeste dos Estados Unidos

Lagos, Cachoeiras e Hot Springs

Blog da Ana Portland, a cidade das pontes, no Oregon, oeste dos Estados Unidos

Portland-Oregon

Comentários (3)

Participe da nossa viagem, comente!
  • 10/11/2012 | 21:34 por Mauricio

    As Fotos estão D+.......

    Resposta:
    Oi Maurício

    Legal que vc tenha gostado das fotos. Nos gostamos muito de Portland e foi uma pena não ter podido ficar mais tempo...

    Abs

  • 08/11/2012 | 20:37 por Lurdes

    Oi meus amigos de estrada que bons exemplos esta cidade nos dá,este site de vcs merece ser visto por governantes para tirar belos exemplos e por em prática,andar de bicicleta e caminhar .....viver aí deve ser bem saudável ,um abraço para vcs Lurdes

    Resposta:
    Oi Lurdes

    Saudável sim, mas não pode ser no inverno!!! Aí, haja casaco para andar de bicicleta, hehehe

    abraços!


    P.S Vc não conhece ninguém no governo para mostrar o nosso site para a Dilma, hehehe!

  • 08/11/2012 | 08:55 por Oscar | MauOscar.com

    Esse negocio de repetir nome de cidade é muito típico dos EUA.. E por essas e outras que temos nomes tão esdrúxulos de cidades no Brasil onde nao temos o costume de repetir nomes.. Acho que os nomes mais comuns de cidade nos EUA são Springfield e Greenville... Nos mesmos moramos em duas cidades que tinham homônimos mais famosos em outros estados

    Resposta:
    Olá Oscar

    Acho que vc acertou em cheio! O nosso GPS achou 29 Springfields e 28 Greenvilles! Que confusão! Será que não está faltando um pouco de imaginação para uns nomes "esdrúxulos", hehehe!

    Abraços, e parabéns pela participação na revista!

Blog da Ana Blog da Rodrigo Vídeos Esportes Soy Loco A Viagem Parceiros Contato

2012. Todos os direitos reservados. Layout por Binworks. Desenvolvimento e manutenção do site por Race Internet