0 O Lago Gelado e os Fiordes - Blog do Rodrigo - 1000 dias

O Lago Gelado e os Fiordes - Blog do Rodrigo - 1000 dias

A viagem
  • Traduzir em português
  • Translate into English (automatic)
  • Traducir al español (automático)
  • Tradurre in italiano (automatico)
  • Traduire en français (automatique)
  • Übersetzen ins Deutsche (automatisch)
  • Hon'yaku ni nihongo (jidö)

lugares

tags

Arquitetura Bichos cachoeira Caverna cidade Estrada história Lago Mergulho Montanha Parque Patagônia Praia trilha vulcão

paises

Alaska Anguila Antártida Antígua E Barbuda Argentina Aruba Bahamas Barbados Belize Bermuda Bolívia Bonaire Brasil Canadá Chile Colômbia Costa Rica Cuba Curaçao Dominica El Salvador Equador Estados Unidos Falkland Galápagos Geórgia Do Sul Granada Groelândia Guadalupe Guatemala Guiana Guiana Francesa Haiti Hawaii Honduras Ilha De Pascoa Ilhas Caiman Ilhas Virgens Americanas Ilhas Virgens Britânicas Islândia Jamaica Martinica México Montserrat Nicarágua Panamá Paraguai Peru Porto Rico República Dominicana Saba Saint Barth Saint Kitts E Neves Saint Martin San Eustatius Santa Lúcia São Vicente E Granadinas Sint Maarten Suriname Trinidad e Tobago Turks e Caicos Uruguai Venezuela

arquivo

SHUFFLE Há 1 ano: Rio De Janeiro Há 2 anos: Rio De Janeiro

O Lago Gelado e os Fiordes

Islândia, Skaftafell, Breidalsvík

Visita ao lago cheio de icebergs aos pés da geleira Vatnajökull, no Parque de Skaftafell, no sul da Islândia

Visita ao lago cheio de icebergs aos pés da geleira Vatnajökull, no Parque de Skaftafell, no sul da Islândia


Depois do nosso longo trekking sobre a geleira Vatnajokull, era hora de pegarmos o carro e seguirmos viagem para o leste da Islândia, a terra dos fiordes. Mas primeiro teríamos de contornar a própria geleira e, lá do outro lado, parar em outra atração turística muito famosa nesse país, o Jökulsárlón, o lago dos icebergs.



Esse lago não é antigo. Na verdade, é bem recente, tendo “nascido” na década de 40 com a retração da gigantesca geleira. Teria sido um primeiro aviso de um aquecimento global? Ninguém pode ter certeza, mas o fato é que a geleira não parou mais de retroceder e o lago de crescer. Na década de 70 ele já tinha 10 km2 e hoje, praticamente o dobro disso. É também o lago mais fundo do país, com quase 200 metros de profundidade (abaixo do nível do mar!).

Uma das línguas da maior geleira da Europa, a Vatnajökull, no Parque de Skaftafell, no sul da Islândia

Uma das línguas da maior geleira da Europa, a Vatnajökull, no Parque de Skaftafell, no sul da Islândia


Pequenos icebergs da geleira Vatnajökull flutuam em lago de água doce, no Parque de Skaftafell, no sul da Islândia

Pequenos icebergs da geleira Vatnajökull flutuam em lago de água doce, no Parque de Skaftafell, no sul da Islândia


Porém a sua beleza não está nesses números, mas na beleza de sua superfície azul, onde flutuam centenas de icebergs de todos os tamanhos, provenientes da geleira que retrocede a cada dia, liberando enormes pedaços de gelo. Os icebergs flutuam livremente pela superfície do lago até encalharem no raso canal que o conecta com o mar. Aí, eles tem de esperar pelo seu derretimento, pelo menos até ficarem pequenos o suficiente para passar pelo canal e chegarem ao mar.

Pequenos icebergs da geleira Vatnajökull flutuam em lago de água doce, no Parque de Skaftafell, no sul da Islândia

Pequenos icebergs da geleira Vatnajökull flutuam em lago de água doce, no Parque de Skaftafell, no sul da Islândia


Blocos de gelo passam sob a ponte no seu caminho para o mar, no Parque de Skaftafell, no sul da Islândia

Blocos de gelo passam sob a ponte no seu caminho para o mar, no Parque de Skaftafell, no sul da Islândia


Os icebergs podem ter problema em passar pelo canal, mas os peixes e as focas que vem se alimentar deles não. O lago é rico em trutas, salmões e outros peixes marinhos e as focas e várias espécies de aves se refestelam com o rico cardápio.

A grandiosa paisagem do sul da Islândia, entre Skaftafell e Breidalsvík

A grandiosa paisagem do sul da Islândia, entre Skaftafell e Breidalsvík


A grandiosa paisagem do sul da Islândia, entre Skaftafell e Breidalsvík

A grandiosa paisagem do sul da Islândia, entre Skaftafell e Breidalsvík


Soma-se ao cenário a maior geleira da Europa e algumas das mais altas montanhas do país ao fundo e temos um cenário de cinema. Literalmente! O Jökulsárlón já foi o cenário de vários filmes de sucesso de Hollywood, como dois episódios de 007, Batman e Tomb Raider. Aquela famosa cena de perseguição de um Jaguar e um Aston Martin do 007 foi filmada aqui!

A grandiosa paisagem do sul da Islândia, entre Skaftafell e Breidalsvík

A grandiosa paisagem do sul da Islândia, entre Skaftafell e Breidalsvík


A grandiosa paisagem do sul da Islândia, entre Skaftafell e Breidalsvík

A grandiosa paisagem do sul da Islândia, entre Skaftafell e Breidalsvík


Bom, nós ficamos por aqui um bom tempo, admirando os icebergs e as focas que nadavam entre eles. Nós e muitos outros turistas, já que o lago fica ao lado da Ring Road, portanto é de bem fácil acesso. Aliás, a construção da ponte sobre o canal que o liga até o mar precisou de cuidados especiais, para que ficasse à prova de choque de icebergs!

O maior fiorde do sul da Islândia, a caminho de Breidalsvík

O maior fiorde do sul da Islândia, a caminho de Breidalsvík


Patos nadam tranquilamente nas águas geladas do fiorde onde está a cidade de Breidalsvík

Patos nadam tranquilamente nas águas geladas do fiorde onde está a cidade de Breidalsvík


Por fim, seguimos viagem, sempre por aquelas paisagens grandiosas com as quais já estamos ficando acostumados. Mas dessa vez, houve uma variação: chegamos aos fiordes do leste do país. Um fiorde é uma longa entrada de mar dentro da terra, uma espécie de baía bem cumprida e estreita. São muito comuns na Noruega, no sul do Chile e aqui, na Islândia. Tanto na sua costa leste como no noroeste do país. Como não teremos tempo de ir até lá (dizem que é lindo!!!), temos de aproveitar a vista de lado!

Placa informativa na estrada no sudeste da Islândia, pouco antes de Breidalsvík

Placa informativa na estrada no sudeste da Islândia, pouco antes de Breidalsvík


Do outro lado do fiorde, a cidade de Breidalsvík, no sul da Islândia

Do outro lado do fiorde, a cidade de Breidalsvík, no sul da Islândia


E assim foi, dando enormes voltar para contornar esses fiordes, a cada curva um novo cenário de cair o queixo. Até que, um pouco antes de escurecer, chegássemos à pequena e simpática Breiðdalsvík, espremida entre altas montanhas e o maior dos fiordes. Na beira do mar, não poderíamos ter escolhido lugar melhor para passar a noite!

Islândia, Skaftafell, Breidalsvík, Parque, Lago, geleira, Jokulsárlón

Veja todas as fotos do dia!

Participe da nossa viagem, comente!

Post anterior Com nossa guia eslovaca na geleira Vatnajokull, no parque de Skaftafell, no sul da Islândia

Na Maior Geleira da Europa

Post seguinte Visitando as fontes termais de Hverir, região de Myvatn, no nordeste da Islândia

O Leste do País e a História Moderna da Islândia

Comentários (0)

Participe da nossa viagem, comente!
Blog da Ana Blog da Rodrigo Vídeos Esportes Soy Loco A Viagem Parceiros Contato

2012. Todos os direitos reservados. Layout por Binworks. Desenvolvimento e manutenção do site por Race Internet