0 Nas Montanhas de Trinidad - Blog do Rodrigo - 1000 dias

Nas Montanhas de Trinidad - Blog do Rodrigo - 1000 dias

A viagem
  • Traduzir em português
  • Translate into English (automatic)
  • Traducir al español (automático)
  • Tradurre in italiano (automatico)
  • Traduire en français (automatique)
  • Übersetzen ins Deutsche (automatisch)
  • Hon'yaku ni nihongo (jidö)

lugares

tags

Arquitetura Bichos cachoeira Caverna cidade Estrada história Lago Mergulho Montanha Parque Patagônia Praia trilha vulcão

paises

Alaska Anguila Antártida Antígua E Barbuda Argentina Aruba Bahamas Barbados Belize Bermuda Bolívia Bonaire Brasil Canadá Chile Colômbia Costa Rica Cuba Curaçao Dominica El Salvador Equador Estados Unidos Falkland Galápagos Geórgia Do Sul Granada Groelândia Guadalupe Guatemala Guiana Guiana Francesa Haiti Hawaii Honduras Ilha De Pascoa Ilhas Caiman Ilhas Virgens Americanas Ilhas Virgens Britânicas Islândia Jamaica Martinica México Montserrat Nicarágua Panamá Paraguai Peru Porto Rico República Dominicana Saba Saint Barth Saint Kitts E Neves Saint Martin San Eustatius Santa Lúcia São Vicente E Granadinas Sint Maarten Suriname Trinidad e Tobago Turks e Caicos Uruguai Venezuela

arquivo

SHUFFLE Há 1 ano: Rio De Janeiro Há 2 anos: Rio De Janeiro

Nas Montanhas de Trinidad

Trinidad e Tobago, El Tucuche

Região montanhosa ao redor do El Tucuche, a segunda mais alta montanha da ilha de Trinidad

Região montanhosa ao redor do El Tucuche, a segunda mais alta montanha da ilha de Trinidad


Depois da praia de ontem, hoje era dia de montanha! É essa variação que tentamos sempre fazer para tornar nossa viagem mais interessante. Um dia na cidade, outro na praia, outro na montanha, outro embaixo d'água, e assim vamos driblando a rotina.

Pequena casacata na trilha para subir o El Tucuche, a segunda mais alta montanha da ilha de Trinidad

Pequena casacata na trilha para subir o El Tucuche, a segunda mais alta montanha da ilha de Trinidad


Resolvemos subir a segunda montanha mais alta da ilha e do país, o El Tucuche, com 936 metros de altura. Ligeiramente mais baixo que o Cerro del Aripo, mas muito mais bonito. Chegamos a sondar a possibilidade de tentar chegar lá sozinhos, mas logo percebemos que um guia com seu próprio transporte seria muito mais prático. Assim, por intermédio da nossa Guest House, entramos em contato com o Emile, que disse que poderia nos levar ao pico hoje. Sábia decisão e golpe de sorte ao mesmo tempo, já que o Emile, além de excelente guia, se tornou um grande amigo que nos deu aulas sobre o país e nos ajudou com várias outras coisas.

Junto com o Emile, nosso guia no El Tucuche, a segunda mais alta montanha da ilha de Trinidad

Junto com o Emile, nosso guia no El Tucuche, a segunda mais alta montanha da ilha de Trinidad


Ele chegou ao Monique's (nossa Guest House) pouco antes das 07:30 à bordo de uma prima da Fiona, uma Hilux verde cabine dupla também. Hehehe, isso já nos fez sentir em casa! Ele foi logo explicando que havia três vias para se chegar ao cume do El Tucuche, algumas mais rápidas e duras, outras mais demoradas e tranquilas. Optamos pela mais bonita que, coincidentemente, era a mais fácil. Fácil porque a ascensão é bem demorada. São quase quatro horas de caminhada para se chegar lá em cima, e outras quatro para descer. Ou seja, caminharíamos o dia inteiro!

Mar do Caribe visto da trilha para o El Tucuche, a segunda mais alta montanha da ilha de Trinidad

Mar do Caribe visto da trilha para o El Tucuche, a segunda mais alta montanha da ilha de Trinidad


O El Tucuche fica no norte da ilha, região montanhosa que é um prolongamento dos Andes. Pois é... não é que nosso primeiro contato com essa majestosa cordilheira durante a viagem dos 1000dias foi aqui em Trinidad? Quando estivermos cruzando com ela para lá e para cá no segundo semestre desse ano certamente vamos nos lembrar daqui!

No pico do El Tucuche, a segunda mais alta montanha da ilha de Trinidad

No pico do El Tucuche, a segunda mais alta montanha da ilha de Trinidad


Fomos de carro até pouco mais de 300 metros de altura e de lá começamos a caminhar. A trilha segue pelo meio de uma rica e viçosa floresta o tempo todo, serpenteando entre encostas íngrimes e vales profundos, aqui e ali possibilitando uma bela vista do mar do Caribe, ao longe, lá em baixo. A subida não poderia ser mais suave e a gente mal percebe que vai ganhado essa altitude toda, quase 600 metros até o cume. No caminho, cruzamos alguns riachos, água fresquinha vindo lá de cima, ótima para matar a sede.

Com o Emile, descendo o El Tucuche, a segunda mais alta montanha da ilha de Trinidad

Com o Emile, descendo o El Tucuche, a segunda mais alta montanha da ilha de Trinidad


Pouco antes de chegar no cume, São Pedro resolveu nos chatear e fechou o tempo. Assim, a bela vista lá de cima acabou não acontecendo, escondida atrás do manto branco das nuvens. Isso não nos impediu de ter um gostoso piquenique lá em cima. Pelo menos aí o santo lá de cima ajudou e esperou que terminássemos antes de mandar a chuva. Ai, já estávamos embaixo da floresta protetora, muito melhor do que qualquer guarda-chuva. A mata lá no alto, envolta em neblina, ficou ainda mais bonita. É impressionante a sensação de vida que temos ao andar numa floresta dessa. A nossa e a da natureza. Uma abundância!

Descendo o El Tucuche, a segunda mais alta montanha da ilha de Trinidad

Descendo o El Tucuche, a segunda mais alta montanha da ilha de Trinidad


Conversando com o Emile, na trilha, contamos que íamos embora de Trinidad amanhã e que não tínhamos visto nenhuma cahoeira, infelizmente. Mas aí, trocando uma idéia e calculando o horário do ferry, chegamos à conclusão que daria para fazer uma visita sim, pela manhã. Ele se prontificou a nos pegar bem cedo e depois, além de nos levar para a GuestHouse, também nos levaria ao terminal de ferries. Opa! Agora, só faltava escolher qual cachoeira...

Um dos enormes troncos na trilha do El Tucuche, a segunda mais alta montanha da ilha de Trinidad

Um dos enormes troncos na trilha do El Tucuche, a segunda mais alta montanha da ilha de Trinidad


Não foi difícil. Na volta para o hotel, passamos na casa dele para ver fotografias das várias cachoeiras. Acabamos escolhendo ir na Rio Seco, bem perto da costa atlântica de Trinidad, região que ainda não conhecemos. Desse modo, matamos vários coelhos com uma cajadada só!

Floôr ao longo da trilha do El Tucuche, a segunda mais alta montanha da ilha de Trinidad

Floôr ao longo da trilha do El Tucuche, a segunda mais alta montanha da ilha de Trinidad


E assim foi: planejamos uma montanha, mas ganhamos também uma cachoeira e uma praia no atlântico. Não dá para reclamar, né? Mas o dia vai começar cedo...

Descendo o El Tucuche, a segunda mais alta montanha da ilha de Trinidad

Descendo o El Tucuche, a segunda mais alta montanha da ilha de Trinidad

Trinidad e Tobago, El Tucuche, Trinidad

Veja todas as fotos do dia!

Quer saber mais? Clique aqui e pergunte!

Post anterior Praia de Maracas Bay, na ilha de  Trinidad

Praia em Trinidad

Post seguinte Cachoeira do Rio Seco, no Parque Nacional de Matura, em Trinidad

De Rio Seco para Tobago

Blog da Ana Mar do Caribe visto da trilha para o El Tucuche, a segunda mais alta montanha da ilha de Trinidad

El Tucuche

Comentários (0)

Participe da nossa viagem, comente!
Blog da Ana Blog da Rodrigo Vídeos Esportes Soy Loco A Viagem Parceiros Contato

2012. Todos os direitos reservados. Layout por Binworks. Desenvolvimento e manutenção do site por Race Internet