0 Nadando Para São Paulo - Blog do Rodrigo - 1000 dias

Nadando Para São Paulo - Blog do Rodrigo - 1000 dias

A viagem
  • Traduzir em português
  • Translate into English (automatic)
  • Traducir al español (automático)
  • Tradurre in italiano (automatico)
  • Traduire en français (automatique)
  • Übersetzen ins Deutsche (automatisch)
  • Hon'yaku ni nihongo (jidö)

lugares

tags

Arquitetura Bichos cachoeira Caverna cidade Estrada história Lago Mergulho Montanha Parque Patagônia Praia trilha vulcão

paises

Alaska Anguila Antártida Antígua E Barbuda Argentina Aruba Bahamas Barbados Belize Bermuda Bolívia Bonaire Brasil Canadá Chile Colômbia Costa Rica Cuba Curaçao Dominica El Salvador Equador Estados Unidos Falkland Galápagos Geórgia Do Sul Granada Groelândia Guadalupe Guatemala Guiana Guiana Francesa Haiti Hawaii Honduras Ilha De Pascoa Ilhas Caiman Ilhas Virgens Americanas Ilhas Virgens Britânicas Islândia Jamaica Martinica México Montserrat Nicarágua Panamá Paraguai Peru Porto Rico República Dominicana Saba Saint Barth Saint Kitts E Neves Saint Martin San Eustatius Santa Lúcia São Vicente E Granadinas Sint Maarten Suriname Trinidad e Tobago Turks e Caicos Uruguai Venezuela

arquivo

SHUFFLE Há 1 ano: Rio De Janeiro Há 2 anos: Rio De Janeiro

Nadando Para São Paulo

Brasil, Paraná, Superagui, Barra do Ararapira

Dico, Rodrigo e o Seu Rubens - Barra do Ararapira

Dico, Rodrigo e o Seu Rubens - Barra do Ararapira


Hoje, dia 3 da viagem, acordamos cedinho, olhamos pela varanda da nossa pousada e resolvemos fazer algo bem normal e corriqueiro: nadar para São Paulo. Afinal, ele estava logo ali, do outro lado do braço de mar. Com a maré seca, bancos de areia se formaram no lado paranaense do canal. Pássaros descansavam preguiçosamente nessas ilhas temporárias. Vidinha difícil, a deles...

Deixamos o café da manhã para quando voltássemos ao Paraná. Seria um estímulo a mais. Como a maré era vazante, a corrente estava nos levando para fora do canal. Começamos a nadar bem para a esquerda, para que a corrente pudesse nos levar. Paramos um pouquinho nos bancos de areia para admirar a vista e seguimos com a nossa travessia interestadual. Com um pouco mais de trabalho do que imaginamos (subestimamos a corrente e a distância), chegamos a São Paulo, demos uma banda e iniciamos a volta, sempre pensando no café que nos esperava. Tomamos o cuidado de largar bem para dentro do canal e viemos parar, após 20 min de corrente, bem em frente à pousada. Bingo! E lá estava o café: um delicioso pão caseiro, leite, margarina e queijo. Não precisava mais. Não sei se foi o exercício matinal ou se o pão estava bom mesmo (e estava!), comemos, repetimos e repetimos de novo.

Depois, a hora da despedida. Fomos tão bem tratados que, apesar de termos tantos destinos à frente, foi muito triste ir embora. Realmente, é um lugar especial e parte disso é pelas pessoas que moram lá. O Seu Rubens, depois de contar muitos causos para nós e conversar bastante com a Ana sobre espíritos, disse para mim, se referindo a minha esposa: "Você ganhou na loteria!" He he he, agora eu fico chamando ela de Mega Sena Acumulada!

Barra da Lagoa, na Praia Deserta

Barra da Lagoa, na Praia Deserta


Bom, a gente se despediu, eles nos levaram de voadeira até o início da praia deserta e nós enfrentamos mais 30 km de bicicleta, dessa vez contra o vento. Perto da chegada, nos refrescamos na barra da lagoa que, agora com sol, parecia um cenário de cinema, a água escura e limpa correndo para o mar formando aquelas pequenas ondas ao se encontrar com o oceano, tudo isso ceracado de muita areia branca e sob um intenso céu azul. E nós dois ali, diretoria total, curtindo isso tudo.

Por fim, os últimos 2 km de bicicleta e o fim do sofrimento para o bumbum. A Denise nos recepcionou com um delicioso prato de carne de siri e o Flavinho nos levou de volta para a Ilha do Mel, onde nos preparamos agora para a aventura de amanhã: dar a volta na Ilha.

Brasil, Paraná, Superagui, Barra do Ararapira, Praia

Veja todas as fotos do dia!

Faz um bem danado receber seus comentários!

Post anterior Barco na Barra do Ararapira

Barra do Ararapira

Post seguinte Inicio da manhã, início da volta na Ilha

Um Dia na Ilha

Blog da Ana Volta à Ilha

A volta à Ilha

Comentários (2)

Participe da nossa viagem, comente!
  • 21/09/2012 | 23:48 por Alexandre

    Você tem contato de seu Rubens? pois fiquei a deriva e ele foi a pessoa de me deu apoio! mas não consigo falar com ele, pode me ajudar???

    Resposta:
    Oi Alexandre

    Infelizmente, não tenho o contato direto dele. Pelo menos quando estivemos por lá, a comunicação era feita por rádio. Sugiro que vc tente se comunicar com ele via uma das pousadas em Superagui, que sempre falam com ele por rádio.

    Por exemplo, a Pousada do Carioca Tel: (41) 3482 7118

    O seu Rubens é mesmo uma pessoa incrível, pau prá toda obra, cheio de histórias para contar e ajudando todo mundo

    Um abs

  • 12/04/2010 | 16:49 por Paulinha Ribas

    é mta disposição...

Blog da Ana Blog da Rodrigo Vídeos Esportes Soy Loco A Viagem Parceiros Contato

2012. Todos os direitos reservados. Layout por Binworks. Desenvolvimento e manutenção do site por Race Internet