0 Encontro Marcado! - Blog do Rodrigo - 1000 dias

Encontro Marcado! - Blog do Rodrigo - 1000 dias

A viagem
  • Traduzir em português
  • Translate into English (automatic)
  • Traducir al español (automático)
  • Tradurre in italiano (automatico)
  • Traduire en français (automatique)
  • Übersetzen ins Deutsche (automatisch)
  • Hon'yaku ni nihongo (jidö)

lugares

tags

Arquitetura Bichos cachoeira Caverna cidade Estrada história Lago Mergulho Montanha Parque Patagônia Praia trilha vulcão

paises

Alaska Anguila Antártida Antígua E Barbuda Argentina Aruba Bahamas Barbados Belize Bermuda Bolívia Bonaire Brasil Canadá Chile Colômbia Costa Rica Cuba Curaçao Dominica El Salvador Equador Estados Unidos Falkland Galápagos Geórgia Do Sul Granada Groelândia Guadalupe Guatemala Guiana Guiana Francesa Haiti Hawaii Honduras Ilha De Pascoa Ilhas Caiman Ilhas Virgens Americanas Ilhas Virgens Britânicas Islândia Jamaica Martinica México Montserrat Nicarágua Panamá Paraguai Peru Porto Rico República Dominicana Saba Saint Barth Saint Kitts E Neves Saint Martin San Eustatius Santa Lúcia São Vicente E Granadinas Sint Maarten Suriname Trinidad e Tobago Turks e Caicos Uruguai Venezuela

arquivo

SHUFFLE Há 1 ano: Rio De Janeiro Há 2 anos: Rio De Janeiro

Encontro Marcado!

Canadá, Vancouver

Encontro do 1000dias e o 4x1 em Vancouver, no Canadá (foto da expedição 4x1 - Retratos da América)

Encontro do 1000dias e o 4x1 em Vancouver, no Canadá (foto da expedição 4x1 - Retratos da América)


Desde que começamos a planejar nossa viagem pelas Américas, no início de 2009, que procuramos constantemente por outros aventureiros que fizeram ou fazem algo parecido. Em tempos de internet, google e facebook, essa procura fica bem mais fácil e essas expedições de carro ao redor do mundo se contam às dezenas.

A Fiona e a Tanajura (4x1), encontro de carros brasileiros na frente do Boteco Brasil, em Vancouver, no Canadá

A Fiona e a Tanajura (4x1), encontro de carros brasileiros na frente do Boteco Brasil, em Vancouver, no Canadá


Na sua grande maioria, são europeus, australianos e americanos que fazem esse tipo de viagem. O veículo mais comum são as motos. Os continentes mais viajados são a África e o sudeste asiático. Mas a América também é percorrida, sendo o mais comum as pessoas virem do norte para o sul, de onde mandam seu veículo para outro continente. A rota mais batida segue sempre perto do Pacífico e o Brasil acaba ficando de fora de muitos trajetos (não sabem o que estão perdendo, esses gringos!).

A Fiona e a Tanajura (4x1), encontro de carros brasileiros na frente do Boteco Brasil, em Vancouver, no Canadá

A Fiona e a Tanajura (4x1), encontro de carros brasileiros na frente do Boteco Brasil, em Vancouver, no Canadá


Entre os sul-americanos, os maiores viajantes, devo reconhecer, são nossos hermanos argentinos. Com a cara, a coragem e pouco dinheiro, entram numa Kombi ou num calhambeque e saem mundo afora. Não sei se é pela influência de Chê, o fato é que eles conhecem muito mais o nosso continente que os brasileiros, que ainda preferem voar direto para Miami ou Nova Iorque.

Enconttro das expedições brasileiras 1000dias e 4x1, além dos Kombianos, em frente ao Boteco Brasil, em Vancouver, no Canadá

Enconttro das expedições brasileiras 1000dias e 4x1, além dos Kombianos, em frente ao Boteco Brasil, em Vancouver, no Canadá


Mas temos nossas honrosas exceções! Entre os que se atreveram a ir um pouco mais longe que a Patagônia ou o Atacama (esses sim, trajetos muito percorridos pelos brasileiros) estão o pessoal do Challenging Your Dreams (apesar do nome, são brasileiros sim!), do Mundo Por Terra (fizeram uma incrível viagem pelo mundo, incluindo a uma histórica volta por toda a África!) e o Viagens Maneiras (levaram seu cão labrador para “passear” por mais de 40 países!). Esses e outros, inclusive da era pré-internet, sempre foram uma inspiração para nós. Mas, quando começamos a nossa própria aventura, a deles já havia terminado. Será que estávamos “sozinhos” na América?

Jantando com os brasileiros da expedição 4x1 em restaurante mongol, em Vancouver, no Canadá (foto da expedição 4x1 - Retratos da América)

Jantando com os brasileiros da expedição 4x1 em restaurante mongol, em Vancouver, no Canadá (foto da expedição 4x1 - Retratos da América)


Que nada! Há outros por aí e a internet é o meio de achá-los. Ou, quem sabe, de sermos achados! Pois é, foi isso que aconteceu quando, no início do ano, recebemos um e-mail de uma pessoa perguntando sobre a viagem. Era o Gustavo e nos informava que ele e quatro amigos estavam planejando algo semelhante. Não ficaram só nos planos não e, poucos meses mais tarde, a expedição 4x1 – Retratos da América já estava na estrada. O Gustavo, Gabriel, Bruno, Leonardo e André, a bordo da simpática Tanajura (uma Nissan), partiram rumo ao Alaska no dia 3 de Junho desse ano.

A Fiona e a tanajura se encontram novamente em frente ao Boteco Brasil, em Vancouver, no Canadá

A Fiona e a tanajura se encontram novamente em frente ao Boteco Brasil, em Vancouver, no Canadá


A viagem deles é mais curta que a nossa, devendo durar de 10 meses a um ano. Assim como nós, o objetivo é chegar ao Alaska, descer até a Patagônia para então, voltar ao Brasil. Como têm menos tempo do que nós, estão fazendo uma rota mais direta. Cruzaram o Brasil de sul a norte pelo interior, passando pelo litoral do Ceará e Amazônia. Daí para a Venezuela e Colômbia. Como saíram mais tarde do que tinham imaginado e queriam chegar ao Alaska antes do frio do inverno, acabaram pulando a América Central e o México, mandando o carro diretamente para Seattle. Mas na volta, com mais calma, vão poder viajar por essas regiões também.

Encontro das expedições 1000dias e 4x1 no Boteco Brasil, da Márcia, em Vancouver, no Canadá

Encontro das expedições 1000dias e 4x1 no Boteco Brasil, da Márcia, em Vancouver, no Canadá


Então, desde que eles iniciaram sua viagem que estamos acompanhando aqui de “cima”, torcendo e planejando um encontro. Quase deu certo no Alaska, mas um descompasso de dois dias acabou por adiar nosso encontro. Acho que foi o destino que preferiu que fosse em Vancouver. Afinal, é aqui que está o Boteco Brasil, da brasileira Márcia, moradora da cidade há mais de 20 anos e cozinheira de mão cheia dos nossos mais famosos pratos e quitutes.

Deliciosa comida brasileira no Boteco Brasil, no encontro das expedições 1000dias e 4x1, em Vancouver, no Canadá

Deliciosa comida brasileira no Boteco Brasil, no encontro das expedições 1000dias e 4x1, em Vancouver, no Canadá


Eles chegaram um dia antes de nós e se hospedaram na cada do Caio, músico brasileiro que também já mora aqui há um bom tempo. O Caio deu a ideia do Boteco e para lá marcamos o encontro, para a noite do dia 14. Mas, o que já estava bom acabou ficando melhor! Quem também estava na cidade eram os nossos amigos colombianos, que viajam pela América de Kombi. Tínhamos nos encontrado em Anchorage e, desde então, acompanhamos nossos passos. O Jorge e a Meli vieram conhecer nosso “apartamento” de tarde e aí ficamos por horas, botando as conversas em dia. Depois, já de noite, seguimos juntos para o Boteco Brasil.

Não poderia faltar uma boa ideia no encontro dos brasileiros no Boteco Brasil, em Vancouver, no Canadá

Não poderia faltar uma boa ideia no encontro dos brasileiros no Boteco Brasil, em Vancouver, no Canadá


Foi uma festa! Para nós, brasileiros, por encontrar companheiros de aventura. Para os colombianos, que adoram o Brasil e se divertiram com a música brasileira no Boteco. E para a Márcia, que jamais imaginou ter dois carros brasileiros estacionados na frente de seu bar, em Vancouver. Falando em carros, foi uma festa também para a Fiona, que adorou conhecer a Tanajura.

Junto com os brasileiros do 4x1 em parque de Vancouver, no Canadá

Junto com os brasileiros do 4x1 em parque de Vancouver, no Canadá


Ontem, dia 15, foi a vez da expedição 4x1 nos visitar em nosso apartamento (adoro poder falar do “nosso” apartamento em Vancouver, hehehe). Aí também ficamos por horas, trocando ideias e informações ou simplesmente nos divertindo com as aventuras vividas pelas duas expedições pelo nosso continente afora. Depois de muita conversa, a fome bateu e fomos comer, os seis, ali perto. Digo “seis” porque o André não está aqui em Vancouver. Aproveitou esses dias para voar para Nova Iorque e vai reencontrar os companheiros em pouco mais de uma semana, lá em Yellowstone. Fomos jantar num restaurante de comida mongol, para matar a saudades de um restaurante lá de São Paulo, o Tantra, que todos conhecemos. Eles cinco se formaram na FEA, na USP, e portanto, conhecem bem a cidade.

Discutindo caminhos e rotas com o Gabriel, da expedição 4x1, em Vancouver, no Canadá

Discutindo caminhos e rotas com o Gabriel, da expedição 4x1, em Vancouver, no Canadá


Hoje, dia 16, foi dia de novo reencontro. A Márcia nos convidou para um almoço no Boteco Brasil e lá nos refestelamos de pão de queijo, guaraná, coxinha, feijoada e caipirinha. Uma delícia! Encontro brasileiro em ambiente brasileiro, com comida brasileira, apesar de estarmos em Vancouver. Agora, com a ajuda da luz do dia, pudemos tirar mais fotos do nosso encontro por lá, dos carros, das pessoas, do boteco e da comida.

Junto com os brasileiros da expedição 4x1 na Wreck Beach, em Vancouver, no Canadá

Junto com os brasileiros da expedição 4x1 na Wreck Beach, em Vancouver, no Canadá


Dali, esticamos para um passeio conjunto pela cidade, Fiona e Tanajura andando lado a lado pelas ruas de Vancouver. Muito legal! Aproveitamos o verde de um parque para uma nova sessão de fotos e seguimos para a praia, localização ideal para assistir o pôr-do-sol. Ali, não resistimos a fazer a famosa foto do pulo, uma das preferidas da expedição 4x1. Eu já tinha visto tantas, no site deles, que fui quem lembrou que deveríamos fazer outra, ali.

Show de burlesque especial de Halloween em Vancouver, no Canadá

Show de burlesque especial de Halloween em Vancouver, no Canadá


Muitas fotos depois, seguimos para o centro, para o distrito histórico de Gastown. Foi aí que começou Vancouver e onde, hoje, pode-se encontrar dezenas de bares e restaurantes charmosos. Achamos um de tapas, para um rápido jantar com cerveja ou vinho e seguimos para outro bar em frente, onde tivemos a sorte de ver um show de burlesque inspirado no Halloween que está chegando. Fechamos assim, com chave de ouro, esse incrível e inesquecível encontro de expedições brasileiras aqui em Vancouver. Pelo ritmo e andar das duas expedições, dificilmente nos encontraremos novamente durante essas nossas jornadas. Mas não iremos nos separar mais, eletronicamente, sempre acompanhando as aventuras inspiradoras uns dos outros. Os amigos que eram virtuais, agora viraram reais. A internet é joia, mas o cara a cara é muito melhor. Expedição 4x1, uma excelente vigem para vocês! Estaremos sempre acompanhando de perto! E a Fiona manda uma grande buzinada para a Tanajura! Cuidem-se e aproveitem essa incrível experiência no nosso maravilhoso continente!

Bruno, Gabriel, Gustavo e Leonardo, da expedição 4x1, saltam para foto na Wreck Beach, em Vancouver, no Canadá

Bruno, Gabriel, Gustavo e Leonardo, da expedição 4x1, saltam para foto na Wreck Beach, em Vancouver, no Canadá

Canadá, Vancouver,

Veja todas as fotos do dia!

Diz aí se você gostou, diz!

Post anterior Caminhando pela orla do West End, em Vancouver, no Canadá

Dias em Vancouver

Post seguinte Chegando ao Granville Island Public Market, em Vancouver, no Canadá

O Fascinante Mercado e o Milagre do Tripé

Blog da Ana Bruno, Gabriel, Gustavo e Leonardo, da expedição 4x1, saltam para foto na Wreck Beach, em Vancouver, no Canadá

Amigos na Estrada

Comentários (5)

Participe da nossa viagem, comente!
  • 22/10/2012 | 23:58 por Vania Dória

    Fique feliz com o encontro de vcs com a turma da expedição 4x1! Parabéns, pelas maravilhosas fotos!

    Resposta:
    Oi Vania

    Nós também adoramos! Encontrar outros expedicionários brasileiros tão longe de cada foi realmente especial. Principalmente um pessoal tão legal como esses rapazes do 4x1. Eles tem uma projeto incrível, Tão moços e já fazendo uma viagem dessas. Incrível! É de tirar o chapéu!

    Abs

  • 22/10/2012 | 17:52 por Expedição 4x1

    Rodrigo e Ana!

    É com muito prazer e saudade que lemos esse post!
    Foi muito legal poder conhecer vocês ao vivo. Ver o dia-a-dia, ainda que por pouco tempo, de outra expedição.
    Vocês são, e desde a nossa saída foram, um exemplo para a gente e de muitas formas nos inspiraram. Ao vivo, ainda mais.
    Queríamos agradecer por todo o carinho, apoio e conversas.
    Afinal, se um dos principais propósitos dessa viagem era o de conhecermos pessoas inspiradoras, que nos façam (re)pensar a vida de forma diferente. Esse nosso encontro definitivamente cumpriu bem esse papel.

    Esperamos reencontrá-los um dia, seja na Expedição, seja fora dela.

    Forte abraço!

    Resposta:
    Oi gente

    Foi um privilégio nosso ter conhecido e compartilhado do tempo de vocês! De verdade, ver gente tão nova já chegando tão longe, foi inspirador. Parabéns!

    Vcs ganharam amigos de verdade para sempre. Vamos acompanhar de perto todas as aventuras de vcs, sempre torcendo para que dê tudo certo. E, quando algo parecer errado, podem ter certeza que é para acontecer algo melhor lá na frente!

    Sempre que pudermos ajudar, podem contar conosco. E a gente já está devorando os posts de vcs de Seattle e da California, por onde ainda vamos passar. Qualquer dúvida, gritamos! Assim como vcs, quando precisarem. Temos certeza que vcs adorarão o México, a América Central e, quiçã, Cuba!!!

    Um grande abraço para todos

    Rodrigo e Ana

    P.S Ficamos aqui tentando adivinhar aonde vamos nos encontrar de novo. Não "se", mas "quando" e "onde", pois temos certeza que isso vai acontecer!!!

  • 21/10/2012 | 16:50 por Debora

    Ahhh que legal! Rodrigo e Ana, nós mudamos os planos da viagem e estaremos em Estados Unidos a partir de dezembro de 2012. Vamos comprar o nosso carro por lá. Quem sabe a gente também não consegue se encontrar? :)

    Beijos

    Resposta:
    Oi Debora

    Dezembro de 2012? Será nosso último mês por aqui! Onde vcs vão estar? Iria ser muito legal encontrar vcs também! As novidades já estão no seu site? Vou dar uma olhada...

    Abraços

  • 21/10/2012 | 15:27 por mabel

    Muito bom encontrar brasileiros fora. E olha que não é muito difícil, temos várias estórias de encontros em situações inusitadas.

    Há alguns anos ficaram hospedados numa casa no condomínio onde moro dois canadenses, vieram de avião, mandaram a moto de navio e voltaram para o Canadá com ela , costeando o Pacífico. Planejavam fazer a viagem em 4 meses.

    Resposta:
    Oi Mabel

    Pois é, tem bastante gente que faz esse circuito. Mas a maioria gosta de fazer um sentido só e não ida e volta, como nós. Com um continente tão vasto como o nosso, dá para ir e voltar várias vezes, sem repetir o caminho.

    Só precisa ter tempo e um pouco de dinheiro também, hehehe

    Abs

  • 21/10/2012 | 12:02 por Silvan

    Acompanho também a viagem 4x1 desde o início e sempre torce para que houvesse este encontro.
    Bacana demais!!!!!
    Abraços de Silvan e Claudinha.

    Resposta:
    Olá, Silvan e Claudinha

    Foi mesmo muito legal encontrá-los. Já tínhamos tentado algumas vezes, mas foi só em Vancouver que deu certo. Depois de 14 meses fora do Brasil, foi ótimo encontrar outros aventureiros brasileiros, ainda mais num rstaurante de comida brasileira. Realmente, especial!

    Abs

Blog da Ana Blog da Rodrigo Vídeos Esportes Soy Loco A Viagem Parceiros Contato

2012. Todos os direitos reservados. Layout por Binworks. Desenvolvimento e manutenção do site por Race Internet