0 Do Verde ao Azul - Blog do Rodrigo - 1000 dias

Do Verde ao Azul - Blog do Rodrigo - 1000 dias

A viagem
  • Traduzir em português
  • Translate into English (automatic)
  • Traducir al español (automático)
  • Tradurre in italiano (automatico)
  • Traduire en français (automatique)
  • Übersetzen ins Deutsche (automatisch)
  • Hon'yaku ni nihongo (jidö)

lugares

tags

Arquitetura Bichos cachoeira Caverna cidade Estrada história Lago Mergulho Montanha Parque Patagônia Praia trilha vulcão

paises

Alaska Anguila Antártida Antígua E Barbuda Argentina Aruba Bahamas Barbados Belize Bermuda Bolívia Bonaire Brasil Canadá Chile Colômbia Costa Rica Cuba Curaçao Dominica El Salvador Equador Estados Unidos Falkland Galápagos Geórgia Do Sul Granada Groelândia Guadalupe Guatemala Guiana Guiana Francesa Haiti Hawaii Honduras Ilha De Pascoa Ilhas Caiman Ilhas Virgens Americanas Ilhas Virgens Britânicas Islândia Jamaica Martinica México Montserrat Nicarágua Panamá Paraguai Peru Porto Rico República Dominicana Saba Saint Barth Saint Kitts E Neves Saint Martin San Eustatius Santa Lúcia São Vicente E Granadinas Sint Maarten Suriname Trinidad e Tobago Turks e Caicos Uruguai Venezuela

arquivo

SHUFFLE Há 1 ano: Rio De Janeiro Há 2 anos: Rio De Janeiro

Do Verde ao Azul

Brasil, Tocantins, Natividade, Aurora do Tocantins

A belíssima Cachoeira do Paraíso, em Natividade - TO

A belíssima Cachoeira do Paraíso, em Natividade - TO


Saímos do nosso hotel, o Serra Geral, já no sentido de Taguatinga, mas com o intuito de parar logo adiante. Três quilômetros de estrada e ali estava a entrada para a Cachoeira do Paraíso, a mais bela da região. Ao pedir informações para um habitante local, ficamos sabendo que a mesma estrada de acesso também nos levaria ao alto do Morro da Antena, com vistas magníficas das redondezas. Foi o bastante para acrescentarmos também este ponto ao nosso roteiro.

Natividade - TO

Natividade - TO


E foi logo o primeiro. A subida da serra é meio punk, mas nada que a Fiona não possa lidar. Em quinze minutos estávamos lá encima. Realmente, vistas lindas para a enorme planície centenas de metras abaixo de nós. Uma vasta extensão de cerrado, uma queimada aqui e outra ali e a cidade de Natividade, tudo aos nossos pés.

Descendo o Moro da Anrena, em Natividade - TO

Descendo o Moro da Anrena, em Natividade - TO


Em seguida, estimulados mais ainda pelo dia lindo e forte calor, fomos para a Cachoeira do Paraíso. O João, dono da propriedade, recebeu seus únicos clientes do dia de braços abertos e até nos guiou na trilha de pouco mais de 300 metros até o melhor poço para se nadar.

Nadando no poço de águas esverdeadas da Cachoeira do Paraíso, em Natividade - TO

Nadando no poço de águas esverdeadas da Cachoeira do Paraíso, em Natividade - TO


Se ontem, no Vale do Vai Quem Quer, a sensação era de se estar em Visconde de Mauá, hoje o clima era totalmente das serras mineiras, da Canastra ou do Espinhaço. Terreno pedregoso, vegetação rasteira e de cerrado, sensação de altitude, riacho escorrendo por um leito de pedras. Sensacional!

Mergulhando no poço de águas esverdeadas da Cachoeira do Paraíso, em Natividade - TO

Mergulhando no poço de águas esverdeadas da Cachoeira do Paraíso, em Natividade - TO


Mas, o melhor veio depois, quando chegamos ao poço. Uma visão divina! A cor da água, como se vê nas fotos, era de um verde inacreditável. Verde e transparente, já que se podia ver todas as pedras no fundo do poço. Uma coisa maravilhosa! Ficamos ali uma hora, mergulhando, fotografando e deixando a vida passar, torcendo para que ela não passasse!

Mergulhando no poço esverdeado da Cachoeira do Paraíso, em Natividade - TO

Mergulhando no poço esverdeado da Cachoeira do Paraíso, em Natividade - TO


Infelizmente, passou, e tivemos de deixar aquele paraíso esverdeado para trás. Muita estrada pela frente. Mas tínhamos um grande estímulo! Afinal, o que nos esperava era outro paraíso, dessa vez azulado! Duas horas de viagem nos levaram quase até a fronteira com a Bahia. Ali, uma enorme e magnífica chapada marca a fronteira dos dois estados. Neste ponto, viramos em direção ao sul e vamos acompanhando esta formação geológica incrível, que muito nos lembrou as outras chapadas que temos visto pelo Brasil afora.

Paisagem montanhosa próximo à cidade de Taguatinga - TO

Paisagem montanhosa próximo à cidade de Taguatinga - TO


Passamos pela cidade de Taguatinga e, sempre seguindo para o sul, em direção à Goiás, vamos nos aproximando da pequena cidade de Aurora do Tocantins. Um pouco antes de chegar lá, entramos no diminuto distrito de Azuis. Esse simpático nome vem do rio, propagandeado como o "menor rio do mundo", que tem essa cor inacreditável, um azul claríssimo, quase uma piscina.

A incrível nascente do menor rio do mundo, em Azuis, distrito de Aurora do Tocantins - TO

A incrível nascente do menor rio do mundo, em Azuis, distrito de Aurora do Tocantins - TO


O rio nasce debaixo de uma serra, sai desse buraco com uma forte corrente, forma uma piscina que é um aquário, corre uns duzentos metros e deságua em um rio maior. Ao longo do seu pequeno percurso, vários restaurantes foram montados para aproveitar o enorme publico frequentador dos finais de semana. Felizmente, hoje não é fim de semana e a nascente estava praticamente vazia, apenas um grupo de pessoas com um carro com som bem alto, música sertaneja daquelas tristes. Felizmente, embaixo d'água, não se escutava, hehehe!

Nascente do menor rio do mundo, em Azuis, distrito de Aurora do Tocantins - TO

Nascente do menor rio do mundo, em Azuis, distrito de Aurora do Tocantins - TO


Mais uma vez, ficamos quase uma hora, extasiados, nos divertindo com mais uma paisagem de cinema. É incrível a força com que a água sai do buraco da serra. Os pequenos peixes também parecem se divertir com a corrente, além de ficar nos mordendo sempre que podem. E a água, transparente, é ótima para fotos subaquáticas, além de ter uma temperatura super agradável! Mas é bom visitar durante a semana! Uma pequena arquibancada construída ao redor da nascente e aquele carro com o som alto são bons lembretes de como aquilo pode ficar nos finais de semana...

Mergulhando no rio azulado e cristalino em Azuis, distrito de Aurora do Tocantins - TO

Mergulhando no rio azulado e cristalino em Azuis, distrito de Aurora do Tocantins - TO


Para fechar com chave de ouro, um quiosque ali do lado, o Agenda 21, serve uma comida caseira de dar água na boca, num ambiente super aconchegante, com móveis feitos pelo próprio proprietário, o Osmane. Ele e a esposa, a Leide, tem ótimo gosto musical e, depois do sertanejo à toda altura, Vanessa da Mata era tudo o que nossos ouvidos queriam ouvir. Que delícia!

Mergulhando no menor rio do mundo, distrito de Azuis, em Aurora do Tocantins - TO

Mergulhando no menor rio do mundo, distrito de Azuis, em Aurora do Tocantins - TO


De barriga cheia e alma saciada, conversamos bastante sobre as belezas da região. Tanto que resolvemos dormir em Aurora do Tocantins mesmo, para amanhã explorar um pouco de suas mais de 200 cavernas! isso mesmo, só no município, mais de 200 cavernas! E seguimos viajando e aprendendo que o Tocantins é muito mais do que imaginávamos.

Mergulhando no poço esverdeado da Cachoeira do Paraíso, em Natividade - TO

Mergulhando no poço esverdeado da Cachoeira do Paraíso, em Natividade - TO

Brasil, Tocantins, Natividade, Aurora do Tocantins, Cachoeira do Paraíso, Azuis, Menor Rio do Mundo

Veja todas as fotos do dia!

Faz um bem danado receber seus comentários!

Post anterior Igreja matriz em Natividade - TO

Natividade

Post seguinte Caminhando na Gruta das Rãs, em Aurora do Tocantins - TO

Pelas Grutas de Aurora

Blog da Ana Poço da Cachoeira do Paraíso, em Natividade - TO

Paraísos Verdes e Azuis

Comentários (6)

Participe da nossa viagem, comente!
  • 25/10/2017 | 17:44 por Sergio

    Olá, muito legal a página. Parabéns Rodrigo!
    Aproveitando para tirar dúvidas, qual foi o horário que vc foi na Cachoeira do Paraíso? e no Rio azuis? / Como é o acesso à cachoeira do Paraíso,é estrada é fácil...?

  • 02/05/2015 | 17:20 por Guilherme

    Lindo o lugar, realmente a natureza tem uma beleza inquestionável. Parabéns pelo blog ;)

  • 08/02/2013 | 17:31 por Raquel

    Olá, nossa adorei a sua página! Sou de Taguatinga To, e cresci indo ao azuis, la a noite a aguá é quentinha! É muito bacana mesmo, recomendo a todos que conheçam! Olha pena que vocês não conehceram mais as belezas de Taguatinga, la tem uma cachoeira linda, tem muitas grutas que valem muito a pena conhecer!

    Resposta:
    Oi Raquel

    Que sorte a sua de estar aí perto dessa maravilha! Tem de aproveitar mesmo! Nós adoramos os azuis! Com certeza, ainda vamos voltar para conhecer as outras belezas da região e, quem sabe dar uma nadada por lá de noite também, hehehe.

    Um abraço

  • 18/12/2011 | 19:22 por Valmir

    Muito bonito preciso conhecer.
    Rodrigo, tenho acompanhado sua aventura e esta uma maravilha.
    Moro em Campinas e estou querendo conhecer o Jalapão. Tenho 15 dias a partir do dia 23/12, uma Parati e gostaria de umas dicas.
    obrigadp

    Resposta:
    Olá Valmir!

    Que legal que vc esteja nos acompanhando!

    O Jalapão vale muito à pena e 15 dias são mais do que o suficiente, já contando o tempo de viagem. A Parati, se estiver em boa forma, vai tirar de letra!

    Não deixe de conhecer Mateiros e São Felix e as atrações entre elas, os fervedouros, as incríveis dunas de areia vermelha, os rios e a cachoeira da Velha. E se puder, pule da ponte em Ponte Alta!!!

    Vou escrever para seu email tb

    Abs

  • 27/05/2011 | 12:53 por Luis

    Fazer arquibancada e butecos ao longo do rio é sacanagem...Só mesmo aqui.

    Resposta:
    Nem me fale...

    Mas o Agenda 21, onde jantamos, é uma delícia, música de ótima qualidade, mobiliário surpreendente e comida saborosa.

    O negócio é ir lá durante a semana. A não ser que vc queira passar raiva. Aí, domingão é o dia certo. hehehe
    Abs

  • 26/05/2011 | 17:31 por Luis

    Esses grupos com som alto são uma praga!
    E nós que passamos ao lado nem sabíamos deste lugar. Bom, o jeito é voltar.
    Maravilha de água azul. E só de pensar que já viajamos tanto pelo Brasil e ainda tem muita, mais muita coisa que desconhecemos completamente. Motivo para botar o pé na estrada...sempre.

    Resposta:
    Olá Luís
    Mas lá na Cachoeira do Paraíso, em Natividade (dica sua!) não tinha som nenhum, só os grilos e o vento. Uma delícia!
    Realmente, tem muita coisa para se ver neste Brasilzão! Vc vai ver as fotos que tiramos nas grutas de Aurora de Tocantins, Lindas! Logo logo vamos conseguir postar, mas as fotos já estão na página de fotos. Hoje já estamos ormindo em São Domingos. E amanhã, finalmente, Terra Ronca.
    Abs

Blog da Ana Blog da Rodrigo Vídeos Esportes Soy Loco A Viagem Parceiros Contato

2012. Todos os direitos reservados. Layout por Binworks. Desenvolvimento e manutenção do site por Race Internet