0 Diversão em Alto Mar - Blog do Rodrigo - 1000 dias

Diversão em Alto Mar - Blog do Rodrigo - 1000 dias

A viagem
  • Traduzir em português
  • Translate into English (automatic)
  • Traducir al español (automático)
  • Tradurre in italiano (automatico)
  • Traduire en français (automatique)
  • Übersetzen ins Deutsche (automatisch)
  • Hon'yaku ni nihongo (jidö)

lugares

tags

Arquitetura Bichos cachoeira Caverna cidade Estrada história Lago Mergulho Montanha Parque Patagônia Praia trilha vulcão

paises

Alaska Anguila Antártida Antígua E Barbuda Argentina Aruba Bahamas Barbados Belize Bermuda Bolívia Bonaire Brasil Canadá Chile Colômbia Costa Rica Cuba Curaçao Dominica El Salvador Equador Estados Unidos Falkland Galápagos Geórgia Do Sul Granada Groelândia Guadalupe Guatemala Guiana Guiana Francesa Haiti Hawaii Honduras Ilha De Pascoa Ilhas Caiman Ilhas Virgens Americanas Ilhas Virgens Britânicas Islândia Jamaica Martinica México Montserrat Nicarágua Panamá Paraguai Peru Porto Rico República Dominicana Saba Saint Barth Saint Kitts E Neves Saint Martin San Eustatius Santa Lúcia São Vicente E Granadinas Sint Maarten Suriname Trinidad e Tobago Turks e Caicos Uruguai Venezuela

arquivo

SHUFFLE Há 1 ano: Rio De Janeiro Há 2 anos: Rio De Janeiro

Diversão em Alto Mar

Antártida, Atlântico Sul Antártida

A Ana e a Kim fantasiadas de sereias na festa da fantasia a bordo do Sea Spirit, a caminho da Antártida

A Ana e a Kim fantasiadas de sereias na festa da fantasia a bordo do Sea Spirit, a caminho da Antártida


Pela terceira vez nessa viagem pelos mares do sul, voltamos para alto mar. A primeira tinha sido no trecho entre Buenos Aires e as Malvinas e a segunda, de lá para a Geórgia do Sul. Agora, deixamos essa ilha rumo ao objetivo maior dessa nossa viagem, o continente gelado da Antártida. Um sonho de criança prestes a se tornar realidade, embora ainda nos pareça um sonho. Pelo menos, até vermos com nossos próprios olhos as primeiras montanhas do último continente a ser descoberto pelo homem.

Nosso roteiro pelos mares do sul entre Falkland, Geórgia do Sul, Península Antártica e Ushuaia

Nosso roteiro pelos mares do sul entre Falkland, Geórgia do Sul, Península Antártica e Ushuaia


Fazendo os procedimentos de bio-segurança no Sea Spirit, entre a Geórgia do Sul e a Antártida

Fazendo os procedimentos de bio-segurança no Sea Spirit, entre a Geórgia do Sul e a Antártida


Para chegar até lá são mais dois dias em alto mar. Estamos navegando rumo à península Antártida, uma ponta do continente que avança rumo à América do Sul, separado de lá apenas pelo famoso Estreito de Drake. Antes de chegarmos ao continente de verdade, a ideia é parar em algumas pequenas ilhas no caminho, já bem próximas da Antártida. Entre elas, Elephant island, a ilha onde Shackleton deixou sua tripulação por vários meses enquanto fazia sua épica travessia em um pequeno barco até a Geórgia do Sul.

Hora do almoço no Sea Spirit, a caminho da Antártida

Hora do almoço no Sea Spirit, a caminho da Antártida


Servindo um coquetel no Sea Spirit, a caminho da Antártida

Servindo um coquetel no Sea Spirit, a caminho da Antártida


Mais um delicioso almoço no Sea Spirit, a caminho da Antártida

Mais um delicioso almoço no Sea Spirit, a caminho da Antártida


Bom, então, de volta à nossa já conhecida rotina de alto mar. Todos fazemos nossos procedimentos de biossegurança (limpeza de nossas roupas e equipamentos que desembarcaram na Geórgia do Sul) para evitar levar algum “carona” indesejado até a Antártida, já que estamos viajando entre dois ecossistemas distintos. Finalizada essa “tarefa”, o resto é só curtição da vida boa que levamos no navio.

Visita à ponte de comando do Sea Spirit no nosso caminho para a  Antártida

Visita à ponte de comando do Sea Spirit no nosso caminho para a Antártida


Instrumento do Sea Spirit marca a velocidade dos fortes ventos no oceabo a caminho da Antártida

Instrumento do Sea Spirit marca a velocidade dos fortes ventos no oceabo a caminho da Antártida


Por exemplo, é sempre interessante visitar a ponte de comando. Aí encontramos o capitão ou alguns de seus auxiliares e ficamos satisfazendo nossa curiosidade sobre navegação em alto mar, velocidade do navio e do vento, profundidade do mar, correntes marítimas, aparelhos de comunicação, mapas desenhados nas paredes, mesas e telas de computador ou qualquer outra coisa que nos chame a atenção naquele momento. Sentimos um gostinho por um mundo que não nos pertence, mas que muito admiramos e respeitamos.

Hora do jantar no Sea Spirit, a caminho da Antártida

Hora do jantar no Sea Spirit, a caminho da Antártida


Celebração surpresa de aniversário de passageira durante almoço no Sea Spirit, a caminho da Antártida

Celebração surpresa de aniversário de passageira durante almoço no Sea Spirit, a caminho da Antártida


Depois de saciarmos a curiosidade, chega a hora de saciarmos o estômago. E para isso, além de lanches e coquetéis, há sempre o momento sagrado das três deliciosas refeições, café, almoço e jantar. É nosso momento de congregação, dividindo mesas com outros passageiros, atualizando histórias e fofocas, relaxando com um bom vinho. De repente, para quebrar a rotina, garçons e cozinheiros saem junto da cozinha trazendo um bolo com velas acesas. É o aniversário de algum passageiro, celebrado com uma pequena festa surpresa com direito até à música ao vivo!

Com a Kim e nosso amigo garçon nicaraguense no Sea Spirit, a caminho da Antártida

Com a Kim e nosso amigo garçon nicaraguense no Sea Spirit, a caminho da Antártida


Nosso aconchegante quarto no Sea Spirit, durante nossa viagem entre aGeórgia do Sul e a Antártida

Nosso aconchegante quarto no Sea Spirit, durante nossa viagem entre aGeórgia do Sul e a Antártida


Além das refeições, outro ponto de encontro dos passageiros são as sempre concorridas e interessantes palestras. Duas vezes ao dia, nossos guias nos ilustram sobre aspectos da flora, fauna, geologia e história que encontraremos mais à frente, tornando muito mais rica nossa experiência em terras e águas antárticas. De tarde, algum cineminha acompanhado com pipoca, leitura de livros para, depois de um dia tão árduo, podermos descansar profundamente em nosso quarto aconchegante.

Festa da fantasia no Sea Spirit, deixando a Geórgia do Sul, a caminho da Antártida

Festa da fantasia no Sea Spirit, deixando a Geórgia do Sul, a caminho da Antártida


Festa da fantasia a bordo do Sea Spirit, a caminho da Antártida

Festa da fantasia a bordo do Sea Spirit, a caminho da Antártida


Nosso quarto só tem de esperar um pouco mais quando há algum evento noturno que estique nossa noite. Foi o caso de uma badalada festa da fantasia organizada logo que saímos da Geórgia do Sul. Fomos avisados apenas com umas poucas horas de antecedência e todos estavam convocados. Não só isso, deveriam também providenciar suas próprias fantasias. Como isso não foi uma coisa que trouxemos em nossas malas, a solução era dar asas á imaginação.

A Ana e a Kim fantasiadas de 'sereias de sobrancelha preta da Geórgia do Sul' em festa da fantasia no Sea Spirit, deixando a Geórgia do Sul, a caminho da Antártida

A Ana e a Kim fantasiadas de "sereias de sobrancelha preta da Geórgia do Sul" em festa da fantasia no Sea Spirit, deixando a Geórgia do Sul, a caminho da Antártida


Festa da fantasia no Sea Spirit, deixando a Geórgia do Sul, a caminho da Antártida

Festa da fantasia no Sea Spirit, deixando a Geórgia do Sul, a caminho da Antártida


Com a Kim e o Damien na festa da fantasia a bordo do Sea Spirit, a caminho da Antártida

Com a Kim e o Damien na festa da fantasia a bordo do Sea Spirit, a caminho da Antártida


E assim foi, cada um tentando se virar do melhor jeito. A Ana logo se trancou no quarto com nossa querida amiga Kim, uma sul-africana que vive em Londres e adora viajar. Ali permaneceram por horas e só saíram diretamente para a festa, onde causaram grande furor. Desenharam e manufaturaram uma criativa fantasia de uma “South Georgian Black-browed mermaid”, ou sereia de sobrancelhas pretas da Geórgia do Sul. Foram as mais aclamadas da festa.

Com o Brian em festa da fantasia no Sea Spirit, deixando a Geórgia do Sul, a caminho da Antártida

Com o Brian em festa da fantasia no Sea Spirit, deixando a Geórgia do Sul, a caminho da Antártida


Curtindo a festa da fantasia a bordo do Sea Spirit, deixando a Geórgia do Sul, a caminho da Antártida

Curtindo a festa da fantasia a bordo do Sea Spirit, deixando a Geórgia do Sul, a caminho da Antártida


Com o Collin em festa da fantasia no Sea Spirit, deixando a Geórgia do Sul, a caminho da Antártida

Com o Collin em festa da fantasia no Sea Spirit, deixando a Geórgia do Sul, a caminho da Antártida


Nossos guias, os únicos que já sabiam desse evento muito antes de partirmos da Argentina, já tinham suas fantasias profissionais. Todos eles de piratas, de marujo a capitão. São muito animados e são eles os que mais botam pilha nas festas. Acho que para ser guia em uma viagem dessas, os pré-requisitos não são apenas de ser um cientista, mas também de ser animador de festa!

Uma sereia e um iceberg se encontram em festa da fantasia a bordo do Sea Spirit, a caminho da Antártida

Uma sereia e um iceberg se encontram em festa da fantasia a bordo do Sea Spirit, a caminho da Antártida


Rodrigo fantasiado de iceberg na festa da fantasia a bordo do Sea Spirit, a caminho da Antártida

Rodrigo fantasiado de iceberg na festa da fantasia a bordo do Sea Spirit, a caminho da Antártida


Festa da fantasia no Sea Spirit, deixando a Geórgia do Sul, a caminho da Antártida

Festa da fantasia no Sea Spirit, deixando a Geórgia do Sul, a caminho da Antártida


Os outros passageiros, como disse, cada um se virou com o que tinha. Muita gente de roupão de banho, outros de pijama, alguns com máscaras de pinguim. E eu? Bom, a minha “criatividade” foi vestir-me todo de branco, amarrar um grande travesseiro na cabeça e anunciar a todos: “Sou um iceberg!”. Pronto, já tinha também a minha fantasia! E desse modo, passaram rapidinho esses dois dias que nos separavam das primeiras ilhas do continente antártico, suas focas, pinguins, montanhas, geleiras e, claro, icebergs de verdade!

Festa da fantasia a bordo do Sea Spirit, a caminho da Antártida

Festa da fantasia a bordo do Sea Spirit, a caminho da Antártida

Antártida, Atlântico Sul Antártida, Sea Spirit

Veja todas as fotos do dia!

Gostou? Comente! Não gostou? Critique!

Post anterior Um belo iceberg proveniente das gigantescas plataformas de gelo da Antártida cruza nosso caminho na entrada do Drygalski Fjord, na Geórgia do Sul

Icebergs, Fiordes e Geleiras

Post seguinte O cenário grandioso de Elephant Island, na Antártida (foto de Steve Denver)

A Ilha Elefante

Comentários (0)

Participe da nossa viagem, comente!
Blog da Ana Blog da Rodrigo Vídeos Esportes Soy Loco A Viagem Parceiros Contato

2012. Todos os direitos reservados. Layout por Binworks. Desenvolvimento e manutenção do site por Race Internet