0 De Port Townsend à Space Needle - Blog do Rodrigo - 1000 dias

De Port Townsend à Space Needle - Blog do Rodrigo - 1000 dias

A viagem
  • Traduzir em português
  • Translate into English (automatic)
  • Traducir al español (automático)
  • Tradurre in italiano (automatico)
  • Traduire en français (automatique)
  • Übersetzen ins Deutsche (automatisch)
  • Hon'yaku ni nihongo (jidö)

lugares

tags

Arquitetura Bichos cachoeira Caverna cidade Estrada história Lago Mergulho Montanha Parque Patagônia Praia trilha vulcão

paises

Alaska Anguila Antártida Antígua E Barbuda Argentina Aruba Bahamas Barbados Belize Bermuda Bolívia Bonaire Brasil Canadá Chile Colômbia Costa Rica Cuba Curaçao Dominica El Salvador Equador Estados Unidos Falkland Galápagos Geórgia Do Sul Granada Groelândia Guadalupe Guatemala Guiana Guiana Francesa Haiti Hawaii Honduras Ilha De Pascoa Ilhas Caiman Ilhas Virgens Americanas Ilhas Virgens Britânicas Islândia Jamaica Martinica México Montserrat Nicarágua Panamá Paraguai Peru Porto Rico República Dominicana Saba Saint Barth Saint Kitts E Neves Saint Martin San Eustatius Santa Lúcia São Vicente E Granadinas Sint Maarten Suriname Trinidad e Tobago Turks e Caicos Uruguai Venezuela

arquivo

SHUFFLE Há 1 ano: Rio De Janeiro Há 2 anos: Rio De Janeiro

De Port Townsend à Space Needle

Estados Unidos, Washington State, Port Townsend, Seattle

Chegando à Seattle de ferry, no estado de Washington, costa oeste dos Estados Unidos

Chegando à Seattle de ferry, no estado de Washington, costa oeste dos Estados Unidos


Depois de mais uma noite sob o enorme pé direito do nosso charmoso hotel, era hora de partirmos em direção à Seattle, deixando para trás a simpática Port Townsend, a Nova Iorque que nunca foi. Antes disso, sessão de fotos do Palace, o antigo bordel reformado, restaurado e transformado em hotel.

Nosso charmoso quarto no Palace Hotel, em Port Townsend, no estado de Washington, oeste dos Estados Unidos

Nosso charmoso quarto no Palace Hotel, em Port Townsend, no estado de Washington, oeste dos Estados Unidos


Banheiro com uma banheira das antigas, no nosso quarto no Palace, em Port Townsend, no estado de Washington, oeste dos Estados Unidos

Banheiro com uma banheira das antigas, no nosso quarto no Palace, em Port Townsend, no estado de Washington, oeste dos Estados Unidos


Hoje, ficamos sabendo mais um pedaço da história desse prédio. Foi construído no final do século XIX e por isso tem o estilo vitoriano, construído em tijolos vermelhos como todos os prédios daquela época. Também foi um dos "investimentos” daqueles que acreditavam que a cidade se tornaria uma metrópole. O interessante é que o primeiro dono desse prédio, quem o construiu, o fez com o dinheiro que conseguiu de suas aventuras submarinas no Caribe. Pois é, o cara descobriu um navio com um grande carregamento de prata afundado naquelas águas tropicais e fez uma expedição para recuperar esse metal. Naquela época, a tecnologia para isso era afundar até o barco dentro de um sino de bronze, literalmente a bolha de ar que ele respiraria enquanto durasse o resgate lá embaixo. Fico só imaginando a segurança do aparato... Bem, seguro ou não, foi o bastante para ele conseguir o seu tesouro e, com os lucros obtidos, conseguir dinheiro para construir um prédio em Port Townsend. O mesmo prédio que acabou virando um bordel e, mais tarde, o charmoso hotel em que ficamos. Que rica história!

Fachada do nosso hotel em Port Townsend, no estado de Washington, oeste dos Estados Unidos

Fachada do nosso hotel em Port Townsend, no estado de Washington, oeste dos Estados Unidos


A Space Needle se destaca na skyline de Seattle, estado de Washington, costa oeste dos Estados Unidos

A Space Needle se destaca na skyline de Seattle, estado de Washington, costa oeste dos Estados Unidos


Enfim, partimos para a curta viagem até Seattle, um pouco ao sul e do outro lado do mar. Para não dar a longa volta pelo sul da península, simplesmente pegamos o ferry. Mais um daqueles enormes barcos com o mesmo padrão e eficiência de todos os ferries que temos andado desde que saímos do Alaska. Esse sim, acho que será o último por um bom tempo. E que bela despedida que foi!

A bordo do ferry, chegando à Seattle, estado de Washington, costa oeste dos Estados Unidos

A bordo do ferry, chegando à Seattle, estado de Washington, costa oeste dos Estados Unidos


Chegar à Seattle de ferry é espetacular. A skyline da cidade, vista do mar, é imponente. Entre todos os prédios, quem logo chama a atenção é a torre conhecida como Space Needle. Qualquer um que já tenha visto aquele desenho animado da década de 70 contando a história da família Jetson, que vive no futuro, vai logo reconhecer a torre. É a cara da casa dos Jetsons! Na verdade, o criador do famoso desenho animado se inspirou mesmo na torre de Seattle para construir o seu cenário.

Visitando a Space Needle, no estado de Washington, costa oeste dos Estados Unidos

Visitando a Space Needle, no estado de Washington, costa oeste dos Estados Unidos


Ainda no ferry, o PriceLine nos arrumou uma verdadeira barganha na cidade, um Hyatt por 85 dólares, incluindo café da manhã. Melhor ainda, ao lado da Space Needle e com serviço de van 24 horas por dia para nos levar até o centro e nos pegar por lá. Assim, a Fiona poderia ficar o tempo todo na garagem do hotel.

Montanhas nevadas no horizonte de Seattle, vistas do alto da Space Needle (no estado de Washington, costa oeste dos Estados Unidos)

Montanhas nevadas no horizonte de Seattle, vistas do alto da Space Needle (no estado de Washington, costa oeste dos Estados Unidos)


Devidamente instalados, saídos do charme do Palace para o conforto do Hyatt, já fomos conhecer a maior (ou pelo menos a mais alta!) atração de Seattle, a vizinha torre dos Jetsons. A torre foi construída no início da década de 60, para uma grande feira internacional que houve na cidade. Era, e foi durante muito tempo, a mais alta construção a oeste do Mississipi, com seus 184 metros de altura.

No alto da Space Needle, em  Seattle, no estado de Washington, costa oeste dos Estados Unidos

No alto da Space Needle, em Seattle, no estado de Washington, costa oeste dos Estados Unidos


Lá encima, além do tradicional restaurante giratório, há também uma torre de observação. Nós chegamos estrategicamente no fim da tarde para poder ver as vistas diurnas e noturnas lá de cima: a baía de Seattle, os prédios do centro, as diversas colinas que formam a cidade e as montanhas nevadas ao fundo. As nuvens até deram uma folga nos minutos finais, possibilitando que o sol iluminasse a baía com suas luzes alaranjadas, justo quando por ali passava um ferry. Um espetáculo!

Ferry navega durante maravilhoso fim de tarde na baía de Seattle, visto do alto da Space Needle (no estado de Washington, costa oeste dos Estados Unidos)

Ferry navega durante maravilhoso fim de tarde na baía de Seattle, visto do alto da Space Needle (no estado de Washington, costa oeste dos Estados Unidos)


Acompanhado de um vinho, admirando as luzes de Seattle, no alto da Space Needle, no estado de Washington, costa oeste dos Estados Unidos

Acompanhado de um vinho, admirando as luzes de Seattle, no alto da Space Needle, no estado de Washington, costa oeste dos Estados Unidos


Depois de vermos as luzes da cidade se acenderem e observarmos bem tudo o que pretendemos explorar nos próximos dias, era hora de voltar para o hotel. Tínhamos de nos arrumar para nosso compromisso. Pois é, já tínhamos marcado um jantar num dos restaurantes mais famosos, não só de Seattle, mas de todo o país. Foi um presente de aniversário enviado por internet por um primo que fazia questão que fôssemos conhecer o Metropolitan Grill. Okay, não precisa insistir! Assunto para o próximo post...

Seattle iluminada, vista do alto da Space Needle, no estado de Washington, costa oeste dos Estados Unidos

Seattle iluminada, vista do alto da Space Needle, no estado de Washington, costa oeste dos Estados Unidos

Estados Unidos, Washington State, Port Townsend, Seattle, Space Needle

Veja todas as fotos do dia!

Gostou? Comente! Não gostou? Critique!

Post anterior Relembrando as técnicas de escalada em rocha em um bolder na Ruby Beach, no Olympic National Park, no estado de Washington, oeste dos Estados Unidos

Tsunamis, Escaladas e a Melhor Música do Mundo

Post seguinte O maravilhoso Blue Label King George que experimentamos no Metropolitan Grill, um dos melhores restaurantes de Seattle e de todos os Estados Unidos

Scotch

Comentários (0)

Participe da nossa viagem, comente!
Blog da Ana Blog da Rodrigo Vídeos Esportes Soy Loco A Viagem Parceiros Contato

2012. Todos os direitos reservados. Layout por Binworks. Desenvolvimento e manutenção do site por Race Internet