0 Caribe de Água Doce - Blog do Rodrigo - 1000 dias

Caribe de Água Doce - Blog do Rodrigo - 1000 dias

A viagem
  • Traduzir em português
  • Translate into English (automatic)
  • Traducir al español (automático)
  • Tradurre in italiano (automatico)
  • Traduire en français (automatique)
  • Übersetzen ins Deutsche (automatisch)
  • Hon'yaku ni nihongo (jidö)

lugares

tags

Arquitetura Bichos cachoeira Caverna cidade Estrada história Lago Mergulho Montanha Parque Patagônia Praia trilha vulcão

paises

Alaska Anguila Antártida Antígua E Barbuda Argentina Aruba Bahamas Barbados Belize Bermuda Bolívia Bonaire Brasil Canadá Chile Colômbia Costa Rica Cuba Curaçao Dominica El Salvador Equador Estados Unidos Falkland Galápagos Geórgia Do Sul Granada Groelândia Guadalupe Guatemala Guiana Guiana Francesa Haiti Hawaii Honduras Ilha De Pascoa Ilhas Caiman Ilhas Virgens Americanas Ilhas Virgens Britânicas Islândia Jamaica Martinica México Montserrat Nicarágua Panamá Paraguai Peru Porto Rico República Dominicana Saba Saint Barth Saint Kitts E Neves Saint Martin San Eustatius Santa Lúcia São Vicente E Granadinas Sint Maarten Suriname Trinidad e Tobago Turks e Caicos Uruguai Venezuela

arquivo

SHUFFLE Há 1 ano: Rio De Janeiro Há 2 anos: Rio De Janeiro

Caribe de Água Doce

México, Bacalar

Dia de sol e visual caribenho na laguna Bacalar, no sul do Yucatán, no México

Dia de sol e visual caribenho na laguna Bacalar, no sul do Yucatán, no México


Depois da maravilhosa tarde fazendo apneia no cenote Pit, pegamos estrada rumo ao sul. Já estava tarde, mas vencemos a tentação de dormir em Tulum e seguimos adiante, cada vez mais perto da fronteira com Belize. Tínhamos decidido por uma última parada no México, a última nessa etapa dos 1000dias, finalizando a América do Norte. Estou falando da Laguna de Bacalar.

Cores do caribe na água doce da laguna Bacalar, no sul do Yucatán, no México

Cores do caribe na água doce da laguna Bacalar, no sul do Yucatán, no México


Cores do caribe na água doce da laguna Bacalar, no sul do Yucatán, no México

Cores do caribe na água doce da laguna Bacalar, no sul do Yucatán, no México


Essa enorme lagoa de água doce e cores caribenhas tem uma estreita passagem para o mar e foi, durante muito tempo, um tranquilo refúgio para piratas que se ocupavam em atacar os galeões espanhóis que levavam suas cargas da América para a Europa. Finalmente, os espanhóis construíram um forte na lagoa, acabando com a vida mansa dos piratas. Ao redor do forte cresceu a pequena cidade de Bacalar.

Forte de Bacalar, no sul do Yucatán, no México. Construída para barrar piratas!

Forte de Bacalar, no sul do Yucatán, no México. Construída para barrar piratas!


Forte de Bacalar, no sul do Yucatán, no México. Construída para barrar piratas!

Forte de Bacalar, no sul do Yucatán, no México. Construída para barrar piratas!


O fim dos piratas não foi o fim da vida agitada do forte. No século XIX, durante a guerra das Castas, a fortaleza foi muito disputada entre as facções em guerra. Essa prolongada guerra foi um conflito entre os indígenas mayas que lutavam para criar um país independente e as forças federais. Inicialmente, o forte serviu como o grande bastião do poder federal no sudeste do Yucatán, uma área que já estava em poder indígena. Num grande esforço, os mayas conseguiram tomar a fortaleza e metade do Yucatán foi a sua pátria livre pelos próximos 50 anos. Foi apenas no início do século XX que, já sem o apoio das armas contrabandeadas de Belize (México e Inglaterra haviam entrado em acordo para dificultar esse comércio), que o governo federal reconquistou o forte e toda a região.

Arma de guerra em tempos de paz! Forte de Bacalar, no sul do Yucatán, no México

Arma de guerra em tempos de paz! Forte de Bacalar, no sul do Yucatán, no México


Arte decotativa em restaurante em Bacalar, no sul do Yucatán, no México

Arte decotativa em restaurante em Bacalar, no sul do Yucatán, no México


Hoje a cidade está mais tranquila do que nunca, uma espécie de paraíso secreto, frequentado por alguns mexicanos do Yucatán e uns poucos estrangeiros que se apaixonaram e por lá ficaram. Nesse mundo de tranquilidade, as grandes atrações são o forte, a própria lagoa e um enorme cenote que existe ali do lado.

Admirando o enorme e plácido Cenote Azul, ao lado da laguna de Bacalar, no sul do Yucatán, no México

Admirando o enorme e plácido Cenote Azul, ao lado da laguna de Bacalar, no sul do Yucatán, no México


Cenote Azul, ao lado da laguna de Bacalar, no sul do Yucatán, no México

Cenote Azul, ao lado da laguna de Bacalar, no sul do Yucatán, no México


O Cenote Azul é bem maior que os outros que já tínhamos visto e mais se parece com um grande lago. Ali fomos para almoçar em um restaurante na sua borda e, claro, dar um mergulho rápido. Água deliciosa, mas é mais apropriado a uma boa natação do que a um mergulho propriamente dito. Segundo o Luis, a visibilidade só melhora a partir dos 40 metros de profundidade.

Árvore se debruça sobre o Cenote Azul, ao lado da laguna de Bacalar, no sul do Yucatán, no México

Árvore se debruça sobre o Cenote Azul, ao lado da laguna de Bacalar, no sul do Yucatán, no México


Nadando em meio à vegetação do Cenote Azul, ao lado da laguna de Bacalar, no sul do Yucatán, no México

Nadando em meio à vegetação do Cenote Azul, ao lado da laguna de Bacalar, no sul do Yucatán, no México


Além do cenote, nadamos na própria laguna Bacalar, claro! Até tentaram nos empurrar um “tour pirata” pelo lago, terminando com um belo pôr-do-sol, mas a gente ficou só com o mergulho mesmo. Vários hotéis, inclusive o nosso, tem piers que avançam vários metros dentro da lagoa esverdeada, ultrapassando a área onde cresce uma grama. O estranho é nadar em uma água com essa cor, tão parecida com o mar do Caribe, e não sentir o gosto de sal na boca. Algo parece que não está certo, hehehe

Nosso hotel, na beira da laguna de Bacalar, no sul do Yucatán, no México

Nosso hotel, na beira da laguna de Bacalar, no sul do Yucatán, no México


Deliciosos piers na laguna de Bacalar, no sul do Yucatán, no México

Deliciosos piers na laguna de Bacalar, no sul do Yucatán, no México


Ontem o dia esteve nublado, mas hoje o sol brilhou, tornado a laguna ainda mais verde. Uma pintura! Foi a nossa despedida do Yucatán. Foi um mês inteiro por aqui, entre cidades históricas, impressionantes ruínas mayas, ilhas paradisíacas e mergulhos inesquecíveis, seja no mar, sejam nos cenotes. É realmente um lugar muito especial e continuou a nos surpreender com sua beleza até no último dia. Deixamos a região, o país e o continente já com muitas saudades. Mas, a partir de agora, nossa cabeça já está em outra: América Central! E vamos começar pelo único país que ainda não visitamos nesse continente, o único que fala inglês. Belize, aí vamos nós!

Dia de sol e visual caribenho na laguna Bacalar, no sul do Yucatán, no México

Dia de sol e visual caribenho na laguna Bacalar, no sul do Yucatán, no México


Nadando no Cenote Azul, ao lado da laguna de Bacalar, no sul do Yucatán, no México

Nadando no Cenote Azul, ao lado da laguna de Bacalar, no sul do Yucatán, no México

México, Bacalar, Lago, Yucatán, cenote

Veja todas as fotos do dia!

Quer saber mais? Clique aqui e pergunte!

Post anterior Em busca de ar, depois de ir a 25 metros de profundidade no cenote Pit, em Tulum, no Yucatán, sul do México

Big Blue

Post seguinte O belo mar que circunda San Pedro, na grande bareira de corais de Belize

Entrando em Belize

Blog da Ana Cores do caribe na água doce da laguna Bacalar, no sul do Yucatán, no México

Laguna Bacalar

Comentários (1)

Participe da nossa viagem, comente!
  • 07/04/2013 | 14:59 por michele

    Olá,Rodrigo adorei os relatos sobre sua viagem já estive em cancun por 2 vezes e sou apaixonada por lá, este ano estou querendo viajar para o caribe novamente e gostaria de uma dica sua sobre algum pais ou ilha que seja parecido ou ao mesmo estilo de cancun?, muito obrigada.

    Resposta:
    Olá Michele

    Legal que vc tenha gostado dos relatos!

    Todo aquele movimento e infraestrutura de Cancun não é muito fácil de encontrar, não. Talvez Punta Cana, na República Dominicana (estamos indo para lá em breve!). Turks and Caicos´é linda, mas é mais tranquila que Cancun. E, claro, tem Bahamas. Dá uma olhada nesse post e nos posts dos dias anteriores para ver se gosta: http://www.1000dias.com/rodrigo/a-outra-bahamas

    Espero que tenha ajudado

    Um abraço

Blog da Ana Blog da Rodrigo Vídeos Esportes Soy Loco A Viagem Parceiros Contato

2012. Todos os direitos reservados. Layout por Binworks. Desenvolvimento e manutenção do site por Race Internet