0 Caminhando entre Gigantes - Blog do Rodrigo - 1000 dias

Caminhando entre Gigantes - Blog do Rodrigo - 1000 dias

A viagem
  • Traduzir em português
  • Translate into English (automatic)
  • Traducir al español (automático)
  • Tradurre in italiano (automatico)
  • Traduire en français (automatique)
  • Übersetzen ins Deutsche (automatisch)
  • Hon'yaku ni nihongo (jidö)

lugares

tags

Arquitetura Bichos cachoeira Caverna cidade Estrada história Lago Mergulho Montanha Parque Patagônia Praia trilha vulcão

paises

Alaska Anguila Antártida Antígua E Barbuda Argentina Aruba Bahamas Barbados Belize Bermuda Bolívia Bonaire Brasil Canadá Chile Colômbia Costa Rica Cuba Curaçao Dominica El Salvador Equador Estados Unidos Falkland Galápagos Geórgia Do Sul Granada Groelândia Guadalupe Guatemala Guiana Guiana Francesa Haiti Hawaii Honduras Ilha De Pascoa Ilhas Caiman Ilhas Virgens Americanas Ilhas Virgens Britânicas Islândia Jamaica Martinica México Montserrat Nicarágua Panamá Paraguai Peru Porto Rico República Dominicana Saba Saint Barth Saint Kitts E Neves Saint Martin San Eustatius Santa Lúcia São Vicente E Granadinas Sint Maarten Suriname Trinidad e Tobago Turks e Caicos Uruguai Venezuela

arquivo

SHUFFLE Há 1 ano: Rio De Janeiro Há 2 anos: Rio De Janeiro

Caminhando entre Gigantes

Estados Unidos, Califórnia, Three Rivers

Junto a um imponente grupo de enormes sequoias no Sequoia National Park, na Califórnia - EUA

Junto a um imponente grupo de enormes sequoias no Sequoia National Park, na Califórnia - EUA


Bem agasalhados, lá fomos nós de volta ao Sequoia National Park. Queríamos ver a General Grant mais uma vez, agora durante o dia. Além disso, ainda tínhamos esperanças de fazer algumas das trilhas lá encima, nem que fosse sobre a neve. Principalmente aquela que leva ao alto da Moro Rock, um enorme rochedo de onde se tem uma vista magnífica de toda a região.

Uma das atrações da parte baixa do Sequoia National Park, na Califórnia - EUA

Uma das atrações da parte baixa do Sequoia National Park, na Califórnia - EUA


No caminho para o parque já deu para perceber que hoje o visual seria ainda mais bonito. Afinal, o sol brilhava num céu azul quase sem nuvens. Hoje, segunda-feira, certamente o número de visitantes seria menor, mesmo nas atrações mais famosas.

As primeiras sequoias quando se chega na parte alta do Sequoia National Park, na Califórnia - EUA

As primeiras sequoias quando se chega na parte alta do Sequoia National Park, na Califórnia - EUA


Outra vez, paramos no centro de visitantes para inquirir sobre as trilhas. Outra vez, a resposta foi de que haveria muita neve e que não era recomendável. Mas, também outra vez disseram: “A trilha é livre. Se você quiser tentar, não tem problema!”.

A Fiona fica pequenina perto das gigantescas sequoias do Sequoia National Park, na Califórnia - EUA

A Fiona fica pequenina perto das gigantescas sequoias do Sequoia National Park, na Califórnia - EUA


E lá fomos nós. O primeiro bom sinal foi quando, ainda na parte baixa do parque, passamos por uma das mais fotografadas atrações do parque, um túnel que passa sob uma enorme rocha. Ontem, quando passamos aí, havia umas vinte pessoas por lá tirando fotos. Hoje, ela estava só, esperando por nós. Hehehe!

Muita neve no Sequoia National Park, na Califórnia - EUA

Muita neve no Sequoia National Park, na Califórnia - EUA


O segundo sinal já foi o resultado de um cálculo meio arriscado que eu fiz. A estrada que atravessa o parque está em obras de ampliação justo no trecho de subida. Só abre por 10 minutos a cada hora, para deixar passar os turistas. Então, se forma uma grande fila nesse bloqueio e, quando ele abre, todos partem em fila para a parte alta do parque. Lá no alto, as primeiras sequoias que aparecem são maravilhosas. Mas não há onde parar o carro e as fotos tiradas em movimento não ficam legais.

Ursos, só vimos nas placas do Sequoia National Park, na Califórnia - EUA

Ursos, só vimos nas placas do Sequoia National Park, na Califórnia - EUA


Pois bem, meu cálculo foi o de ser o último da fila a conseguir passar no bloqueio. Assim, teria todo o tempo do mundo, lá encima, para tirar as fotos, pois não chegaria nenhum outro carro nos próximos 50 minutos. O risco era a gente perder o período de passagem e ter de esperar até a próxima hora. Pois é, apesar da aflição da Ana, o cálculo foi perfeito e passamos em último na fila, um minuto antes do bloqueio fechar novamente!!!

Gigantesca sequoia caída no Sequoia National Park, na Califórnia - EUA

Gigantesca sequoia caída no Sequoia National Park, na Califórnia - EUA


E assim, o plano deu certo! Tiramos ótimas fotos dessas árvores maravilhosas que formam um imponente portão logo no início da “floresta das árvores gigantes”.

Caminhando na neve no Sequoia National Park, na Califórnia - EUA

Caminhando na neve no Sequoia National Park, na Califórnia - EUA


Aproveitando a maré de sorte, resolvemos enfrentar a trilha para a Moro Rock, com neve mesmo. A estrada de acesso estava fechada para carros, o que significava 2,5 milhas a mais de caminhada. Não poderia ter sido melhor! Pelo desaconselhamento dos park rangers e pela estrada fechada, quase ninguém estava fazendo o caminho. Assim, eram pouquíssimas as pessoas por lá, todos maravilhados com a energia que parece pairar naquela floresta mágica.

Admirando as árvores gigantes no Sequoia National Park, na Califórnia - EUA

Admirando as árvores gigantes no Sequoia National Park, na Califórnia - EUA


A estrada está toda limpa, sem neve, enquanto na mata que nos cerca todo o solo está branco. No caminho, passamos por sequoias solitárias, sequoias em grupo, sequoias caídas e sequoias cercadas de pinheiros. É impossível não parar para admirar cada uma delas. No meio daquela neve toda, o vermelho do seu tronco parece se destacar ainda mais. E nos trechos onde elas não estão, a gente começa a reparar nos pinheiros e pensar: “Nossa, eles são grandes também!”. Mas aí, uma sequoia aparece novamente e a realidade volta com força: perto delas, os pinheiros parecem brincadeira de criança!

Enorme raíz de sequoia no Sequoia National Park, na Califórnia - EUA

Enorme raíz de sequoia no Sequoia National Park, na Califórnia - EUA


No final da estrada está a trilha propriamente dita. Aí sim, como não foi limpa, temos de caminhar sobre a neve. Para brasileiros acostumados apenas com areia das praias, é diversão pura! A neve era fresca, bem fofa, um convite para brincadeiras como deitar sobre ela ou atacar um ao outro com bolas de neve. Tudo sobre a sombra das sequoias gigantes, no silêncio daquela floresta sagrada. Difícil imaginar momentos mais perfeitos...

Brincando na neve no Sequoia National Park, na Califórnia - EUA

Brincando na neve no Sequoia National Park, na Califórnia - EUA


Vinte minutos de caminhada e brincadeiras depois e chegamos à base da Moro Rock. Uma estreita escada nos leva rochedo acima. Se o piso estivesse congelado ou com mais neve, seria mesmo perigoso. Mas não estava! Pouco mais de duzentos degraus nos levam ao topo dela, um mirante incrível de onde se pode admirar a cordilheira nevada ao fundo e o vale verde abaixo.

Escadas para o alto da Moro Rock, no Sequoia National Park, na Califórnia - EUA

Escadas para o alto da Moro Rock, no Sequoia National Park, na Califórnia - EUA


Como estamos nos EUA, lá estão um monte de painéis explicativos, com informações sobre o parque, sobre as montanhas em volta, sobre a história da ocupação do vale e até mesmo sobre a trilha que acabávamos de subir. Já tem quase um século! Os caras já faziam turismo com esse tipo de organização no início do século passado! É de tirar o chapéu!

Chegando no alto da Moro Rock, no Sequoia National Park, na Califórnia - EUA

Chegando no alto da Moro Rock, no Sequoia National Park, na Califórnia - EUA


Ficamos lá nos inspirando na beleza da paisagem e na pureza do ar por um bom quarto de hora. Lá estava também um casal de alemães, que também teimou em fazer a trilha. Assim, pudemos tirar as fotos uns dos outros e seguirmos com nosso passeio.

Mirante no alto da Moro Rock, no Sequoia National Park, na Califórnia - EUA

Mirante no alto da Moro Rock, no Sequoia National Park, na Califórnia - EUA


Voltamos por um caminho diferente, mas nos divertindo da mesma maneira com a neve. Passamos por uma enorme sequoia caída por onde passam carros em um túnel! Com a estrada fechada, hoje só passavam por aí os turistas que chegaram até aqui a pé!

Magnífica paisagem no alto da Moro Rock, no Sequoia National Park, na Califórnia - EUA

Magnífica paisagem no alto da Moro Rock, no Sequoia National Park, na Califórnia - EUA


De volta à Fiona, seguimos em direção a General Grant, mas paramos antes em uma outra trilha que nos leva por um circuito cheio de sequoias e painéis explicativos sobre essas árvores gigantes. Uma verdadeira aula prática que terminou em um local onde duas sequoias cresceram juntas, fundindo-se numa grande árvore e formando uma gruta embaixo delas. Fantástico!

Estrada passa em tunel dentro de uma sequoia no Sequoia National Park, na Califórnia - EUA

Estrada passa em tunel dentro de uma sequoia no Sequoia National Park, na Califórnia - EUA


O dia passou rápido e já estávamos no fim de tarde. Achamos melhor ficarmos com as inesquecíveis lembranças do encontro de ontem com a General Grant do que voltar lá e encontrá-la novamente, dessa vez com mais gente. O encontro havia sido especial o bastante, assim como o dia de hoje, explorando outras atrações do parque.

Explorando uma gruta dentro de uma sequoia no Sequoia National Park, na Califórnia - EUA

Explorando uma gruta dentro de uma sequoia no Sequoia National Park, na Califórnia - EUA


Voltamos “saciados” para nosso hotel e, para amanhã, temos longa viagem atravessando o sul da California, dando a volta pelo sul da Sierra Nevada em direção ao deserto de Mojave e, de lá, para o Death Valley. Pois é, da neve, das alturas e dessa umidade toda, vamos diretamente para o deserto que detém o recorde da maior temperatura do continente, assim como o ponto mais baixo de todo o hemisfério ocidental. Vai ser um contraste...

Abraçando uma gigantesca sequoia no Sequoia National Park, na Califórnia - EUA

Abraçando uma gigantesca sequoia no Sequoia National Park, na Califórnia - EUA

Estados Unidos, Califórnia, Three Rivers, trilha, Parque, Sequoia National Park

Veja todas as fotos do dia!

Quer saber mais? Clique aqui e pergunte!

Post anterior A Ana entre sequoias milenares no Sequoia National Park,  na Califórnia - EUA

Os Maravilhosos Parques Nacionais

Post seguinte Nave experimental no aeroporto de Mojave, na Califórnia, nos Estados Unidos

1000dias no Espaço

Blog da Ana Mil Dias no Sequoia National Park,  na Califórnia - EUA

Sequoia National Park

Comentários (11)

Participe da nossa viagem, comente!
  • 25/11/2012 | 21:21 por Jacques

    Oi pessoal!
    Muito legal a descrição que vcs fazem das viagens, dá pra se sentir lá no lugar. Queria aproveitar para pedir uma ajuda: estarei no Pq das Sequoias em fevereiro e acho que vou pegar neve tbém. Minha dúvida é se dá tempo de fazer o que estou pensando: vou chegar antes em Yosemite (Hotel Tenaya), durmo, passo o dia no parque e volto ao hotel. No dia seguinte vou ao Parque das Sequoias (sao 270 km) e minha intenção é só dar uma entrada para ver uma das gigantes (Sherman e Grant) e mais alguma voltinha, saindo para dormir em algum hotel próximo. Vcs acham que dá tempo num dia? Faço só o Sequoias ou o Kings é do lado e dá pra fazer tbem? E tem alguma sugestao de onde dormir prox. a estes parques?
    Obrigado!

    Resposta:
    Olá Jacques

    Legal que vc tenha gostado dos nossos relatos

    Então, eu acho que em fevereiro, essa estrada que atravessa o Parque das Sequoias e o Kings deve estar fechada pela neve. Este ano, a estrada abriu na véspera de chegarmos lá, o que já foi bem mais tarde no ano. Acho que vc teria mais chances de ver as sequoias no próprio Yosemite. Elas não são tão impressionantes como as sequoias do parque das sequoias, mas são lindas também.

    Mas, enfim, pelo pouco tempo que vc tem e pela época do ano, acho melhor focar no Yosemite.

    Na saída sul do parque das Sequoias tem vários hotéis. Mas, se a estrada que corta o alto do parque estiver mesmo fechada, vc só poderá explorar o vale e não há sequoias no vale...

    Abs

  • 23/05/2012 | 13:05 por Marreco Bill

    Ver umas fotos dessas em São paulo, dia cinzento, greve do metrô, trânsito ainda pior, gripe e dor de cabeça...
    Rapaiiiiizzz!
    Que vontade de viajar!!!

    Resposta:
    Pois é, essa é a ideia!

    Estimular as pessoas a largar o escritório e botar o pé na estrada! Sempre vale a pena!

    Abs

  • 26/04/2012 | 08:22 por Stenio, Márcia e Maria Clara

    Amigos,

    Venho acompanhado a viagem de vcs e revendo alguns lugares que já visitamos.
    Obrigado por revelar lugares lindos !!!!

    Abraços

    Stenio, Márcia e Maria Clara

    Resposta:
    Olá amigos!

    É sempre bom rever lugares pelos quais já passamos! Espero que isso continue acontendo e que vcs continuem nos acompanhando e se divertindo com os relatos!

    Abraços

  • 25/04/2012 | 15:52 por Oscar | MauOscar@gmail.com

    Show de fotos... Essas arvores são incriveis...

    Resposta:
    Oi Oscar

    São sim! As sequoias são emocionantes de se ver! As fotos, sinceramente, não fazem jus à beleza delas...

    Abraços e até logo (acho que vamos nos ver, né?)

  • 16/04/2012 | 20:07 por Lurdes

    Oi Ana e Rodrigo,tudo bem?quantas imagens lindas..........,voltamos hj de Búzios e fomos de carros encorajados pelas andanças de vcs ,da mesma forma que foi estressante foi maravilhoso,nosso país tb é linnnndo para ver e viajar,um abração Lurdes

    Resposta:
    Oi Lurdes!

    É isso aí, pé na estrada! O nosso Brasil é absolutamente maravilhoso e, vencidas as dificuldades de trânsito de fim de semana ou feriado, viajar sempre vale à pena!

    Um grande abraço!

  • 16/04/2012 | 16:32 por Carmen L.

    Essas árvores são os avós de muitas outras árvores. Um espaço natural imperdível. Ótima. Uma natureza verdadeiramente generosa. Parabéns pelo post.

    Resposta:
    Obrigado, legal que gostou, Carmem!

    A experiência foi mesmo incrível. As árvores tem idade para ser avós, bisavós, trisavós e tataravós! Algumas tem 4 mil anos de idade!

    Abs

  • 16/04/2012 | 14:55 por antonio castello branco de araujo

    Show de bola! Nesse parque você se sente pequenininho! Minúsculo! E estive aí há dois anos atrás de moto, no final do verão. Um calor monstruoso! Vocês vão ao Yosemite e Death Valley também né? Aproveitem! É lindo! Peguei 47ºC no Death Valley! Visitem o Zabriskie Point lá. Vale a pena!
    Abs e Bjs!
    Antonio

    Resposta:
    Olá Antonio

    Pois é, dependendo da época do ano, a paisagem e o clima mudam completamente. Agora, no meio da neve, a experiência foi inesquecível!

    Acabamos de ir no Death Valley e os posts já estão no ar. Outro lugar maravilhoso, inclusive o Zabriskie Point, que vc mencionou. Felizmente, não pegamos esse calorzão todo lá não!

    Vamos no Yosemite sim, com certeza. Mas será na nossa volta, mais perto do final do ano.

    Abs

  • 16/04/2012 | 12:35 por Guto Junqueira

    Fala, Rodrigo! Impressionante mesmo essas sequoias! Abraços, Guto

    Resposta:
    Oi Guto!

    Pois é, são dignas de veneração! Além de altas e majestosas, também são lindas, bem vermelhas no meio desse branco todo.

    Grande abraço

  • 16/04/2012 | 10:39 por Vinicius

    Parabéns pelo post, ótimas fotos, fiquei com vontade de ir lá visitar!

    Resposta:
    Oi Vinicius

    Vale muito a pena, pode ter certeza! Só fuja do frio e excesso de neve do inverno e das multidões do verão!

    Abs

  • 16/04/2012 | 09:50 por Bóia Paulista

    Oi, pessoal. Tudo bem com vocês?

    Seu post foi selecionado para a #Viajosfera, do Viaje na Viagem.
    Dá uma olhada em http://www.viajenaviagem.com

    Até mais,
    Bóia

    Resposta:
    Oi Bóia!

    Que legal que gostou!
    Achei que você só lesse o blog da Ana, hehehe

    Abs

  • 16/04/2012 | 08:52 por José Dalton Cardoso

    Passar ao lado do Yosemite sem visitá-lo?

    Não acredito, em se tratando de vocês!

    Resposta:
    Opa!

    Vamos visitar sim, com certeza! O problemas é que tínhamos data para chegar a Las vegas! Mas temos alguns meses reservados para todo o lado oste dos EUA no outono desse ano e Yosemite faz parte do roteiro, com certeza! Essa primeira semana na California foi só o aperitivo, antes de partirmos para a costa leste.

    Aliás, vamos passar também em boa parte do roteiro que vc vai fazer por aqui. Temos gostos parecidos, hehehe

Blog da Ana Blog da Rodrigo Vídeos Esportes Soy Loco A Viagem Parceiros Contato

2012. Todos os direitos reservados. Layout por Binworks. Desenvolvimento e manutenção do site por Race Internet