0 Aspen - Blog do Rodrigo - 1000 dias

Aspen - Blog do Rodrigo - 1000 dias

A viagem
  • Traduzir em português
  • Translate into English (automatic)
  • Traducir al español (automático)
  • Tradurre in italiano (automatico)
  • Traduire en français (automatique)
  • Übersetzen ins Deutsche (automatisch)
  • Hon'yaku ni nihongo (jidö)

lugares

tags

Arquitetura Bichos cachoeira Caverna cidade Estrada história Lago Mergulho Montanha Parque Patagônia Praia trilha vulcão

paises

Alaska Anguila Antártida Antígua E Barbuda Argentina Aruba Bahamas Barbados Belize Bermuda Bolívia Bonaire Brasil Canadá Chile Colômbia Costa Rica Cuba Curaçao Dominica El Salvador Equador Estados Unidos Falkland Galápagos Geórgia Do Sul Granada Groelândia Guadalupe Guatemala Guiana Guiana Francesa Haiti Hawaii Honduras Ilha De Pascoa Ilhas Caiman Ilhas Virgens Americanas Ilhas Virgens Britânicas Islândia Jamaica Martinica México Montserrat Nicarágua Panamá Paraguai Peru Porto Rico República Dominicana Saba Saint Barth Saint Kitts E Neves Saint Martin San Eustatius Santa Lúcia São Vicente E Granadinas Sint Maarten Suriname Trinidad e Tobago Turks e Caicos Uruguai Venezuela

arquivo

SHUFFLE Há 1 ano: Rio De Janeiro Há 2 anos: Rio De Janeiro

Aspen

Estados Unidos, Colorado, Aspen

De bondinho, atravessando as montanhas nevadas de Aspen, no Colorado, nos Estados Unidos

De bondinho, atravessando as montanhas nevadas de Aspen, no Colorado, nos Estados Unidos


Foi a exploração de prata, na época ainda em terras indígenas, que trouxe fama à Aspen pela primeira vez. Estávamos nas últimas décadas do século XIX, o nome veio da árvore também chamada de “Aspen”, tão comum na região e os indígenas, esses não tiveram como fazer frente a tantos novos migrantes em busca do metal prateado.

Cena comum nas ruas de Aspen, no Colorado, nos Estados Unidos

Cena comum nas ruas de Aspen, no Colorado, nos Estados Unidos


Pois é, tantos migrantes assim acabaram transformando a cidade no maior produtor de prata dos Estados Unidos. Mas, até por isso, também foi a cidade aquela que mais sofreu com o Grande Pânico de 1893, um colapso das bolsas e derrocada do preço das commodities. O governo americano parou de comprar o metal e a cidade foi à bancarrota, voltando à sua vida de insignificância, a população migrando para novas terras de oportunidade e chegando a meros 700 habitantes.

Cena típica nas ruas de Aspen, no Colorado, nos Estados Unidos

Cena típica nas ruas de Aspen, no Colorado, nos Estados Unidos


Aspen teve de esperar meio século para começar a se movimentar novamente. O responsável por isso foram os japoneses que, com seu ataque à Pearl Harbor, trouxeram os Estados Unidos à guerra. O país escolheu Aspen como campo de treinamento de seus soldados em táticas de combate em montanhas e áreas nevadas. Eram milhares de soldados esquiando para lá e para cá, com seus rifles nas costas.

Centenas de esquiadores disputam as pistas de Aspen, no Colorado, nos Estados Unidos

Centenas de esquiadores disputam as pistas de Aspen, no Colorado, nos Estados Unidos


Terminada a guerra, alguns deles, mais empreendedores, voltaram à região para desenvolver a indústria desse esporte. Afinal, já sabiam o quão bom era esquiar por lá. Infraestrutura foi construída, grandes hotéis e resorts erguidos e Aspen se transformou no que é: o mais famoso e badalado centro de esqui da América do Norte, local preferido de milionários e estrelas durante a temporada de inverno nos Estados Unidos.

Preparando-se para descer de snow board as montanhas de Aspen, no Colorado, nos Estados Unidos

Preparando-se para descer de snow board as montanhas de Aspen, no Colorado, nos Estados Unidos


Hoje, ela é a cidade com o metro quadrado mais caro do país. São cerca de 7 mil moradores, população que se multiplica algumas vezes durante os meses de inverno, hotéis abarrotados, na cidade e redondezas, centenas ou milhares de esquiadores disputando espaço nas excelentes pistas de esqui que cercam a cidade e suas montanhas.

subindo de bondinho as montanhas de Aspen, no Colorado, nos Estados Unidos

subindo de bondinho as montanhas de Aspen, no Colorado, nos Estados Unidos


Bondinhos trazem esquiadores e equis para o alto da montanha, em Aspen, no Colorado, nos Estados Unidos

Bondinhos trazem esquiadores e equis para o alto da montanha, em Aspen, no Colorado, nos Estados Unidos


Fomos ver um pouquinho disso hoje. Aproveitamos o feriado do primeiro dia do ano para poder deixar a Fiona estacionada de graça em uma das praças da cidade e fomos caminhar nas ruas brancas de neve. Já tínhamos visto de noite, mas de dia é diferente, belezas distintas e igualmente atrativas. A cada esquina, um grupo de crianças, adolescentes, adultos ou idosos carregando seus esquis. É a cena mais típica dessa cidade cheia de bons restaurantes e lojas de marca.

No alto das montanhas de Aspen, no Colorado, nos Estados Unidos, a mais de 3 mil metros de altitude

No alto das montanhas de Aspen, no Colorado, nos Estados Unidos, a mais de 3 mil metros de altitude


Bate´papo animado antes da longa descida de esqui até a cidade de Aspen, no Colorado, nos Estados Unidos

Bate´papo animado antes da longa descida de esqui até a cidade de Aspen, no Colorado, nos Estados Unidos


Depois da caminhada, fomos dar uma olhada na principal atração da cidade: as pistas de esqui, claro! Um longo teleférico nos leva até o alto da montanha, mil metros acima da Aspen, a 3.400 metros de altitude. Do alto dos bondinhos, algumas dezenas de metros sobre as montanhas, podíamos observar as dezenas de esquiadores e praticantes de snow board se divertindo lá embaixo, deslizando sobre a neve com destreza e evitando a colusão entre si. Aliás, isso foi o que mais impressionou: a classe com que, com tantas pessoas na pista, todos em grandes velocidades, como eles não se chocam! Para mim, a cada momento, parecia que eu iria presenciar uma colisão. Que nada! Estão todos sincronizados!

No alto da montanha, em Aspen, no Colorado, nos Estados Unidos

No alto da montanha, em Aspen, no Colorado, nos Estados Unidos


As crianças já nascem esquiando em Aspen, no Colorado, nos Estados Unidos

As crianças já nascem esquiando em Aspen, no Colorado, nos Estados Unidos


Chegamos ao topo da montanha, tiramos nossas fotos da magnífica e inspiradora paisagem e nos divertimos com os esquiadores de todas as idades se preparando para descer. Passam o dia fazendo isso, bondinho para cima e esquis para baixo. Sorriso no rosto, destreza no equilíbrio. Pela cara deles, deve ser muito gostoso. Tão bom como o surfe, a julgar pelo afinco e felicidade demonstrados. Fiquei com a impressão de que a vida ideal seria surfar toda a metade quente do ano, para depois esquiar os outros seis meses. Será que tem muita gente que vive assim?

O concorrido restaurante no alto da montanha em Aspen, no Colorado, nos Estados Unidos

O concorrido restaurante no alto da montanha em Aspen, no Colorado, nos Estados Unidos


Bom, a gente que mal pode se equilibrar encima de uma prancha ou sobre patins, só podemos imaginar e, num dia como esses, sentir aquela ponta de inveja. A vontade que dá é subir numa daquelas pranchas de snow board e sair descendo, na esperança de que iremos saber como fazer. Infelizmente, não é tão fácil assim. É preciso tempo e dinheiro, coisas que estão meio em falta por aqui. Enfim, quem sabe até o final da viagem não conseguimos parar em um lugar mais barato, mas com muita neve também, para nos iniciarmos nessa arte? Se não for nessa viagem, que seja em outra. Se não for nesse vida, que seja em outra. Afinal, não me parece justo que minha alma ou espírito cruze a eternidade sem ter esquiado algumas vezes. Parece tão fácil...

Chegando de volta à Aspen, no Colorado, nos Estados Unidos

Chegando de volta à Aspen, no Colorado, nos Estados Unidos


Bom, enquanto não esquiamos, pelo menos podemos frequentar as montanhas e restaurantes onde estão os esquiadores. E assim fizemos, um belo almoço de fastfood lá encima, bem no meio da muvuca, só para já ir entrando no clima. Depois, caminho para baixo, de bondinho (infelizmente!), prontos para seguir viagem pelo Colorado. Não sem antes uma boa noite de sono e sonhos. Sonhando... adivinha o quê?

Admirando a beleza das montanhas que circundam Aspen, no Colorado, nos Estados Unidos

Admirando a beleza das montanhas que circundam Aspen, no Colorado, nos Estados Unidos

Estados Unidos, Colorado, Aspen, história, esqui

Veja todas as fotos do dia!

Quer saber mais? Clique aqui e pergunte!

Post anterior Celebrando os últimos minutos de 2012vna pequena basalt, ao lado de Aspen, no Colorado, nos Estados Unidos

Réveillon em Alto Estilo

Post seguinte As famosas Montanhas Rochosas, no Rocky Mountains National Park, perto de Boulder, no Colorado, nos Estados Unidos

Boulder e as Rocky Mountains

Blog da Ana De bondinho, atravessando as montanhas nevadas de Aspen, no Colorado, nos Estados Unidos

Reveillón em Aspen

Comentários (3)

Participe da nossa viagem, comente!
  • 30/05/2014 | 19:06 por Jacques

    Oi Rodrigo, andavam sumidos!
    Olha, deu tudo certo. Aluguei uma Tiguan e na ida a Vail até chegamos a pegar neve na estrada, mas a estrutura deles é fora de série, em instantes já tinha um monte de caminhões limpa trilho deixando a estrada em condições. E Boulder gostamos tanto que fomos duas vezes até lá. Numa delas aproveitamos para conhecer o Red Rock Amphitheatre. Sensacional!

    Resposta:
    Olá Jacques

    Que bom que deu tudo certo! Realmente, a estrtutura que eles tem por lá é de tirar o chapéu! Eu sabia que vc iria gostar de Boulder. Pena que nós tivemos de passer tão rapidamente por lá.

    Então, nós estamos retomando as postagens e temos mais 6 meses de histórias para contar. Acho que vai ser bem legal!

    Um abraço

  • 05/12/2013 | 22:53 por Jacques

    Olá Rodrigo!

    Estou pensando em ir a Denver em 20 Março e talvez alugue um carro para circular pelos arredores tipo Boulder e Aspen. Vc acha necessário carro 4x4 para fazer estes trechos ou não? Mais algum lugar interessante perto de Denver que vc sugeriria?
    Vou chegar em Las Vegas e pegar um voo até Denver. Cheguei a pensar em alugar um carro para fazer Las Vegas a Denver, mas aí não teria tempo de fazer os arredores de Denver e teria que deixar o carro em Denver, o que encarece a locação.
    Abç

    Jacques

    Resposta:
    Oi Jacques

    Desculpe ter demorado tanto em responder. Agora, já até passou a data da sua viagem... Como foi, correu td bem? Alugou o carro?

    Então, não é necessário um 4x4, não. A região de Boulder é lindíssima, principalmente se vc gosta de atividades outdoor. Nesse caso, só ali vc vai ter um milhão de coisas para ver e fazer.

    Um abraço

  • 11/07/2013 | 01:16 por adriane

    oi tudo bem gostaríamos de saber o que é imperdível se fazer em aspen , compensa alugar um carro para andarmos pelas montanhas ou pegar taxi , ano novo qual seria o melhor lugar para se passar estamos indo no período de 27 a 02 de janeiro-14 , obrigado aguardo resposta

    Resposta:
    Olá Adriane

    Nos EUA, de maneira geral, é sempre bom ter um carro, já que o país é feito para eles. É também um lugar onde, pela concorrência, sempre se encontra bons preços de aluguel de carro.

    A região das montanhas é linda. Mas no reveillon, os hotéis ficam bem caros mesmo. Recomendo que vc fique nas cidades e distritos próximos, a 15, 20 minutos do centro. Ficam bem mais em conta e é fácil ir passear em Aspen. Aí, sim, nesse caso, se for tomar um vinho ou coisa parecida, melhor um taxi!

    Um abs

Blog da Ana Blog da Rodrigo Vídeos Esportes Soy Loco A Viagem Parceiros Contato

2012. Todos os direitos reservados. Layout por Binworks. Desenvolvimento e manutenção do site por Race Internet