0 Alcântara e as Reentrâncias - Blog do Rodrigo - 1000 dias

Alcântara e as Reentrâncias - Blog do Rodrigo - 1000 dias

A viagem
  • Traduzir em português
  • Translate into English (automatic)
  • Traducir al español (automático)
  • Tradurre in italiano (automatico)
  • Traduire en français (automatique)
  • Übersetzen ins Deutsche (automatisch)
  • Hon'yaku ni nihongo (jidö)

lugares

tags

Arquitetura Bichos cachoeira Caverna cidade Estrada história Lago Mergulho Montanha Parque Patagônia Praia trilha vulcão

paises

Alaska Anguila Antártida Antígua E Barbuda Argentina Aruba Bahamas Barbados Belize Bermuda Bolívia Bonaire Brasil Canadá Chile Colômbia Costa Rica Cuba Curaçao Dominica El Salvador Equador Estados Unidos Falkland Galápagos Geórgia Do Sul Granada Groelândia Guadalupe Guatemala Guiana Guiana Francesa Haiti Hawaii Honduras Ilha De Pascoa Ilhas Caiman Ilhas Virgens Americanas Ilhas Virgens Britânicas Islândia Jamaica Martinica México Montserrat Nicarágua Panamá Paraguai Peru Porto Rico República Dominicana Saba Saint Barth Saint Kitts E Neves Saint Martin San Eustatius Santa Lúcia São Vicente E Granadinas Sint Maarten Suriname Trinidad e Tobago Turks e Caicos Uruguai Venezuela

arquivo

SHUFFLE Há 1 ano: Rio De Janeiro Há 2 anos: Rio De Janeiro

Alcântara e as Reentrâncias

Brasil, Maranhão, Alcântara

Imagem de Alcântara - MA

Imagem de Alcântara - MA


Alcântara, do outro lado da baía de São Marcos, onde está a capital São Luís, foi o centro de uma próspera região que vivia do cultivo do arroz e do algodão. A rica aristocracia rural, durante cerca de 200 anos viveu em seus grandes sobrados e solares na cidade, com mobiliário e utensílios trazidos diretamente da Europa. A cidade chegava a rivalizar com a capital em influência e poder político.

Casario bem conservado em Alcântara - MA

Casario bem conservado em Alcântara - MA


Com a decadência da agricultura pela queda dos preços intrernacionais, a cidade e suas construções ficaram meio que "congeladas" no tempo desde meados do séc XIX. A população hoje é menor do que era há 150 anos e um minucioso trabalho de conservação e restauração das construções resultou no mais harmonioso conjunto arquitetônico dos séc. XVIII e XIX que temos hoje no Brasil.

Pousada do Mordomo Régio, em Alcântara - MA

Pousada do Mordomo Régio, em Alcântara - MA


Passear pelas ruas de Alcântara é um colírio para os olhos e um estímulo para pensamentos e divagações. A praça central, gramada, está toda cercada de um casario muito bem conservado e pintado. No seu centro, ruínas da mais antiga construção da cidade, a igreja de São Matias, toda de pedra, feita no início do séc XVII, quando a cidade ainda era uma aldeia Tupinambá. Ali também está o Pelourinho mais bem conservado do Brasil, bem em frente à igreja.

O mais bem conservado pelourino do Brasil, em Alcântara - MA

O mais bem conservado pelourino do Brasil, em Alcântara - MA


Um dos sobrados da praça é a "Casa Histórica", construído pela família Viveiros, uma das mais importantes da aristocracia rural de fins do séc XVIII até meados do séc. XIX. Depois, foi comprada por um rico comerciante, cuja família prosperou pelas próximas décadas. Mais recentemente, a casa foi transformada num museu, com todo o seu mobiliário ainda em ótimo estado. Andar pelos seus quartos e salas é viajar no tempo, aprender os aspectos cotidianos de ricas famílias de 100 e 200 anos atrás. É incrível como os móveis, os antigos baús, o estilo das janelas e cortinas, tudo me traz reminiscências das visitas de infância na casa da avó, em Poços de Caldas. Tinha sentido a mesma coisa na visita ao Palácio dos Leões, em São Luís. Faz a visita ficar ainda mais saborosa.

Na bela praça central de Alcântara - MA

Na bela praça central de Alcântara - MA


Enfim, passear por Alcântara é uma delícia. Mas tem uma grande diferença entre fazer isso de dia e de noite. De dia, temos a incômoda companhia de carros e motos e do barulho chato dos seus motores. Se isso já incomoda em cidades grandes, imagina em uma pequena cidade que ainda tem a cara de séculos atrás, quando carros não existiam! Não que haja muito trânsito, e não há, mas o barulho dele é simplesmente muito chato! Não tem nada a ver com o ambiente de Alcântara e com a calma que suas construções inspiram. Ontem, pela noite, esse foi o toque especial. A cidade estava deserta, habitada apenas pelos seus centenários moradores. É a imagem que guardaremos de Alcântara!

Casa Histórica de Alcântara, antigo sobrado da família Viveiro, transformado em museu. (em Alcântara - MA)

Casa Histórica de Alcântara, antigo sobrado da família Viveiro, transformado em museu. (em Alcântara - MA)


Digno de nota também é a bela vista que temos de São Luís, tão próxima e, ao mesmo tempo, tão longe. Será que algum dia farão uma ponte? Bem, se fizerem, espero também que proíbam o trânsito de veículos no centro histórico de Alcântara, esse verdadeiro tesouro arquitetônico brasileiro.

Entrada da base espacial brasileira, em Alcântara - MA

Entrada da base espacial brasileira, em Alcântara - MA


Depois do passeio na cidade, era hora de voltar para a estrada. Mas antes, uma rápida passagem pela base espacial brasileira, bem ao lado da cidade. Não deixa de ser irônico que uma cidade ainda tão ligada aos séculos pássados seja também o local de escolha para a construção de uma base de foguetes, atividade tão ligada aos séculos futuros. Infelizmente, não é um lugar muito fácil de ser visitado e o máximo que fizemos foi dar uma olhadinha pelo lado de fora da base militar.

Búfalos pastam tranquilamente na região de Pinheiro, nas reentrâncias maranhenses - MA

Búfalos pastam tranquilamente na região de Pinheiro, nas reentrâncias maranhenses - MA


De lá seguimos em frente para atravessar essa região do estado conhecida como "baixada", área repleta de babaçus e terrenos alagadiços, vegetação com muito mais cara de amazônia do que nordeste. Para nossa surpresa, já bem perto de Pinheiro, a maior cidade da região, numa enorme área alagada, cruzamos com uma manada de búfalos se deliciando dentro do pântano. Eles podem ser comuns por aqui, mas não é algo que se vê todo dia nas outras partes do Brasil, né? Não resistimos a parar e tirar algumas fotos. Até parecia que a gente já estava na Ilha de Marajó (ainda vamos chegar lá...).

Campo alagado na região de Pinheiro - MA

Campo alagado na região de Pinheiro - MA


Nosso destino final hoje era a pequena cidade de Apicum Açu, um movimentado porto de pescadores em plena região das Reentrâncias Maranhenses. Aqui, a gente se instalou na única pousada da cidade, ao lado do porto, e fomos procurar um barco que nos levasse para a Ilha de Lençóis, no dia seguinte. Conseguimos uma carona para amanhã, às 04:30 da madrugada! Então, já está tudo certo para mergulharmos de vez nessa região que sempre atraiu minha curiosidade desde os tempos das aulas de geografia da 5a série. Já estava passando do tempo de conhecê-la!!!

Porto de Apicum-Açu, região das reentrâncias maranhenses - MA

Porto de Apicum-Açu, região das reentrâncias maranhenses - MA


Hoje foi um dia muito simbólico para mim. Deixamos para trás a cidade de Alcântara. Já citei algumas vezes, em posts passados, que fiz uma longa viagem de carro pelo Brasil, há onze anos. Alcântara foi o meu turning point. Foi de lá que iniciei a minha volta, seguindo para o sul pelo interior. Agora, dessa vez, estamos indo mais longe! "Entrar nas reentrâncias" (hehehe - parece até um pleonasmo!) significa, para mim, território novo e inexplorado. E ainda tem muita coisa pela frente! Vamos que vamos!

São Luís vista de Alcântara - MA

São Luís vista de Alcântara - MA

Brasil, Maranhão, Alcântara, Reentrâncias Maranhenses

Veja todas as fotos do dia!

Não nos deixe falando sozinhos, comente!

Post anterior Rua com sobrados restaurados no centro histórico de São Luís - MA

Conhecendo o Centro Histórico

Post seguinte Felicidade ao chegar à bela Ilha de Lençóis, nas Reentrâncias Maranhenses - MA

Os Outros Lençóis Maranhenses

Blog da Ana Campo alagado na região de Pinheiro - MA

Siga o Piche!

Comentários (4)

Participe da nossa viagem, comente!
  • 18/09/2014 | 00:33 por Uilson Ramalho

    Agora no próximo mês eu quero ir a cidade de Alcântara MA, apreciar as coisas maravilhosas dessa linda cidade, o conjunto arquitetônico e os casarões antigo porque eu sou muito romântico e gosto de lugares assim,prefiro parar no tempo para escrever minhas poesias e compor minhas músicas, sou autor de 935 músicas e já escrevi dois livros de poesias ,vivo de maneira calma e tranquila e sem ter pressa na vida.

    Resposta:
    Olá Uilson

    SE vc estiver procurando tranquilidade e inspiração para escrever poesias ou compor músicas, Alcântara é o lugar certo!

    Um abs

  • 21/12/2011 | 16:54 por Marco Araújo

    Alô, Rodrigo! Show de bola esse seu relato sobre Alcântara. Sou de São Luís e completamente apaixonado por essa nossa cidade vizinha. Sempre que posso e tenho tempo livre vou relaxar em Alcântara. Agora, olha só... Estava em dúvida sobre o destino pra passar o Reveillón... Agora que vi seu relato e as fotos da cidade bateu a saudade... e olha que tô muito perto de lá, só atravessar a baía... e me decidi! Vou passar a virada do ano passeando nas ruas da cidade encantada. Se Deus quiser. Valew, meu brother.

    Resposta:
    Olá Marco

    Reveillon em Alcântara deve ser jóia! Mágico!

    Nossa, se eu morasse em São Luís, acho que ía bater ponto lá em Alcântara, pelo menos uma vez por mês

    Um feliz ano novo para vc!

  • 08/06/2011 | 22:18 por Kerley

    Oi, Rodrigo.Parabéns! Por ter passado em Pinheiro e ter tirado fotos lindas dos Verdes Campos da Baixada Maranhense.

    Resposta:
    Oi Kerley
    Foi uma surpresa agradável para nós a beleza da Baixada Maranhense, em Pinheiros. Os búfalos também! Não resistimos e tivemos de parar para admirar isso tudo e também tirar umas fotos.
    Um abraço

  • 21/02/2011 | 17:03 por Tatiana Queiroz

    Olá, Rodrigo. Que cidade linda que é Alcântara! Parece que o tempo parou. Abraços.

    Resposta:
    Alcântara é muito linda mesmo! Muito mais do que as fotos mostram... De noite, então, nem se fala!
    Abs

Blog da Ana Blog da Rodrigo Vídeos Esportes Soy Loco A Viagem Parceiros Contato

2012. Todos os direitos reservados. Layout por Binworks. Desenvolvimento e manutenção do site por Race Internet