0 Um dia pelo Napa Valley - Blog da Ana - 1000 dias

Um dia pelo Napa Valley - Blog da Ana - 1000 dias

A viagem
  • Traduzir em português
  • Translate into English (automatic)
  • Traducir al español (automático)
  • Tradurre in italiano (automatico)
  • Traduire en français (automatique)
  • Übersetzen ins Deutsche (automatisch)
  • Hon'yaku ni nihongo (jidö)

lugares

tags

arqueologia cachoeira Caribe cidade histórica Estrada mar Mergulho Montanha parque nacional Praia Rio roteiro Trekking trilha

paises

Alaska Anguila Antígua E Barbuda Argentina Aruba Bahamas Barbados Belize Bermuda Bolívia Bonaire Brasil Canadá Chile Colômbia Costa Rica Cuba Curaçao Dominica El Salvador Equador Estados Unidos Galápagos Granada Groelândia Guadalupe Guatemala Guiana Guiana Francesa Haiti Hawaii Honduras Ilha De Pascoa Ilhas Caiman Ilhas Virgens Americanas Ilhas Virgens Britânicas Jamaica Martinica México Montserrat Nicarágua Panamá Paraguai Peru Porto Rico República Dominicana Saba Saint Barth Saint Kitts E Neves Saint Martin San Eustatius Santa Lúcia São Vicente E Granadinas Sint Maarten Suriname Trinidad e Tobago Turks e Caicos Venezuela

arquivo

SHUFFLE Há 1 ano: Há 2 anos:

Um dia pelo Napa Valley

Estados Unidos, Califórnia, Napa Valley

Prova de vinhos na vinícola V. Sattui, no Napa Valley, na Califórnia, nos Estados Unidos

Prova de vinhos na vinícola V. Sattui, no Napa Valley, na Califórnia, nos Estados Unidos


O Napa Valley, que é a região mais famosa de vinhos na América do Norte e uma das mais conhecidas do mundo, recebe mais de 4,5 milhões de turistas todos os anos. A produção de vinhos nesta região começou em meados do século XIX e até 1900 já contava com mais de 140 vinícolas. Logo depois veio um surto de phylloxera, uma praga que matou grande parte das plantas, seguido pela Lei Seca na década de 20, quebrando várias das operações.

Vinhedos no Napa Valley, na Califórnia, nos Estados Unidos

Vinhedos no Napa Valley, na Califórnia, nos Estados Unidos


Foi apenas em 1960 que a produção de vinhos premium começou, muitas pesquisas e novas técnicas já vinham sendo aplicadas e começaram a render frutos, principalmente nas variedades Cabernet Sauvignon e Chardonay. Foi em 1976, após vencer alguns franceses tradicionais em um blind test na Paris Wine Tasting, que Napa Valley se consagrou mundialmente na viniviticultura. Hoje são mais de 450 vinícolas no vale, espalhadas por suas 16 AVAs, sem mencionar o seu vizinho Sonoma Valley.

O mapa do Napa Valley, na Califórnia, nos Estados Unidos

O mapa do Napa Valley, na Califórnia, nos Estados Unidos


Chegamos ao Napa Valley na véspera do Thanksgiving, um dos, senão o mais importante, feriado no calendário americano. O Thanksgiving aqui tem a mesma ou mais força que o Natal nas tradições familiares e é quando as famílias se reúnem para comer um belo peru e agradecer pelo ano que passou. Nosso trabalho, portanto, não foi o de selecionar as melhores vinícolas ou escolher entre as preferidas indicadas, e sim descobrir quais delas estavam abertas durante o feriado. Embora eu tenha ficado completamente decepcionada com o nosso timing de chegada na região, digamos que este contratempo facilitou a nossa vida.

Visitando o Napa Valley, na Califórnia, nos Estados Unidos

Visitando o Napa Valley, na Califórnia, nos Estados Unidos


Nosso tour começou na cidade de Napa, seguiu pela rodovia 29, passando pelas sub-regiões de Yountville, Oakville, Rutheford, St. Helena e Calistoga. Em busca das vinícolas em funcionamento fomos descobrindo várias paisagens lindíssimas nas estradinhas alternativas. As videiras já amarelas denunciavam o fim da estação de colheita e traziam um colorido especial para o final de outono no wine country. A Silverado Trail é a estrada paralela a 29 com cenários mais bucólicos e também dá acesso a vários produtores.

Passeando pela belíssima região do Napa Valley, na Califórnia, nos Estados Unidos

Passeando pela belíssima região do Napa Valley, na Califórnia, nos Estados Unidos


As vinícolas visitadas foram também as maiores, mais populares e, portanto, quase obrigatórias em qualquer visita ao Napa. Vamos lá:

Visitando a mais famosa região produtora de vinhos do país, o Napa Valley, na Califórnia, nos Estados Unidos

Visitando a mais famosa região produtora de vinhos do país, o Napa Valley, na Califórnia, nos Estados Unidos


A V. Sattui é uma antiga vinícola, muito famosa no final do século XIX, mas que ficou “dormente” durante mais de 60 anos após a Lei Seca. Dario Sattui, bisneto do fundador Victorio Sattui, lutou por um sonho que se tornou realidade, reabrir a vinícola de seu bisavô. Além de produzir vinhos de variados tipos de uva e manter uma filosofia de venda direta ao consumidor, a V. Sattui é famosa por sua Cheese Shop & Deli e agradável área de piquenique. É uma das melhores opções no vale para, além de provar vinhos, se abastecer de ótimos queijos e sanduíches para o almoço.

O irresistível balcão de queijos na vinícola V. Sattui, no Napa Valley, na Califórnia, nos Estados Unidos

O irresistível balcão de queijos na vinícola V. Sattui, no Napa Valley, na Califórnia, nos Estados Unidos


A simpática área para piqueniques na vinícola V. Sattui, no Napa Valley, na Califórnia, nos Estados Unidos

A simpática área para piqueniques na vinícola V. Sattui, no Napa Valley, na Califórnia, nos Estados Unidos


Lá eu fiz a Reserve Tasting (15 dólares) que dá direito a provar 6 vinhos da seleção de reservas da vinícola. Eu priorizei os mais encorpados, meus preferidos. Embora não seja grande conhecedora, aqui foram os Cabernets Sauvignons e o Zinfandel que mais me agradaram. Ainda assim nada que me comovesse a ponto de comprar. O que me comoveu mesmo foi o mercado de queijos e embutidos, levei vários queijos diferentes para provar, além dos deliciosos sanduíches gourmet.

Provando vinhos na vinícola V. Sattui, no Napa Valley, na Califórnia, nos Estados Unidos

Provando vinhos na vinícola V. Sattui, no Napa Valley, na Califórnia, nos Estados Unidos


Saímos da V. Sattui a tempo de conhecer sua vinícola irmã, o Castello di Amorosa. A admissão para visitar os dois andares principais do castelo é de 18 dólares e já inclui uma degustação de 5 vinhos premium da vinícola.

Felicidade em encontrar uma vinícola aberta no dia de Thanksgiving, Napa Valley, na Califórnia, nos Estados Unidos

Felicidade em encontrar uma vinícola aberta no dia de Thanksgiving, Napa Valley, na Califórnia, nos Estados Unidos


A propriedade foi construída no estilo dos castelos da Toscana do século XIII por Dario Sattui, sim o bisneto do Victorio Sattui e dono da V. Sattui Winery. Ele é um homem obcecado por arquitetura medieval e durante suas viagens à Itália estudou incansavelmente a sua paixão sem entender exatamente por que. Anos mais tarde a resposta apareceu na sua frente, ele iria trazer para o Napa Valley um pedacinho da Itália que ele tanto amava.

O famoso Castello di Amorosa, no Napa Valley, na Califórnia, nos Estados Unidos

O famoso Castello di Amorosa, no Napa Valley, na Califórnia, nos Estados Unidos


Depois de visitar verdadeiros castelos medievais na Europa, entrar em um castelo nos Estados Unidos pode parecer uma piada, mas não é o caso aqui. Dario é também um idealista e, depois de 15 anos de pesquisas, foi detalhista e impecável na construção do seu castelo, quase indo à falência. Depois de quase 10 anos o castelo ficou pronto e as parreiras de Cabernet Sauvignon, Merlot, Sangiovese e Primitivo plantadas nos seus arredores já haviam amadurecido e sido transformadas em um dos melhores vinhos do Napa Valley.

O pátio interno do Castello di Amorosa, no Napa Valley, na Califórnia, nos Estados Unidos

O pátio interno do Castello di Amorosa, no Napa Valley, na Califórnia, nos Estados Unidos


Vinícola Castello di Amorosa, no Napa Valley, na Califórnia, nos Estados Unidos

Vinícola Castello di Amorosa, no Napa Valley, na Califórnia, nos Estados Unidos


A sala de degustações está localizada em uma das 80 salas subterrâneas do castelo de mais de 11.240m2. No balcão lotado encontramos um espaço e logo fomos atendidos por uma simpática italiana, que além de me fazer praticar meu parco vocabulário italiano, nos guiou perfeitamente pelos melhores vinhos disponíveis para o tasting. O nosso preferido foi o Sangiovese 2009, com aroma perfumado de flores secas, ameixa vermelha, especiarias doces e carvalho tostado, delicioso! Gostamos tanto que aproveitamos a promoção e levamos 3 pelo preço de 2, já pensando nas comemorações vindouras!

Provando os vinhos da vinícola Castello di Amorosa, no Napa Valley, na Califórnia, nos Estados Unidos

Provando os vinhos da vinícola Castello di Amorosa, no Napa Valley, na Califórnia, nos Estados Unidos


No dia seguinte, depois de um intenso trabalho, consegui convencer o Rodrigo a estender a manhã na região e ainda fazer uma visita na Domaine Chandon, para provar os seus vinhos espumantes. Afinal, como vir até aqui e não ter a chance nem de degustar uma das melhores champagnes do mundo?

Famosa produtora de espumantes, no Napa Valley, na Califórnia, nos Estados Unidos

Famosa produtora de espumantes, no Napa Valley, na Califórnia, nos Estados Unidos


A Domaine Chandon foi a primeira vinícola francesa de espumantes a se estabelecer nos Estados Unidos, em 1973. Empregando todo o conhecimento, técnica e tradição da casa de champagnes francesa Möet & Chandon, aqui confirmaram a vocação das terras de Yountville, Carneros e Mount Veeder para a produção das uvas Pinot Noir, Chardonnay e Pinot Meunier.

Hora de experimentar champagnes, na Domaine Chandon, no Napa Valley, na Califórnia, nos Estados Unidos

Hora de experimentar champagnes, na Domaine Chandon, no Napa Valley, na Califórnia, nos Estados Unidos


Ontem, durante o feriado, apenas o Étoile, restaurante da vinícola, abriu para o almoço especial de Thanksgiving, mas sem degustações. Hoje a tasting room estava aberta e lotada. Novamente escolhi a Reserve Tasting para provar os espumantes reserva, com pelo menos 3 anos de envelhecimento e sabores mais robustos. Para acompanhar, uma tábua de queijos e tivemos o petit dejeneur mais chique dos 1000dias, queijos e variados sabores de Chandons em um pátio aberto e verde, sentindo a brisa fresca do Napa Valley.

Experimentando champagnes pela manhã, na vinícola Domaine Chandon, no Napa valley, na Califórnia, nos Estados Unidos

Experimentando champagnes pela manhã, na vinícola Domaine Chandon, no Napa valley, na Califórnia, nos Estados Unidos


Experimentando champagnes pela manhã, na vinícola Domaine Chandon, no Napa valley, na Califórnia, nos Estados Unidos

Experimentando champagnes pela manhã, na vinícola Domaine Chandon, no Napa valley, na Califórnia, nos Estados Unidos


Infelizmente a nossa passagem pela região foi relâmpago, mas recheada de boas memórias, histórias e paladares. Das 450 vinícolas no Napa Valley conhecemos apenas 3, sem dúvida não faltarão motivos para retornar.

Champagne comprada, saindo da vinícola Domaine Chandon, no Napa Valley, na Califórnia, nos Estados Unidos

Champagne comprada, saindo da vinícola Domaine Chandon, no Napa Valley, na Califórnia, nos Estados Unidos


Se você quer mais dicas e informações sobre a região, o blog do nossos amigos MauOscar tem um guia completo do Napa Valley, nós seguimos as dicas e aprovamos!

Estados Unidos, Califórnia, Napa Valley, Vinícolas, Vinho, Enoturismo, Espumante

Veja mais posts sobre Vinícolas

Veja todas as fotos do dia!

Diz aí se você gostou, diz!

Post anterior A majestosa Golden Gate, em San Francisco, na Califórnia, nos Estados Unidos

San Francisco em 4 dias

Post seguinte A famosa rodovia One, entre San Francisco e Santa Cruz, no litoral da Califórnia, nos Estados Unidos

Road Trip Califórnia - US1

Comentários (2)

Participe da nossa viagem, comente!
  • 15/10/2014 | 16:02 por Sheila Moralles

    Deixou com gostinho na boca!! A degustação subterrânea me lembrou muito de um episódio da série americana The OC, onde uma das protagonistas vai à Napa para degustação de vinho para a sua revista.

    Aliás toda a passagem dos 1000 dias pela Califórnia me fez viajar pelas "locações" dessa série que é a minha preferida.

    Resposta:
    Também gostava de assistir The OC, Sheila! Alguns lugares nos EUA nos levam direto para as telas de cinema e séries de televisão! =) Montar os roteiros com base nisso também é um jeito legal de viajar! Beijos

  • 30/12/2012 | 22:12 por Lurdes

    Olá meus amigos,as cores são lidíssimas,os sabores só vcs para degustar, detalhar
    ,maravilhoso....,um abração Lurdes

    Resposta:
    Olá Lurdes! O Napa é delicioso em qualquer época do ano e vinhos também! rs! Obrigada por viajar conosco! Beijos!

Blog da Ana Blog da Rodrigo Vídeos Esportes Soy Loco A Viagem Parceiros Contato

2012. Todos os direitos reservados. Layout por Binworks. Desenvolvimento e manutenção do site por Race Internet