0 Serra das Confusões - Blog da Ana - 1000 dias

Serra das Confusões - Blog da Ana - 1000 dias

A viagem
  • Traduzir em português
  • Translate into English (automatic)
  • Traducir al español (automático)
  • Tradurre in italiano (automatico)
  • Traduire en français (automatique)
  • Übersetzen ins Deutsche (automatisch)
  • Hon'yaku ni nihongo (jidö)

lugares

tags

arqueologia cachoeira Caribe cidade histórica Estrada mar Mergulho Montanha parque nacional Praia Rio roteiro Trekking trilha

paises

Alaska Anguila Antígua E Barbuda Argentina Aruba Bahamas Barbados Belize Bermuda Bolívia Bonaire Brasil Canadá Chile Colômbia Costa Rica Cuba Curaçao Dominica El Salvador Equador Estados Unidos Galápagos Granada Groelândia Guadalupe Guatemala Guiana Guiana Francesa Haiti Hawaii Honduras Ilha De Pascoa Ilhas Caiman Ilhas Virgens Americanas Ilhas Virgens Britânicas Jamaica Martinica México Montserrat Nicarágua Panamá Paraguai Peru Porto Rico República Dominicana Saba Saint Barth Saint Kitts E Neves Saint Martin San Eustatius Santa Lúcia São Vicente E Granadinas Sint Maarten Suriname Trinidad e Tobago Turks e Caicos Venezuela

arquivo

SHUFFLE Há 1 ano: Há 2 anos:

Serra das Confusões

Brasil, Piauí, Caracol (P.N. Serra das Confusões)

Com o Naldo no canyon do Riacho do Boi, no Parque Nacional da Serra das Confusões, no sul do Piauí

Com o Naldo no canyon do Riacho do Boi, no Parque Nacional da Serra das Confusões, no sul do Piauí


Saímos cedinho de Petrolina, 6h30 da manhã. A viagem de Petrolina à Caracol é longa, pouco mais de 500km sertão adentro, passando por diversas vilazinhas escondidas no mundo. Eu não conseguia parar de pensar, como eles vieram parar aqui?

Chegamos longe! Fronteira de Pernambuco e Piauí

Chegamos longe! Fronteira de Pernambuco e Piauí


O Estado do Piauí foi colonizado de dentro para fora, os bandeirantes procuravam terras para criação de gado, mas não deu muito certo, já que o clima semi-árido não ajudava muito. A primeira cidade fundada foi Oieras, em 1740 sendo definida como capital do estado. Mais tarde Teresina foi fundada, sendo a primeira capital planejada do país. Este povo que vemos sobrevivendo neste interiorzão, com pouca água, um calor imenso, foi aos poucos se fixando neste processo de colonização.

Cena comum nas estradas do interior do Piauí e do Nordeste

Cena comum nas estradas do interior do Piauí e do Nordeste


Caatinga é, em tupi, floresta branca, devido à coloração das árvores quando estão completamente secas. O período chuvoso começou em novembro e deve ir até fevereiro, período chamado pelos piauienses de inverno. São temperaturas de 36°C, mas ainda assim tivemos a sorte de ver parte desta caatinga toda verde e até florida, já que a primeira chuva aconteceu há uns 20 dias.

Paisagem do Parque Nacional da Serra das Confusões, no sul do Piauí

Paisagem do Parque Nacional da Serra das Confusões, no sul do Piauí


Em meio à esta Caatinga, encontra-se o Parque Nacional da Serra das Confusões, parque formado em 1998, sendo hoje a maior reserva de caatinga no Brasil. O plano de manejo do parque ainda não está pronto, pela informação que recebemos do nosso guia, e a estruturação está começando agora, com a construção das primeiras portarias. Dentro do Parque encontram-se ainda algumas comunidades como o Barreiro e o Capim, famílias que estão aguardando suas indenizações para se mudarem da área de reserva.

Chegando ao Parque Nacional da Serra das Confusões, no sul do Piauí

Chegando ao Parque Nacional da Serra das Confusões, no sul do Piauí


Chegamos à tarde em Caracol e tentamos contato direto com Adão, guia do aprque que nos foi indicado pelo Luis, aventureiro que conhecemos aqui no site. Infelizmente o Adão estava acamado e pediu então que seu filho Naldo nos acompanhasse. Fomos direto para o Parque conhecer uma das suas mais famosas atrações, o Riacho do Boi.

canyon do Riacho do Boi, no Parque Nacional da Serra das Confusões, no sul do Piauí

canyon do Riacho do Boi, no Parque Nacional da Serra das Confusões, no sul do Piauí


Um cânion estreito formado por paredes de mais de 20m de altura. Estas fendas abrigam centenas de andorinhas, que deixam o local com um aroma sui generis. Descemos para o riacho por uma escada colocada por um padre italiano que viveu na região, antes destas escadas, uma raiz imensa era utilizada para acesso ao local.

Saindo do canyon do Riacho do Boi no Parque Nacional da Serra das Confusões, no sul do Piauí

Saindo do canyon do Riacho do Boi no Parque Nacional da Serra das Confusões, no sul do Piauí


O calor era grande e o Rodrigo queria muito ir até um riacho ou um ponto com água para se refrescar. Caminhamos mais uns 45 minutos pelo leito de um rio intermitente, que aparece apenas por alguns dias do ano quando se dá o período de chuvas. Lá, no final do leito areado deste rio fica a Gruta Escondida, um olho d´água que brota da terra. O Naldo nos disse que teria água e queria cumprir a promessa! No meio do sertão encontrar um olho d´água destes é uma benção! Entretanto, estamos vindo do Velho Chico e de 10 dias na Chapada Diamantina, acho que o Ro esperava encontrar um rio, mesmo que com pouca água, mas um rio. Vi a carinha de desânimo dele, que foi intimado a entrar (por mim, é claro) no olho d´água, uma vez que nos fez andar até lá.

Olho d'água no Riacho do Boi, no Parque Nacional da Serra das Confusões, no sul do Piauí

Olho d'água no Riacho do Boi, no Parque Nacional da Serra das Confusões, no sul do Piauí


Um belo banho, jantar gostoso na pousada da Ednéia e capotamos logo cedo, afinal a Serra das Confusões ainda guarda muitas surpresas para nós!

Fim de tarde no Parque Nacional da Serra das Confusões, no sul do Piauí

Fim de tarde no Parque Nacional da Serra das Confusões, no sul do Piauí

Brasil, Piauí, Caracol (P.N. Serra das Confusões),

Veja mais posts sobre

Veja todas as fotos do dia!

Faz um bem danado receber seus comentários!

Post anterior Entrada da FruttiHall, em Petrolina - PE

Bem vindos à Petrolina!

Post seguinte Pictografias na Toca do Enoque no Parque Nacional da Serra das Confusões, no sul do Piauí

Confusiones

Blog do Rodrigo Fim de tarde no Parque Nacional da Serra das Confusões, no sul do Piauí

Chegando à Serra das Confusões

Comentários (6)

Participe da nossa viagem, comente!
  • 03/11/2015 | 22:19 por Paulo Henrique da Costa Pinheiro

    Gostaria de saber o contato do Adão...irei para a Serra das Confusões em março. Podem ajudar?

  • 01/06/2015 | 15:11 por José Linhares

    Olá,

    muito bom o relato! Vou explorar mais o site!
    Vocês tem as coordenadas GPS do canyon?

    Abraços, Linhares

  • 02/04/2015 | 20:41 por Juliano

    Boa noite,

    Esta pousada da Ednéia, tem o contato de lá? Telefone ou e-mail? A pousada tem internet?

    Parabéns pelo post.

    Resposta:
    Oi Juliano! Infelizmente não tenho o contato e na época eles não tinham internet. Agora como já passaram alguns anos acredito que já devem estar conectados, um caminho (alem do google) é ligar para a prefeitura da cidade, em cidades pequenas assim todos se conhecem =)
    Bjs!

  • 07/05/2014 | 21:37 por Victor

    Pessoal, boa noite. Adorei encontrar o blog de vocês. Mesmo que o post já seja antigo. Alguém foi na Serra das Confusões! !!!!!
    Estou numa recuperação desenfreada da minha história e isso me leva a São Raimundo Nonato, onde minha mãe nasceu. Conheci a cidade em janeiro desse ano. Passei na porta do Parque da Serra da capivara. Mas depois, comecei a investigar sobre a Serra das Confusões e fiquei muito interessado. De Brasília, onde moro, até São Raimundo Nonato, somos obrigados a contornar a totalidade do PN da Serra das Confusões. Isso me instigou. Estou planejando ir lá em julho, durante a Copa do mundo. Vale a pena?

    Resposta:
    Vale muitíssimo a pena! Um ligar maravilhoso esquecido no sertão brasileiro. Mas já que você vai até lá já conheça também a Serra da Capivara, não muito distante e ainda mais rica em sítios arqueológicos Veja o link: http://www.1000dias.com/ana/busca-sao-raimundo-nonato-(p.n.-serra-da-capivara). Você vai adorar! Boa viagem!

  • 05/06/2011 | 21:55 por Antonio Dias Duarte

    Estava procurando saber sobre a região de Caracol (minha filha foi fazer um trabalho lá e está na pousada da Ednéia)então tive a sorte de ver este ótimo artigo de vcs.
    A região é muito bonita e só falta infraestrutura, que eu acredito e torço, deve chegar logo.
    Vcs me incentivaram, e tb acho que a muitos outros, a programar uma viagem pra lá.

    Parabéns por divulgarem o nosso país.
    Antonio Dias Duarte, São Caetano do Sul - SP

    Resposta:
    Olá Antonio! A região é maravilhosa, quem tem pique para empreender com certeza tem espaço lá em Caracol, aproveitando as belezas da região e do Parque Nacional. Obrigada! Bjs

  • 27/12/2010 | 02:13 por Sergio

    Olá, Ana!
    Sou fotografo e estou planejando uma viagem a serra das confusões. Você tem o contato do guia Adão ou do seu filho?

    Resposta:
    Olá Sergio!
    Tenho sim, segue o tel do Adão, tente falar com ele, pois é quem conhece melhor a região. Se ele não puder tente também o Rafael, ele fica em São Raimundo mas conhece muito bem a região e pode agendar contigo lá.
    Adão - 89 3589-1258
    Rafael - 89 9443-7289
    O lugar é maravilhoso, você com certeza vai adorar!
    Bjs
    Ana

Blog da Ana Blog da Rodrigo Vídeos Esportes Soy Loco A Viagem Parceiros Contato

2012. Todos os direitos reservados. Layout por Binworks. Desenvolvimento e manutenção do site por Race Internet