0 San Francisco em 4 dias - Blog da Ana - 1000 dias

San Francisco em 4 dias - Blog da Ana - 1000 dias

A viagem
  • Traduzir em português
  • Translate into English (automatic)
  • Traducir al español (automático)
  • Tradurre in italiano (automatico)
  • Traduire en français (automatique)
  • Übersetzen ins Deutsche (automatisch)
  • Hon'yaku ni nihongo (jidö)

lugares

tags

arqueologia cachoeira Caribe cidade histórica Estrada mar Mergulho Montanha parque nacional Praia Rio roteiro Trekking trilha

paises

Alaska Anguila Antígua E Barbuda Argentina Aruba Bahamas Barbados Belize Bermuda Bolívia Bonaire Brasil Canadá Chile Colômbia Costa Rica Cuba Curaçao Dominica El Salvador Equador Estados Unidos Galápagos Granada Groelândia Guadalupe Guatemala Guiana Guiana Francesa Haiti Hawaii Honduras Ilha De Pascoa Ilhas Caiman Ilhas Virgens Americanas Ilhas Virgens Britânicas Jamaica Martinica México Montserrat Nicarágua Panamá Paraguai Peru Porto Rico República Dominicana Saba Saint Barth Saint Kitts E Neves Saint Martin San Eustatius Santa Lúcia São Vicente E Granadinas Sint Maarten Suriname Trinidad e Tobago Turks e Caicos Venezuela

arquivo

SHUFFLE Há 1 ano: Há 2 anos:

San Francisco em 4 dias

Estados Unidos, Califórnia, San Francisco

A majestosa Golden Gate, em San Francisco, na Califórnia, nos Estados Unidos

A majestosa Golden Gate, em San Francisco, na Califórnia, nos Estados Unidos


San Francisco é uma cidade que dispensa grandes apresentações. Criada pelos espanhóis e crescida em meio ao boom do Gold Rush da costa oeste, a cidade mais liberal dos Estados Unidos, e provavelmente das mais liberais do mundo, é um dos principais destinos turísticos do país.

Admirando arte de rua na mítica Haight Street, em San Francisco, na Califórnia, nos Estados Unidos

Admirando arte de rua na mítica Haight Street, em San Francisco, na Califórnia, nos Estados Unidos


Entretanto, San Francisco possui muito mais do que a famosa Golden Gate e suas gays venues para apresentar aos seus visitantes, que cá entre nós, para os viajantes curiosos e open minded, são a cereja do bolo e diversão garantida!

PRIMEIRO DIA

Fisherman's Wharf, o movimentado bairro em que ficamos hospedados em San Francisco, na Califórnia, nos Estados Unidos

Fisherman's Wharf, o movimentado bairro em que ficamos hospedados em San Francisco, na Califórnia, nos Estados Unidos


Começamos as nossas explorações em um passeio pela região do turístico Fisherman´s Wharf e seus milhares de restaurantes de frutos do mar. O embarcadero estava lotado e já enfeitado para o Natal, com direito a coral infantil de músicas natalinas e uma multidão de leões marinhos procurando seu lugar ao sol.

Coçando a orelha no Pier 39, na orla de San Francisco, na Califórnia, nos Estados Unidos

Coçando a orelha no Pier 39, na orla de San Francisco, na Califórnia, nos Estados Unidos


Dali, avistamos a famosa Alcatraz, prisão de segurança máxima hoje transformada em museu. Para visitá-la apenas se programando com antecedência, os ingressos estavam esgotados há 3 meses! Então se quer visitar Alcatraz, programe-se e compre os tickets com antecedência.

A famosa prisão de Alcatraz, na baía de San Francisco, na Califórnia, nos Estados Unidos

A famosa prisão de Alcatraz, na baía de San Francisco, na Califórnia, nos Estados Unidos


Se você é da noite, também vale se informar nos acontecimentos da cidade, festas e shows, sempre tem alguma coisa acontecendo! Chegamos em um sábado e logo fomos convidados para uma festa da peruca em um dos bares gays mais antigos de San Francisco. Nos divertimos à beça! Todos devidamente emperucados, boa música e ótimas companhias nos deram as boas vindas perfeitas à cidade!

Na nossa primeira noite em San Francisco, uma animada 'Festa da Peruca' (na Califórnia, nos Estados Unidos)

Na nossa primeira noite em San Francisco, uma animada "Festa da Peruca" (na Califórnia, nos Estados Unidos)


O convite foi de um amigo que eu não encontrava há pelo menos 10 anos! O Sidney se mudou para os Estados Unidos e não nos vimos desde então. Valéria, nossa grandessíssima amiga em comum sempre nos manteve atualizados e o facebook nos reaproximou, mas o reencontro foi mais emocionante do que eu podia imaginar! O mundo une pessoas com energias parecidas e com alguém tão especial como o Sid, não poderia ser diferente. Ele nos recebeu, nos levou para lá e para cá, apresentando a cidade, nos contando a história e a dinâmica de um lugar que está sempre na vanguarda dos movimentos mundiais.

O Sidney cuidou da gente em San Francisco, na Califórnia, nos Estados Unidos

O Sidney cuidou da gente em San Francisco, na Califórnia, nos Estados Unidos



SEGUNDO DIA

Coit Tower, em San Francisco, na Califórnia, nos Estados Unidos

Coit Tower, em San Francisco, na Califórnia, nos Estados Unidos


Há muito para ver na capital cultural e artística do norte californiano. Portanto, não nos deixamos abalar pela noitada e saímos caminhando do Fisherman´s Wharf até a Coit Tower, que tem uma vista lindíssima de toda a Bay Area e do centro da cidade. Dali é um pulinho para a Washington Square, praça central com bons restaurantes e cafés, ótima para ver o movimento em uma manhã ensolarada.

Treinando o equilíbrio na Washington Square, em San Francisco, na Califórnia, nos Estados Unidos

Treinando o equilíbrio na Washington Square, em San Francisco, na Califórnia, nos Estados Unidos


No topo da Coit Tower, em San Francisco, na Califórnia, nos Estados Unidos

No topo da Coit Tower, em San Francisco, na Califórnia, nos Estados Unidos


Em um roteiro por San Francisco sem dúvida não pode faltar uma visita ao Chinatown, bairro chinês mais antigo de todo os Estados Unidos! Caminhar por suas ruas é mais ou menos como dar um pulinho em uma Pequim capitalista ou um bairro de Hong Kong. Restaurantes, mercadinhos, mercearias, salões de beleza e lojas com todas as quinquilharias imagináveis, te transportam pelo espaço e tempo rumo ao oriente.

Caminhando pela Chinatown de San Francisco, na Califórnia, nos Estados Unidos

Caminhando pela Chinatown de San Francisco, na Califórnia, nos Estados Unidos


Isso sem falar nos sinais e placas escritos em chinês, se ainda resta alguma dúvida do teletransporte, olhe para cima e as lanternas penduradas pelas ruas, os telhados no estilo de pagodas e o Dragon Gate, portal da Chinatown, ajudarão a exterminá-las. Respire, prove um autêntico dim sum e relaxe.

Visitando a bela e movimentada Chinatown de San Francisco, na Califórnia, nos Estados Unidos

Visitando a bela e movimentada Chinatown de San Francisco, na Califórnia, nos Estados Unidos


Os chineses se estabeleceram neste bairro em 1848, vindos nas levas de trabalhadores de mão de obra barata para as minas de ouro, e quase foram arrancados dali durante as crises econômicas subsequentes. Resistiram e ao invés de serem expulsos, acabaram sendo restringidos de existir (leia-se: viver e trabalhar) fora das fronteiras de Chinatown entre 1877 a 1945! Hoje ela é a maior Chinatown fora do continente Asiático.

Chegando à Chinatown de San Francisco, na Califórnia, nos Estados Unidos

Chegando à Chinatown de San Francisco, na Califórnia, nos Estados Unidos


Visitando a bela e movimentada Chinatown de San Francisco, na Califórnia, nos Estados Unidos

Visitando a bela e movimentada Chinatown de San Francisco, na Califórnia, nos Estados Unidos


Depois da viagem ao oriente, voltamos ao Tio Sam e guiados pelo Sidney fomos finalmente conhecer uma das pontes mais famosas do mundo, a Golden Gate! É curioso como uma ponte pode ser uma atração turística, mas o fato é que ela é linda mesmo e para aumentar a sua popularidade o cenário onde ela foi colocada é de tirar o chapéu. Como vocês já devem ter notado a ponte não é dourada, mas ela foi assim batizada por estar colocada no estreito de mesmo nome. O estreito de Golden Gate, portal de entrada para as águas tranquilas da baía de San Francisco, recebeu este nome após 1840 quando era o portal de chegada dos milhares de caçadores de tesouros em busca do ouro encontrado aqui na costa oeste.

Atravessando a Golden Gate de San Francisco, na Califórnia, nos Estados Unidos

Atravessando a Golden Gate de San Francisco, na Califórnia, nos Estados Unidos


A Golden Gate, que atravessa a entrada da baía de San Francisco, na Califórnia, nos Estados Unidos

A Golden Gate, que atravessa a entrada da baía de San Francisco, na Califórnia, nos Estados Unidos


Atravessamos os seus 2,7km no jipe do Sid com a maior sensação de Telma e Louise, cabelos ao vento e pé na estrada! Sensacional! Um pit stop no restaurante indiano na charmosa Sausalito e estávamos prontos para mais duas horas de descobertas nos arredores da Marin County.

O Sidney nos levou de jipe para passear em San Francisco, na Califórnia, nos Estados Unidos

O Sidney nos levou de jipe para passear em San Francisco, na Califórnia, nos Estados Unidos


Foi uma surpresa maravilhosa atrás da outra, pois como estávamos com um local, não fizemos o dever de casa e nem tínhamos muita ideia do que iríamos encontrar do outro lado da ponte. Percorremos toda a estrada cênica ao longo do Marin Headlands State Park, cada mirante uma vista mais espetacular do estreito, da cidade e da Golden Gate. Só faltou o sol vencer as nuvens para torná-la mais dourada para nós.

Muito felizes na cidade de San Francisco, na Califórnia, nos Estados Unidos

Muito felizes na cidade de San Francisco, na Califórnia, nos Estados Unidos


Fomos até o final da Mitchel Road e chegamos à praia da Rodeo Cove, onde alguns corajosos surfistas enfrentavam o frio, famílias se reuniam para piqueniques e hikers se aventuravam pela Coastal Trail que continua adiante. Lá encontramos Gary e Peggy, um casal de amigos do Sidney, dois escritores que possuem uma editora e um site de "viagens verdes”. O Green Travel Guides tem dicas sobre tudo que é verde e ecologicamente correto, conceito bacaníssimo!

Praia ao norte de San Francisco, na Califórnia, nos Estados Unidos

Praia ao norte de San Francisco, na Califórnia, nos Estados Unidos


De lá ainda fomos até a casa de uma amiga em Tiburón e lá tive um novo reencontro especial, agora com a Ane, irmã do Sidney, que eu também não encontrava há pelo menos uns 8 anos! Histórias, risadas e aquele sentimento que não tem preço, de estarmos em casa, ao lado de pessoas queridas.

Com o Sidney, prontos para atravessar a Golden Gate em seu jipe (em San Francisco, na Califórnia, nos Estados Unidos)

Com o Sidney, prontos para atravessar a Golden Gate em seu jipe (em San Francisco, na Califórnia, nos Estados Unidos)



TERCEIRO DIA

Andando nos famosos bondinhos de San Francisco, na Califórnia, nos Estados Unidos

Andando nos famosos bondinhos de San Francisco, na Califórnia, nos Estados Unidos


No nosso terceiro dia na cidade calçamos os nossos confortáveis tênis e saímos caminhando. Pegamos uma rápida carona no tradicional Bondinho da Powell & Hyde Streets, descemos em Chinatown e andamos, andamos e andamos. Na minha humilde opinião não há melhor forma de conhecer uma cidade do que a pé, sentir seu ritmo, ver a arquitetura, as pessoas e ainda garantir um exercício. Os sobes e desces dos 43 montes de San Francisco nos fazem lembrar as ladeiras de Belo Horizonte. O marido mineiro, saudoso da sua terra, teimava em repetir como San Francisco parecia “Beagá”, só com um detalhe, tem que adicionar o MAR! Quem sabe uma boa mistura de BH com Rio de Janeiro e a gente chega mais perto!

As famosas ladeiras de San Francisco, na Califórnia, nos Estados Unidos

As famosas ladeiras de San Francisco, na Califórnia, nos Estados Unidos


O roteiro de aproximados 10km começou na Union Square com seu ringue de patinação e arranhas céus da Saks e Macys. Almoçamos em uma pâtisserie deliciosa no Yerba Buena Gardens e continuamos caminhando pela Market Street em direção ao Centro Cívico. Apenas passamos por ele, mas curiosamente é o lugar aonde mais vimos mendigos pelas ruas. Será que escolheram morar lá para serem notados pelos políticos? Bem pensado!

Ringue de patinação no gelo na Union Square, centro de San Francisco, na Califórnia, nos Estados Unidos

Ringue de patinação no gelo na Union Square, centro de San Francisco, na Califórnia, nos Estados Unidos



Nosso roteiro a pé por San Francisco

Outro ponto alto do tour por San Francisco é a visita à meca hippie da cidade, para caminhar pelas mesmas calçadas onde andaram Jannis Jopplin, Jimmy Hendrix e tantos outros que viveram a época mais livre e louca de todos os tempos e criaram canções que viraram lemas de toda a geração paz e amor.

Mercado orgânico sob as imagens dos famosos roqueiros dos anos 60, na Haight Street, em San Francisco, na Califórnia, nos Estados Unidos

Mercado orgânico sob as imagens dos famosos roqueiros dos anos 60, na Haight Street, em San Francisco, na Califórnia, nos Estados Unidos


Nas ruas algumas imagens relembram os ídolos, malucos beleza vivendo de arte, murais psicodélicos grafitados, estúdios de tatuagens e piercings, new hippies vivendo no passado que já não lhes pertence e lojas vendendo canabis sativa para uso medicinal.

Na Haight St. pode-se encontrar várias lojas como essa! (em San Francisco, na Califórnia, nos Estados Unidos)

Na Haight St. pode-se encontrar várias lojas como essa! (em San Francisco, na Califórnia, nos Estados Unidos)


Marijuana, só com prescrição médica! (na Haight St., em San Francisco, na Califórnia, nos Estados Unidos)

Marijuana, só com prescrição médica! (na Haight St., em San Francisco, na Califórnia, nos Estados Unidos)


Lá no final da Haight Street o começo do Golden Gate Park, que embora tenha o nome, não tem a ponte. O imenso parque criado em 1865 possui centros de pesquisa, exposições, museus, jardim botânico, jardim japonês, quadras esportivas e até clube de bocha. Se você é de parques reserve um dia inteiro só para explorá-lo.

Pausa para descanso em escadaria colorida no Golden Gate Park, em San Francisco, na Califórnia, nos Estados Unidos

Pausa para descanso em escadaria colorida no Golden Gate Park, em San Francisco, na Califórnia, nos Estados Unidos


Japonese Tea Garden no Golden Gate Park, em San Francisco, na Califórnia, nos Estados Unidos

Japonese Tea Garden no Golden Gate Park, em San Francisco, na Califórnia, nos Estados Unidos


Antes de chegarmos à Haight ainda passamos pela Alamo Square, a praça onde estão as delicadas Painted Ladies, casas do estilo vitoriano bem preservadas e com uma bela vista da baía. Enquanto andamos pela cidade é comum aquela sensação de dejá vu, não se preocupe, não foi a sua vida passada ou uma estranha conexão energética, são apenas as dezenas de filmes hollywoodianos que você já assistiu.

Casas vitorianas na Alamo Square, em San Francisco, na Califórnia, nos Estados Unidos

Casas vitorianas na Alamo Square, em San Francisco, na Califórnia, nos Estados Unidos


Caminhando na deliciosa Alamo Square, em San Francisco, na Califórnia, nos Estados Unidos

Caminhando na deliciosa Alamo Square, em San Francisco, na Califórnia, nos Estados Unidos


A noite começou no Magnolia, uma microcervejaria na Haight St, que além de cervejas ótimas faz também umas linguiças artesanais divinas! Nesta noite eu e o Ro nos separamos, ele caminhou outros 10km de volta para o hotel, enquanto eu fui para o Castro com o Sidney. Entre a flamejante bandeira dos transexuais, que comemoravam hoje o seu dia, e um wine bar, passamos pela casa do ativista político Harvey Milk.

O conhecida região de Castro, em San Francisco, na Califórnia, nos Estados Unidos

O conhecida região de Castro, em San Francisco, na Califórnia, nos Estados Unidos


Harvey Milk, um dos grandes heróis de San Francisco, na Califórnia, nos Estados Unidos

Harvey Milk, um dos grandes heróis de San Francisco, na Califórnia, nos Estados Unidos


Ele foi o primeiro político assumidamente gay a ser eleito para um cargo público nos Estados Unidos. Milk lutou pelos direitos civis da comunidade GLS e foi a voz ativa de um mundo sem preconceito sexual. No dia 28 de Novembro de 1978, depois de apenas 11 meses no cargo, Harvey Milk e o prefeito Moscone foram assassinados pelo ex-colega de gabinete Dan White. Fechamos a noite no alto dos Twin Peaks, com uma vista noturna fantástica da cidade.

Do alto de Twin Peaks, a bela visão noturna de San Francisco, na Califórnia, nos Estados Unidos

Do alto de Twin Peaks, a bela visão noturna de San Francisco, na Califórnia, nos Estados Unidos



QUARTO DIA

O MOMA de San Francisco, na Califórnia, nos Estados Unidos

O MOMA de San Francisco, na Califórnia, nos Estados Unidos


Um dia frio e chuvoso foi perfeito para uma manhã bem preguiçosa, seguida por uma tarde no museu. Já havíamos caminhado nos arredores do SOMA - South of Market – quando estivemos no Yerba Buena Gardens e hoje voltamos com mais tempo para conhecer melhor a alma cultural da cidade.

O MOMA, Museu de Arte Moderna, em San Francisco, na Califórnia, nos Estados Unidos

O MOMA, Museu de Arte Moderna, em San Francisco, na Califórnia, nos Estados Unidos


O Rodrigo, apaixonado por quadrinhos, resolveu pegar leve e entrar no Cartoon Art Museum, já que o Museu da Diáspora Africana estava fechado. Eu entrei no San Francisco Museum of Modern Art, o SFMOMA. Duas horas e meia foram poucas para visitar todas as exposições, então me concentrei nas amostras permanentes e me apaixonei pela obra da artista plástica Jay DeFeo.

Interior do MOMA, em San Francisco, na Califórnia, nos Estados Unidos

Interior do MOMA, em San Francisco, na Califórnia, nos Estados Unidos


DeFeo se desenvolveu em meio a tantos outros artistas e poetas na Bay Area de San Francisco e ganhou o mundo viajando para estudar e aprimorar sua arte na Itália e outros países europeus. Um trabalho intenso que reúne diversas técnicas, desde pintura, escultura e joalheria até fotografia e colagens. Sua peça mais famosa é “The Rose”, uma tela pintada e esculpida em óleo sobre tela em 8 longos anos. Aos curiosos e interessados, a exposição dela estará aberta no SFMOMA até o dia 03 de fevereiro de 2013.

Fonte iluminada na Yerba Buena square, em San Francisco, na Califórnia, nos Estados Unidos

Fonte iluminada na Yerba Buena square, em San Francisco, na Califórnia, nos Estados Unidos


Ali, vizinho ao museu, está o Sofa Lounge, bar do restaurante lounge abrazucado Bossa Nova onde o Sidney reuniu amigos para comemorar o seu aniversário. Pois é, não nos víamos há 10 anos e chegamos aqui justamente na semana do seu aniversário, demais!

Socializando em bar durante a festa de aniversário do Sidney, em San Francisco, na Califórnia, nos Estados Unidos

Socializando em bar durante a festa de aniversário do Sidney, em San Francisco, na Califórnia, nos Estados Unidos


Foi uma noite divertidíssima, regada à música e petiscos brasileiros, algumas caipirinhas e com ótimas companhias! Um amigo que cresceu no Alasca e locais como o Bongo, paraquedista e percussionista que tem uma produção artesanal de tambores e uma energia invejável! Do alto dos seus 60 e poucos anos levantou os bancos do bar e nos acompanhou até o forró saideira da noite. Obrigada Sid, nossa passagem por San Francisco não seria a mesma sem você!

Conversando com o simpático 'Bongo', no aniversário do Sidney em bar de San Francisco, na Califórnia, nos Estados Unidos

Conversando com o simpático "Bongo", no aniversário do Sidney em bar de San Francisco, na Califórnia, nos Estados Unidos


Autêntico forró na noite de San Francisco, na Califórnia, nos Estados Unidos

Autêntico forró na noite de San Francisco, na Califórnia, nos Estados Unidos



Bye Bye SanFran!

Fiona, seguindo a fila, descendo a Lombard Street, em San Francisco, na Califórnia, nos Estados Unidos

Fiona, seguindo a fila, descendo a Lombard Street, em San Francisco, na Califórnia, nos Estados Unidos


A despedida de San Francisco foi na manhã seguinte, passando com a Fiona pela rua mais curva do mundo, a Lombard Street. Já havíamos ziguezagueado por ela com o Sid na nossa primeira noite na cidade, emperucados e completamente sozinhos na sempre movimentada e disputada atração turística.

Lombard Street, a rua mais torta do mundo, em San Francisco, na Califórnia, nos Estados Unidos

Lombard Street, a rua mais torta do mundo, em San Francisco, na Califórnia, nos Estados Unidos


Descendo a rua mais torta e florida do mundo, a Lombard Street, em San Francisco, na Califórnia, nos Estados Unidos

Descendo a rua mais torta e florida do mundo, a Lombard Street, em San Francisco, na Califórnia, nos Estados Unidos


Desta vez tivemos que entrar na fila, uma, duas, três vezes para tirar fotos e registrar a passagem da Fiona na Expedição 1000dias por este marco da cidade. Almoçamos em Berkeley, cidade universitária das mentes brilhantes que logo estarão decidindo o futuro do país, criando teorias e fazendo novas descobertas para um mundo melhor.

Visita à Universidade de Berkeley, na Califórnia, nos Estados Unidos

Visita à Universidade de Berkeley, na Califórnia, nos Estados Unidos


Assim nos vamos de San Francisco, a cidade da liberdade, da tolerância e do respeito. Uma cidade plural que está sempre no futuro, mesmo quando olhamos para o passado, e que continuará com essa alma viva, inventiva e intensa. Até logo San Francisco, voltaremos a nos ver.

Eu amo San Francisco! (Califórnia, nos Estados Unidos)

Eu amo San Francisco! (Califórnia, nos Estados Unidos)

Estados Unidos, Califórnia, San Francisco, cidade, Metropole, Coit Tower, Golden Gate, Haight Street, Berkeley, Fisherman´s Wharf, Castro

Veja todas as fotos do dia!

Faz um bem danado receber seus comentários!

Post anterior Admirada com a gigantesca árvore sobre sua cabeça! (Mariposa Grove, no Yosemite National Park, na Califórnia, nos Estados Unidos)

Mariposa Grove

Post seguinte Prova de vinhos na vinícola V. Sattui, no Napa Valley, na Califórnia, nos Estados Unidos

Um dia pelo Napa Valley

Blog do Rodrigo Visita à Universidade de Berkeley, na Califórnia, nos Estados Unidos

Passando por Berkeley

Comentários (3)

Participe da nossa viagem, comente!
  • 25/03/2016 | 15:54 por Denise

    Olá! Estou indo agora em abril para California e na hora de artumar a mala vem a dúvida: levo ou não um casacão?
    Em que época você fez essa viagem?
    Obrigada

  • 05/09/2013 | 21:56 por Sandra

    Boa Noite

    Adorei as dicas, estamos indo em dez/2013 p/LA/SF/LV
    Ficaremos apenas 3 dias em SF, onde passaremos o natal.
    Gostaria de saber se é muito frio o clima nesta época.
    Obrigada
    bjs
    Sandra


    Resposta:
    Olá Sandra! A temperatura em San Francisco varia entre 7 e 14°C nesta época, frio, mas nem tanto... Sem dúvida você poderá aproveitar muito o seu natal! Beijos e boa viagem!

  • 28/12/2012 | 21:12 por Patrícia

    Parabéns, belíssima viagem,amei...

    Resposta:
    Obrigada e bem vinda aos 1000dias Patrícia, temos muita estrada pela frente!

Blog da Ana Blog da Rodrigo Vídeos Esportes Soy Loco A Viagem Parceiros Contato

2012. Todos os direitos reservados. Layout por Binworks. Desenvolvimento e manutenção do site por Race Internet