0 Panamericana Sur - Blog da Ana - 1000 dias

Panamericana Sur - Blog da Ana - 1000 dias

A viagem
  • Traduzir em português
  • Translate into English (automatic)
  • Traducir al español (automático)
  • Tradurre in italiano (automatico)
  • Traduire en français (automatique)
  • Übersetzen ins Deutsche (automatisch)
  • Hon'yaku ni nihongo (jidö)

lugares

tags

arqueologia cachoeira Caribe cidade histórica Estrada mar Mergulho Montanha parque nacional Praia Rio roteiro Trekking trilha

paises

Alaska Anguila Antígua E Barbuda Argentina Aruba Bahamas Barbados Belize Bermuda Bolívia Bonaire Brasil Canadá Chile Colômbia Costa Rica Cuba Curaçao Dominica El Salvador Equador Estados Unidos Galápagos Granada Groelândia Guadalupe Guatemala Guiana Guiana Francesa Haiti Hawaii Honduras Ilha De Pascoa Ilhas Caiman Ilhas Virgens Americanas Ilhas Virgens Britânicas Jamaica Martinica México Montserrat Nicarágua Panamá Paraguai Peru Porto Rico República Dominicana Saba Saint Barth Saint Kitts E Neves Saint Martin San Eustatius Santa Lúcia São Vicente E Granadinas Sint Maarten Suriname Trinidad e Tobago Turks e Caicos Venezuela

arquivo

SHUFFLE Há 1 ano: Há 2 anos:

Panamericana Sur

Chile, Iquique, Peru, Arequipa

A linda imagem do deserto florido, entre Tacna e Arequipa, no Peru

A linda imagem do deserto florido, entre Tacna e Arequipa, no Peru


Mais um dia de muita estrada. Hoje rodamos em torno de 700km de estrada entre Iquique, no Chile e Arequipa, no Peru. Nos despedimos da cidade praiana britânica do alto do mirador do parapente, onde já ficamos meio depressivos por não poder ficar mais um pouco e saltar. Fazer o que, não podemos ter tudo! Rsrs!

Parapente nos céus de Iquique, no norte do Chile

Parapente nos céus de Iquique, no norte do Chile


O dia era longo e ainda incluía os trâmites burocráticos fronteiriços, que nunca sabemos quanto tempo pode levar. Logo depois de Arica encontramos o complexo fronteiriço, subimos em um refeitório meio improvisado que vendia os formulários para entrarmos no Perú. É estranho mesmo, mas é assim que funciona. 8 vias de um dos formulários preenchidos, mais 2 de outro e logo estávamos chegando ao Peru.

Chegando ao Peru!

Chegando ao Peru!


Ali demorou um pouco mais, os oficiais de aduana estão acostumados com carros chilenos que vem de Arica até Tacna, se o carro vai além desta cidade e por um período maior, eles precisam emitir um documento especial. Aí o sistema caiu, a impressora não funcionava... mas tudo bem, assim acabamos ganhando uma aula sobre a atual conjuntura política do país. Resumindo, ela não votou no Ollanta, ele é mais esquerdista e populista, porém para se eleger acabou abrandando sua sede comuna, mas está amarrado pois não tem a maioria no congresso. Parte dessa história a gente já conhece, vamos ver qual rumo ela irá tomar aqui. “É tudo muito novo, vamos ver se este novo presidente vai dar conta do recado”, diz ela.


Exibir mapa ampliado

Atravessamos a cidade de Tacna e logo tivemos uma das maiores surpresas do dia. Começou a agora o período das lomas, quando a umidade chega ao deserto e ele fica completamente florido! Lindíssimo!

A linda imagem do deserto florido, entre Tacna e Arequipa, no Peru

A linda imagem do deserto florido, entre Tacna e Arequipa, no Peru


Seguimos a Panamericana Sur, apreciando o monocromático litoral do pacífico, até adentrarmos a região de Arequipa. Chegamos à cidade já era noite, estávamos cansados e completamente esfomeados. Depois de instalados no nosso Hostal Torres de Ugarte (um xuxuzinho e bem localizado), pedimos uma dica de um lugarzinho para comer, ali perto mesmo, algo gostoso e simples. A dona (e/ou gerente) do hostal nos indicou um restaurante chamado El Paladar, uma quadra dali. Mal sabíamos a surpresa que nos aguardava! Um restaurante bacanérrimo! Estávamos tão sem forças e ao mesmo tempo tão precisados que acabamos decidindo nos dar a este luxo e provar o que a alta gastronomia peruana tinha a nos mostrar. O meu prato foi uma Alpaca a La Parilla com risoto de quinoa à piamontese, acompanhando salada. Divino! O Ro quis a mesma carne mas com um acompanhamento de purê de batatas fúcsia (magenta, cor-de-rosa). Sabe Deus o que dava essa cor ao purê, mas ele adorou! Acompanhando tudo isso, o Enzo, nosso garçom somelier nos indicou um vinho chileno da uva Sauvignon Franc de tomar ajoelhados! Essa surpresa mudou completamente nosso humor e o ânimo de chegada à uma das maiores e mais belas cidades peruanas. Bem vindos à Arequipa!

Chile, Iquique, Peru, Arequipa, fronteira, Arica, Tacna

Veja todas as fotos do dia!

Diz aí se você gostou, diz!

Post anterior Leitura de jornal na praça central de Iquique - Chile

Londres no Chile?

Post seguinte Linda paisagem marcada por terraços para cultivo nas montanhas, no vale do rio Colca, região de Arequipa - Peru

Cânion Colca

Blog do Rodrigo Chegando ao Peru!

De Volta ao Perú, Após 21 Anos

Comentários (4)

Participe da nossa viagem, comente!
  • 07/09/2011 | 12:53 por mario sergio silveira

    Olá filha, que lindo deserto. É a vida que se renova. Fica a esperança que a vida se renove mesmo nos corações mais áridos. Bjs, te amo.

    Resposta:
    É maravilhoso mesmo, parece um milagre ver um deserto tão florido... Sempre há esperança! Beijos!

  • 06/09/2011 | 21:48 por Tatiana de Queiroz

    Olá, Ana. Infelizmente meu tempo está curto pra acompanhar a viagem dia-a-dia, mas pelo pouco que vi está cada dia melhor. Adorei o deserto florido, muito inspirador. Bjs

    Resposta:
    Oi Tati! Eu entendo, parece que qdo passamos da metade do ano tudo voa... é a teoria do buraco negro... ele vai sugando nosso tempo, espaço e tudo que vê pela frente! Achei que numa viagem dessas me livraria desta maldição mas nem assim ela perdoa! rsrsrs! Vamos q vamos, aos poucos ficaremos atualizadas, eu na escrita e vc na leitura =) Beijos!!!

  • 04/09/2011 | 09:37 por Joca Oeiras

    Querida Ana

    Belas imagens! Continuo aguardando a entrevista

    beijos e abraços
    do Joca Oeiras, o anjo andarilho

    Resposta:
    Olá Joca, depois de tantas trilhas, montanhas e dias sem um computador e internet, eu ainda caí na alegria de ficar acamada... infecção alimentar. Estamos trabalhando para colocar tudo em dia e iremos logo te responder. Obrigada! Bjs

  • 02/09/2011 | 09:28 por Thelma e Emerson

    Mas vocês estão ficando muito chiques!!! E quando chegarem em Cancún e EUA, COMO VAI SER?????
    Mas é isto mesmo aproveitem tudo!
    Arequipa é linda!

    Resposta:
    Não vai ser! hahaha! Espero que lá a gente encontre essas coisas mais baratas! Podemos nos dar a esse luxo no Perú que pagamos em soles não em dólares! rsrsrs! Agora... Caribe é sempre um sofrimento mesmo, dá uma olhada nos posts de qdo já passamos por lá... o caminho é ir sempre ao mercado e aproveitar os queijos e vinhos franceses baratinhos para uma merenda em casa. rsrs! Beijos!

Blog da Ana Blog da Rodrigo Vídeos Esportes Soy Loco A Viagem Parceiros Contato

2012. Todos os direitos reservados. Layout por Binworks. Desenvolvimento e manutenção do site por Race Internet