1 Oaxaca: Cultura e Encanto - Blog da Ana - 1000 dias

Oaxaca: Cultura e Encanto - Blog da Ana - 1000 dias

A viagem
  • Traduzir em português
  • Translate into English (automatic)
  • Traducir al español (automático)
  • Tradurre in italiano (automatico)
  • Traduire en français (automatique)
  • Übersetzen ins Deutsche (automatisch)
  • Hon'yaku ni nihongo (jidö)

lugares

tags

arqueologia cachoeira Caribe cidade histórica Estrada mar Mergulho Montanha parque nacional Praia Rio roteiro Trekking trilha

paises

Alaska Anguila Antígua E Barbuda Argentina Aruba Bahamas Barbados Belize Bermuda Bolívia Bonaire Brasil Canadá Chile Colômbia Costa Rica Cuba Curaçao Dominica El Salvador Equador Estados Unidos Galápagos Granada Groelândia Guadalupe Guatemala Guiana Guiana Francesa Haiti Hawaii Honduras Ilha De Pascoa Ilhas Caiman Ilhas Virgens Americanas Ilhas Virgens Britânicas Jamaica Martinica México Montserrat Nicarágua Panamá Paraguai Peru Porto Rico República Dominicana Saba Saint Barth Saint Kitts E Neves Saint Martin San Eustatius Santa Lúcia São Vicente E Granadinas Sint Maarten Suriname Trinidad e Tobago Turks e Caicos Venezuela

arquivo

SHUFFLE Há 1 ano: Há 2 anos:

Oaxaca: Cultura e Encanto

México, Oaxaca

Igreja de Santo Domingo, em Oaxaca, no México

Igreja de Santo Domingo, em Oaxaca, no México


Uma cidade mergulhada em cultura e arte, Oaxaca é a capital de um dos estados mais pobres do México. Bem... tudo depende de como medimos esta pobreza. Sim, podemos ver miséria pelas ruas, pedintes, mendigos, muito comércio informal, nada muito diferente do que encontramos nas ruas das capitais brasileiras.

Tranquilidade na praça de Oaxaca, no México

Tranquilidade na praça de Oaxaca, no México


Agora, se houvesse uma forma de transferir toda a riqueza artística que encontramos nas ruas, centenas de galerias, feiras de artesanatos, tecelagens, cafés, bistrôs, restaurantes e museus, Oaxaca seria uma das mais ricas capitais latino-americanas.

Música em mesa de bar, em Oaxaca, no México

Música em mesa de bar, em Oaxaca, no México


O orgulho da população indígena das suas diversas etnias e culturas, somada à miscigenação com os colonizadores europeus, resultou em uma explosão de criatividade, cores, sabores e sons absurda.

Arte nas ruas de Oaxaca, no México

Arte nas ruas de Oaxaca, no México


Em cada esquina do centro histórico cruzamos com artistas, poetas, pintores e escultores, instalações no meio da rua. A mais impressionante delas sem dúvida é a exposição de 2051 estátuas sobre os imigrantes do artista Alejandro Santiago. Todos os dias novos imigrantes chegam à frente da igreja de Santo Domingo, deixando a vila campesina para trás, com crianças, mulheres e idosos. Todos em busca de uma vida melhor, será que a encontraram aqui?

Muita arte nas ruas de Oaxaca, no México

Muita arte nas ruas de Oaxaca, no México


Dúvida não resta de que a Praça Santo Domingo foi o lugar perfeito para esta exibição. No coração cultural da cidade, a praça é rodeada por ateliers, galerias, lojas especializadas em arte e cultura indígena, bons bistrôs e cafés, a mais linda igreja da cidade e a obrigatória Casa da Cultura de Oaxaca.

O magnífico interior da igreja de Santo Domigo, em Oaxaca, no México

O magnífico interior da igreja de Santo Domigo, em Oaxaca, no México


A Igreja Santo Domingo foi construída entre 1570 e 1608, sua fachada construída em estilo barroco, e os filos de ouro do seu interior adornam todo o revestimento das paredes ao teto desenhado em alto relevo. Uma igreja impressionante, que em minha opinião só pode ser comparada à Igreja da Companhia de Jesus em Quito, outra obra de arte religiosa fantástica da América Latina, do que vimos até agora.

O magnífico interior da igreja de Santo Domigo, em Oaxaca, no México

O magnífico interior da igreja de Santo Domigo, em Oaxaca, no México


O Museo de las Culturas de Oaxaca é aquele tipo de museu que não só ultrapassa todas as nossas expectativas, como nos deixa envergonhados de não saber de sua existência antes de chegar à cidade. Uma coleção arqueológica imensa que reúne a história de diversas cidades Mayas dos arredores de Oaxaca, nos leva à uma viagem à vida e à rica história desse povo.

Os incríveis 'códices' deixados pelas civilizações pré-colombianas e seu triste fim causado pelos colonizadores (no Museu de Cultura de Oaxaca, no México)

Os incríveis "códices" deixados pelas civilizações pré-colombianas e seu triste fim causado pelos colonizadores (no Museu de Cultura de Oaxaca, no México)


Passamos pelas histórias dos Zapotecas, seus códices que ajudaram os arqueólogos a decifrarem sua história, datas e acontecimentos, até a chegada dos Aztecas, que reutilizaram suas ruínas deixando aí um dos maiores tesouros já encontrados na história da arqueologia.

Objetos pessoas zapotecas encontrados em Monte Albán, expostos agora no Museu de Cultura de Oaxaca, no México

Objetos pessoas zapotecas encontrados em Monte Albán, expostos agora no Museu de Cultura de Oaxaca, no México


Os tesouros da Tumba 7 do Monte Albán são as principais peças arqueológicas do museu, dignas dos ricos tesouros encontrados nos filmes do Indiana Jones! Colares de pérolas, jade, turquesas, corais, âmbar, ouro, prata, conchas marinhas datadas do século XIV, ao lado de um crânio humano incrustado de turquesas, usado para rituais e cerimoniais. Lindo e ao mesmo tempo assustador.

O famoso crânio mixteca encontrado na Tumba 7 de Monte Albán, exposto no Museu de Cultura de Oaxaca, no México

O famoso crânio mixteca encontrado na Tumba 7 de Monte Albán, exposto no Museu de Cultura de Oaxaca, no México


Outros setores do museu figuram artes da era colonial, até os tempos de hoje, traçando uma linha do tempo através da arte, comidas, bebidas, música e a medicina. Tudo isso em um prédio magnífico que um dia foi o monastério de Santo Domingo, no edifício adjacente.

Antigo convento e hoje Museu da Cultura em Oaxaca, no México

Antigo convento e hoje Museu da Cultura em Oaxaca, no México


O ar boêmio e festivo da cidade fica ainda mais claro nos finais de tarde do Zócalo. A praça fica ao lado da Catedral da Oaxaca, possui um coreto com música ao vivo praticamente todas as tardes, bares e restaurantes ao redor e muita gente, locais, curiosos e turistas dando vida ao local.

Muita dança ao redor do coreto na praça central de Oaxaca, no México

Muita dança ao redor do coreto na praça central de Oaxaca, no México


A Catedral foi construída entre 1533 e o século XVIII ente diversos terremotos. A Catedral possui uma lindíssima fachada barroca, mas o seu interior é menos pomposo e impressionante que a Igreja de Santo Domingo.

Palácio governamental e a bandeira mexicana (em Oaxaca, no México)

Palácio governamental e a bandeira mexicana (em Oaxaca, no México)


Mais algumas voltinhas pelo Zócalo e vemos a Iglesia de La Compañia, mais minimalista e muito bonita e o Teatro Macedonio Alcalá, além da Basílica de La Soledad. Nós ficamos dois dias, provamos a deliciosa culinária oaxaqueña-fusion, com direito a molhos a base de grilos picantes, pato e até a um delicioso vinho mexicano.

Delicioso jantar de despedidas da incrível Oaxaca, no México

Delicioso jantar de despedidas da incrível Oaxaca, no México


Nestes dois dias ainda tivemos algumas tarefas burocráticas, como visitar a Secretaria de Migração do México e o Consulado dos EUA, para solucionar a questão dos vistos do Rodrigo. Enquanto caminhávamos pela cidade, a Fiona ficou sendo paparicada na Concessionária Toyota Oaxaca, na sua revisão dos 70 mil km. Ficou novinha em folha, ganhou novas pastilhas de freio dianteiras, óleo, etc, e recebeu um banho e lubrificação completos, como ela não via à muito tempo!

Fim de tarde em Oaxaca, no México

Fim de tarde em Oaxaca, no México


Ficaríamos pelo menos uma semana explorando esse lugar maravilhoso, seus museus, galerias, cafés e gastronomia, mas infelizmente 1000dias estão correndo e o Alasca nos chama!

México, Oaxaca, cultura, cidade histórica, Artes, Cidade Colonial

Veja todas as fotos do dia!

A nossa viagem fica melhor ainda se você participar. Comente!

Post anterior Paredes com quase mil metros de altura no Canyon del Sumidero, em Chiapa del Corso, no México

Cañon del Sumidero

Post seguinte Os 'danzantes', os painéis mais famosos de Monte Albán, ao lado de Oaxaca, no México

Monte Albán e os Zapotecas

Blog do Rodrigo Igreja de Santo Domingo durante o fim de tarde, em Oaxaca, no México

A bela Surpresa de Oaxaca

Comentários (2)

Participe da nossa viagem, comente!
  • 07/03/2012 | 15:06 por Clenilca Alves da Silva

    Ana que cultura heim fantástico. Abraço.

    Resposta:
    Fantástico é você ter voltado por aqui, saudades de vc Cleo! Beijos!

  • 26/01/2012 | 09:27 por Viajante

    Se passarem por Puebla, não deixem de experimentar o prato típico chamado Mole Poblano. É um frango com um molho que dentre outras coisas leva chocolate em sua composição. Abraços do Viajante

    Resposta:
    Opa, está anotada a dica viajante!!! Amo chocolate, vou ter que provar!!! Iremos a Puebla na volta da América do Norte, vou estar de olho. Beijos!

Blog da Ana Blog da Rodrigo Vídeos Esportes Soy Loco A Viagem Parceiros Contato

2012. Todos os direitos reservados. Layout por Binworks. Desenvolvimento e manutenção do site por Race Internet