0 Naufrágio Chinês - Blog da Ana - 1000 dias

Naufrágio Chinês - Blog da Ana - 1000 dias

A viagem
  • Traduzir em português
  • Translate into English (automatic)
  • Traducir al español (automático)
  • Tradurre in italiano (automatico)
  • Traduire en français (automatique)
  • Übersetzen ins Deutsche (automatisch)
  • Hon'yaku ni nihongo (jidö)

lugares

tags

arqueologia cachoeira Caribe cidade histórica Estrada mar Mergulho Montanha parque nacional Praia Rio roteiro Trekking trilha

paises

Alaska Anguila Antígua E Barbuda Argentina Aruba Bahamas Barbados Belize Bermuda Bolívia Bonaire Brasil Canadá Chile Colômbia Costa Rica Cuba Curaçao Dominica El Salvador Equador Estados Unidos Galápagos Granada Groelândia Guadalupe Guatemala Guiana Guiana Francesa Haiti Hawaii Honduras Ilha De Pascoa Ilhas Caiman Ilhas Virgens Americanas Ilhas Virgens Britânicas Jamaica Martinica México Montserrat Nicarágua Panamá Paraguai Peru Porto Rico República Dominicana Saba Saint Barth Saint Kitts E Neves Saint Martin San Eustatius Santa Lúcia São Vicente E Granadinas Sint Maarten Suriname Trinidad e Tobago Turks e Caicos Venezuela

arquivo

SHUFFLE Há 1 ano: Há 2 anos:

Naufrágio Chinês

San Eustatius, Oranjestad_SE

Queen Trigger Fish, no Hangover Reef, na costa de Statia - Caribe

Queen Trigger Fish, no Hangover Reef, na costa de Statia - Caribe


Naufrágio chinês na baia de Oranjestad, o Chian Tong é uma embarcação de 45m de comprimento, há 26m de profundidade, deitada no fundo do mar em posição de navegação. Hélice, convés e cabine de comando podem ser facilmente avistados. Algumas penetrações são permitidas, na parte traseira tem uma passagem bacana por um corredor onde dá para explorar um pouco mais da estrutura interna do navio, muito bacana. É um recife artificial que serve de casa para milhares de peixes como o peixe-vaca, alguns peixes tambores pintados e diversas outras espécies graciosas. Um grupo deles estava aproveitando o coral incrustado na embarcação para coçar a barriga e nadadeiras, parecia uma dancinha que faziam um a um, muito engraçados!

Peixe-Tambor pintado, no Hangover Reef, na costa de Statia - Caribe

Peixe-Tambor pintado, no Hangover Reef, na costa de Statia - Caribe


Ao lago dele fica outra embarcação menor que serve de casa para lagostas imensas e peixinhos olhudos que vivem enfiados nos buracos dos corais aguardando a hora de atacar sua minúscula caça.

Pequeno camarão azulado (no centro da foto), no naufrágio Charlie Brown, na costa de Statia - Caribe

Pequeno camarão azulado (no centro da foto), no naufrágio Charlie Brown, na costa de Statia - Caribe


O mergulho foi uma delícia, nossa despedida de Statia e a melhor notícia é que desta vez mergulhei com o meu dupla, finalmente recuperado! Rodrigo se sentiu melhor e resolveu tentar, para pelo menos ter uma memória subaquática aqui de St. Eustatius. A única má notícia foi que os dois cabeças de vento esqueceram a máquina fotográfica na pousada, ficamos sem fotos deste mergulho. De qualquer forma coloco algumas aqui das espécies avistadas, para dar um clima.

Peixe-esquilo, no naufrágio Charlie Brown, na costa de Statia - Caribe

Peixe-esquilo, no naufrágio Charlie Brown, na costa de Statia - Caribe


Após o mergulho pegamos logo uma carona com Marieke para a pousada, nos despedindo de Mike, Meno, Ingrid, Carol, Marco, toda a equipe da Scubaqua que nos recebeu tão bem nos mares de Statia. É chegada a hora de nos despedirmos desta ilha e com ela fechamos esta etapa caribenha. Hoje pegamos o vôo já no final da tarde de Oranjestad para St Maarten, onde dormimos mais uma noite antes de voar para o Suriname.

Chegando mais uma vez ao nosso velho conhecido, o aeroporto internacional de Juliana, em Sint Maarten

Chegando mais uma vez ao nosso velho conhecido, o aeroporto internacional de Juliana, em Sint Maarten


O vôo de volta foi emocionante, pegamos os primeiros acentos no avião da winair, logo atrás do piloto e co-piloto. Tem que ser bom mesmo pra dirigir esse negócio. Os ventos estavam fortes e chovia muito, uma sensação de temporada de furacões chegando... mas ainda faltam uns dois meses para nos preocuparmos com isso. Sem dúvida quando virmos notícias de furacões no Caribe agora, olharemos atentos, com outros olhos e outro coração.

Chegando mais uma vez ao nosso velho conhecido, o aeroporto internacional de Juliana, em Sint Maarten

Chegando mais uma vez ao nosso velho conhecido, o aeroporto internacional de Juliana, em Sint Maarten

San Eustatius, Oranjestad_SE, Mergulho, Naufrágio, dive, Sint Eustatius, Caribbean, Statia, St Eustatius, história, recifes, wreck, Chian Tong

Veja todas as fotos do dia!

Quer saber mais? Clique aqui e pergunte!

Post anterior Indicações na trilha para o The Quill, em Statia - Caribe

Mazinga!

Post seguinte Visual totalmente caribenho em Philipsburg, capital de Sint Maarten - Caribe

Philipsburg à Paramaribo

Blog do Rodrigo Chegando mais uma vez ao nosso velho conhecido, o aeroporto internacional de Juliana, em Sint Maarten

De Volta à Sint Maarten

Comentários (1)

Participe da nossa viagem, comente!
  • 18/04/2011 | 17:57 por Ariana

    Ola Ana!!!!!

    Sou Ariana, a sua ex-vizinha, a de baixo do seu antigo apartamento...

    Entao, dei uma passadinha hoje no seu blog e estou encantada com a viagem de voces. Uma paisagem mais linda que a outra, um lugar mais encantador que o outro. Voces alem de serem corajosos, por causa daquelas cobras bizarras no Caribe, sao apaixonados pela natureza!!
    Muita sorte para voces e que a viagem seja cada dia um maior sucesso!!

    Resposta:
    Oi Ariana!!! Td bem? Não vejo a hora de chegar na Colômbia, sempre lembro de você! Quem sabe vc estará lá para nos visitar tb!?! Que bom q vc está viajando junto com a gente! Natureza é com a gente mesmo! Obrigada pelas energias positivas! Beijos!

Blog da Ana Blog da Rodrigo Vídeos Esportes Soy Loco A Viagem Parceiros Contato

2012. Todos os direitos reservados. Layout por Binworks. Desenvolvimento e manutenção do site por Race Internet