0 Mergulho Tek em Cayman - Blog da Ana - 1000 dias

Mergulho Tek em Cayman - Blog da Ana - 1000 dias

A viagem
  • Traduzir em português
  • Translate into English (automatic)
  • Traducir al español (automático)
  • Tradurre in italiano (automatico)
  • Traduire en français (automatique)
  • Übersetzen ins Deutsche (automatisch)
  • Hon'yaku ni nihongo (jidö)

lugares

tags

arqueologia cachoeira Caribe cidade histórica Estrada mar Mergulho Montanha parque nacional Praia Rio roteiro Trekking trilha

paises

Alaska Anguila Antígua E Barbuda Argentina Aruba Bahamas Barbados Belize Bermuda Bolívia Bonaire Brasil Canadá Chile Colômbia Costa Rica Cuba Curaçao Dominica El Salvador Equador Estados Unidos Galápagos Granada Groelândia Guadalupe Guatemala Guiana Guiana Francesa Haiti Hawaii Honduras Ilha De Pascoa Ilhas Caiman Ilhas Virgens Americanas Ilhas Virgens Britânicas Jamaica Martinica México Montserrat Nicarágua Panamá Paraguai Peru Porto Rico República Dominicana Saba Saint Barth Saint Kitts E Neves Saint Martin San Eustatius Santa Lúcia São Vicente E Granadinas Sint Maarten Suriname Trinidad e Tobago Turks e Caicos Venezuela

arquivo

SHUFFLE Há 1 ano: Há 2 anos:

Mergulho Tek em Cayman

Ilhas Caiman, George Town

A Ana segura uma arraia em Stingray City, em Grand Cayman

A Ana segura uma arraia em Stingray City, em Grand Cayman


Cayman não é apenas o paraíso do mergulho, como simples atração turística. É também o paraíso do mergulho técnico, por suas características submarinas como uma grande parede submarina há 200m da costa com mais de 3.000m de profundidade! Suas águas quentes, transparentes e profundas atraem mergulhadores recreacionais, técnicos e apneistas do mundo inteiro. Não é a toa que escolheram como sede para uma das principais competições mundiais de mergulho livre. Não sei dizer o que veio primeiro, os malucos querendo bater seus recordes de apnéia em águas profundas só no pulmão, ou os mergulhadores técnicos com o mesmo objetivo, porém estes muito bem equipados. Na ilha existem duas boas operadoras de mergulho técnico, a Dive Tek e a In Depth, formada por ex-funcionários da primeira. Fato é que mesmo utilizando técnicas completamente distintas estes dois grupos têm uma relação quase simbiótica, pois os mergulhadores técnicos fazem a segurança para os apneistas, que por sua vez podem chegar ainda mais fundo, sem precisar parecer pinheirinhos de natal, com meia-dúzia de caixas estanques ou um belo rebreather nas costas.

Prontos para mergulho técnico em West bay, no norte de Grand Cayman

Prontos para mergulho técnico em West bay, no norte de Grand Cayman


Enfim, a nossa paixão pelo mergulho é tanta que além dos mergulhos recreacionais, 98% dos mergulhos que realizamos, também entramos no imenso mundo do mergulho técnico. Tudo começou com o meu sonho de mergulhar em cavernas. O Rodrigo resolveu me presentear com um curso e levou a fundo essa história. Alguém que quer mergulhar em caverna precisa ter todo o conhecimento técnico para tal, começando por cursos de resgate e primeiros socorros, requeridos para a formação do dive master rec (recreacional) e para o curso Tek Lite. Feitos estes três cursos, aí pudemos seguir para o Intro to Cave, segundo nível do curso de mergulhadores “caverneiros”. Estes cursos foram parte da nossa preparação para esta aventura, já que em lugares como México e Flórida não poderíamos deixar de explorar suas belezas naturais, subterrâneas e subaquáticas.

Já na água, início de mergulho técnico em Turtle Reef, no norte de Grand Cayman

Já na água, início de mergulho técnico em Turtle Reef, no norte de Grand Cayman


Assim sendo, já mergulhamos em lugares como a Mina da Passagem, mina de ouro em Mariana – MG, diversos naufrágios profundos da costa brasileira, como o vapor 48 em Recife e a magnífica Corveta em Fernando de Noronha. Ainda assim somos apenas iniciantes nessa arte, pois a maior dificuldade é encontrar lugares com a estrutura necessária para os mergulhos técnicos, como garrafas duplas de ar, os gases especiais que compõe as misturas Trimix e um bom blender que possa entregar as misturas prontas. Aqui foi o primeiro lugar durante estes 1000dias que esta estrutura toda existia e estava super acessível! Não em preço, infelizmente, não é por acaso que a IANTD, operadora que certifica os instrutores e mergulhadores técnicos, é conhecida como “Input ANother Thousand Dollar”. Mas, já investimos em toda a formação e o equipamento, agora não tem mais volta, não podemos deixar de praticar e cair na água quando temos oportunidade.

Prontos para mergulho técnico em West bay, no norte de Grand Cayman

Prontos para mergulho técnico em West bay, no norte de Grand Cayman


Já havíamos feito uma primeira reunião com Nat, o proprietário e instrutor da In Depth, para combinar o perfil do mergulho para que ele e sua equipe preparassem todo o material necessário. Trimix 20/30 (20% Hélio/ 30% Oxigênio/ 50% Nitrogênio) e o stage de descompressão com 70% de Oxigênio.

Já na água, início de mergulho técnico em Turtle Reef, no norte de Grand Cayman

Já na água, início de mergulho técnico em Turtle Reef, no norte de Grand Cayman


Já que éramos apenas dois, elegemos o ponto de mergulho mais próximo à costa, para não precisarmos fretar um barco especialmente para nós. Fizemos a saída da costa, utilizando a infra de um resort de mergulho em West Bay. Jeff foi o instrutor que nos acompanhou, Nat preparou os equipamentos, revisamos o planejamento e seguimos para a o Turtle Reef.

Nadando em direção ao início do mergulho técnico em Turtle Reef, em Grand Cayman, nas Ilhas Caiman

Nadando em direção ao início do mergulho técnico em Turtle Reef, em Grand Cayman, nas Ilhas Caiman


A parede de uma montanha gigante, revestida de corais e esponjas imensos e com uma vista para o fundo infinito e azul maravilhosa. Fomos aos 53m de profundidade, justo onde encontrávamos um penhasco submarino que despencava para os 2, 3, 4 mil metros! O ponto faz jus ao nome, encontramos lá no fundo grandes tartarugas verdes se alimentando tranquilamente das esponjas, das mais saudáveis que já vimos, as esponjas e as tartarugas!
Logo ali, a mais de 60m de profundidade, começava um curioso túnel vertical na parede rochosa. Sua entrada redonda como um Dunkin Donut nos chamava hipnoticamente, mas nós resistimos bravamente, pensando: “eu voltarei!” Depois fomos saber lá começa o túnel e sua saída principal está aos 80m! É, ficou para uma próxima vez.

O barco que vai nos levar à Stingray City, em Grand Cayman

O barco que vai nos levar à Stingray City, em Grand Cayman


Após um breve almoço no hotel, seguimos para a programação da tarde, um mergulho na Stingray City. Uma das principais atrações turísticas de Cayman, a Cidade das Arraias é uma área protegida por corais com uma profundidade de 3 a 4m, não mais que isso. As arraias estão acostumadas a se alimentar nessa área, pois o local é o porto de descanso e limpeza de peixes trazidos pelos pescadores.

A famosa Stingray City, em Grand Cayman

A famosa Stingray City, em Grand Cayman


Nós levamos o mais importante, um pote e uma mamadeira de lulas, a comida preferida das stingrays. As bichinhas são espertas e já sabem que vamos lá para brincar com elas, tocá-las e nos maravilharmos. Tudo isso, é claro, em troca de umas lulinhas básicas. Jeff, nosso instrutor, já está acostumado a levar turistas lá, mas confessou que ficou surpreso de ver dois mergulhadores técnicos caírem para uma parada de segurança de uma hora depois de um mergulho tão lindo e profundo. Bem, não é por sermos tão conservadores, mas sim por que a experiência com essas borboletas marinhas é simplesmente fantástica!

Prontos para mergulhar em Stingray City, em Grand Cayman

Prontos para mergulhar em Stingray City, em Grand Cayman


Como nem tudo na vida é perfeito, não conseguimos tirar nenhuma foto sub com elas, pois a nossa máquina sub inundou no mergulho anterior... ficamos sem fotos das tartarugas, da imensa parede e sobrou apenas essa foto que conseguimos tirar trazendo uma das nossas amigas para a superfície. Há também a opção de ir até um banco de areia próximo com a água na cintura e brincar com as arraias ali, no rasinho, pegando, tirando da água, dando beijinhos e tudo. São experiências diferentes e igualmente mágicas.

Fim de tarde em 7 Mile Beach, em Grand Cayman

Fim de tarde em 7 Mile Beach, em Grand Cayman


Nossa última noite em Grand Cayman, não poderia passar sem vermos uma última vez os nossos amigos André, Mercedes e Isabela (coming soon), que saíram do trabalho e foram nos encontrar na 7 Mile Beach. Caminhamos na praia, jogamos conversa fora e vimos juntos um lindo pôr-do-sol, torcendo para que a Isabela venha logo para podermos conhecê-la! Dia de despedida em alto estilo em Grand Cayman, das profundezas da big wall, às piscinas da Stingray City e fechando com um belo final de tarde acompanhado de bons amigos na 7 Mile Beach. Acho que agora sim estamos prontos para ir.

Com o André e a Mercedes em 7 Mile Beach, em Grand Cayman

Com o André e a Mercedes em 7 Mile Beach, em Grand Cayman

Ilhas Caiman, George Town, Mergulho, Cayman Islands

Veja todas as fotos do dia!

Não se acanhe, comente!

Post anterior Voltando para o barco em Three Trees, em Grand Cayman, nas Ilhas Caiman

Dive in Cayman

Post seguinte A pequena praia de nossa deliciosa pousada em Little Cayman, nas Ilhas Caiman

Little Cayman

Blog do Rodrigo Prontos para mergulho técnico em West bay, no norte de Grand Cayman

No Fundo e no Raso

Comentários (0)

Participe da nossa viagem, comente!
Blog da Ana Blog da Rodrigo Vídeos Esportes Soy Loco A Viagem Parceiros Contato

2012. Todos os direitos reservados. Layout por Binworks. Desenvolvimento e manutenção do site por Race Internet