0 Labadie, très Jolie! - Blog da Ana - 1000 dias

Labadie, très Jolie! - Blog da Ana - 1000 dias

A viagem
  • Traduzir em português
  • Translate into English (automatic)
  • Traducir al español (automático)
  • Tradurre in italiano (automatico)
  • Traduire en français (automatique)
  • Übersetzen ins Deutsche (automatisch)
  • Hon'yaku ni nihongo (jidö)

lugares

tags

arqueologia cachoeira Caribe cidade histórica Estrada mar Mergulho Montanha parque nacional Praia Rio roteiro Trekking trilha

paises

Alaska Anguila Antígua E Barbuda Argentina Aruba Bahamas Barbados Belize Bermuda Bolívia Bonaire Brasil Canadá Chile Colômbia Costa Rica Cuba Curaçao Dominica El Salvador Equador Estados Unidos Galápagos Granada Groelândia Guadalupe Guatemala Guiana Guiana Francesa Haiti Hawaii Honduras Ilha De Pascoa Ilhas Caiman Ilhas Virgens Americanas Ilhas Virgens Britânicas Jamaica Martinica México Montserrat Nicarágua Panamá Paraguai Peru Porto Rico República Dominicana Saba Saint Barth Saint Kitts E Neves Saint Martin San Eustatius Santa Lúcia São Vicente E Granadinas Sint Maarten Suriname Trinidad e Tobago Turks e Caicos Venezuela

arquivo

SHUFFLE Há 1 ano: Há 2 anos:

Labadie, très Jolie!

Haiti, Labadee

Saindo para trtabalhar em Labadee, na costa norte do Haiti

Saindo para trtabalhar em Labadee, na costa norte do Haiti


Um paraíso escondido, não apenas pelo medo que existe embutido no nome Haiti, mas por ter sido arrendado por uma companhia de cruzeiros até 2040. Labadie é uma vila no litoral norte do Haiti, a 30 minutos de Cap-Haitien. A vila tem acesso apenas por barco do pequeno porto vizinho a Labadee Beach, uma espécie de praia e parque aquático criada pela Royal Caribbean para desembarcar os turistas dos seus navios de cruzeiro que passam aqui pelo Haiti.

Labadee, na costa norte do Haiti

Labadee, na costa norte do Haiti


Estrutura que recebe os passageiros dos cruzeiros que chegam à Labadee, na costa norte do Haiti

Estrutura que recebe os passageiros dos cruzeiros que chegam à Labadee, na costa norte do Haiti


Para chegar a Labadie e à Paradise Beach pegamos um taptap na Rua 21, logo atrás do estádio da cidade. 15 minutos de espera e logo a lotação lotou e lá fomos nós, na caçamba aberta da caminhonete, com as melhores vistas a cada curva do caminho. Eis que chegamos a um portão: “Propriedade Particular” e alguns metros abaixo passamos por uma casa de guardas. Dali em diante só podem passar moradores, empregados da Royal-Caribbean, táxis, moto-táxis e turistas branquelos desavisados. Nós nem notamos, mas um local mais tarde me explicou, haitianos “comuns” não entram. Será possível?!?

De Taptap, a caminho de Labadee, na costa norte do Haiti

De Taptap, a caminho de Labadee, na costa norte do Haiti


No portinho decidimos seguir viagem com os nossos colegas do taptap até a vila de Labadie. Lá já fomos acompanhados o tempo todo por um simpático barqueiro que falava inglês e queria nos levar ao nosso destino final, Paradise Beach, uma das praias mais lindas da região.

Canoa em Paradise Beach, perto de Labadee, na costa norte do Haiti

Canoa em Paradise Beach, perto de Labadee, na costa norte do Haiti


A tripulação de nosso barco em Labadee, na costa norte do Haiti

A tripulação de nosso barco em Labadee, na costa norte do Haiti


Andamos pela vila, assuntamos com o dono do bar e fiquei amiga de uma mocinha que andava por ali, em busca de um colo amigo. Ela estendeu os braços e eu não quis mais largar, linda, queridíssima e tão pequenininha que ainda nem sabia falar. Mas para que falar se tem esses olhos tão doces e esse jeito tão meigo? Andei com ela para lá e para cá, até que o nosso barqueiro nos ajudou a achar seu irmão. Um certo alívio, se descubro que é órfã eu não ia conseguir larga-la nunca mais.

Amiguinha nova em Labadee, na costa norte do Haiti

Amiguinha nova em Labadee, na costa norte do Haiti


Com o barqueiro barganhamos bastante, mas logo descobrimos que não o suficiente. Ele nos levou por 1000 Gourdes, contra 800 de um casal com quem conversamos mais tarde, para a nossa praia praticamente particular e sem milhares de infláveis e outros apetrechos. Um paraíso natural, com um rio de águas cristalinas que brota das montanhas, corais que formam uma piscina natural e areias brancas como talco.

Pensativo sobre a vida em Paradise beach, perto de Labadee, na costa norte do Haiti

Pensativo sobre a vida em Paradise beach, perto de Labadee, na costa norte do Haiti


A fantástica Paradise Beach, perto de Labadee, na costa norte do Haiti

A fantástica Paradise Beach, perto de Labadee, na costa norte do Haiti


Um pequeno rio de águas geladas, doce e transparente, na praia Paradise, perto de Labadee, na costa norte do Haiti

Um pequeno rio de águas geladas, doce e transparente, na praia Paradise, perto de Labadee, na costa norte do Haiti


Tudo era tão perfeito que eu nem imaginei que aqueles “pompons” verdinhos que eu chutei na beira do mar não eram plantas e sim ouriços! Me deixaram com um punhado de espinhos no pé, mas num paraíso como este a dor logo passou e esqueci que eles estavam ali no meu polegar.

Aproveitando o sol, a praia e a vida em Paradise Beach, perto de Labadee, na costa norte do Haiti

Aproveitando o sol, a praia e a vida em Paradise Beach, perto de Labadee, na costa norte do Haiti


Durante os dias em que os cruzeiros aportam aqui a praia tem um bar funcionando, cadeiras espalhadas pela areia e alguns poucos turistas que se aventuram a ir além das grades de proteção. Hoje éramos apenas eu, o Rodrigo, um casal franco-canadense que vive em Jacmel e o responsável pela praia, que a mantém limpa em troca de uma pequena colaboração.

Chegando à Paradise Beach, perto de Labadee, na costa norte do Haiti

Chegando à Paradise Beach, perto de Labadee, na costa norte do Haiti


Uma simpática jangada nos mares de Labadee, na costa norte do Haiti

Uma simpática jangada nos mares de Labadee, na costa norte do Haiti


No final da tarde Christian veio nos buscar e nos levou direto para o portinho onde esperamos por quase uma hora por um taptap, enquanto negociávamos um moto-táxi, tomávamos uma cervejinha e eu (analfabeta) tentava interagir com os locais em creole. Provei um polvo fresquinho e delicioso da tia que cozinha no barraco e demos umas risadas com as mímicas e difíceis interações.

Botequinho enquanto esperamos a condução de Labadee à Cap-Haitien, na costa norte do Haiti

Botequinho enquanto esperamos a condução de Labadee à Cap-Haitien, na costa norte do Haiti


Nosso motorista entre Labadee e Cap-Haitien, no norte do Haiti

Nosso motorista entre Labadee e Cap-Haitien, no norte do Haiti


Enquanto víamos as canoas passarem tentamos fazer um ranking das praias por onde passamos nesses 1000dia, tarefa difícil! Entre todas as ilhas do Caribe, o litoral pacífico e atlântico da América do Norte, Central e do Sul, ilhas como Hawaii, Galápagos e Noronha digo que é uma tarefa quase impossível, pois mesmo as praias podem ser divididas em categorias e escolher a melhor de todas elas é uma grande responsabilidade. Como nessa viagem só levamos a sério mesmo a nossa vontade de conhecer, nos divertir e compartilhar com vocês resolvemos não nos preocupar com os números, mas simplesmente em dizer que esta é, sem dúvida alguma uma das praias mais lindas das Américas!

Voltando de barco para Labadee, na costa norte do Haiti

Voltando de barco para Labadee, na costa norte do Haiti

Haiti, Labadee, Praia, Top, Paraíso, Caribe, Paradise Beach, Labadee Beach, Labadie

Veja todas as fotos do dia!

Participe da nossa viagem, comente!

Post anterior Visitando as impressionantes ruínas do Palácio de Sans-Souci, no caminho para a Citadelle, no norte do Haiti

Citadelle e San Souci

Post seguinte Meninas no interior da catedral de Cap-Haitien, cidade na costa norte do Haiti

Por um Novo Haiti

Blog do Rodrigo A fantástica Paradise Beach, perto de Labadee, na costa norte do Haiti

A Incrível Paradise Beach

Comentários (3)

Participe da nossa viagem, comente!
  • 28/06/2013 | 16:08 por germania

    deberias venir a tucacas son playas e islas hermosas de aguas claras y tibias , los cayon bellisimos como cayo sombrero , boca seca las playas de morrocoy las mejores de venezuela estan en el estado falcon . !!!

    Resposta:
    Hola Germania! Sí, nosotros fuimos a Tucacas y el Parque Nacional Morrocoy! Lindisimo!!! Si quieres ya puede ver las fotos y el post de Rodrigo en el link - http://www.1000dias.com/rodrigo/parque-nacional-morrocoy/. Son hermosas las islas! Besos!

  • 05/06/2013 | 18:57 por Lurdes

    Olá meus amigos ,que paraíso vcs nos mostram,lindo demais,um grande abraço

    Resposta:
    Obrigada Lurdes! Adoramos a sua companhia! Bjos!

  • 05/06/2013 | 13:04 por Paulo Pereira

    Assim fica difícil eleger um local ou praia favorito:)
    Tento, diariamente, ver as fotos e os artigos referentes a um local. Comecei pelo Caribe, olhando as ilhas, lendo as histórias. Já tinha escolhido Anguila como O paraíso, local para passar a reforma, em caso de bonança financeira. Mas agora, vendo esta praia, apropriadamente chamada de Paradise, fiquei indeciso. Que dilema!:)

    Vocês tomam alguns cuidados especiais com a segurança, nos vários locais que visitam? Pergunto isto porque a ideia que tinha do Haiti era a de um País algo inseguro. Provavelmente pode ser efeito de ler histórias sobre a City of Soleil, que me levam a ter essa sensação de País inseguro...

    Resposta:
    Olá Paulo! Brasileiros que somos já estamos acostumados a não facilitar as situações de perigo, viajar de dia, sempre nos informamos sobre a segurança dos locais com pessoas de confiança, nos hotéis e restaurantes. Nosso principio para viajar em qualquer lugar é que sabemos que lá existem pessoas normais, como eu e você, que vivem uma vida, tem filhos, vão à escola, etc. Então, se eles podem viver lá, nós podemos passar uma semana sem problemas! O Haiti é lindo e dentre tanta pobreza e dificuldade pudemos encontrar um povo forte e lugares maravilhosos como este!

Blog da Ana Blog da Rodrigo Vídeos Esportes Soy Loco A Viagem Parceiros Contato

2012. Todos os direitos reservados. Layout por Binworks. Desenvolvimento e manutenção do site por Race Internet