0 Huuuge Wall - Blog da Ana - 1000 dias

Huuuge Wall - Blog da Ana - 1000 dias

A viagem
  • Traduzir em português
  • Translate into English (automatic)
  • Traducir al español (automático)
  • Tradurre in italiano (automatico)
  • Traduire en français (automatique)
  • Übersetzen ins Deutsche (automatisch)
  • Hon'yaku ni nihongo (jidö)

lugares

tags

arqueologia cachoeira Caribe cidade histórica Estrada mar Mergulho Montanha parque nacional Praia Rio roteiro Trekking trilha

paises

Alaska Anguila Antígua E Barbuda Argentina Aruba Bahamas Barbados Belize Bermuda Bolívia Bonaire Brasil Canadá Chile Colômbia Costa Rica Cuba Curaçao Dominica El Salvador Equador Estados Unidos Galápagos Granada Groelândia Guadalupe Guatemala Guiana Guiana Francesa Haiti Hawaii Honduras Ilha De Pascoa Ilhas Caiman Ilhas Virgens Americanas Ilhas Virgens Britânicas Jamaica Martinica México Montserrat Nicarágua Panamá Paraguai Peru Porto Rico República Dominicana Saba Saint Barth Saint Kitts E Neves Saint Martin San Eustatius Santa Lúcia São Vicente E Granadinas Sint Maarten Suriname Trinidad e Tobago Turks e Caicos Venezuela

arquivo

SHUFFLE Há 1 ano: Há 2 anos:

Huuuge Wall

Ilhas Caiman, Little Cayman

Grandes esponjas nas pareds do Randy's Gazeboo, em Little Cayman, nas Ilhas Caiman

Grandes esponjas nas pareds do Randy's Gazeboo, em Little Cayman, nas Ilhas Caiman


A rotina de mergulhos continua! Hoje começamos o dia cedo, direto no Holiday Divers, nosso barco no Little Cayman Beach Resort. Segundo dia de mergulho é sempre mais fácil, a burocracia já está feita, os equipamentos já estão prontos e nós também já conhecemos melhor como funciona todo o esquema.

Fim do primeiro mergulho (no Marilyn's Cut) em Little Cayman, nas Ilhas Caiman

Fim do primeiro mergulho (no Marilyn"s Cut) em Little Cayman, nas Ilhas Caiman


O dia estava maravilhoso, céu azul, mar tranquilo e naquele tom azul piscina inacreditável! Fomos direto para a Bloddy Bay e o primeiro ponto de mergulho foi o Jackson´s Reef and Wall. Vários corais se encontram com a areia e formam pequenas cavernas e algumas passagens para a o paredão, que despenca verticalmente aos 4.000m de profundidade. Foi o lugar que mais vimos lions fishes, alguns imensos, lá nos 30m de profundidade. Poderíamos ficar facilmente explorando só este ponto por uma semana, de tantas entradas, túneis e cavernas que ele tem, além das diferentes paisagens formadas pelo paredão, que com um bom preparo tek poderia ser visto muito mais do fundo.

Incrível mergulho no Marilyn's Cut, em Little Cayman, nas Ilhas Caiman

Incrível mergulho no Marilyn"s Cut, em Little Cayman, nas Ilhas Caiman


A parede revestida de esponjas e corais de cores super vivas e muito bem preservados. A paisagem é um verdadeiro espetáculo, adicione ainda os peixes caribenhos, sempre coloridos e curiosos e o mergulho finalmente comprova o motivo de ser mundialmente reconhecido. Um lugar mágico, absolutamente maravilhoso!

Para termos certeza de que esse é o barco correto (no Randy's Gazeboo, em Little Cayman, nas Ilhas Caiman)

Para termos certeza de que esse é o barco correto (no Randy's Gazeboo, em Little Cayman, nas Ilhas Caiman)


Depois deste qualquer ponto parece ser imbatível, mas ainda seguimos para o Lea Lea´s Lookout, mais um ponto ao lado da imensa parede, garoupas, uma tartaruga, diversos peixinhos multicoloridos e até um lindo cavalo marinho amarelo encontrado pela Roxy para seus turistas mergulhadores.

Tartaruga nada tranquilamente no Randy's Gazeboo, em Little Cayman, nas Ilhas Caiman

Tartaruga nada tranquilamente no Randy's Gazeboo, em Little Cayman, nas Ilhas Caiman


Fechamos com chave de ouro os mergulhos, só não foi melhor por que a bateria da nossa máquina sub acabou no começo do primeiro mergulho. Deixo aqui algumas fotos ilustrativas, senão também não tem graça! Rsrs!

Fotografando peixes no Marilyn's Cut, em Little Cayman, nas Ilhas Caiman

Fotografando peixes no Marilyn"s Cut, em Little Cayman, nas Ilhas Caiman


A tarde, depois de uma saladinha e um pouco de trabalho na internet, finalmente consegui convencer o Rodrigo de sairmos no caiaque duplo para explorar as vizinhanças. A baía é rodeada por uma barreira coralínea, uma ilha ao fundo e uma margem verde de manguezais intercalada por casas.

Passeio de caiaque em Little Cayman, nas Ilhas Caiman

Passeio de caiaque em Little Cayman, nas Ilhas Caiman


Remamos na rasa baía, que não atinge mais de 1,60 de profundidade e as vezes chega a ter apenas 20cm! O caiaque é ótimo para isso, passamos por todos os bancos de areia ilesos, até chegar à praia de areias brancas e águas tranquilas na ilha que ajuda a proteger a baía. Famílias de veranistas estrangeiros se divertiam na praia com suas crianças e cachorro, na praia praticamente particular.

Chegando à praia idílica de caiaque, em Little Cayman, nas Ilhas Caiman

Chegando à praia idílica de caiaque, em Little Cayman, nas Ilhas Caiman


Resolvemos contornar a ilha para voltar ao nosso deck, margeando os corais que já começavam a receber novamente as garças no final da tarde. Uma luz linda, o sol se pondo, uma brisa fresca e agradável tornou a empreitada super prazerosa. Exercício e lazer puros!

Chegando à ilhota de caiaque, em Little Cayman, nas Ilhas Caiman

Chegando à ilhota de caiaque, em Little Cayman, nas Ilhas Caiman


Assistimos ao pôr-do-sol tomando uma cervejinha no deck, nosso local preferido da pousada. Nossos vizinhos nos fizeram companhia e ainda nos passaram algumas dicas valiosas de como chegar aos 50 anos com tamanha saúde e disposição! Gil começou a praticar kite surf aos 42 anos, hoje tem 52 e está super em forma! Boa alimentação, praticar esportes ao menos três vezes por semana, bastante sono e cabeça jovem são as dicas gerais, mas alguns segredinhos como comer muito brócolis e trocar a cerveja pelo champagne (mais sabor e menos calorias) são alguns deles.

Admirando o espetáculo diário do pôr-do-sol em Little Cayman, nas Ilhas Caiman

Admirando o espetáculo diário do pôr-do-sol em Little Cayman, nas Ilhas Caiman


Nesse mesmo clima, Gil e Johnny resolveram convidar a todos para uma apetitosa salada, acompanhada de frango, muitos brócolis trazidos direto da Inglaterra e um bom bate papo. Uma pena ficarmos tão pouco tempo, o vento já começou a soprar e amanhã eles estarão na água com seus respectivos kites. Esse é outro esporte que eu tenho vontade, mas é preciso dedicação para aprender. São poucos os lugares que saímos já pensando que teremos que voltar... sem dúvida Little Cayman é um deles.

Tentando levantar o kitesurf na baía em frente ao Sunset Cove, nosso hotel em Little Cayman, nas Ilhas Caiman

Tentando levantar o kitesurf na baía em frente ao Sunset Cove, nosso hotel em Little Cayman, nas Ilhas Caiman

Ilhas Caiman, Little Cayman, Mergulho, Cayman Islands

Veja todas as fotos do dia!

Faz um bem danado receber seus comentários!

Post anterior Mergulhando no Randy's Gazeboo, em Little Cayman, nas Ilhas Caiman

Big Wall in Little Cayman

Post seguinte Artista de rua em Havana, capital de Cuba

Aperitivo Havano

Blog do Rodrigo Chegando à ilhota de caiaque, em Little Cayman, nas Ilhas Caiman

Curtindo Little Cayman

Comentários (0)

Participe da nossa viagem, comente!
Blog da Ana Blog da Rodrigo Vídeos Esportes Soy Loco A Viagem Parceiros Contato

2012. Todos os direitos reservados. Layout por Binworks. Desenvolvimento e manutenção do site por Race Internet