0 Hasta La Vista Havana! - Blog da Ana - 1000 dias

Hasta La Vista Havana! - Blog da Ana - 1000 dias

A viagem
  • Traduzir em português
  • Translate into English (automatic)
  • Traducir al español (automático)
  • Tradurre in italiano (automatico)
  • Traduire en français (automatique)
  • Übersetzen ins Deutsche (automatisch)
  • Hon'yaku ni nihongo (jidö)

lugares

tags

arqueologia cachoeira Caribe cidade histórica Estrada mar Mergulho Montanha parque nacional Praia Rio roteiro Trekking trilha

paises

Alaska Anguila Antígua E Barbuda Argentina Aruba Bahamas Barbados Belize Bermuda Bolívia Bonaire Brasil Canadá Chile Colômbia Costa Rica Cuba Curaçao Dominica El Salvador Equador Estados Unidos Galápagos Granada Groelândia Guadalupe Guatemala Guiana Guiana Francesa Haiti Hawaii Honduras Ilha De Pascoa Ilhas Caiman Ilhas Virgens Americanas Ilhas Virgens Britânicas Jamaica Martinica México Montserrat Nicarágua Panamá Paraguai Peru Porto Rico República Dominicana Saba Saint Barth Saint Kitts E Neves Saint Martin San Eustatius Santa Lúcia São Vicente E Granadinas Sint Maarten Suriname Trinidad e Tobago Turks e Caicos Venezuela

arquivo

SHUFFLE Há 1 ano: Há 2 anos:

Hasta La Vista Havana!

Cuba, Havana, Santa Clara

Rua no centro de Havana, em Cuba

Rua no centro de Havana, em Cuba


Foram pouco menos de 15 horas de ônibus de Santiago de Cuba à Havana, com direito a duas paradas. A primeira, nada agradável, foi na cidade de Guaiamiro. Acordamos com o ônibus todo esfumaçado, parecia que estava pegando fogo! Era o ar condicionado que havia quebrado. Levou alguns minutos para entendermos o que estava acontecendo, pois estávamos em um sono profundo. Como eu tinha passado mal o dia inteiro, tomei um paracetamol que tinha uma dose de dramin junto e aí já viram eu dormi até no banco da praça esperando os motoristas darem um jeito no tal ar-condicionado.

Salão da rodoviária de Santa Clara, em Cuba

Salão da rodoviária de Santa Clara, em Cuba


A segunda parada foi em Santa Clara, onde ocorreu uma das últimas e mais importantes batalhas da Revolução Cubana, liderada pelo argentino Che Guevara. Lá está o memorial sobre o Che e sua estátua. Infelizmente a parada foi de apenas 10 minutos e logo tivemos que seguir. Há males que vem para o bem, com o ar condicionado quebrado, o motorista resolveu pisar mais fundo já que as janelas eram travadas e o calor estava começando a pegar.

Homenagem a Che em Santa Clara, em Cuba

Homenagem a Che em Santa Clara, em Cuba


Chegamos pouco antes do meio dia e fomos direto para a casa da Dona Margarita. Quando ligamos para reservar ela nos disse que não teria lugar, mas gostou tanto do casal aqui que rearranjou seus hóspedes para outra casa e liberou um quarto para ficarmos, que amor! Super acolhidos e bem instalados, resolvemos ir ao mercadão de El Vedado para comprar frutas e legumes para uma sopa, receita da família para dietas e enfermos.

Reencontro com a Dona Margarita em Havana, em Cuba

Reencontro com a Dona Margarita em Havana, em Cuba


Fiquei cozinhando com a agradável companhia da Dona Margarita que continuou me contando histórias da sua vida, sobre seus filhos e viagens. Há poucos dias ela completou 83 anos e continua ativa e muito independente! Todos os dias vai comprar frutas e verduras frescas para o café da manhã de seus hóspedes, diz que o segredo para a sua saúde é manter-se ocupada e trabalhando sempre!

Rua de Havana, em Cuba, com o Capitólio ao fundo

Rua de Havana, em Cuba, com o Capitólio ao fundo


Aproveitamos aquela luz mágica de final de tarde para passear pela Havana Vieja, suas ruelas e seus edifícios antigos. Nos perdemos nas ruas da verdadeira Havana, a parte “feia” que poucos turistas gostam de conhecer, onde a realidade da revolução se mostra clara e cruamente, onde a simplicidade se mistura com as cores e a alegria desse povo maravilhoso.

Moradia no centro histórico de Havana, em Cuba

Moradia no centro histórico de Havana, em Cuba


Sentamo-nos na Plaza Vieja, tomamos um refresco enquanto observávamos os colegiais passando e a sessão de fotos de uma noiva. Revisitamos a Plaza de Armas onde me diverti pesquisando e barganhando na compra de um livro que Laura havia encomendado, um álbum de figurinhas da revolução cubana.

Escolares atravessam a Plaza Vieja, no centro de Havana, em Cuba

Escolares atravessam a Plaza Vieja, no centro de Havana, em Cuba


Processo de restauração da Plaza Vieja, co centro de Havana, em Cuba

Processo de restauração da Plaza Vieja, co centro de Havana, em Cuba


Todas as barraquinhas têm, a maioria é cópia do original, algumas bem feitas, outras nem tanto. Alguns deles possuíam o álbum original, todo podre caindo aos pedaços, semi-restaurado com fitas crepes. Este, pela autenticidade custaria 100 dólares ou mais! Enquanto a cópia bem fiel e inteirinha custou apenas 15. Bela compra, quem sabe um dia não faço uma cópia para mim também! Rsrs!

Prédios na Plaza Vieja, centro histórico de Havana, em Cuba

Prédios na Plaza Vieja, centro histórico de Havana, em Cuba


'Confraternização' em recanto do centro histórico de Havana, em Cuba

"Confraternização" em recanto do centro histórico de Havana, em Cuba


Hoje foi aquela típica tarde de despedida. Revisitamos lugares que havíamos gostado, descobrimos novos lugares que já não poderiam mais ser visitados, como o Museu de Guayasamín, pelo menos não desta vez. Aproveitei para comprar algumas lembranças e levar para nosso cicerone no México o melhor chocolate de Cuba, que se mantém até hoje com a mesma receita trazida pelos primeiros espanhóis que aqui chegaram.

Famosa loja de chocolate no centro de Havana, em Cuba

Famosa loja de chocolate no centro de Havana, em Cuba


Fechamos a noite no Jazz Café, bar tradicional com uma das melhores bandas de jazz da cidade, esperando Rafael e Laura chegarem para sua última noite em Cuba. O vôo deles quase foi cancelado e depois de um grande “forfé” eles conseguiram pegar outro vôo que saiu de Santiago depois da meia noite. Passaram a noite no avião e no aeroporto, já que a peregrinação para o Brasil começava as 4am no mesmo aeroporto.

Show no concorrido Jazz Café, em Havana - Cuba

Show no concorrido Jazz Café, em Havana - Cuba


Nós terminamos a noite no Submarino Amarillo, um bar temático dos Beatles e super transado. Pasmem, ele também é estatal! Impossível acreditar que Fidel tenha aprovado verba para construção de um lugar tão legal como este! rsrsrs! Fomos dormir sem nos despedir de nossos companheiros de viagem, o que só me faz crer que este será mais um até logo, os esperamos no próximo destino!

Decoração de bar em homenagem aos Beatles em Havana - Cuba

Decoração de bar em homenagem aos Beatles em Havana - Cuba

Cuba, Havana, Santa Clara, cidade histórica, Havana Vieja

Veja todas as fotos do dia!

Comentar não custa nada, clica aí vai!

Post anterior O glorioso entardecer no Castillo San Pedro del Morro, ao sul de  Santiago de Cuba

Santiago em 1 dia

Post seguinte Plantação de tabaco em Pinar del rio, no oeste de Cuba

Pinar del Rio e o Tabaco

Blog do Rodrigo Rua no centro de Havana, em Cuba

Mais Um Dia em Havana

Comentários (3)

Participe da nossa viagem, comente!
  • 22/01/2016 | 01:26 por Marcelo Barbosa

    achei um bar temático dos beatles em varadero e em trinidad!

  • 02/02/2015 | 17:21 por Magá

    Olá... tudo bem?

    Por acaso tem o contato da D. Margarida?

    Obrigada

    Resposta:
    Oi Magá, tenho sim, você encontra esta e todas as informações neste link - http://www.1000dias.com/ana/dicas-praticas-de-cuba/
    Beijos e boa viagem!

  • 29/04/2012 | 12:27 por Jorge

    Ola Ana, meu nome Jorge, grato pelas lindas fotos tomdas do meu pais, FELICIACIONES

    Resposta:
    Hola Jorge! Seu país é lindíssimo e apaixonante!

Blog da Ana Blog da Rodrigo Vídeos Esportes Soy Loco A Viagem Parceiros Contato

2012. Todos os direitos reservados. Layout por Binworks. Desenvolvimento e manutenção do site por Race Internet