0 Encontro marcado - Blog da Ana - 1000 dias

Encontro marcado - Blog da Ana - 1000 dias

A viagem
  • Traduzir em português
  • Translate into English (automatic)
  • Traducir al español (automático)
  • Tradurre in italiano (automatico)
  • Traduire en français (automatique)
  • Übersetzen ins Deutsche (automatisch)
  • Hon'yaku ni nihongo (jidö)

lugares

tags

arqueologia cachoeira Caribe cidade histórica Estrada mar Mergulho Montanha parque nacional Praia Rio roteiro Trekking trilha

paises

Alaska Anguila Antígua E Barbuda Argentina Aruba Bahamas Barbados Belize Bermuda Bolívia Bonaire Brasil Canadá Chile Colômbia Costa Rica Cuba Curaçao Dominica El Salvador Equador Estados Unidos Galápagos Granada Groelândia Guadalupe Guatemala Guiana Guiana Francesa Haiti Hawaii Honduras Ilha De Pascoa Ilhas Caiman Ilhas Virgens Americanas Ilhas Virgens Britânicas Jamaica Martinica México Montserrat Nicarágua Panamá Paraguai Peru Porto Rico República Dominicana Saba Saint Barth Saint Kitts E Neves Saint Martin San Eustatius Santa Lúcia São Vicente E Granadinas Sint Maarten Suriname Trinidad e Tobago Turks e Caicos Venezuela

arquivo

SHUFFLE Há 1 ano: Há 2 anos:

Encontro marcado

Bahamas, New Providence - Nassau

Mergulho com tubarões feito em Nassau - Bahamas

Mergulho com tubarões feito em Nassau - Bahamas


Já mergulhei com tubarões, lembro da primeira vez como se fosse hoje. Foi em 2001, eu estava na Indonésia, mais precisamente em Gili Islands, Lombok. Resolvi fazer o curso de mergulho avançado para poder vê-los de perto, já que o Shark Point ficava a uns 30m de profundidade. Este seria oficialmente o meu primeiro mergulho abaixo dos 18m, mas só entre nós... oficialmente! Eu já tinha passado dos 18 no meu primeiro batismo no mar! Tsc,tsc,tsc! Acabei fazendo o Adventure Diver e o check-out do profundo foi no shark point. Lá vimos uns cinco tubarões pintados, todos entre dois e três metros, mas mantivemos uma distância respeitável. Quase me escondia atrás dos corais, para ficar bem perto sem incomodá-los, como se eles não fossem notar. Saí de lá super entusiasmada, porém demorei a ver tubarões novamente.

Os tubarões são peixes especiais, estão aqui neste planeta desde o tempo dos dinossauros. São o topo da cadeia alimentar marinha, por isso tem a maior fama de maus. Foram rotulados como assassinos por Hollywood e perseguido pelos japoneses pela sua deliciosa carne e valiosas barbatanas. Mas esquecemos que são apenas peixes, grandes, cheios de dentes, mas animais que só vão usar esta força ou por instinto de defesa, ou de sobrevivência. Não são católicos, portanto nenhum deles comete o pecado da gula ou ira, são peixes. Engraçado que dos golfinhos ninguém tem medo, esquecem das orcas, belos golfinhos assassinos.

Em 2008 voltei a encontrá-los em Fernando de Noronha, mas de volta forma diferente. Em quase todos os mergulhos encontrávamos algum tubarão: lixa, bico-fino, limão. Todos lindos, estilosos. Alguns com mais cara de mau que outros, mas não precisávamos nos assustar, era só lembrar que todos ali eram todos muito bem alimentados, já que em Noronha comida de tubarão é o que não falta.

Mergulho com tubarões feito em Nassau - Bahamas

Mergulho com tubarões feito em Nassau - Bahamas


Nas Bahamas o mergulho com os tubarões é super famoso, já foi matéria das principais revistas, Globo Repórter, etc. Não foi a toa que escolhemos este lugar para mergulhar com os tubarões. Para quem mergulha isso é óbvio, mas vale lembrar aos não mergulhadores: mesmo que você vá para um mar que dizem ser repleto de tubarões, não significa que você vá realmente encontrá-los. Você tem que estar no lugar certo, na hora certa. Pois bem, o Stuart, dono da operadora de mergulho mais famosa em Nassau, descobriu o lugar em que quase toda hora é certa e se especializou nisso. Acho até que eles já possuem um contrato com os tubarões, o que para nós telespectadores não faria diferença alguma de fosse verdade. O espetáculo tem hora para começar, os tubarões sabem que logo terão o lanche da tarde ali, na Shark Arena. Quando descemos para o primeiro mergulho já os vemos nadando a poucos metros de nós, vários e de todos os tamanhos. Curioso mergulhar ao lado deles, sabendo que ali, dentro de instantes, temos um encontro marcado.

Mergulho com tubarões feito em Nassau - Bahamas

Mergulho com tubarões feito em Nassau - Bahamas


No primeiro mergulho vamos passear na barreira de corais vizinha. De um lado um aquário marinho: lion fishes, lindos e venenosos, corais, anêmonas, moréias e vários outros lindos peixinhos. Do outro lado, um azul turquesa maravilhoso repleto de tubarões. Depois do intervalo de superfície, todos pareciam adolescentes se preparando para um primeiro encontro. Não era a toa, todos já haviam mergulhado com tubarões, assim como eu, mas nunca haviam participado de um Shark Feeding. Dois dos mergulhadores a bordo estavam fazendo o programa para virarem alimentadores de tubarão, ainda mais emocionante!

Mergulho com tubarões feito em Nassau - Bahamas

Mergulho com tubarões feito em Nassau - Bahamas


Caímos na água e fomos todos direto para a Shark Arena, formamos um círculo nas pedras já colocadas no fundo de areia. Os tubarões já sabem que terão um belo café da tarde e estão rondando só esperando a hora de atacar. Tudo é muito bem organizado, inclusive o tráfego de tubarões. Eles ficam em torno do balaio de peixe, que por sua vez fica onde o shark feeder mandar. A arena é grande e Rupert, o feeder, começa a fazer o círculo próximo aos mergulhadores e junto com a Janine, nossa fotógrafa. Eu e o Rodrigo ficamos por último no círculo, portanto tivemos tempo suficiente para acostumar com as barbatanadas e finas tiradas pelos tubarões, que variavam de 1,5m a 3m. Ficamos tanto tempo observando que comecei a tentar dar apelidos a eles. Tinham os “bebês”, pequenininhos que estavam ali aprendendo. Já alguns mais “malacos” que conheciam o procedimento, já sabiam como e quando atacar o pedaço de peixe no arpão do Rubert. Outros dois tinham anzóis e linha, um na boca o “penduradão” e outro na barbatana... “coitadinho”. O melhor de todos era o Massaranduba, não sei se este quadro do Casseta e Planeta ainda está no ar, este tinha a boca igualzinha, com os dentes sempre à mostra. Só consegui esta foto (abaixo) do outro lado da boca dele, mas já dá para ter uma ideia.

Mergulho com tubarões feito em Nassau - Bahamas

Mergulho com tubarões feito em Nassau - Bahamas


Sim, ficamos um pouco tensos no começo. O principal motivo da minha tensão? Frio e a vontade de fazer xixi, além de não podermos nos mexer para não chamar atenção dos tubarões. Sem dúvida é um mergulho completamente diferente de qualquer outro. É sensacional ter um encontro marcado com uns 30 destes peixões maravilhosos, passando a um centímetro de você e dando barbatanadas como se você fosse um coral qualquer. Não tenho palavras para descrever a sensação. Os tubarões são peixões sim, mas peixões especiais, imponentes e maravilhosos.

Mergulho com tubarões feito em Nassau - Bahamas

Mergulho com tubarões feito em Nassau - Bahamas

Bahamas, New Providence - Nassau, Mergulho

Veja todas as fotos do dia!

Participe da nossa viagem, comente!

Post anterior Praia de Paradise Island - Nassau - Bahamas

O arranha-céu cor-de-rosa

Post seguinte Naufrágo em Nassau

Imensidão Azul

Blog do Rodrigo Mergulho com tubarões feito em Nassau - Bahamas

Mais Fotos de Tubarões

Comentários (6)

Participe da nossa viagem, comente!
  • 16/08/2010 | 15:01 por Patricia

    Olá. Vi seu blog por acaso procurando informações sobre Bahamas. Vou em Novembro desse ano 2010.
    Sou mergulhadora naui diver, nível básico. Em Fevereiro estive em Bonaire e Los Roques, também no Caribe. Fizemos vários mergulhos. Não chegamos a ver nenhum tubarão. Tenho uma vontade imensa de em Bahamas poder mergulhar com eles. Mas meu medo é ainda maior. Vc tem algumas dicas de como ficar calma num mergulho desses? E quanto tempo vc fica com os tubarões? Depois, todos os mergulhadores sobem juntos? Como é isso? Vi na internet que um senhor morreu no ano passado quando praticou esse mergulho pois um tubarão confundiu sua perna com um peixe. É disso que tenho medo. Se puder me dar essas dicas agradeço muitissimo. Bjs

    Resposta:
    Olá Patrícia!

    Desculpe a demora no retorno, ficamos sem internet em alguns pontos da viagem. Bem, primeiro nas Bahamas você vai mergulhar com o pessoal do Stuart´s Cove. Eles são especialistas com tubarões e a única operadora de Nassau. Lá você vai tentar pegar alguns pontos de mergulho que tenham tubarão, para ir se familiarizando com eles, percebendo que eles não são agressivos e participam do seu mergulho como qquer outro peixe. Depois disso vc já começa a ter mais segurança para uam Shark Feeding. Eu mesma não tive medo algum, pois é td muito controlado, a única regra para não ser confundido com um peixe é usar a roupa de neoprene longa e não se mexer durante o mergulho. O pessoal ensina a posição que deve ficar... aí não tem erro, vc observa por quase 50min os tubarões super próximos e lindíssimos! Espero que tenha ajudado, qquer coisa me manda um email no ana@1000dias.com.

    Bjs e boa viagem!
    Ana

  • 16/04/2010 | 22:53 por Ana Biselli

    Iiiii Dani, ele é bonzinho! hahahaha!
    Estão todos muito bem alimentados, comer essa carne marromeno aqui não tem graça, nem se preocupe!
    Beijooooos

  • 15/04/2010 | 20:20 por Dani

    IRMÃÃÃÃ, tem um bicho enooorme atrás de você!!! CORRE!!! hahaha

    Que medo, você é mesmo meu orgulho!

  • 14/04/2010 | 13:20 por Ana Biselli

    Oi Paulinha! As fotos já estão no ar, confira aí! A história do xixi eu descobri que há controvérsias, dizem que o xixi na sua bexiga faz o mesmo papel só que de forma mais eficiente, de dentro pra fora! rs! Fora isso eu realmente estou tentando não deixar a roupa com cheiro, já que durante a viagem é mais difícil de lavá-la decentemente. Bjuuu

  • 14/04/2010 | 10:05 por Marcelo Carneiro

    Nossa! Vcs parecem tão "susse" com esse monte de tubarão em volta!

  • 13/04/2010 | 10:55 por Paulinha Ribas

    guria, mas e a história de fazer xixi dentro da roupa de borracha p/ ajudar a esquentar??? qual a temperatura da água por aí?
    adoro ver tubarões nos mergulhos, mas esse aí deve ter sido emocionante mesmo!
    ah, e não apareceu foto ainda...

Blog da Ana Blog da Rodrigo Vídeos Esportes Soy Loco A Viagem Parceiros Contato

2012. Todos os direitos reservados. Layout por Binworks. Desenvolvimento e manutenção do site por Race Internet