0 Confusiones - Blog da Ana - 1000 dias

Confusiones - Blog da Ana - 1000 dias

A viagem
  • Traduzir em português
  • Translate into English (automatic)
  • Traducir al español (automático)
  • Tradurre in italiano (automatico)
  • Traduire en français (automatique)
  • Übersetzen ins Deutsche (automatisch)
  • Hon'yaku ni nihongo (jidö)

lugares

tags

arqueologia cachoeira Caribe cidade histórica Estrada mar Mergulho Montanha parque nacional Praia Rio roteiro Trekking trilha

paises

Alaska Anguila Antígua E Barbuda Argentina Aruba Bahamas Barbados Belize Bermuda Bolívia Bonaire Brasil Canadá Chile Colômbia Costa Rica Cuba Curaçao Dominica El Salvador Equador Estados Unidos Galápagos Granada Groelândia Guadalupe Guatemala Guiana Guiana Francesa Haiti Hawaii Honduras Ilha De Pascoa Ilhas Caiman Ilhas Virgens Americanas Ilhas Virgens Britânicas Jamaica Martinica México Montserrat Nicarágua Panamá Paraguai Peru Porto Rico República Dominicana Saba Saint Barth Saint Kitts E Neves Saint Martin San Eustatius Santa Lúcia São Vicente E Granadinas Sint Maarten Suriname Trinidad e Tobago Turks e Caicos Venezuela

arquivo

SHUFFLE Há 1 ano: Há 2 anos:

Confusiones

Brasil, Piauí, Caracol (P.N. Serra das Confusões)

Pictografias na Toca do Enoque no Parque Nacional da Serra das Confusões, no sul do Piauí

Pictografias na Toca do Enoque no Parque Nacional da Serra das Confusões, no sul do Piauí


Uma bela noite de sono para repor a minúscula noite de sono de ontem. Deitamos para tirar um cochilo perto das 22h e dormimos até o dia seguinte! Bom, pois acordamos bem descansados e com bastante pique para o dia de hoje.

Estrada no Parque Nacional da Serra das Confusões, no sul do Piauí

Estrada no Parque Nacional da Serra das Confusões, no sul do Piauí


Segundo Naldo, teremos muita estrada (3 horas de carro), porém pouca caminhada pela frente. Entramos no parque, passamos pelo ponto que estacionamos ontem e chegamos à Comunidade do Capim. Lugar seco, no meio da caatinga, (ainda não entendo como este povo veio parar aqui), longe de tudo, sem água, num calor dos diabos. Há pouco tempo a FUMDHAM, ONG presidida por Niede Guidon, perfurou um poço para fornecer água à esta comunidade. Um pouco mais adiante chegamos à comunidade de Barreiros, de onde sai uma outra estrada para os recém descobertos sítios arqueológicos da Toca do Capim e Toca do Enoque.

Moradia dentro do Parque Nacional da Serra das Confusões, no sul do Piauí

Moradia dentro do Parque Nacional da Serra das Confusões, no sul do Piauí


Tínhamos pouquíssimas informações e o nosso guia, Naldo, ainda é aprendiz de seu pai. Portanto nos levou aos lugares, contou sobre a vida do entorno, porém não tinha muita informação sobre as pinturas e os sítios para nos passar. Decidimos ir direto para a Toca do Capim, já que era a mais distante. Chegando lá, primeira confusione do dia: furou o pneu da Fiona! Um graveto de madeira seca da caatinga, afiado como faca, entrou na lateral do pneu. Surreal! Já escolados pelo primeiro pneu furado, fomos direto para o nosso kit primeiros socorros da Fiona. O Rodrigo queria usar o spray, mas eu estava desconfiada, preferindo ir direto para o chicletão tapa-buracos. Lendo as instruções vimos que a segunda opção era melhor mesmo, já que o spray não funcionava direito para furos laterais. Enfiei o “esburacador”, limpei e uniformizei o buraco e enfiamos a tira de chiclete para fechar o furo. Quase funcionou... quase... o rasgo foi tão lardo que o chiclete não era grande o suficiente. Aí já íamos começar a trocar o pneu, quando descobrimos que a trava anti-furto do step simplesmente emperrou! A chave tetra não girava, estávamos sem step! Enfiamos um segundo chicletão para tentar diminuir o buraco, que ficou uns 70% fechado. Testamos o compressor e funcionou. Decidimos ver a toca do capim e seguir adiante, enchendo o pneu a cada 15 minutos, mais ou menos.

Pneu furado no Parque Nacional da Serra das Confusões, no sul do Piauí

Pneu furado no Parque Nacional da Serra das Confusões, no sul do Piauí


Segunda Confusione do dia, a Toca do Capim estava trancada! Foi colocada uma grade de madeira com cadeado, ok, tudo em prol da conservação. Vimos as várias pinturas rupestres dali da grade mesmo, muitas formas geométricas e muitas escavações, numa delas foi encontrado os fósseis de um menino.

Lado de fora da Toca do Capim, no Parque Nacional da Serra das Confusões, no sul do Piauí

Lado de fora da Toca do Capim, no Parque Nacional da Serra das Confusões, no sul do Piauí


Preocupados com o pneu seguimos estrada em direção ao povoado até a entrada para o Enoque. O pneu agüentou bem, decidimos ir até lá. Chegamos e vimos o imenso paredão, todo pictogravado e logo ali ao lado um olho d´água. Ali vivia Enoque, um borracheiro que hoje já não está mais entre nós.

Toca do Enoque no Parque Nacional da Serra das Confusões, no sul do Piauí

Toca do Enoque no Parque Nacional da Serra das Confusões, no sul do Piauí


Voltamos para o carro, pneu e chiclete agüentando firmes, nós precisávamos chegar de volta à cidade. Fomos rodando, verificando e enchendo o pneu de tempos em tempos. A tática funcionou, chegamos à borracharia eram umas 15h15 da tarde e saímos de lá as 17h30, a maior parte do tempo tentando abrir a droga da tranca emperrada. Pneu consertado, decidimos colocar logo a Fiona na estrada para evitar mais confusiones. Moral da história, precisaremos achar um chaveiro em São Raimundo.

Tentando consertar a trava do estepe em Caracol, próximo ao Parque Nacional das Confusões - PI

Tentando consertar a trava do estepe em Caracol, próximo ao Parque Nacional das Confusões - PI


Hoje realmente foi um dia conturbado e o pior foi que descobrimos que a Toca do Enoque que nós achamos que fomos, não é a toca do Enoque! Fomos a um paredão que o nome parece ser Toca do Olho d´água. Ficamos há apenas 300m da famosa Toca do Enoque, que possui pinturas ainda mais bonitas. Afinal, agora entendi por que esta é a Serra das Confusões!

Monumento em Caracol, próximo ao Parque Nacional das Confusões - PI

Monumento em Caracol, próximo ao Parque Nacional das Confusões - PI

Brasil, Piauí, Caracol (P.N. Serra das Confusões), sítios arqueológicos, pinturas rupestres, arqueologia, parque nacional, sertão, Parque Nacional Serra das Confusões

Veja todas as fotos do dia!

Quer saber mais? Clique aqui e pergunte!

Post anterior Com o Naldo no canyon do Riacho do Boi, no Parque Nacional da Serra das Confusões, no sul do Piauí

Serra das Confusões

Post seguinte Plantio de árvores para neutralizar o carbono da expedição 1000dias (em São Carlos - SP. Foto Iniciativa Verde)

Carbon Free

Blog do Rodrigo Céu cor de rosa na cidade de Caracol, próximo ao Parque Nacional das Confusões - PI

Perrengues e Confusões

Comentários (2)

Participe da nossa viagem, comente!
  • 06/12/2010 | 14:55 por Dani

    Naaa, adorei esse post! Quanta confusione mesmo, né? hahaha

    Tadinha da Fiona, está precisando de uma folguinha para se recuperar dessa contusão na patinha, né?

    AMOOOOO VOCÊS!!!

    Resposta:
    Oi Dani!!! Tantas confusiones pelo menos nos dão muitas histórias para contar! A patinha da Fiona parece estar curada, amanhã ela tem uma consulta em Recife (alinhamento e geometria), vai ficar bem. Saudades! Amo vcs! Bjs

  • 06/12/2010 | 11:39 por Luis

    Putz! Esqueci de falar pra vcs dos tocos na estrada pro Capim e pro Enoque. Sorte de vcs que foi um pneu só. O nosso foram 3!
    3 de uma vêz,e antes da subida da estrada de pedra já quase escurecendo. Foi enchendo com o compressor de tempos em tempos e subindo devagar que chegamos em Carcol às 20h. Taí, é a serra das Confusiones. Pena que o guia não deu certo. Mas, no Enoque o que vcs perderam foi só a pintura do Tamanduá. Na Capivara vcs verão o que é pintura rupestre. Não esqueçam do Gadelha. Este sim é o guia. Não esqueçam de conhecer o Museu do Homem Americano e seus laboratórios. Há, esqueci de outra dica imperdível; Na lagoa dos porcos descobriram muito recentemente vários fósseis de animais pré-históricos e as escavações estão a todo vapor. Não esqueçam de ir até lá. Boa trip.

    Resposta:
    Pô Luis! Então eu só tenho a te agradecer por ter tirado os tocos do nosso caminho! Nós estávamos com o step travado e já ficamos preocupados e você com 3 pneus furados!?!?! Meu herói! hahaha!
    A Capivara é maravilhosa!!! Infelizmente vimos sua dica da Lagoa dos Porcos um pouco atrasado, mas todas as suas dicas foram muito valiosas, que pena que não nos encontramos por lá!
    Beijos!

Blog da Ana Blog da Rodrigo Vídeos Esportes Soy Loco A Viagem Parceiros Contato

2012. Todos os direitos reservados. Layout por Binworks. Desenvolvimento e manutenção do site por Race Internet