0 Cañon del Sumidero - Blog da Ana - 1000 dias

Cañon del Sumidero - Blog da Ana - 1000 dias

A viagem
  • Traduzir em português
  • Translate into English (automatic)
  • Traducir al español (automático)
  • Tradurre in italiano (automatico)
  • Traduire en français (automatique)
  • Übersetzen ins Deutsche (automatisch)
  • Hon'yaku ni nihongo (jidö)

lugares

tags

arqueologia cachoeira Caribe cidade histórica Estrada mar Mergulho Montanha parque nacional Praia Rio roteiro Trekking trilha

paises

Alaska Anguila Antígua E Barbuda Argentina Aruba Bahamas Barbados Belize Bermuda Bolívia Bonaire Brasil Canadá Chile Colômbia Costa Rica Cuba Curaçao Dominica El Salvador Equador Estados Unidos Galápagos Granada Groelândia Guadalupe Guatemala Guiana Guiana Francesa Haiti Hawaii Honduras Ilha De Pascoa Ilhas Caiman Ilhas Virgens Americanas Ilhas Virgens Britânicas Jamaica Martinica México Montserrat Nicarágua Panamá Paraguai Peru Porto Rico República Dominicana Saba Saint Barth Saint Kitts E Neves Saint Martin San Eustatius Santa Lúcia São Vicente E Granadinas Sint Maarten Suriname Trinidad e Tobago Turks e Caicos Venezuela

arquivo

SHUFFLE Há 1 ano: Há 2 anos:

Cañon del Sumidero

México, Chiapa Del Corso

Paredes com quase mil metros de altura no Canyon del Sumidero, em Chiapa del Corso, no México

Paredes com quase mil metros de altura no Canyon del Sumidero, em Chiapa del Corso, no México


A estrada entre San Cristóbal a Oaxaca é longa. São mais de 700km subindo montanhas e cruzando vales no altiplano mexicano e cruzando a divisa de estados para chegar no nosso próximo destino.
Porém, essa viagem não seria completa se não fizéssemos uma paradinha em um dos maiores monumentos naturais do planeta, o Cânion do Sumidero.

Chegando ao Canyon del Sumidero, em Chiapa del Corso, no México

Chegando ao Canyon del Sumidero, em Chiapa del Corso, no México


O cânion formado há aproximados 12 milhões de ano é uma falha geológica que se abriu na Serra Norte de Chiapas há apenas 5km de Tuxtla, a capital do estado. Com uma profundidade que chega há 300m e paredões com mais de 1000m de altura, o cânion hoje possui um rio navegável, sendo esta a melhor forma de visitá-lo.

Nossa lancha chega ao Canyon del Sumidero, em Chiapa del Corso, no México

Nossa lancha chega ao Canyon del Sumidero, em Chiapa del Corso, no México


Barcos partem de um porto próximo à Tuxtla ou no porto turístico de Chiapa del Corzo. A dica que recebemos foi de sairmos de Chiapa del Corzo mesmo, onde há muita procura e por isso os preços dos passeios são mais baratos. O tour de barco leva em torno de 2h, 2h30 e nos leva à entrada do cânion, passando ao lado das imensas paredes, até chegar ao lago da barragem, motivo pelo qual o rio tornou-se navegável.

Lanchas que levam turistas ao Canyon del Sumidero, em Chiapa del Corso, no México

Lanchas que levam turistas ao Canyon del Sumidero, em Chiapa del Corso, no México


O Rio Grijalva foi represado para a construção da Hidroelétrica de Chicoasén que está entre as plantas com maior geração de energia do país. O cânion faz parte da cultura local e é um símbolo natural do estado, estando presente no escudo de Chiapas.

Emblema do estado de Chiapas, o Canyon del Sumidero, em Chiapa del Corso, no México

Emblema do estado de Chiapas, o Canyon del Sumidero, em Chiapa del Corso, no México


Uma história curiosa e meio macabra sobre o cânion, foi que durante a ocupação espanhola, a tribo de etnia Chiapa (ou soctona, em seu idioma), preferiu realizar um suicídio em massa a se entregar aos conquistadores. Eles se atiraram dos paredões, direto para as corredeiras rápidas e cheias de pedra do rio, literalmente “voando” para a sua liberdade no inframundo.

Garça corcunda no Canyon del Sumidero, em Chiapa del Corso, no México

Garça corcunda no Canyon del Sumidero, em Chiapa del Corso, no México


Durante o passeio avistamos aves como garças brancas, cinzas, uma colônia imensa de abutres, que possuem um papel muito importante na limpeza do ambiente natural, detonando todas as carcaças que sobram por lá. Um dos animais mais impressionantes que tivemos a sorte de observar foi um imenso crocodilo, que tomava um solzinho na beira do rio.

Um enorme e ameaçador crocodilo na entrada do Canyon del Sumidero, em Chiapa del Corso, no México

Um enorme e ameaçador crocodilo na entrada do Canyon del Sumidero, em Chiapa del Corso, no México


São mais de 150 crocodilos vivendo na extensão do cânion. Segundo o barqueiro eles são violentos e podem dar um salto de mais de 4m para atacar sua presa ou os turistas importunos. No início dos passeios eles se agitavam mais com a passagem de barcos, hoje já estão mais tranquilos e acostumados, deixando a lancha se aproximar para observá-los. O animal era imenso, totalmente pré-histórico! Foi a primeira vez que eu vi um crocodilo “ao natural”, ou melhor, fora de um zoológico. É emocionante, ainda mais um deste tamanho!

Um enorme e ameaçador crocodilo na entrada do Canyon del Sumidero, em Chiapa del Corso, no México

Um enorme e ameaçador crocodilo na entrada do Canyon del Sumidero, em Chiapa del Corso, no México


No percurso visitamos também uma pequena gruta natural onde foi colocada a estátua e uma santa e a formação impressionante conhecida como Árvore de Natal, quando a mescla das gotículas de água e a formação calcária das rochas formaram cortinas de pedra recobertas com musgo e vegetação que lhe dão um aspecto perfeito de um pinos, quando visto de frente. Lindíssimo!

Formação conhecida como Árvore de Natal, com quase 200 metros de altura, no Canyon del Sumidero, em Chiapa del Corso, no México

Formação conhecida como Árvore de Natal, com quase 200 metros de altura, no Canyon del Sumidero, em Chiapa del Corso, no México


Retornamos aproveitando cada minuto daquela beleza surrealista, a (des)proporção do tamanho das paredes e o estreito do rio que formam uma paisagem única!

As enormes paredes do Canyon del Sumidero, em Chiapa del Corso, no México

As enormes paredes do Canyon del Sumidero, em Chiapa del Corso, no México


Chegamos novamente o porto de Chiapa del Corzo. Uma das primeiras cidades do estado, sua arquitetura antiga com belas ruazinhas e casas em estilo coloniais, igrejinhas e praças animadas, hoje estavam preparadas para uma das maiores celebrações religiosas do ano!

Igreja matriz de Chiapa del Corso, no sul do México

Igreja matriz de Chiapa del Corso, no sul do México


A festa do Santo que Pula começa neste domingo pela manhã, marcada por celebrações religiosas, missas, etc, e termina com milhares de pessoas nas ruas, bebendo e comemorando, utilizando seus trajes típicos e fantasias.

Muitas cores nas fantasias durante festa em Chiapa del Corso, no sul do México

Muitas cores nas fantasias durante festa em Chiapa del Corso, no sul do México


As mulheres com vestidos floridos, rendados, longos e rodados e os homens com uma roupa tradicional bem colorida, usam uma máscara com um rosto pequenininho e um ornamento redondo na cabeça com pelos dourados e espetados.

Festa em Chiapa del Corso, no sul do México

Festa em Chiapa del Corso, no sul do México


Estes grupos fazem um roteiro pela cidade passando por todas as igrejas e terminando no alto da Igreja Santo Domingo, onde está montado um palco com música ao vivo e diversas barraquinhas estão vendendo bebidas, comidas e doces. É um carnavalzão, todos comemoram juntos, homens e mulheres, crianças, adultos e velhinhos, uma festa linda e animada! Levamos a maior sorte!

Fantasias típicas na festa em Chiapa del Corso, no sul do México

Fantasias típicas na festa em Chiapa del Corso, no sul do México


Aquela dúvida e vontade de ficar novamente me arrastam pelas ruas, feliz e encantada com a festa. Por mim novamente ficaríamos acompanhando a festa do dia todo! Mas temos um tempo curto e meu amor me lembra que precisamos seguir. Pegamos a estrada novamente, cruzamos Tuxtla e seguimos em direção à Oaxaca.

Festa em Chiapa del Corso, no sul do México

Festa em Chiapa del Corso, no sul do México


No caminho passamos pela região de La Ventosa, parque eólico gigantesco em uma região de ventos fortes que chegam a tirar o carro do prumo! Rodrigo seguia com e punho forte e de olho no nosso objetivo. Anoiteceu e novamente a nossa regra de ouro foi quebrava. Dirigimos durante a noite, por uma serra de intermináveis curvas, subidas e descidas até chegar novamente em um plano, nos vales de altitude onde está localizada a cidade de Oaxaca.

O gigantesco parque eólico em La Ventosa, em Oaxaca, no México

O gigantesco parque eólico em La Ventosa, em Oaxaca, no México


Já eram quase dez horas da noite quando chegamos. Ruas vazias de uma cidade plana e bem planejada. Nos instalamos em um hotel e saímos comer o que encontrássemos na rua. Encontramos um carrinho de cachorro quente, ao lado de uma linda igreja e uma exposição imensa de esculturas em homenagem aos imigrantes. A primeira impressão já foi maravilhosa, amanhã teremos muito a explorar e conhecer na capital oficial e cultural do estado de Oaxaca.

Visita ao Canyon del Sumidero, em Chiapa del Corso, no México

Visita ao Canyon del Sumidero, em Chiapa del Corso, no México

México, Chiapa Del Corso, cânion

Veja todas as fotos do dia!

Faz um bem danado receber seus comentários!

Post anterior Devoção na Igreja San Cristobal, em San Cristobal de Las Casas, no sul do México

San Cristobal de las Casas

Post seguinte Igreja de Santo Domingo, em Oaxaca, no México

Oaxaca: Cultura e Encanto

Blog do Rodrigo Paredes com quase mil metros de altura no Canyon del Sumidero, em Chiapa del Corso, no México

O Sumidero e a Festa

Comentários (3)

Participe da nossa viagem, comente!
  • 19/06/2014 | 13:30 por Suzi

    Sensacional essa região.
    Inclui no meu roteiro!!!

    Belas fotos...

    Resposta:
    Obrigada Suzi! Vá mesmo, é impressionante!

  • 30/11/2012 | 17:53 por Maria

    Olá, Ana e Rodrigo, estamos indo em março/2013, meu marido e eu. Quero saber como chego de Oaxaca ao Canon? Existe vôo ou ônibus de Oaxaca até San Cristobal e, de lá é facil chegar ao Canon? Obrigada. Um abraço

    Resposta:
    Oi Maria! Você vai se apaixonar por Oaxaca! De lá você deve encontrar ônibus (e quem sabe até um vôo) para San Cristóbal de las Casas, outra cidadezinha histórica muito linda. De San Cristóbal existem várias companhias de turismo que fazem tours de um dia para o cânion, pois é bem pertinho (veja o mapa - http://goo.gl/maps/TOcwy). O lugar é lindo e vale muito a pena! Boa viagem e esperamos as fotos por aqui! Beijos!

  • 24/01/2012 | 20:55 por Lurdes

    Olá Ana e Rodrigo,muito lindo este lugar,surprendente,folclóre rico e maravilhoso ,realmente deve ter sido emocionante estar aí naquele dia e vivenciar essa cultura,magnífico,um abração.Lurdes

    Resposta:
    Oi Lurdes! Foi uma sorte imensa, não tínhamos idéia! É como um grande carnaval de rua, com muita história e cultura... tooodos fantasiados, foi demais! Obrigada por compartilhar! Beijos!

Blog da Ana Blog da Rodrigo Vídeos Esportes Soy Loco A Viagem Parceiros Contato

2012. Todos os direitos reservados. Layout por Binworks. Desenvolvimento e manutenção do site por Race Internet