0 A Mágica Antigua - Blog da Ana - 1000 dias

A Mágica Antigua - Blog da Ana - 1000 dias

A viagem
  • Traduzir em português
  • Translate into English (automatic)
  • Traducir al español (automático)
  • Tradurre in italiano (automatico)
  • Traduire en français (automatique)
  • Übersetzen ins Deutsche (automatisch)
  • Hon'yaku ni nihongo (jidö)

lugares

tags

arqueologia cachoeira Caribe cidade histórica Estrada mar Mergulho Montanha parque nacional Praia Rio roteiro Trekking trilha

paises

Alaska Anguila Antígua E Barbuda Argentina Aruba Bahamas Barbados Belize Bermuda Bolívia Bonaire Brasil Canadá Chile Colômbia Costa Rica Cuba Curaçao Dominica El Salvador Equador Estados Unidos Galápagos Granada Groelândia Guadalupe Guatemala Guiana Guiana Francesa Haiti Hawaii Honduras Ilha De Pascoa Ilhas Caiman Ilhas Virgens Americanas Ilhas Virgens Britânicas Jamaica Martinica México Montserrat Nicarágua Panamá Paraguai Peru Porto Rico República Dominicana Saba Saint Barth Saint Kitts E Neves Saint Martin San Eustatius Santa Lúcia São Vicente E Granadinas Sint Maarten Suriname Trinidad e Tobago Turks e Caicos Venezuela

arquivo

SHUFFLE Há 1 ano: Há 2 anos:

A Mágica Antigua

Guatemala, Antigua

Uma das muitas igrejas em ruínas (terremotos!) no centro de Antigua, na Guatemala

Uma das muitas igrejas em ruínas (terremotos!) no centro de Antigua, na Guatemala


Capital da Guatemala por 233 anos, Antigua é uma cidade colonial com arquitetura tradicional espanhola, linda de morrer. Casinhas com paredes coloridas em tons terracota, telhadinhos com eira e beira e dezenas de igrejas espalhadas por toda a cidade.

A bela igreja La Merced, em Antigua, na Guatemala

A bela igreja La Merced, em Antigua, na Guatemala


Vítima de diversos desastres naturais, perdeu seu posto de capital em 1773, quando sofreu o maior terremoto que destruiu praticamente toda a cidade. A cidade foi reconstruída, mantendo suas características coloniais e várias das igrejas em ruínas ainda servem como referência das tragédias do passado.

Cores fortes e arquitetura colonial em Antigua, na Guatemala

Cores fortes e arquitetura colonial em Antigua, na Guatemala


Caminhando por suas ruas de paralelepípedo encontramos artesãos e agricultores de diferentes tribos de descendência Maia, mesclados com turistas de diferentes nacionalidades de diferentes idades e interesses. Muitos estrangeiros chegam à Antigua para estudar espanhol e acabam ficando, abrindo seus negócios e trazendo um pouco do seu tempero a essa imensa salada cultural.

A movimentada 5a Av Norte, peatonal, na véspera de Ano-Novo em Antigua, na Guatemala

A movimentada 5a Av Norte, peatonal, na véspera de Ano-Novo em Antigua, na Guatemala


O resultado dessa mescla é uma cidade para todos os gostos e interesses, aos que buscam boas opções para desfrutar da gastronomia guatemalteca e internacional, spas com massagens e pacotes de beleza e relaxamento, bares e uma vida noturna ativa ou das muitas aventuras que seus arredores oferecem. Escaladas em vulcões, trekkings, cavalgadas e pedaladas são algumas das atividades de aventura oferecidas na região.

A cidade colonial de Antigua, na Guatemala

A cidade colonial de Antigua, na Guatemala


Antigua também é a base de várias agências de turismo para outras atrações na Guatemala. Daqui podem ser organizadas viagens para Tikal, principais ruínas Maias, localizadas no norte do país, Semuc Champey, um paraíso escondido nas montanhas a 5 horas de carro ou para o Lago de Atitlán. São várias agencias, vale pesquisar e comparar preços para ter a melhor negociação.

Meninas caminham no Parque Central de Antigua, na Guatemala

Meninas caminham no Parque Central de Antigua, na Guatemala


Chegamos à Antigua no último dia do ano, a cidade estava em festa! Milhares de turistas nacionais e estrangeiros lotavam as ruas. A 5ª Avenida Norte é uma avenida peatonal a partir do Parque Central e reúne restaurantes, lojas, cafés e diversas atrações. As mais divertidas delas são os grupos de Marimba, instrumento parecido com um piano, tocado com bastões por diversos artistas.

Banda de Marimba, no centro de Antigua, na Guatemala

Banda de Marimba, no centro de Antigua, na Guatemala


Caminhamos dançando ao som das marimbas até o Arco de Santa Catalina, enquanto os bonecos gigantes dançavam e giravam colorindo as ruas e animando os passantes.

Bonecos gigantes dançam ao som de Marimba no centro de Antigua, na Guatemala, véspera de Ano Novo

Bonecos gigantes dançam ao som de Marimba no centro de Antigua, na Guatemala, véspera de Ano Novo


Ali encontramos uma loja especializada em vinhos, garantimos o nosso espumante da virada e seguimos em direção ao restaurante italiano L´Ópera. Fomos atraídos pela música do seu Jorge, que tocava na sua piano-sanfona clássicos de tango e até de bossa nova. A música e a energia de seu Jorge tomavam conta do ambiente, perfeito para um vinhozinho no almoço tardio de véspera de ano novo.

Ótima música em restaurante no centro de Antigua, na Guatemala

Ótima música em restaurante no centro de Antigua, na Guatemala


Antigua é uma cidade mágica, que transpira vida e cultura, de pessoas amáveis e receptivas. Seja lá o que estiver buscando, vale à pena a visita, pois são imensas as chances de (você) se encontrar aqui.

Alguém em Antigua, na Guatemala, quer casar!

Alguém em Antigua, na Guatemala, quer casar!

Guatemala, Antigua, Arquitetura, cidade histórica, Cidade Colonial

Veja todas as fotos do dia!

A nossa viagem fica melhor ainda se você participar. Comente!

Post anterior Visita ao Mercado Central na Cidade da Guatemala, capital do país

Ciudad de Guatemala

Post seguinte Ano Novo em Antigua, na Guatemala

Feliz Año Nuevo!

Blog do Rodrigo Cores fortes e arquitetura colonial em Antigua, na Guatemala

Antigua e um Pouco de História

Comentários (0)

Participe da nossa viagem, comente!
Blog da Ana Blog da Rodrigo Vídeos Esportes Soy Loco A Viagem Parceiros Contato

2012. Todos os direitos reservados. Layout por Binworks. Desenvolvimento e manutenção do site por Race Internet